História Uma Nova Jornada Pokémon - Capítulo 7


Escrita por: ~, ~PokeManiac1000, ~SrBiiel e ~Lerido

Postado
Categorias Pokémon
Tags Pokémon
Exibições 31
Palavras 5.159
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Sci-Fi, Shounen, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E aí pessoas blz?
Bom, demorei pra postar esse cap, era pra ter saído no sábado, mas aconteceram várias coisas que me atrasaram...
Enfim, chega de enrolação, vamos ao cap!

Capítulo 7 - Batalhas na rota e conquistando a primeira insígnia (Archie)


Fanfic / Fanfiction Uma Nova Jornada Pokémon - Capítulo 7 - Batalhas na rota e conquistando a primeira insígnia (Archie)

---[ARCHIE POV ON]---

Acordei cedo no outro dia. Estava tão empolgado por ter começado uma jornada que não consegui dormir. Quando resolvi levantar, olhei no meu Ipod e vi que ainda eram 7h00, duvido muito que a Julie e os pokémon vão acordar agora. Vou levantar e fazer o café da manhã, estou morrendo de fome.

Pego minhas coisas e vou para fora do Centro Pokémon, coloco meus fones e coloco Heatens pra tocar. Ao som de Twenty One Pilots eu começo a fazer café, e cara, como é difícil fazer comida sem um fogão… Bom, mas isso é uma experiência nova, não posso desistir! Após alguns minutos o café fica pronto, e o cheiro que fica no ar é delicioso! Coloco um pouco em um copo e começo a beber. Estava muito bom! Alguns minutos depois ouvi passos perto de mim e vejo Julie de pijama atrás de mim.

- Que cheiro bom! Foi você que fez?

- Sim, quer provar?

- Claro que sim!

Coloquei um pouco para ela e fiquei vendo ela bebendo, esperando a reação dela…

- Está uma delícia!

- Obrigado… Enfim, agora que está acordada, pronta para irmos?

- Espere aí, deixa eu trocar de roupa…

- Tudo bem…

Enquanto ela subia, resolvi dar comida para Eevee e Cyndaquil.

- Podem sair! - disse lançando as pokébolas deles.

- Cyndaquill!

- Eevee!

- Bom dia pessoal! Café da manhã - disse colocando um pouco de ração pokémon em um pote para eles. Enquanto eles comiam, Julie voltou já com suas coisas, pronta para ir.

- E então vamos? Hoje o dia será longo!

Depois que todos tomaram café, saímos de lá e fomos para o laboratório da professora Amy, para pegar o pokémon da Julie. Imagino qual ela vai escolher…

- Então Julie, já sabe qual pokémon vai pegar? - perguntei curioso.

- Ainda não, mas vai ser um do tipo Grama…

- Grama é? Legal…

- Sim, eu gosto muito dos tipo grama… Mas não sei qual deles eu pego...

- Então vamos logo, pode ser que não tenha mais nenhum pokémon lá! - eu disse e nós começamos a correr em direção ao laboratório. Em pouco tempo já havíamos chegado no lugar. Entramos mas não vimos ninguém…

- Professora? Professora, está aqui?

- ARCHIE-KUNNNNNNN!!!!!

Logo senti alguém me pegando e me apertando contra alguma coisa macia, e eu olhei e vi que eram os seios da professora, nessa hora fiquei com um sangramento nasal e meio que desmaiei lá mesmo…

- Ai que bom te ver de novo!! Ficou com saudades de mim é? - perguntou ela me encarando com um olhar malicioso.

- N-n-não é bem isso, eu v-vim aqui pegar um p-pokémon para a minha amiga - falei apontando para a Julie, que estava muito corada vendo aquilo…

- Ah, olá! Você deve ser a amiga do Archie certo?

- S-sim, meu n-nome é Julie - falou ela um pouco envergonhada pelo ocorrido.

