História Uma história SasuSaku - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Ibiki Morino, Kakashi Hatake, Karin, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Ação, Drama, Hatake Kakashi, Hokage, Konoha, Naruto Uzumaki, Romance, Romance Novela, Sakura, Sakura Haruno, Sasuke, Sasuke Uchiha, Sasusaku, Uma História Sasusaku
Visualizações 557
Palavras 1.431
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey, vamos lá a última nota dessa história?

Foi um prazer inenarrável escrever essa história com vocês, me dediquei ao máximo simplesmente por que tive o apoio de todos, inclusive dos leitores fantasmas... (Que por sinal, poderiam aparecer para dizer um oi, né?) rsrs

Quis ser fiel aos personagens e peço desculpas se não consegui.
Tentei ser coerente, mostrando que os pequenos gestos de carinho que o Sasuke demonstra pela nossa amada Sakura, acaba migrando passo a passo até chegar ao patamar de uma sincera relação de amor e cumplicidade, por vias de erros e acertos.

Também tentei mostrar um pouco do amadurecimento da Sakura, que deixa de ser uma garotinha apaixonada e passa a amar de forma plena, dedicando espaço também, para ser feliz e não só fazer o Sasuke feliz.

Enfim, tentei contar um pouco de como a relação deles se transformou no que vimos no Gaiden ou em Boruto... Se ficou extensa ou pareceu enrolação, peço perdão também.

Obrigada por me acompanhar e motivar sempre, vocês moram no meu coração, espero vê-los novamente em outas aventuras.

Uma ótima leitura a todos.

Capítulo 34 - Epílogo


É realmente impressionante como as coisas tomam dimensões diferentes das que geralmente planejamos. Sasuke tinha um único objetivo quando pisou em Konoha há meses atrás, informar sobre a possível ameaça que seriam os adoradores Fukurokuju. Como um shinobi solitário, não imaginou que teria que levar Sakura para aquela missão, não imaginou que teria que conviver com ela durante semanas e definitivamente, não imaginou que se deixaria vencer pelo sentimento que tentou sufocar durante anos.

E não há quem possa dizer que Sasuke não tentou resistir de todas as formas possíveis. Ele tentou evita-la, afasta-la, tentou ignora-la, mas algo sempre lhe impulsionava para ela, era quase magnético. E foi em um desses impulsos que tudo mudou, naquela atitude impensada de beija-la por ciúmes, posse, egoísmo... Sasuke queria fazer Sakura esquecer-se do idiota galanteador, mas foi o Uchiha quem não conseguia mais esquecer Sakura. Não depois de beija-la...

Aquele maldito beijo ficou impregnado em sua mente, lhe castigando diariamente por ter sido covarde o bastante para omitir seus atos. Mas bastou o medo de perder Sakura para a ameaça que eram os adoradores Fukurokuju, para o Uchiha perceber que não podia mais se enganar, Sakura já havia se tornado alguém fundamental, alguém de quem não conseguia abrir mão. A única que conseguia lhe acalmar, a única que detinha seu controle ou descontrole.

Se rendeu a banalidade de seus sentimentos, estava entregue a Sakura e deixou que ela soubesse disso. Deixou que Sakura fizesse efetivamente parte de sua vida.  

Sasuke nunca se imaginou feliz depois de tudo o que viveu. Chegou a achar que não merecia a felicidade. E merecia? Depois de tantos erros o último Uchiha merecia ser feliz?

Não sabia responder, nem entendia de onde vinha aquele amor genuíno que Sakura lhe dedicava, mas sua natureza egoísta lhe permitiu desfrutar daquele sentimento, lhe permitiu mantê-la a seu lado.

E ali estavam, juntos, partindo sem rumo, aproveitando da companhia um do outro...

Um falcão levou a notícia da partida de Sakura para Konoha. Não que fosse exatamente uma grande surpresa, já que ela esperava há anos pelo Uchiha, mas agora era oficial, o Uchiha aceitou a companhia de sua companheira, o que deixava subentendido que estavam juntos.

