História Uma Noite Somente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Namjin, Vkook, Yoonseok
Exibições 32
Palavras 1.445
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem ...
>.<

Capítulo 1 - Desconfiança


                             Ele mentiu
                                                  Ele me machucou
                                                        Mas não vai ficar assim...

 

                         hoseok ´On`


               - Droga! mil vezes droga! se ele pensa que sou idota pra acreditar que ele está trabalhando até essa hora, está muito engadado!

       Já era a trigésima vez que ligava para o celular de seu namorado e dava desligado.
 estava furioso pois sabia que era mentira tudo oque o mesmo falou. lembrava das palavras claramente que o mesmo disse para si 3 horas atrás que lhe mandare uma mensagem com as simples palavras:
 
      ``ficarei trabalhando até tarde. não se preocupe.
          chegarei na hora do jantar. bjs taetae``

  ¨Mentiroso, traíra!¨ pensou consigo mesmo antes de pegar as chaves do apartamento e sair a procura do seu não tão querido namorado no momento. Sabia onde ele trabalhava e a sala, conhecia todos seus amigos pessoais e
 nunca viu nada de errado com nenhum deles. Pegou o elevador, estava agitado e nem sabia por que. Mentira,sabia muito bem se encontrava tão nervoso assim. Taehyung é seu namorado a 3 anos. se conheçeram na faculdade atravez de seus amigos incomun, NamJoon e Jin, seus fies companheiro de farra. Taehyung era um garoto
 doce com um sorriso quadrado que encantava qualquer pessoa. Tinham os mesmos papos e mesmo pensamentos.
 para hoseok ele era Perfeito. Quando se envolveram a primeira vez pensaram que seria só um beijo e mas nada escondidos na sala do zelador .Só que cada dia que passava ficava mas apegado ao garoto, até o dia que se viu morando com o mesmo como se fossem casados.
           Mas devem esta se perguntando o porque de eu estar tão aflito em relação a taehyumg, o fato é que ele já me traiu com um cara do mesmo setor de trabalho que ele. cheguei a pegar os dois ao beijo em um bar não muito distante da empresa do qual eles trabalham. minha reação fio imetiada,
 entrei naquele local aos berros com os dois, o filho da puta do Jeon Jungkook nem ligou para meu escandalo. já taehyung queria me 
conter de algum jeito segundando meus braços. desde desse dia minha confiança com ele rediziu.

     Voltamos, isso é obvio. mas eu gosto tanto dele que chega a dor meu peito com isso. O pior é saber que ele não deve está cumprindo com oque me promteu ¨De se manter longe do jungkook, e nem respirar o mesmo ar que aquele viado escroto!¨ ,
             Nossa, chamo ele viado mas não sou nada macho!, bom resmindo a historia, EU FUI CORNO E BURRO de ter aceitado ele de volta. mas passamos tantas coisas juntos que seria um desperdicio jogar tudo fora por causa dele. repensei e cheguei em um conclusão,

    Daria essa chance para ele concertar a burrada que fez. Sempre fui muito idiota em acreditar em tudo que ele fala pra mim, mas nas ultimas 2 semanas ele vem me mostrando um pouco distante e ausente que o normal. Sempre dando desculpas dizendo que ¨meu trabalho esta puxado e não tenho tempo pra bobagens¨ Quer dizer que eu sou uma bobagem pra ele então.

       Já em frente ao prédio, após pagar o taxista muito simpatico por sinal, adrentou o local vendo praticamente vazio. tinha umas 4 pessoas andando com pressa, pareciam querer ir embora logo. fui até a recpção vendo Jin sorrir ao me ver. Com certeza ele não me negaria ir na sala do meu namorado sem ser anunciado. 


             - Jin-hyung, preciso de um favor seu - Digo já em frente ao balcão
        
            - Aposto que tem haver com o tae né hobi? como sempre - ele solta uma risada baixar , arrumando os papeis que se encontravam bagunçados em sua mesa - alias eu iria te ligar pra te chamar para irmos em uma boate nova que abriu aqui em Seoul. Nem adianta dizer que não pois eu vou arrastar, nem tá casado e já está assim tão distante!  
          
             - Ok, prometo ir e você me fala ser Taehyung ainda está na sala de reuniões...       

  - Não estou sabendo de reunião Hobi, ele está na sala com o kook-ssi

   Sabia! ele mentiu pra mim de novo - hm, então vou lá fazer uma surpresinha pra ele, obrigado Jin.
         
            - Não esquece da baladinah hoje em! eu irei te ligar...


