História Uma Nova Antiga Hogwarts(Jilly e Wolfstar) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alice Longbottom, Alvo Dumbledore, Andromeda Tonks, Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Euphemia Potter, Fabian Prewett, Fenrir Greyback, Fleamont Potter, Franco Longbottom, Gideon Prewett, Harry Potter, Horácio Slughorn, Lílian Evans, Lucius Malfoy, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Nymphadora Tonks, Pedro Pettigrew, Personagens Originais, Regulus Black, Remo Lupin, Rodolfo Lestrange, Severo Snape, Sirius Black, Tiago Potter
Tags Harry Potter, Hogwarts, Jilly, Morotos, Wolfstar
Visualizações 15
Palavras 1.028
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oiii
este é o meu primeiro capitulo da minha primeira fanfic, espero que gostem e que se divirtam tanto a lê-la como eu a escreve-la

ideias serão sempre bem-vindas

obrigada e boa leitura

Capítulo 1 - O Chapéu Selector


Fanfic / Fanfiction Uma Nova Antiga Hogwarts(Jilly e Wolfstar) - Capítulo 1 - O Chapéu Selector

POV. Lilly

E ali estava eu frente a frente com o meu destino, que seria determinado por um chapéu a partir do momento em que eu me sentar naquele banco em frente de toda a gente no salão principal. Nesse momento saberia para qual das casas eu iria, será que seria a Lufa-Lufa, a Corvinal, a Sonserina ou a Grifinória. Serei corajosa e ousada como uma Grinória, justa e paciente como um Lufana, inteligente e perspicaz como uma Corvinal ou ambiciosa e capaz de usar quaisquer métodos para atingir meus objectivos como uma Sonserina? Isso seria decidido neste momento!

Enquanto isso eu ia ouvindo os nomes dos meus colegas que estavam na mesma situação que eu, provavelmente tão nervosos quanto eu e com o destino a poucos passos, como eu.

- XenofilIo Lovegood…- A professora McGonagal dizia os nomes um por um de forma clara e imponente fazendo que os nomes se ouvissem de uma ponta a outra do Salão Principal.

- CORVINAL – bradava o Chapéu Selector de maneira igualmente altiva

- Andrômeda Black….

-LUFA-LUFA

Pensei se Severus sempre ficaria na Sonserina, equipa pela qual, desde que eu o conheci, ele demonstrava uma admiração profunda, e também graças a qual ele ouviu certas piadas vindas de um grupo de rapazes num vagão do Expresso de Hogwarts. Pensei que talvez eu ficasse na Sonserina também com o meu amigo, no entanto algo bem no fundo do meu ser dizia que a nossa amizade nunca mais seria como antes, mas eu não liguei, e de qualquer modo eu também planava fazer outros amigos na minha casa independentemente se ficasse na Sonserina ou não.

- Alice Prewett…

- GIFINÓRIA

-Severus Snape…- nesse momento eu saí do meu transe ao ouvir o nome do Severus, ele ía caminhando solenemente em direcção ao banco, mas ele não me enganava, podia enganar todas as pessoas nesse salão, mas não a mim, eu sabia que ele estava a tremer por dentro, que ele estava com medo de não ser digno da casa que ele passara meses a falar e que ele estava a tentar atrasar cada vez mais esse momento inadiável.

Por fim ele chegou ao banco, sentou-se no banco e de lá de cima mandou-me um olhar que eu sabia transbordar de emoções mesmo que ninguém no salão se apercebe-se.

-SONSERINA

Eu soltei um suspiro de alívio ao vê-lo descer com um olhar triunfante ao dirigir-se á mesa da Sonserina.

- James Potter- o rapaz passou por mim e mandou-me uma piscadinha com o olho me fazendo corar involuntariamente e dirigiu-se de maneira confiante em direcção ao banco, eu já sabia para que equipa esse rapaz queria ir eu ouvira-o a falar com o seu colega de banco, acho que o nome do amigo dele era Sirius ou coisa assim, antes de ele ser completamente grosseiro com o Severus fazendo com que nós saíssemos.

- GRIFINORIA

Ele comemorou fazendo uma “dancinha da vitória” o que pôs todo o mundo do salão a rir, incluindo eu.

- Sirius Black …- este era o amigo do tal James, era este que estava sentado junto dele no trem.

- GIFINÓRIA

-Lilian Evans…- eu tentei parecer o mais confiante possível tal e qual Severus mas de um modo mais Lilly, dando passos largos e confiantes em direcção á minha nova casa e ao meu futuro. Sentei-me no banco e respirei fundo, vi um professor pegar no Chapéu Selector para o colocar na minha cabeça, era agora. Eu sentia o olhar do Severus pousado em mim carregado e esperanças para que eu fosse para a equipa dele, e pela primeira vez desde sempre senti que eu não pertenceria ao mundo que ele decidira escolher…

-GIFINÓRIA- o Chapéu berrou e em seguida me levantei e me dirigi em direcção á mesa da minha nova casa, onde fui saudada amavelmente por James Potter e Sirius Black.

-Oi- James estendeu-me a mão para uma acendo amigável e eu aceitei- eu sou James Potter e este aqui é o meu amigo Sirius Black- disse ele fazendo um aceno leve para o rapaz sentado à sua direita.

-Eu ainda me sei apresentar sozinho, James- disse Sirius com a óbvia intenção de provocar o amigo e logo em seguida virou-se para mim e falou com um tom cortês pomposo que ele fez com intuito de me fazer rir- Sirius Black e a menina bonita é?

-Lilian Evans – retribui no mesmo tom fazendo-os gargalhar.

- Remo Lupin …

-Shhhhh! Calem-se!- mandou Sirius extremamente curioso e nervoso com a possibilidade do seu amigo não ficar na mesma casa que ele. Remo foi caminhando em direcção ao banco e Sirius cruzou os dedos e começou a rezar a Merlin para que Remo ficasse na mesma casa que ele, enquanto isso eu e James trocávamos olhares cúmplices e fazíamos um esforço gigantesco para não rir-mos até que finalmente a voz do Chapéu Selector ecoou no salão inteiro

 

Pov. Sirius

Eu não sei o que é que se passava comigo, eu estava completamente em pânico, simplesmente pelo facto de imaginar sequer a possibilidade de Remos não estar na mesma equipa que eu.

Eu o conhecia fazia pouquíssimo tempo, uns dois meses para ser mais exacto no entanto eu sentia que tinha passado a minha vida toda com ele. Eu tinha uma intimidade tão grande com ele quando tinha com o James que já conhecia desde que ramos crianças. Eu não sabia o que se passava comigo mas também não me ia importar com isso naquele momento a ansiedade tomava conta do meu corpo e da minha mente. Eu estava literalmente com os dedos das mãos todos cruzados e a sussurrar, eu espero, baixo o suficiente para James e Lillian não me ouvirem até que de repente eu ouço a voz o Chapéu Selector a declarar alto e com som.
-GRIFINDOR

O pânico desinstalou-se no meu corpo e foi substituído por uma onda de felicidade o que me fez levantar-me e abraça-lo com todas as minhas forças, por um momento foi um pouco constrangedor mas ele logo me retribuiu o abraço e sussurrou perto do meu ouvido para que mais ninguém pudesse ouvir:

- Não te livras te mim tão facilmente



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...