Juntos como equipe e como casal, viajando por toda a nação shinobi.

Os trinta e oito pontos turísticos onde Sakura desejava visitar, passaram a ser a rota principal da viagem do Uchiha. Tendo como primeira parada, a vila dizimada próximo a aldeia do som, para apreciar as vinte e duas espécies marinhas que Sakura tanto almejava conhecer...

E Sasuke estava certo, o rosto fascinado de sua amada era algo realmente lindo de se admirar.

Em cada vila, aldeia ou pequeno vilarejo que visitavam conheciam um pouco mais da história da cidade e dos problemas do lugar. Sempre dispostos a ajudar, Sasuke e Sakura se ofereciam para proteger a cidade, para cuidar dos enfermos, para reconstruir casas quebradas... E quem os via sabia que eram uma excelente dupla, Sakura exercendo suas habilidade médica e Sasuke cuidando da segurança do lugar enquanto procurava rastros de Kaguya.

A médica pode observar e conviver com um lado melhor de Sasuke, um homem proativo e compassivo, que através de sua busca por redenção, ajudava quem precisasse. Mas também conheceu de perto os danos que o Uchiha fez em alguns vilarejos e a hostilidade daqueles que sofreram com a maldade de Sasuke.

Entretanto, admirava o homem que Sasuke havia se tornado. Um homem que não se envergonhava de buscar redenção para seus erros...

O casamento passou a ser cogitado há vários meses atrás, quando Sakura se negava a dormir no mesmo quarto que o Uchiha simplesmente por receio do que outras pessoas achariam sobre sua relação informal.

Para Sasuke, aquela era uma reação sem sentido, não se importava com o que as outras pessoas pensavam, mas se para Sakura fazia tanta diferença, decidiu respeita-la.  Até por que, estava cansado de dormir sozinho, então decidiu ceder e pedir a kunoichi em casamento. Não que ele não quisesse passar a vida ao lado dela, só não ligava para os rótulos.

Concretizaram o matrimonio dias depois em uma cerimonia simples, em um templo local, próximo a grandes cerejeiras... Nenhum amigo ou parente da médica estava presente... Isso já era previsto, tendo em vista que não se uniu a Sasuke na aldeia da folha... Mas Sakura sentia-se plenamente realizada com o sim de seu marido... Agora ela carregava o sobrenome Uchiha e dividia com ele suas dores e alegrias.

-Eu sinto muito por não estarmos em casa, com nossos amigos e a sua família.

O Uchiha sussurrou próximo ao ouvido de sua esposa.

-Não sinta... Estou feliz por estarmos juntos.

Ela lhe respondeu docemente, estendendo um belo sorriso para Sasuke...

Sakura nunca precisou de muito para ser feliz, sempre teve largos sorrisos e grandes sonhos. Mas com tantos amigos, com tanta gente a seu redor, com tanta sabedoria, nunca foi feliz como estava ali, unindo-se para a eternidade com o Uchiha, com seu Uchiha.

Por que se para Sasuke a felicidade era impensável há meses atrás, para Sakura, sua felicidade se resumia em partilhar a vida com Sasuke, para ama-lo e ser amada.  

Sakura foi sábia em suas escolhas, soube espera-lo, respeitou seu tempo, confiou em seus sentimentos. Teve paciência e com isso foram criando um vínculo forte, uma conexão que vai além do físico, vem do emocional... Uma ligação única de respeito, confiança, carinho e proteção... Ela soube valorizar cada pequeno detalhe disso, soube ama-lo sem pressionar ou força-lo a nada e como recompensa, estavam começando uma vida juntos, construindo uma família e só o pensamento já deixava a kunoichi emotiva.

-O que foi? Aconteceu alguma coisa?

Sasuke perguntou quando notou o olhar marejado de Sakura.

-Não é nada, só estou feliz.

Sorriu gentilmente quando Sasuke acariciou levemente seu rosto e pronunciou seu tão famoso Hm...

