História Uma nova Alice... - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland)
Visualizações 5
Palavras 757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - A primeira vez que encontrei um Dark.


Fanfic / Fanfiction Uma nova Alice... - Capítulo 6 - A primeira vez que encontrei um Dark.

Já faz uma semana desde que Tchester me trouxe pra ca. Me pergunto se vovô sente minha falta...

Estamos nos preparando para ir até outro vilarejo, dessa vez um pouco mais longe. Will recebeu a informação de que há um Dark recenascido vagando por lá, o que pode significar que o portal está por perto, e com sorte, iremos acha-lo.

Eu e Cherch esperamos por Will do lado de fora da cidade. Nos sentamos ao pé de uma arvore. 

- O Will está atrasado...- Comentei olhando em volta na tentativa inutil de ve-lo.

-É...espera, desde quando vocês são tão proximos?- Chersh perguntou tirando o queixo das mãos e olhando pra mim.

- Um ...  bem... ele pediu pra não ser tão formal...então ...

- Bom Dia.- Will chegou sorrindo.

-Oi Will.-respondi rapidamente, tentando mudar de assunto e fazer Chersh esquecer sobre isso. Ele nos olhou de rabo de olho.

Assim que entramos no vilarejo começamos a pedir informações sobre o assunto. Eu não achei nada que ja não soubessemos, mas Chersh me chamou dizendo que Will tinha encontrado algo.

Nos dirigimos até a frente de um bar e vimos ele falando com um senhor idoso de barba mal feita e chapéu amaçado, chegando mais perto consegui ouvir melhor.

- Ele vive na parte escura do bosque... ele tem asas enormes e dentes muito, muito grandes.- Ele colocou as mãos perto da boca e tentou imitar os dentes.

- Obrigado senhor, nos ajudou muito.- Will agradeceu e veio em nossa direção. - Aparentemente ele vive Próximo ao vilarejo e ja devorou 12 crianças.

- 12??- Perguntei espantada. Ele apenas acentiu em resposta.

- Devemos pega -lo o quanto antes.- acentimos uns para os outros e começamos a nos preparar. Iriamos lá durante a noite, quando ele é mais ativo.

" Eu tenho que admitir, estou com medo, não sei controlar meus poderes direito, até consigo fazer um feitiço ou convocar um elemento, mas por pouco tempo. Tenho medo de não conseguir fechar o portal, porque enquanto eu não fecha-lo, não poderei ir para casa."

Fomos até a floresta, eu podia ouvir corvos a nossa volta, os galhos das árvores batiam uns contra os outros e o vento frio colidia como agulhas em meu rosto me fazendo arrepiar.

*Crack* 

Senti algo quebrar e cai em uma pequena vala. Quando abri meus olhos eu estava em cima de...uma pilha de crânios de crianças... Chersh me ajudou a subir e me encolhi escondendo meu rosto sob seu peito, ele me abraçou para tentar me acalmar. "Sou uma garota de apenas 16 anos, por que tenho que ver isso?!" 

- Estamos perto.- Will alertou. Derrepente pequenas chamas roxas começaram a se reunir a nossa volta, uma delas veio em minha direção, pude ouvir a voz de um menino * Por favor mate-o... Só assim poderemos descançar...* apenas acenti para ele. 

* CREECK* 

Ouvimos outro barulho e todas as pequenas chamas fugiram. Das sombras saiu uma criatura horrenda,  asas de morcego, cauda de lagarto olhos prateados e dentes serrilhados. Deu um rasante enquanto gritava, seu grito ecoava de um jeito, que pensei que minha cabeça fosse explodir.  Chersh o acertou na perna com as Tekko-kagi (garra ninja usada no japão).

- REAAAAAUUURRR- Ele tentou me acertar mas consegui me abaixar. Will atirou com a besta mas pegou de raspão.

- Use magia!- Ele gritou pra mim. Mas não tenho como fazer isso, numca vou acertar, enquanto pensava nisso a criatura  me jogou contra uma árvore. 

- ARGHH!- fiquei meio tonta, mas rapidamente recuperei meus sentidos e vi os garotos lutando contra a fera. Imediatamente senti algo diferente dentro de mim. Meus olhos ficaram roxos e me levantei, com uma fúria incontrolavel.

Comecei a convocar um elemento... fogo! Chamas apareceram a minha volta fazendo espirais no ar. Joguei uma bola de fogo na criatura, que estava vindo em minha direção. Acertei o rosto e ele caiu no chão atordoado. Chersh avançou e perfurou seu peito, tirando sua vida.

Soltei um breve suspiro, me acalmei e as chamas sumiram. Ja estava amanhecendo e a floresta antes fria e assustadora, agora estava voltando a vida. Cogumelos começaram a crescer no chão e as árvores começaram a florecer. As almas das crianças formaram um circulo  e tomaram forma... 

- Obrigado...- se tornaram focos de luz e foram  em direção ao céu.

------------//------------

 No caminho de volta, comecei a pensar no que aconteceu... a forma que meus olhos subtamente mudaram de cor... a fúria dentro de mim... o que foi aquilo?

Tentei mas não consegui encontrar nenhuma resposta, só  há uma coisa em minha mente agora...

" Estou começando a achar que isso não é um sonho..."

Fim do Sexto Capitulo...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...