História Uma nova geração(Star Trek)-Interativa - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Star Trek
Personagens Dr. Leonard "Magro" McCoy, Hikaru Sulu, James T. Kirk, Khan Noonien Singh, Montgomery Scott, Nyota Uhura, Pavel Chekov, Personagens Originais, Spock
Tags Interativa, Star Trek, Uma Nova Geração
Exibições 15
Palavras 892
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Este capítulo irá vos apresentar os cientistas. Espero que gostem e desculpe por ser pequeno! Os personagens na capa são a Scarlett, a Miih, o Adon e o Kai, os nossos cientistas ao serviço.

Capítulo 5 - Apresentações Part.1


Fanfic / Fanfiction Uma nova geração(Star Trek)-Interativa - Capítulo 5 - Apresentações Part.1

Assim que chegamos nos foram entregues os números dos nossos quartos e uma espécie de mapa da nave. Ainda faltavam algum tempo até a nave partir para o espaço por isso nos deixaram ir para os quartos antes de irmos logo para os nossos postos. Segui o mapa e por isso facilmente encontrei-o. Assim que seguei á porta outra rapariga também tinha chegado. Ela era mais ou menos da minha altura, tinha olhos azulados, os seus cabelos eram pretos e estavam presos numa trança e por causa disso dava para ver as suas orelhas típicas de um Vulcano por isso deduzi ser uma pois era o mais óbvio:

-Olá!-digo tentando meter conversa mas ela simplesmente olhou para mim, não disse nada e entrou no seu quarto que era logo ao meu lado- Ok então.

Entro no meu quarto. Ele não era muito grande como dava para calcular mas era jeitoso. Tinha uma cama de duas pessoas, um armário, uma estante e uma pequena casa de banho apenas com o básico, uma sanita, um chuveiro e uma bacia. O quarto era jeitoso e felizmente mudaram um pouco as regras deixando a tripulação trazer uma ou duas coisas com eles daí só partirmos tarde pois essas coisas ficaram atrasadas. Como não tinha nada para fazer ali e as minhas coisas só chegariam daqui a pouco fui logo para a minha estação. Que pelos vistos não iria compartilhar o mesmo espaço com a enfermaria já que a cientista da nave pediu um espaço em particular. Só de me aproximar comecei a ouvir as ordens dispostas pela pessoa que cuidou de mim:

-Por amor de deus! Rápido! Partiremos em breve e quero ter isto tudo em ordens!-era Carol- Cuidado com isso! Não isso não é ai!

Fui andando até lá e me dei de caras com ela que estava logo á porta:

-Oh!-exclamou ela- É muito bom te ter aqui!

-É acho que sim!

-Não me digas que estas nervosa!-diz ela antes de ser interrompida por algo a quebrar no chão- Por amor de deus! Cuidado estas coisas são caríssimas e algumas raríssimas, sendo mesmo insubstituíveis!

-Sabes como é, o normal do mesmo! Precisas de ajuda?

-Um pouco, sim, seria bom ter alguém com um QI alto a ajudar a arrumar as coisas! Sabes quem mais vem para aqui?

-Só sei da Mirah, mais ninguém.

-Bem então ficas a saber que também vem um rapaz chamado Alexander. Agora ajuda-me pode ser?

Concordei com a cabeça e comecei a ajudar a por as coisas no lugar. Após algum tempo já tudo estava pronto e todos se foram embora sobrando apenas eu, a Carol e mais três pessoas, quer dizer não bem pessoas por que dois deles não eram nem humanos. Comecei a preparar a minha área de trabalho já que precisava de me entreter e ainda não tínhamos nada para analisar mas de repente oiço uma voz mesmo no meu ouvido dando-me arrepios e volto-me para trás:

-Olá!

-O-Olá! Precisas de alguma coisa?

-Não! Vim apenas me apresentar! Chamo-me Alexander Dimitri mas podes-me chamar Adon!

-Prazer Adon. Chamo-me Scarlett!

-O prazer é todo meu ruivinha!

-Eu não sou ruivinha nenhuma o meu nome é Scarlett!

-Eu sei, mas acho que te fica bem o apelido por mais tu és ruiva.- diz ele se afastando- Ruivinha!

Reviro os olhos e volto a fazer o que estava a fazer, quando chega a Miih com outro rapaz a falarem:

-Isso é mesmo verdade?-diz ela

-Absolutamente!

-Meu deus! Eu queria ter visto!-diz ela se rindo

A Carol notou-os assim que entraram porque né? Era difícil não notar a Miih mas pronto. Assim que ela os viu entrarem na ala onde estávamos logo falou:

-Espero que estejam a levar isto a sério, este trabalho não é nada fácil e eu não quero aqui dois pirralhos! Entenderam?!

Ambos acenaram que sim:

-Ainda bem, da próxima não quero atrasos!

Então ela se afastou para ir falar com os outros dois, claramente mais velhos do que nós e com mais anos de experiência:

-Quem é ela?-pergunta-me a Miih apanhando-me de surpresa não por não estar a espera dela e sim por causa da pergunta

-Quem é?...Para além de ser filha do almirante Marcus, ela é quem cuidava de mim!

-Espera disseste almirante Marcus? Aquele que foi morto pela Khan?-perguntou o rapaz- Aquele idiota sanguinário chamado Khan?

Aquele sanguinário chamado Khan é meu pai seu idiota!!!-pensei mas apenas disse:

-Esse mesmo.

Ele fez uma cara do tipo “Á tá” e não disse mais nada no entanto a Miih não deixou de fazer os seus comentários habituais:

-Aquele demónio! Coitada dela, deve ter sido muito mau ver o seu pai a morrer na sua frente e ter a sua perna partida pelo mesmo, dá arrepios só de pensar!

Eu suspirei, eu tava mais do que habituada a estes comentários já que eu os ouvia com frequência mas mesmo assim era mau, felizmente a nossa conversa foi interrompida pela Carol:

-Ao trabalho, não quero preguiçosos aqui!

Todos nós acenamos que sim mas antes eu tinha que perguntar uma coisa:

-Miih! Vais apresentar ou não?

-Ah, sim! Kailan , Scarlett! Scarlett, Kailan!-diz ela

-Prazer!-diz ele diz ele me acenando com a cabeça- Podes-me chamar Kai!

-O prazer é todo meu! E podes-me me chamar Scar!

-Tipo o vilão do Rei Leão?

-Mais ao menos!-digo voltando para a minha bancada


Notas Finais


Espero que tenham gostado, desculpem qualquer erro! E eu estou aberta a sugestões, criticas e esse tipo de coisas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...