História Uma luz no fim do túnel. - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Aiden, Allison Argent, Cora Hale, Derek Hale, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Natalie Martin, Scott McCall
Tags Stydia, Teenwolf
Visualizações 25
Palavras 799
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi!!! Tudo bem?
Eu estou péssimo essa semana, minhas aulas voltaram e eu já fiz uma prova hoje.
Além disso terminei o meu namoro de quase quatro anos, ou seja, o próximo capítulo vai demorar!!!

Capítulo 7 - Namorando ou ficando


Lydia.

Não acredito que aquilo estava acontecendo, admito que eu provoquei Stiles a tomar aquela atitude, mas não sei se estou pronta para uma relação. Olhei para aquele rosto coberto por pintinhas, ele estava sorrindo, parecia que a qualquer momento iria explodir.

- Eu não sei se é uma boa ideia Stiles! – Falei e o sorriso que ele tinha no rosto foi morrendo. – Desculpa. – Abaixei minha cabeça.

- Tudo bem, eu não deveria ter feito isso! – Ele falava muito rápido. – Desculpa, eu... eu vou embora, desculpa Lydia.

- Fica! – Pedi em uma suplica. – Eu quero continuar ficando com você, entende? Mas ainda é muito cedo para namorar, tem apenas uma semana que nos conhecemos!

E ele sorriu mais uma vez, confesso que aquele sorriso era um dos mais lindos que eu já vi em todo minha vida. Sentei no colo dele e comecei um beijo calma e delicado, a língua dele ainda era inexperiente, mas os beijos com Stiles estavam sendo os melhores da minha vida. Ele era carinhoso, passava a mão na minha cintura e sorria entres os diversos beijos que dávamos um no outro.

Em algum momento acabei pegando no sono e Stiles me acompanhou, dormimos no sofá. Sentia os braços fortes na minha cintura e a cabeça dele estava na curva do meu pescoço, ele respirava forte, aquilo me acordou algumas vezes, mas vê-lo dormindo era muito fofo.

Nunca dormi tão bem desde o dia que soube do suicídio de Cora, passei uma noite inteira sem pesadelos e a sensação foi maravilhosa, o calor que emanava do corpo de Stiles era tão reconfortante que não senti nada.

- Vocês dois ficam fofos juntos. – Minha mãe fala e eu apenas acordo.

Stiles estava com as pernas jogadas em cima do meu corpo e me abraçava como se quisesse fundir nossos corpos. O calor que emanava dele era reconfortante, sorri para minha mãe.

- Eu gosto dele! – Falo e aperto a mão de Stiles que envolvia a minha cintura.

- Tenha cuidado! – Minha mãe pede, depois do que aconteceu comigo e com o meu ex-namorado ela tem medo que eu me relacione.

- Ele é diferente, nunca faria nada para me machucar.

Ela balança a cabeça em concordância e sai da sala, encaro a garoto de pintinhas ao meu lado. Ele está tão sereno e confortável, mas a minha perna está ficando dormente e eu não consigo mais suportar a sensação.

- Stiles. – Chamo e balanço o braço dele delicadamente. – Stiles, a minha perna...

- Lydia! – Ele exclamou assustado. – Que horas são?

- Não sei, hoje é sábado. E você não precisa mais ir para a escola, lembra? – Pergunto e lembro de quão triste ele ficou por não poder ir à escola de novo.

- Meu pai e Allison, eles devem estar preocupados! – Ele suspira.

Levando do sofá e estendo a mão para o ajudar, quando ele fica próximo do meu rosto distribuo beijinhos por todo o seu rosto.

- Eu vou levar você! Deixa eu ir no banheiro primeiro, tudo bem?

- Tudo bem. – Stiles responde e senta no sofá mais uma vez.

Quando finalmente fiquei pronta fui até Stiles que olhava algumas fotos minhas com a minha mãe.

- Vamos! – Falei alto e ele pulou, aquilo foi muito fofo.

- V-vamos!

As casas eram muito próximas por isso pedi para dar uma volta na vizinhança, queria conversar com ele.

- Posso fazer uma pergunta? – Falei um pouco insegura.

- Claro, eu adoro conversar com você! -Ele sorriu e eu retribui o gesto.

- Você gosta da Malia? – Estava sendo direta, a maneira como ele sempre protegia ela me deixava intrigada.

- Por que você acha que eu gosto dela?

- Você protegeu ela, duas vezes!

Ele para e coloca as mãos nos meus ombros, deposita um beijo calmo e carinhoso nos meus lábios.

- Quando Malia chegou na escola pela primeira vez estávamos na terceira série e eu não liguei muito para ela. Depois de algum tempo ficamos muito amigos, na verdade éramos melhores amigos! – Stiles suspira fechando os olhos. – No primeiro ano ela começou a namorar com o Scott e parou de falar comigo, eu fiquei desapontado por perder minha única amiga, mas não falei nada para ela.

Ele fez uma pausa um pouco longa e continuou.

- Até que um dia Scott pegou o meu caderno a força e encontrou uma foto minha com Malia, estávamos abraçados. Ele ficou muito zangado com ela e apertou o braço dela, nunca tinha visto Malia assustada, mas naquele dia ela estava. – Os olhos dele estavam marejados. – O corredor estava cheio de alunos quando isso aconteceu. Malia começou a gritar para todos que eu era gay e que nunca namoraria um louco, depois disso ela nunca mais mandou mensagem ou foi na minha casa. Ela preferiu o namorado!

 

 


Notas Finais


Eu sei que está pequeno, mas foi o que eu consegui...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...