História Uma Nerd Encantadora - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Comedia, Naruto, Romance, Sakura, Sasuke
Exibições 231
Palavras 1.904
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente eu sei que demorei mais estava em semana de prova vou tentar postar o próximo capitulo mais rápido

Capítulo 7 - Não é o dia certo.


Fanfic / Fanfiction Uma Nerd Encantadora - Capítulo 7 - Não é o dia certo.

                        Sasuke

Depois de aulas chatas na faculdade ainda tive que lidar com as aulas insuportáveis da Sakura, não que a Sakura não se esforçasse para me fazer entender a pirâmide de Kelsen e não sei mais o que , mas é que eu não gosto de IED e é isso. Não sou obrigado a aprender isso. O problema é que quando eu disse isso ela disse que isso é a base de tudo, serio por que Deus não me fez bom em biológicas ou exatas?

—Sasuke e por hoje é só espero que tenha entendido a diferença entre o direito atual e o direito positivista de Kelsen, depois de 2 aulas e como você conhece Kelsen e a ideia do que ele falou, mas não a entendeu é tão simples- Ela falou se espreguiçando.

—Desculpa se o básico para mim já é muito e aproposito vou indo que hoje a noite tenho que pagar uma aposta – Falei me levantando e do nada um furacão loiro passou por mim – Tchau Sakura e boa sorte- Falei tentando não sorrir com a visão da loira indo para cima da Haruno com uma sacola em mãos. Fui para casa , onde mal entrei e vejo Itachi com outra garota no sofá , não me importo que ele seja putão , mas no meu sofá não!

—Vai tigrão- a menina falou na mesma hora que Itachi começou a levantar a blusa dela, soltei um suspiro e subi as escadas . Se quisesse ver putaria ia no redtube e via, mais porra ver ser irmão fuder é brochante pra caralho, puta que pariu. Entrei em meu quarto e joguei a mochila no chão e me taquei na cama. Peguei o celular na intenção de me distrair, mas os som que vinham da sala aumentaram e fui obrigado a ouvir musica, eu mereço.

WhatsApp on.

Naruto: E ai man?

Sasuke: To na merda.

Naruto: Por que man?

Sasuke: Por que o Itachi ta quase fudendo lá na sala e eu to sendo obrigado a ouvir isso e ainda por cima eu tive que ouvir a menina o chamar de tigrão.

Naruto: Deve ta traumatizado, mas aproveita para sacanea-lo depois kkkkk , E essa festa hoje?

Sasuke: Eu nem tava animado, mas pelo menos não vou ter que ouvir essas coisas traumatizantes.

Naruto: Vai pagar a aposta?

Sasuke: Claro né, sou homem de palavra, mesmo não querendo.

Naruto :E que música minha adorada Sakurinha escolheu?

Sasuke: QUE PORRA DE ADORADA É ESSA?! E ela escolheu She will be loved.

Naruto: Mas não é a sua música com a Keiko?

Sasuke: ... Não fale dela, por favor.

Naruto: Desculpa cara e vá se arrumar que a Ino canta a 19:30 e tu logo em seguida.

Sasuke: Ta bom.

Naruto: Te vejo lá , fuí.

Sasuke: É fui sua anta e até lá.

WhatsApp off.

Levantei-me da cama e fui para o banheiro. Certifiquei-me de trancar a porta, nunca se sabe né . Tirei o fone do celular, coloquei o celular para tocar no volume máximo quero que quem quiser entrar não consiga entrar. Pelo amor de Deus. Senti a agua quente cair pelo meu corpo e senti todos os músculos de meu corpo relaxar.

Terminei o banho e sai usando uma toalha , quando boto o pé para fora vejo meu irmão passa pelado por mim indo em direção ao quarto dele, Deus que visão infernal, serio puta que pariu, serio só quem tem irmão entende o quanto é ruim depois de um tempo ver o irmão pelado, por que quando você é criança é tudo normal, mais depois de um tempo é um cú. Caminhei até meu quarto e o vi tentando abrir a porta.

—Pelo que parece a tarde foi boa – Ele parou de tentar abrir a porta e me encarou, o sorriso de seus lábios diziam tudo.

—E como foi – Ele falou tentando abrir a porta e a outra mão estava fechada.

—Eu sei tigrão – Falei tentando evitar cair na gargalhada, mas não deu – E o que tem na sua mão?

—A camisinha – Me arrepende de ter perguntado.

—Foi rápido em? E VAI JOGAR ESSA MERDA NO BANHEIRO – Falei abrindo a porta do meu quarto.

—Rápido?

—Sim só tem meia hora que eu to aqui e você já fez tudo, tem que procurar um médico disfunção é normal, mais não na sua idade – Falei , entrei no quarto e me tranquei. Logo o vi batendo na porta e me gritando, mais um grito de fundo o encobriu e abri a porta, era nossa irmã que tinha chegado e acabou vendo o Itachi como ele veio ao mundo. Fechei a porta e fui me arrumar, coloquei uma cueca box preta, uma blusa branca e uma jaqueta do tipo colegial preta e branca que nas costas tem o sobrenome da minha família e uma calça jeans, calcei meu all star e sai. Peguei o telefone e liguei para a Haruno.

—Alô?

—Sakura sou eu, quer que eu te busque?- Ouvi um volte aqui e um grito.

—Não pode ir indo- Continuei a ouvir a confusão e o telefone desligou. Aproveitei e liguei para o Naruto .

—Man quer que eu te pegue?

—Que porra é essa Sasuke? Eu não curto macho não ,mas tu vai ser sempre meu melhor amigo não importa se agora tu curte homens.

—O anta, eu to falando se tu quer carona imbecil.

—Háááá , quero man e quanto amor em.