        Sai em direção ao elevador, apertando o 7º andar. Estava transbordando raiva nesse momento. queira rasgar aquele moreno de bairo para cima com uma faca.
quando as portas abriram, observei o corredor totalmente vazio sem nenhum funcionario, caminhei lentamente até achar a porta com um nome com uma caligrafia bonita. Respiro fundo antes de abrir lentamente a porta colocando com o rosto pra dentro, mas sinceramente foi uma 
das minhas piores decições. A cena que presenciei foi um Jungkook cavalgando em cima de um Taehyung ainda não morto por mim. 
          Meus olhos ardiam e eu sabia que iria chorar aquele momento, mas não fiz. Abri a porta com brutalidade vendo os dois se assustarem com o barulho
do impacto da mesma. Nunca vi taehyung tão desisperado como da primeira vez que peguei os dois juntos,ô mesmo tentava se vestir em uma velocidade rapido, já o outro me olha com aquele sorriso dsgraçado no rosto.


             - Porque parou?  estou atrapalhando alguma coisa do casal por acaso? - Sorrio, mas na verdade eu queria chorar, e muito.

    - Amor, me escuta, vamos conversa...

    - Perai Taehyung! você não vai se descupar por algo que tá acontecendo a 1 ano e meio né? para de ser idiota e acaba de vez com Esse babaca aí - Jeon diz me olhando nos olhos

    - 1 ano e meio taehyung . isso é serio ? você não estava satisfeito comigo? - Sinto as lagrimas teimosas descerem de minha face

     - Hobi.. por favor me perdoa - ele tenta se aproxima, mas pego um objeto que não fiz questão de identificar no momento, e
 taquei em cima dele, mas infelizmente errei.

   - Não me chama de HOBI! SEU BABACA, ESTUPIDO!! COMO EU PUDE ACREDITAR EM SUAS PALAVRAS EM? EU FUI ENGANADO 
POR 1 ANO E MEIO TAEHYUNG!! POR QUE NÃO TERMINOU COMIGO ANTES EM? ME FEZ DE IDOTA ESSE TEMPO TODO. 
EU TE ODEIO COM TODAS MINHAS FORÇAS!!!

   
        Não dei tempo do mesmo não fala mas nada, sai daquela sala correndo indo para o elevador. esperei fecha a porta para eu cair em lagrimas. Estou me sentindo um completo lixo naquele momento, não sabia pra quem recorrer. só queria ir pra casa e chorar até não aguentar mas, dái eu lembro que moro no mesmo apartamento que aquele babaca. precisava sair de lá o mais rapido possivel. não aguentaria ficar no mesmo ambiente que aquele traíra. após chega no terrio vi que só havia o porteiro e algumas pessoas limpando o predio, imediatamente saiu correndo do local a procura de um taxi com os olhos. observei um mas a frente e fui nele mesmo.

 
                                                              
                                                    ~*~


             Já tinha colocado metade de minhas roupas dentro da mala vermelha que se encontrava aberta em cima da cama, em minhas mão em cima da cama, em minhas mão 
se encontrava as fotos que estava no porta retrato perto do cirado mudo do lado da cama, fiz o favor de rasga-lás. não queria deixa nenhuma evidencia de que eu joguei fora 3 anos da minha vida com um idiota que só me iludiu. ouvi o barulho do quarto se abrir, revelando um taehyung totalmente ofegante e com os cabelos bagunçados. desvio o olhar do mesmo voltando a arrumar a mala quase pronta, eu pediria para jin vim buscar o resto depois. só queria sair o mais rapido possivel daquele ambiente.


           - hobi, por favor... não faz isso com a gente - ele se aproximou de mim, se ajoelhando em minha frente
           
              - não.me.chama.de.hobi!! - disse pausadamente - saia da minha frente antes que eu soque sua cara seu mentiroso de merda! - o empurrei indo em direção
ao guarda-roupa novamente

 - por favor, me perdoa! eu fui um babaca admito. mais não me deixe por isso. eu prometo mudar e nunca mas fazer isso

 - nossa, isso me soa bem familiar.. - digo ironicamente, pegando 3 par de tenis e colocando dentro da mala o fechando. o coloco a mesma em pé - eu espero do fundo do meu
coração, que você se foda kim taehyung!

     saio daquele quarto com pressa, peguei meu celular o colocando no bolso da frente. bati a porta indo em direção elevador do local, suspirei fundo. estava cansado de tudo e precisava desabafar com alguém imediatamente ou beber até perder a consciência. ah, beber! quanto tempo não saia para beber com seus amigos? ....oque uma boa bebida e seu amigos não resolveriam né? 


continua...?


Notas Finais


Primeira fanfic...confesso que estou nervosa
Mas vamos lá!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...