História Uma Nova Chance? - Kaisoo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Abo, Alfa, Casamento Arranjado, Jongin, Kai, Kaisoo, Kyungsoo, Ômega
Exibições 224
Palavras 1.177
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei. Eu achei o capítulo meio ruim, mas espero que gostem,
Obrigada pelos favoritos e comentários.
Boa leitura e me desculpem
pelos erros.

Capítulo 2 - Segredos


[Dias Atuais]

 

JongIn On

 

Hoje faz exatamente dez anos desde a última vez que vi Do KyungSoo. Ai você me pergunta: Sente falta dele? Sim

Você se arrepende? Muito, principalmente depois da notícia que recebi há 5 anos atrás.

 

Flashback On

 

- Eu sinto muito Sr. Kim, mas devido a essa infecção não poderá mais ser pai - Disse o médico me olhando com pena - Eu realmente sinto muito, sei como é difícil.

- Não existe nenhum tratamento para isso?

- Existe, mas no seu caso... São mínimas as chances.

- Quantos porcento?

- Não sei ao certo quantos... Talvez 5% se fazer o tratamento - Disse a última parte mais para ele do que para mim

 

Flashback Off

 

Não sei que aconteceria se eu tivesse continuado meu namoro com o Soo, mas eu com toda a certeza estaria muito mais feliz do que agora. Minha vida é um verdadeiro inferno, sou casado com quem não amo, tenho que fingir estou feliz nessa merda de casamento e para "melhorar" meu esposo joga na minha cara todo dia que eu não posso lhe dar filhotes. Como eu pude ter sido idiota o suficiente de deixar a única pessoa que me amou verdadeiramente ir embora? Onde será que você está meu pequeno Soo?

- Sr. Kim, posso entrar? - Ouço minha secretaria batendo na porta do meu escritório, me fazendo despertar de meus pensamentos.

- Sim. O que deseja?

- O Sr. Park Chanyeol está lhe esperando.

- Obrigado, mande-o entrar.

- Sim senhor - Diz Yang Mi fazendo uma pequena reverência e se retirando da sala.

Alguns minutos depois entra Park, com um sorriso maior que o comum.

- A que devo a sua ilustre presença Park? - Digo debochado

- Será que não posso visitar meu melhor amigo em seu trabalho? - Diz Chanyeol fingindo estar magoado.

- Você não vem ao meu trabalho a não ser que queira algo de mim.

- Assim você me magoa- Diz secando uma lágrima imaginária- Mas você está certo, vim para te lembrar que temos um compromisso hoje a noite.

- Compromisso?... Que compromisso, seu doido?

- Deixe-me lhe dar uma dica, tem haver com segredos - O olho com uma expressão de confusão estampada em meu rosto, até que me lembro do que ele falava.

- Dos segredos que escrevemos dez anos atrás?

- Sim, já falei com quase todos. Vai ser hoje as 10hrs da noite.

- Eu e o LuHan estaremos lá, eu acho.

Depois que nos despedimos e Park foi embora, retomei ao meus pensamentos de antes do mesmo chegar. Será que o Soo vai estar lá? Vou vê-lo novamente? Depois desses pensamentos ligo para minha casa para falar com meu "amado" marido.

 

- Alô? LuHan?

- Não seu idiota é o presidente da Rússia - Fecho minha mão em punho tentando controlar minha raiva, e falar calmamente.

- Hoje nós temos um compromisso, vamos na casa de seus pais para abrir a caixa com nossos segredos... Você vai ter que ir sozinho, pois eu irei para lá direto do trabalho.

- Tá, tchau.

 

LuHan nem esperou me despedir e desligou o telefone na minha cara. Idiota! 

Depois da ligação, me concentro em finalizar meu trabalho para ir para o local combinado. As horas demoram mais do que eu imaginava, estou morrendo de vontade de ver meu pequeno, saber sobre sua vida, trabalho, e o mais importante se ele ainda me ama. Após umas duas horas que mais pareciam séculos, chegou o momento que eu tanto esperava, iria ver Do KyungSoo após dez anos sem nenhum tipo de contato.