Sakura andava mais emotiva do que o normal e tinha mudanças de humor mais constantes que o habitual. Ia ao banheiro com frequência, passava mal com cheiros fortes e seu desejo por comer coisas estranhas aumentava a cada dia... Além das inconstâncias fisiológicas e emocionais, tinha seu chakra que oscilava durante parte do dia... Algo estranho para uma ninja com o controle de Sakura. Sasuke sugeriu que a kunoichi procurasse um médico, já que a própria ignorava seus sintomas.

Como uma médica pode ser tão descuidada com a saúde?

Era a pergunta mais frequente na mente do Uchiha, mas Sakura não precisava de um médico para dizer o que ela tinha... Ela sabia, descobriu a pouco mais de uma semana, só estava esperando o momento certo para contar e, bem, talvez aquele fosse o melhor momento.

-Estou tão feliz que finalmente estamos juntos... Tão feliz por começarmos uma família.

Ela sussurrou enquanto caminhavam em direção a uma das cerejeiras próximas ao templo onde juraram a totalidade de seus sentimentos, um para o outro.

-Hm... Agora você é uma Uchiha, sabe que isso é uma grande responsabilidade, certo?

Sasuke disse de maneira descontraída, arrancando um leve sorriso de sua esposa que assentiu confirmando que sabia dos desafios que enfrentará por ser casada com Sasuke.

-Anata, lembra do nosso primeiro dia como genins, quando Kakashi-sensei perguntou sobre nossas esperanças e sonhos?

Sasuke elevou ligeiramente as sobrancelhas sem entender o porquê da pergunta, mas assentiu, recordando das respostas patéticas de sua equipe.

-Você conseguiu realizar seu sonho.

Afirmou de maneira levemente descontraída, ao se dar conta de que o sonho de Sakura era se casar com ele. Em resposta, Sakura sorriu constrangida com a afirmação de Sasuke.

-Você também.

Sasuke não compreendeu de imediato, mas Sakura puxou a mão protética de seu marido e pousou sobre sua barriga ainda lisa, fazendo-o recordar de sua resposta.

Eu não chamaria de sonho, mas de objetivo... Vou restabelecer meu clã e destruir um certo alguém.

O sorriso no rosto de Sasuke aumentou conforme as palavras ecoavam por sua mente.

Vou restabelecer meu clã...

A reação foi impensada, quase instintiva, puxou Sakura para um abraço apertado, um abraço de gratidão, de proteção... Não tinha muitas palavras, não era de muitas palavras, mas estava tão feliz. Tão completamente feliz, que parecia até errado.

-Eu te amo... Obrigado, Sakura.

Sussurrou para sua esposa, sabendo que ela entenderia a profundidade de suas palavras, entenderia que ele estava agradecendo por ela nunca ter desistido dele, por todo amor que a kunoichi lhe dedicou, que agradecia pela família que construíam juntos, agradecia pela oportunidade de recomeço...

-Nós também te amamos, querido.

Ouviu a voz de Sakura abafada pelo abraço... Aquele momento Sasuke percebeu que não estava mais sozinho. Nunca mais estaria. 


Notas Finais


Acho que esse foi o único capítulo dessa história que chorei ao escrever, to muito emotiva hoje. rs

Bom meus amores, estou encerrando essa história hoje e começando outra, o shipper é diferente, NaruSaku... A história também... Mas a dedicação e o empenho serão iguais, se você quiser e puder me acompanhar lá também eu ficaria imensamente feliz.

Caso contrário, já agradeço sua paciência em cada capítulo, cada comentário, cada favorito, cada seguidor, cada indicação, cada estrelinha que vocês me dedicaram... Vocês realmente não tem noção de como sou grata em terminar esta história com tantos amigos. Eu definitivamente não esperava o número de pessoas que acompanham essa história.

Sem vocês esta fanfic não seria igual.

Outra coisinha... Preparei um jornal super legal com algumas curiosidades sobre o desenvolvimento de Uma História SasuSaku, vou deixar o link aqui, caso vocês queiram ler.
https://spiritfanfics.com/perfil/nessagbs/jornal
Espero por vocês lá.

Um super beijo no coração de cada um e até a próxima vez.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...