História Uma noite para recordar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Novos Titãs (Teen Titans)
Exibições 173
Palavras 1.364
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pessoal, estou repostando esta história porque fiz algumas modificações. Espero que gostem, é uma história adulta.

Capítulo 1 - Noite selvagem. Capítulo único.


Era uma noite fria. Caia uma chuva mansa e fina, o vento era forte e barulhento. O casal Kory e Dick haviam saído para jantarem no centro da cidade, já Victor havia viajado faz uns dias para fazer um curso de engenharia mecatrônica e robótica. Na torre se encontravam apenas o metamorfo e a empata.

Garfield estava na sala principal assistindo um filme, enquanto Rachel tomava um banho quente e relaxante. Garfield estava apenas com uma bermuda preta e devido a clima frio decidi ir ate seu quarto pegar uma camiseta.Ao passar pelo corredor no qual se encontrava o banheiro da torre acaba dando de cara com Rachel saindo pela porta apenas de toalha e com os cabelos  com um coque mal feito. O metamorfo para para admirar a empata que exibia suas belas curvas tampadas apenas pela toalha, estava extremamente sensual. Enquanto isso Rachel cora ao perceber os olhares maliciosos de Garfield em sua direção, que indicava que o mesmo estava tendo pensamentos inapropriados, porém a mesma o devolve o mesmo olhar, admirando o corpo sarado que o metamorfo possuia. De uns tempos para cá o rapaz verde havia mudado bastante, fazia academia diariamente e conseguiu um corpo sarado, abdômen trincado, peitoral definido e braços musculosos. Uma verdadeira tentação.

-Ah oi Gatinha. O metamorfo dizia com olhar de desejo.

-Olá Garfield. O que faz por aqui? Dizia a empata devolvendo o olhar malicioso e em tom sedutor.

-Ah é que eu estava com frio e ia no meu quarto pegar uma blusa sabe. Dizia o rapaz verde, que estava excitado só de olha-la.

-Ah estava com frio é? Quer dizer que não esta mais? Dizia a empata mordiscando o lábio inferior provocando o rapaz.

-Estava, aqui nesta parte da torre parece estar mais quente.

-Parece mesmo.

Continuaram se olhando profundamente. Sentiam um desejo muito grande dentro de seus corpos. Tinham pensamentos inapropriados um com o outro. Queimavam por dentro. Não estavam mais se aguentando e decidiram aproveitar uma oportunidade rara como aquelas, estavam sozinhos na torre.

O metamorfo se aproxima e na medida que ele chegava a empata, ela mordia mais o lábio. Ficaram cara a cara, e logo o rapaz partiu para o ataque. Selaram um beijo cheio de tesão e desejo. Beijavam selvagemente. O rapaz deslizava suas mãos pesadas pelo corpo da empata, descia cada vez mais ate chegar em sua bunda, a apertava com força enquanto sua outra mão acariciava suas coxas. Ela por sua vez arranhava ferozmente as costas do metamorfo, e mordia seu pescoço com vontade. Ele descia seus beijos pelo pescoço da garota, dando leves mordidas e chupões. Desceu uma de suas mãos para a intimidade da mesma e quando a tocou escutou um gemido vindo da empata. Suas linguas se encontravam violentamente em suas bocas. A empata acariciava seu membro já duro em sua bermuda enquanto com a outra mão apertava a nuca do rapaz com a intenção de aprofundar aquele beijo.

-Rae eu quero muito fazer amor com você. Eu quero te foder gostoso.... dizia o metamorfo ofegante.

-Aiiinn você quer me foder é? Quer meter gostoso? Sussurrava a empata totalmente provocativa.

-Eu quero muitoooo..você é muito gostosa!!!

-Então feche os olhos verdinho.

Dito e feito e rapaz fecha os olhos. Se sente em uma sensação como se estivesse caindo. E de repente cai sobre uma estrutura macia, e poquissímos segundos depois sente alguém sobre seu corpo. Quando abre os olhos, percebe que se encontra na cama da empata em seu quarto. E ela estava sobre seu corpo totalmente nua. 

Eles voltaram a se beijar selvagemente. Ele apertava todo o corpo da empata, apertava sua bunda com violência que rebolava deliciosamente sobre seu pau grande e grosso que estava duro, e beijava seu pescoço indo em rumo a seus seios fartos e macios.

-Rae você me deixa louco de tesão. Dizia Garfield excitado.

-E você me deixa louca....Dizia a empata igualmente excitada. Você pelo visto já percebeu que quem manda aqui sou eu verdinho. Eu ordeno que você me chupe toda. Me chupe bem gostoso. 

-Nossa Rae eu não sabia que você era assim tão fogosa!! Dizia o metamorfo entusiasmado.

