História Uma nova era está para começar.( season 2) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Bonnie Bennett, Camille O'Connell, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Enzo, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Jeremy Gilbert, Joshua "Josh" Rosza, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Malachai "Kai" Parker, Matt Donovan, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore
Tags Hope Mikaelson, Klaus Mikaelson
Visualizações 53
Palavras 618
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


AVISO: quero informar a todos que irei postar a fanfic toda Terça e Quinta.

Olaaaaaa meus Pudinzinhos como vcs estão.
Bom tenho ótimas notícias. Bom agora que consegui arrumar algumas coisas, postarei mais rapido.

Espero que gostem do capítulo 😊

Capítulo 5 - Uma conversa ainda mais estranha com a garotinha


O sol já nascia quando cheguei em casa. Estava cansada, depois daquela conversa estranha que tive com aquela garotinha, andei por um bom tempo a procura de algum sinal de Kai:
- Hope, até que enfim - meu pai correu pra me abraçar, assim que entrei pela porta  - Quando cheguei aqui, e a sua mãe disse que você tinha saído, e não conseguia te encontrar. Eu... eu achei que tinha acontecido alguma coisa.
- Desculpe ter preocupado vocês. É que eu... - me soltei do meu pai e fui em direção as escadas -  Eu preciso de um banho.
- Não, você vai nos dizer onde estava - minha mãe disse com a voz firme.
- Por favor, eu preciso descansar. Conto tudo depois -  não esperei resposta, subi e fui para o banheiro.
Depois do banho, tentei dormir um pouco. Mas aquela conversa com a garotinha não saia da minha cabeça.
Quem ela era? Porque queria me ajudar? Será que ela não estava junto com a Senhora? E ela está fazendo com que eu vá para uma armadilha?
Só sei que se eu não for até a igreja, nunca saberei.
Esperei meus pais se distrairem com outras coisas para eu poder sair sem ser notada. Até que não foi difícil, meu pai estava discutindo com alguém pelo telefone e minha mãe estava na cozinha conversando com tio Elijah.
Sai pela porta dos fundos que dava para um beco. Quando estava indo para o carro, alguém me agarrou, e com um movimento rápido puxei a pessoa, que caiu na minha frente.
- Josh! - exclamei assim que vi que era ele - Me desculpe, você me assustou.
- Tudo bem, eu que não deveria ter te agarrado - ele estava diferente, o cabelo estava cortado um pouco mais que o normal, e sua expressão estava mais calma do que de costume.
- Então, como foi a viagem? - estava curiosa, afinal Josh havia ido viajar duas semanas depois que eu derrotei Marcel.
- Foi bem, conheci alguém - ele abriu um sorriso - Ele é francês.
- Uau, eu também quero um francês - disse dando risada.
- Bem, ele tem um amigo, se quiser eu te apresento - ele disse com um sorriso  - Vai pra igreja, você poderia me dar uma carona?
- Na verdade não, estou indo pra outro lugar, desculpa  - disse indo em direção ao carro - Nos falamos depois.
Não podia contar pro Josh o que eu iria fazer, ele iria tentar me impedir e contaria pros meus pais.
Estacionei o carro atrás da igreja, não havia ninguém lá, estava começando a achar que aquilo era uma armadilha. Mas desci do carro mesmo assim.
- Você veio - a garotinha estava parada perto da porta dos fundos da igreja - Parece cansada, não dormiu bem?
- Como poderia, se o Kai foi sequestrado por aquela maluca - Dei um suspiro longo - Quem é você? Porque quer me ajudar?
- Como eu disse, sou sua amiga. E quero te ajudar porque aquela Senhora é muito má, e você tem um coração bom - Ela se aproximou de mim - Você vai ter um caminho difícil Loba. Você vai sofrer muito, vai perder pessoas, terá que enfrentar você mesma. Há pessoas querendo corromper seu coração, por favor, não deixem que consigam, pois, se isso acontecer não haverá mais volta. E você se tornará aquilo que mais abominou.
- O que você quer dizer com isso? - perguntei.
- Aqui não, outra hora - Ela disse com um sorriso.
- Hope - minha mãe gritou do outro lado do beco.
Olhei assustada, e quando voltei meu olhar para a menina, ela havia sumido.
 


Notas Finais


Bom espero que tenham gostado.

E por favor comentem o que estão achando, pois isso me ajuda a ver se estão gostando.
Um bjao e até o próximo capítulo 😚😙😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...