História Uma nova historia - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Apollo, Artemis, Atena, Grover Underwood, Hades, Nico di Angelo, Personagens Originais, Poseidon, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Thalia Grace, Tyson, Zeus, Zoë Nightshade
Visualizações 13
Palavras 1.651
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Boa tarde, esse episodio ta muito fofo mais eu tenho duas perguntas pra vocês me respondam por favor.
1-Estão gostando dos episódios longos ?
2-Querem que eu vá logo pra ação ou mostre mais deles "normais"?
Respondam por favor esse episodio vai ser deles normais se vocês quiserem que eu continue do jeito que eu planejei ou pule algumas coisas falem.
Não seja leitores fantasmas, me ajudem a saber se ta legal a fic.
"do jeito que uma escritora que eu amo fala"

Capítulo 13 - Um pássaro falou comigo


Fanfic / Fanfiction Uma nova historia - Capítulo 13 - Um pássaro falou comigo

Conversei algumas coisas pras meninas, mas não quis tocar no assunto do quarto, devolvi o vestido da triz e vesti uma blusa com um short jeans e um biquíni por baixo, uma bolça com protetor, uma toalha e fui encontrar o pessoal na sala de estar já que combinamos de ir à cachoeira, estavam todos lá conversando.

-Vamos?

-Agora- o theo levantou e fez um gesto para todos irmos pra fora da casa. Fizemos uma trilha, andamos por mais ou menos uma hora, quando chegamos estávamos exaustos.

-Então quem vai primeiro?- estávamos em um lugar auto já que íamos pular para entrar, o sam perguntou animado ?

-Eu vou- o tiller levantou e pulou logo depois a triz e o Theo segurando a mão da bia já que ela tinha medo, a mel e o sam pularam juntos.

-Vai dillan- o brayan disse o incentivando, então ele pulou. - agora e só nos dois vem comigo ?

-Você sabe como eu adoro agua, mas tenho medo de altura. - ele deu de ombros e me pegou no colo, e se jogou- HAAAAAAAAA!- BUMM, tinha tantas bolhas que eu me perdi só que logo depois enxerguei a agua com mais clareza, vi um peixe passando entre as das minhas pernas, e juro que ele piscou pra mim, então subi estavam todos me olhando- O que foi?

-Você ficou lá por mais de sete minutos- Eles me responderam perplexos, mas esse nem era o meu tempo recorde.

-Mas... eu to bem agora bora se diverti- joguei agua na cara da triz que logo revidou,  nadamos, comemos, nos divertimos ate umas seis horas , então decidimos ir pra casa, quando chegamos lá todos fomos banhar e jantamos( a mel que tinha feito a comida junto da bia).

-Oque vamos fazer agora ?- o dillan perguntou se jogando na cadeira da cozinha.

-Que tau um filme?- Tiller.

-So se for de terror.- Theo.

-Não terror não eu tenho medo. - a mel se encolheu na cadeira.- Que tal romance ?

-Eu te protejo- ele colocou a mão etas do pescoço dela e ela se aninhou no peito dele.

-Então eu quero.

-Que tal anjo do mal? Eu nunca assisti por que sempre tive medo- perguntei guardando os pratos que a triz estava lavando.

-Eu topo- todos concordaram

-Eu vo ir colocar – o brayan saiu da cozinha.

-Bora fazer pipoca?- perguntei guardando o ultimo prato.

-Bora mais tem que ter brigadeiro, refrigerante e salgadinhos. - A mel parecia voar enquanto falava os nomes dos doces.

-Ok eu vou fazer o melhor brigadeiro do mundo. - Peguei uma panela.

-Vamos ajudar o brayan e deixar elas. - o sam levantou e chamou os outros meninos.

Fizemos muito de tudo acho que ainda ia sobrar pro outro dia, fomos assistir ao filme, colocamos as coisas na mesinha e deitamos no sofá a triz junto do tiller, a mel com o sam, a bia e o theo e eu em um espaço razoável entre o brayan o dillan estava do outro lado do sofá.

- Podemos colocar o filme?- o brayan perguntou com o controle na mão e apertando o play.

Quando o filme começou estava tudo normal, com dez minutos de filme, começou a dar medo.

- Quer deitar comigo?- o brayan me perguntou sussurrando, então cheguei perto dele, ele colocou a mão na minha cintura e eu deitei no pescoço dele. Quando os sustos começaram eu só sentia medo mais não demostrava, mas acho que os outros estavam com mais medo já que nem olhavam mais pra tela, quando o menino começou a mata as pessoas de verdade eu colocava o rosto nos peitos do brayan, e acho que ele também estava com medo já que seu coração estava acelerado (aut. Acho que não era por causa do filme).- Ta com medo? –sussuro.

-Não e medo só não gosto de vê as pessoas morrendo. - sussurro. Ele colocou a mão no meu cabelo. Quando o filme terminou ninguém quis ir acender a luz, para não pisar no chão.

-Voces são tudo medroso- o theo levantou e acendeu a luz.

-Eu nunca mais quero ter filhos-Bia. - vai que ele vira isso.

-A gente adota uma criança. - o theo sentou do lado dela.

-Ai eu quero bebes são muito fofos menos esse dai- ela estremeceu.

-Bora dormi que ta tarde e amanha temos muito oque fazer. - O brayan levantou e olhou pra mim- você vai deitar agora?

-Não vou dormi no sofá não quero pegar no chão ate esquecer esse filme- ele deu de ombros e me pegou no colo *-*- Oque você esta fazendo?