-Garfield você não sabe tudo sobre mim. Eu sou um baú de segredos. Dizia a empata divertidamente.

-Eu quero descobrir todos os seus segredos gata!!

-É o que vamos ver, então você vai ou não vai fazer o que ordenei verdinho?

-Seu pedido é uma ordem gostosa!!!

O casal troca de posição e o rapaz verde fica por cima. Começa beijando a empata violentamente. Suas linguas lutavam dentro de suas bocas. Foi descendo os beijos ate o pescoço, dando leves mordidas e chupões. Chegou aos seios deliciosos da garota e os abocanhou com tudo. Os chupava e os lambia com vontade. Enquanto chupava seus seios, desceu uma de suas mãos até a intimidade molhadas da empata e começou a masturba-la. A empata gemia alto.

Desceu ainda mais e lambia as coxas da garotas e abriu suas pernas deixando sua vagina totalmente exposta ao rapaz verde que não perdeu tempo e começou a chupa-la. Sua lingua ia fundo dentro de sua intimidade, chupava com força, mordia os grandes e os pequenos lábios. A empata gemia intensamente, apertava os lençois com as mãos, estava em extâse.

-Aiiinnn Gar vai, chupa vai. Que deliciaa....!! A empata dizia gemendo.

Ele continuou chupando forte, apertando suas coxas. A empata apertava sua cabeça contra seu corpo a fim de aprofundar ainda mais a chupada. Rachel já não se aguentava de prazer.

-Gar eu vou gozaaar!!

E assim o metamorfo pode sentir seu sabor delicioso. A empata havia gozado em sua boca. Passado um tempinho curto a empata diz de forma provocadora.

-Agora é sua vez verdinho. Você quer que eu te chupe gostoso. Então pede.

-Me chupa gostosa, chupa meu pau vai. Dizia o metamorfo completamente excitado.

A empata já por cima do rapaz começa beija-lo intensamente. Dava mordida em seu percoço ao mesmo tempo em que o masturbava com as mãos. Foi descendo os beijos ate o membro completamente duro e grosso do rapaz;

-Um que delicia, como ele é grande e gostosoo uuumnnhhh.

Abocachou com tudo aquele pau duro e verde. Chupava com muita vontade. Lambia toda a sua extensão, desde o saco ate a cabecinha. Chupava muito ao mesmo tempo em que arranhava seu peitoral definido.

-aiii Rae que gostoso, você é deliciosa demais....aaaaah Gafield gritava de prazer. 

O rapaz segurava a cabeça da garota de forma que a fazia aprofundar ainda mais a chupada. E ela percebendo que ele estava quase gozando  acelera o ritmo e faz a famosa garganta profunda.

-Rae eu não vou aguentar, eu vou gozaaaar!!! Garfield geme fortemente enquanto gozava na boca carnuda da empata.

Passado uns segundos ate a recuperação do metamorfo, a empata sussurra em seu ouvido.

-Você disse que ia me foder gostoso. Vem, mete gostoso na minha bucetinha aiiin! 

O rapaz nada responde. Apenas coloca a empata de quatro e a penetra profunmente. As estocadas começaram lentas porem foram acelerando, acelerando até ficar em um ritmo selvagem e violento.

-Vai Gar, vai seu tesudo, que deliciaa! Dizia a empata gemendo muito alto.

-Que bucetinha gostosa Rae, você é um tesão!!! Dizia o metamorfo enquanto metia selvagemente.

-Me bate vai, me bate. 

O metamorfo ao ouvir aquilo começa a dar tapas fortes na bunda da garota que gemia alto. Puxava seus cabelos. Metia cada vez mais forte.

-Gaaar, aiiin eu vou gozaaar! Dizia a empata gemendo muito.

-Eu também vou Rae;

E assim os dois gozam juntos. Os dois se deitam na cama para descansem, pois estavam completamente exaustos.

-Rae você é maravilhosaaaa, eu adorei fazer amor com você. Dizia o metamorfo ofegante.

-Eu também adorei verdinho. Respondia a empata igualmente ofegante.

-Rae, você gostaria de ser minha namorada?

-Nossa Gar, é sério isso?

-Mas é claro que é! Olha só você é linda, inteligente, sexy e companheira , eu ficaria muito feliz em ter você como minha namorada.

-É claro que eu aceito Gar!! Eu quero ser sua namorada. 

E assim selaram um beijo apaixonado e quente. Os dois se acomodam em posição de conchinha e adormecem profundamente. Havia sido uma noite quente e deliciosa. Uma noite para recordar.

 


Notas Finais


Pessoal e ai curtiram?? Deixem o feedback ai de vocÊs nos comentários. *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...