- Ah, Julie, é um prazer - falou ela apertando a mão da garota, e após isso passou a ficar rodeando a ela, como se estivesse a analisando - Hum… vamos ver se você é boa o suficiente - disse a professora e nessa hora ela chegou atrás de Julie e começou a APALPAR OS SEIOS DELA POR BAIXO DA CAMISA!! Julie deu uns gritinhos e depois soltou uns gemidos…

- Ah… pro-professora.. ah… pa-pa… Ah, que gostoso… ah… não… ah.. ah ah… - ver aquilo me fez imaginar as duas fazendo diversas coisas (entendedores...) e isso fez com que eu tivesse um enorme sangramento nasal e desmaiei de vez no chão…

---[QUEBRA DE TEMPO]---

Acordei após alguns minutos no chão. A primeira coisa que vi foi o rosto de Julie me encarando.

- Ainda bem! Achei que você tinha morrido! - falou ela suspirando aliviada.

- Hey, o que é isso, eu não sou derrotado tão fácil - falei dando um risinho…

- E o Caterpie? - perguntou ela dando risada, o que me fez lembrar do que aconteceu ontem, e me deixou sem palavras… - Enfim, o importante é que você está bem…

- Sim… Bem deixando isso pra lá, e o seu pokémon? Já pegou?

- Bom, ainda não…

- Ela ficou tão preocupada que não saiu do seu lado - falou a professora aparecendo atrás de mim… - Mas bom, você quer um pokémon não é?

- Sim!

- Bom, eu não sei se ainda tenho algum, muitos treinadores vieram aqui e pode ser que não tenha sobrado nenhum…

- O QUÊ! NÃO É POSSÍVEL, TEM QUE TER SOBRADO ALGUMA COISA - gritou Julie quase chorando…

- Ei ei, calma calma, é brincadeira… tenho dois aqui comigo ainda… - falou a professora colocando duas pokébolas na frente da garota, que se acalmou e sorriu animada (bipolaridade On...)…

- E quais sobraram?

- Sobraram a Snivy e o Oshawott!!

- Então eu vou querer a Snivy! - respondeu a garota determinada.

- Ok então, pegue! - disse a professora dando a pokébola da Snivy para Julie, que ficou alegre.

- Muito bem Snivy, pode sair!

- Snivy!

- Snivy, meu nome é Julie, e eu vou ser sua treinadora! Vamos ser ótimas amigas certo?

- Snivy! - assentiu a pequena determinada.

- Oi Snivy, eu sou Archie, sou um amigo da Julie, é um prazer!

- Bom, agora que você tem um pokémon, tenho que te dar isso - falou a professora entregando uma Nacional Dex para a Julie - Boa sorte na jornada!

- Então vamos?

- Vamos!

Assim que saímos do laboratório, eu perguntei:

- Nós vamos pra onde mesmo? - isso fez com que Julie caísse pra trás com uma gota na cabeça.

- Sério que você quer sair pra uma jornada sem saber pra onde ir? Sorte sua que eu tenho isso! - falou ela me mostrando um pequeno aparelho amarelo.

- O que é isso?

- Isso é um PokéNav, um aparelho revolucionário que conta com mapa, telefone, e um programa que permite ver os status e condições de seu pokémon!

- Uau que incrível! Onde conseguiu?

- Minha mãe me deu. Com essa paradinha, a gente nunca vai se perder! Agora, vejamos… A cidade mais próxima fica… Naquela direção! - ela falou apontando para a rota que estava à direita do laboratório.

- Mas lá fica a cidade de onde eu vim… não tem outra rota não?

- Tem, ela fica… hã… seguindo em frente naquela direção! - ela disse apontando para onde ficava a rota - vamos então?

- Vamos!

Fomos andando pela rota para chegar em… Cermilion… que nome mais estranho.... enfim… no caminho vi vários pokémon e vários treinadores, todos batalhando… Já ia perguntar pra um deles se eu poderia ser o próximo quando vimos um garotinho rodando pra lá e pra cá…

- Olha só, parece que ele está perdido… - Julie sussurrou pra mim - não devíamos ajudar ele?