-Você não precisa pegar no chão- ele subiu as escadas e todo mundo ficou olhando, eu me senti uma pimenta ate entrar no quarto, então ele me colocou em cima da cama com cuidado e fechou a porta.

- Por que você fez isso?

-Não, gostou? E você fica muito linda corada. - ele sentou do meu lado.

-Eu só não esperava, achei que você ia me deixar lá- olhei pras nossas mãos que eu não sei como mais estava entrelaçada, eu gostava daquilo.

-Eu também não esperava, mas estamos aqui juntos o mundo e cheio de surpresas- ele estava um pouquinho vermelho, e brincava com os meus dedos juntos do dele.

-Nem me diga nunca imaginei dormi com você antes- ele me olhou curioso

- Por que poderia acontecer já que estamos namora... - ele corou e se levantou da cama com rapidez.

-Estamos...?- encorajei ele a termina a frase me ajoelhei na beirada da cama e ele chegou mais perto então segurei a cintura dele .

-... Quer namora comigo?- ele parecia nervoso, e meu coração estava a mil, cheguei mais perto do rosto dele.

-Quero – essa palavra liberta senti um alivio no peito então ele me puxou pela cintura e me beijou como nunca tínhamos nos beijado. Depois de longos minutos se beijando deitamos na cama e ficamos abraçados, ele acariciava os meus cabelos e eu dormi.

Na manhã seguinte acho que não era a mesma porque, a triz me arrastou para o quarto dela.

-Oque deu em você e no Brayan hoje?- ela perguntou, fechando a porta então começou a rir.

-Do que você esta rindo?

-Oque aconteceu ontem a noite, naquele quarto? Vocês... - quando entendi oque ela estava falando dei um pulo da cama.

-Oque não ta doida, ele... me pediu em namoro- falei corando então duas pessoas cairão dentro do quarto, Bia e mel.- Vocês estavam escutando a nossa conversa?

-N... estava, EU SABIA QUE ERA AM...- a mel gritou igual uma doida então tampei a boca dela.

-Não grita você tá doida?- ela assentiu então a soltei.

-E verdade, vocês estão namorando?- A bia também estava um pouco empolgada

- posso te chamar de cunhada?

- Mas cadê a aliança?- a mel puxou a minha mão

-Vamos disser que não e oficial, ainda.

BRAYAN

Depois de pedir a liz em namoro deitamos e fiquei acariciando os cabelos dela, ela tinha um cheiro tão bom de mar, acho que ela dormiu já que a respiração dela estava calma.

-Voce não sabe mas... eu te amo tanto- Porra oque ta acontecendo comigo, ela me tira do serio, to perdendo a cabeça. Depois de um tempo eu dormi, acordei ela ainda estava dormindo passei um tempo olhando ela dormi *ela era tão linda* cara para com isso que merda, vocês já estão namorando. Fui para a cozinha, aonde a liz e o tiller estava fazendo o café pra todo mundo.

-Bom dia- a Triz falou colocando uma panqueca no prato.

-De bom so tem... - parei quando percebi oque ia fala- não tem nada- tentei disfarça mais acho que não deu certo, os ajudei a fazerem o resto do café.

-Ebaa, cheirinho bom de comida- escutei a voz do theo, das escadas- ai oq eu fiz ?

-Para de gritar- a bia estava brigando com ele.- Querem ajuda?

-Não precisa, já terminamos.- Colocamos as coisas na mesa e depois o pessoal chegou pra comer- nossa vocês dormem muito.

-Não, Hawn*bocejo* enche.- depois do café da manha fomos da uma volta, então me separei pra da uma volta e pensar na vida.

??? -Oi meu senhor- procurei quem disse isso mais não vi nada.

-Quem ta ai?- tentei pensar em quem podia ser- Theo e você ?

???- Não senhor, sou eu- apareceu um falcão descendo de tras de algumas arvores, ele era lindo olhos castanhos escuro, penas pretas e marrons é ele era enorme.- Não grite, fui enviado pelo seu pai, ele disse pra você ficar longe da garota de olhos verdes, ela e proibida

-Você e um pássaro como esta falando comigo?- perguntei perplexo- e você esta falando da liz eu não vou ficar longe dela, e como assim enviado pelo meu pai, ele abandonou minha mãe quando ela estava gravida da minha irmã.

-Eu estou falando com o senhor mentalmente, é para o seu bem e da sua amada vocês tem que se separar, seu pai não lhe abandonou ele não podia ficar com nenhum de vocês dois, pode ser difícil de entender mais a sua jornada e a dos seus amigos logo começara. - Ele partiu me deixando mais confuso do que eu já estava, eram tantas perguntas como assim eu tinha que me separar da liz, para o meu bem e o dela? Por que meu pai não podia ter ficado com a gente? Que jornada e essa? Fui interrompido pelos meus devaneios quando escutei a liz me chamando.

-Brayan você esta bem? – ela parecia preocupada. Mas não lhe contei oque avia acontecido.

-Está tudo bem, vamos?- voltamos à trilha, só que não conseguia parar de pensar no que o falcão avia falado, mas devo estar louco já que estou ouvindo pássaros. As meninas começaram a cantar e fomos ate um bosque que tiramos varias fotos. Depois de descansarmos voltamos para casa.


Notas Finais


Me respondam as perguntas que eu fiz la em cima.
Obrigada por lerem, ate a próxima.
beijos de luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...