 

[Casa dos pais do LuHan - 10hrs da noite]

 

Todos já estavam na casa quando cheguei, menos um, aquele que eu desejava ver com todas as minhas forças, sinto meu coração apertar e uma vontade quase incontrolável de chorar.

Assim que me aproximo, todos olham para mim, e depois de alguns segundos Baekhyun olha para Chanyeol para que o mesmo começasse a cavar para tirar a pequena caixa com nossos segredos. Depois que Baek tirou a caixa o buraco e a abriu, olhamos um para o outro como se decidicemos quem começava.

- Tudo bem, eu começo - Disse Lay pegando um papel amarelo da caixa, ele leu alguns segundos depois começou a falar o conteúdo.

" Eu Zhang Yixing sou apaixonado pelo meu professor de artes"

Todos seguramos o riso, mas ele percebeu fez um fico nos lábios que apenas nos fez rir mais. O próximo é Suho.

 

" Eu coloquei uma camera no banheiro do Lay para o ver tomar banho"

 

Lay o fuzila com os olhos, os outros apenas riem. Agora é a vez de Chen.

 

" Eu tenho medo do escuro"

 

Ele diz envergonhado, pois um alfa geralmente não tem medos bobos. Vez Baekhyun.

 

" Sempre amei Chanyeol, mas ele nunca se importou comigo, por isso começei a namorar com seu irmão."

 

Chanyeol o olha com um sorriso, eu já até sei o motivo. Vez de Chanyeol.

 

" Eu tenho inveja do meu irmão namorar com o Baek, por que sempre o amei"

 

Baekhyun se engasga com a própria saliva e encara Park com os olhos arregalados. Vez de LuHan.

 

"Eu estou ficando com o namorado do meu melhor amigo. Eu sinto muito Kyung."

 

Eu apenas abaixo minha cabeça, e pego meu papel.

 

" Eu acho que não gosto mais do meu namorado, estou o traindo com seu melhor amigo e acho que me apaixonei por LuHan"

 

Depois que terminei ler meu papel, uma lágrima solitária rola pela minha bochecha. Olho para a caixa e ainda tem um papel dentro, me abaixo e pego, mas não tenho coragem de ler seu conteúdo, não mais, não depois de me lembrar do que fiz ao meu pequeno. Entrego o pequeno pepel rosa para Baek o ler, o mesmo chora quando termina, respira fundo e começa.

 

"Meu nome: Do KyungSoo 

Meu segredo: Não contar a Kim JongIn que estou esperando um filho seu. 

Que eu consiga dormir depois do que eu irei fazer a esse pobre bebê inocente."

 

Não acreditando no que escutei, tomo o papel das mãos de Baek e começo a ler, constatando que eu havia escutado bem, meu Soo estava gravido e não me contou, porquê? Ele não tinha esse direito, KyungSoo me tirou aquilo que eu mais queria, tirou meu sonho, minha esperança.

Mas e se ele tivesse me contado?

 

Flashback On

 

- Sinceramente? - ele afirma positivamente - Eu MANDARIA você tirar essa coisa de dentro de você.

 

Flashback Off

 

Se ele tivesse me contado eu ainda não teria me sonhado filhote em meus braços, me chamando de pai, pedindo colo depois cair e machucar seu joelho. Não é meu destino ser pai. Não era meu destino viver ao lado do meu pequeno Soo. Agora grossas lágrimas rolam pela minha bochecha, Chanyeol me abraça me dizendo para me acalmar, mas não tem como. Eu mesmo acabei com a minha própria felicidade.

 

Meu nome: Kim JongIn

Meu erro: Não saber aproveitar as coisas boas da vida enquanto ainda elas estão comigo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Próximo capítulo visão do Soo.

Bjs e até amanhã ( provavelmente )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...