—Pois é e já estou indo. – Desliguei e fui para a garagem, quando do nada meu irmão começa a gritar – Que foi?

—Me espera! –Itachi entra na garagem me atropelando – Cheguei.

—Notei – Falei me endireitando - Só entra – Ele entrou e então fui até o carro e finalmente entrei, o caminho foi até calmo pelo menos até o Naruto surgir , o Dobe ficou querendo sacanear meu irmão que ficou puto por eu ter contado tudo pro Dobe e eu tive que ouvir aquilo calado, esse com toda certeza não é o meu dia. Ao chegarmos , demorei um pouco para estacionar , mas conseguimos caminhei até o bar e então eu vi. Não. Não pode ser. Do nada vejo um anjo sorrir e levantar os braços e fazer o sinal chamando alguém.

—Sasuke, a Sakura está muito linda- É então é ela mesmo, como alguém consegue ser tão bonita? Seus longos cabelos róseos estavam soltos e com ondas, o vestido vermelho solto mas que para mim a deixava com a silhueta marcada, seu rosto, sua boca tudo estava extremamente convidativo . Caminhei até ela e a mesma encarou.

—Sasuke? Esta bem?

—Não, que dizer sim, to muito bem- Falei quase me engasgando, ela sorriu para mim e que sorriso . Ai meu Deus como eu posso sentir essas coisas por mais alguém que não seja a Keiko? Uma onda de raiva percorreu minhas veias e se esvaiu quando voltei a olhar para aquele anjo que se encontrava em minha frente . Keiko... Espero que ela me perdoe.

Flash Back on.

—Keiko volta aqui!- Comecei a correr atrás dela – Ei eu to velho para esse tipo de coisa – Ela parou e começou a sorrir. Aproveitei que ela tinha parado e corre atrás dela, quando cheguei nela a peguei pela cintura e a tirei do ar girando .

—SASUKE, ME COLOCA NO CHÃO – a Coloquei no chão e depositei um beijo em seus lábios doces, a senti retribuir – Sasuke , posso lhe fazer uma perguntar?

—Claro – Falei cocando a nuca.

—Você vai me amar para sempre?

—Claro – Notei o olhar triste dela para mim – Você sempre será a única para mim – Notei quando ela desviou o olhar e então voltou a correr. Abri um sorriso e me pus a correr atrás dela.

Flash Back off.

—Sasuke, vamos entrar – Quando acordei da memoria que tive vi a Haruno me puxando e apenas me deixei levar. Sentamos em uma mesa perto do palco – Sasuke espero que cante direitinho – Ela falou num tom de divertimento.

—Eu era o melhor cantor da escola – Ela sacudiu a cabeça e começou a rir – Tenho uma ideia, se eu cantar bem, terá que fazer uma coisa que eu quero.

—Ta bom , Uchiha.

—Saky, não faz isso. Ele realmente canta bem- Itachi falou já se levantando.

—Vai aonde irmão?

—Vou catar uma gatinha, não sou que nem você – Eu senti aquela indireta como uma direta, ele bem sabe que é uma opção minha.

                                              Sakura

Quando dei por mim comecei a ouvir a voz de Ino e ela estava cantando nossa música favorita, eu amo a música olha pra mim de Luciana Mello, melhor música e melhor batida , melhor som melhor tudo. Deidara estava ao seu lado contando e foi quando dei falta do meu irmão não acredito que ele não vai assistir o Deidara tocar e cantar.

—Olha pra mim, bocas tem um beijo bom assim – Cantei junto com Ino e senti o olhar atento de um certo Uchiha –Que foi?

—Nada – A olhei desconfiada, será por causa da maquiagem, eu odeio quando a Ino faz isso - Bocas tem um beijo bom assim – Notei que a voz dele fica bonita e suave. Como se tivesse um toque de veludo em sua voz. Eita acho que vou perder dessa vez. Quando olhei para o palco notei os olhos de Ino para um ruivo muito bonito. Quando a musica acabou vi Ino agradecer.

—Muito obrigada a todos, mas agora teremos um cantor surpresa, Ele perdeu uma aposta e tem que pagar, Sasuke Uchiha pode vir aqui- Ino o chamou e ele se levantou e foi até o palco, só então notei o quando ele esta lindo. Que sensação estranha é essa? E então a musica começou Deidara tocava muito bem o violão e a voz de Sasuke que voz. Claro que existem vozes mais bonitas, mas não sei por que a de Sasuke tinha algo a mais, um que de tristeza e melancolia, não sei se todos estavam sentindo a mesma coisas que eu estava sentindo, como se aquela letra o lembrava de algo doloroso.

A cada palavra daquela musica que significava algo tão bom para mim, eu me sentia pior por fazer o Uchiha se sentir mal quer dizer eu acho que ele esta mal, mais não posso dizer isso com toda certeza que ele estava sentindo tudo que a voz dele transmitia, eu sei que ele é um chatonildo que se acha, mas minha vontade é de ir até ele e quando dei por mim eu estava indo até ele. Quando cheguei perto do palco, bem perto o vi se abaixar e... [

—She will be loved - Ele terminou música e ficou me encarando senti meu coração disparar, o vi apertar alguma coisa no microfone – Acho que eu ganhei e você terá que fazer algo para mim.

—O que é? – O vi descer do palco com todo mundo o aplaudindo e me deixei guiar por ele pro centro do bar e a o som de Photograph , ele começou a me fazer dançar, engole a seco – É isso que queria que eu fizesse?

—Não - O vi me encarar de maneira intensa - Era isso – E então senti seus lábios roçando nos meus.

                                              Sasuke

Me perdoe Keiko....

Mas este não é o momento certo

Este não é o dia certo

Você não é o cara certo

Este não é o lugar certo

Eu sou apenas um estranho que entrou em seu mundo

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...