- Verdade… Vamos lá!

Me aproximei cuidadosamente do garoto e vi que ele estava assustado…

- Ei garoto, o que foi?

- Eu me perdi da minha mãe, vamos batalhar!

- Mas o quê? Como assim, temos que procurar sua mãe e…

- Zigzagoon eu escolho você! - disse ele jogando uma pokébola, de onde o ser do tipo normal saiu.

- Zagoon!

- Você me ouviu? Eu não quero batalhar! Temos que procurar sua mãe! - gritei já irritado para ele…

- Primeiro a batalha!

Nessa hora olhei para Julie, que estava dando alguns risinhos… - Dá pra parar de rir e me ajudar?

- Não mesmo, essa batalha é sua, não vou me meter…

- Baka… - pensei com uma gota - Ok então garoto, você vai ter sua batalha! Eevee, eu escolho você!

- Eevee! - grunhiu meu pokémon, mas logo viu que era uma batalha e veio correndo para os meus pés…

- O que foi? É a sua primeira batalha? - perguntei me abaixando para ele, que assentiu - Não se preocupe, é só fazer o que eu disser que vai dar tudo certo - respondi fazendo carinho na cabeça dele e sorrindo, o que deixou ele confiante e o fez voltar para a batalha - pronto garoto, agora sim, vamos batalhar!

- Yosh! Zigzagoon, use Tackle!

- Zagoooonn!! - respondeu o pequeno correndo em direção ao Eevee!

- Eevee, saia daí, evasiva! - falei e na hora que Zigzagoon saltou para atacar Eevee, ele desviou para o lado fazendo o oponente acertar o chão - certo, agora é nossa vez, use Tackle!

- Eevee! - como ele estava perto, Eevee acertou o pequeno guaxinim (descrição do Zigzagoon na Dex), o deixando um pouco atordoado.

- Zigzagoon, vamos revidar, use Growl!

- Zagooooooooooooooooooonnn - berrou o pequeno pokémon, deixando Eevee imobilizado. Após isso alguns anéis vermelhos apareceram em volta dele, indicando queda no poder de ataque…

“Droga, preciso fazer alguma coisa quanto à isso… mas não sei muito bem quais os ataques que o Eevee tem… Será que a Nacional Dex pode me ajudar com isso?” pensei pegando o aparelho e mirando na batalha…

---[NACIONAL DEX ON]---

Zigzagoon, o pokémon pequeno guaxinim. Zigzagoon são extremamente curiosos por natureza, e costumam andar em zig zag. Eles só param de andar dessa maneira se acham alguma coisa interessante em seu caminho.

“Não o Zigzagoon seu burro, o Eevee”

Eeeve, o pokémon evolução. Eevee são Pokémon raros de encontrar, pois possuem um grande potencial para evoluir para diversas formas, podendo se adaptar aos mais diversos tipos de ambiente.

---[NACIONAL DEX OFF]---

Fiquei mexendo mais um pouco até que consegui achar o que estava procurando. “Nossa isso é perfeito!”

- Muito bem Eevee, vamos sair dessa, use o Growl também!

- Eee...veeeeeeeeeeee!!! - gritou o pequeno, cancelando o barulho de Zigzagoon e causando o mesmo efeito de queda nele… - Muito bem, agora use o Sand Attack!

Eevee bateu as patas na areia e jogou um pouco no rosto de Zigzagoon, que ficou com os olhos ardendo.

- Essa não! Zigzagoon!

- Vamos lá Eevee, termine isso com Tackle!

Eevee saiu correndo e se chocou com tudo no Zigzagoon, que voou para trás e caiu no chão inconsciente.

- Conseguimos!

- Eevee! - gritou o pequeno correndo até mim e pulando no meu colo, super feliz.

- Viu? Eu disse que você conseguiria!

- Eevee!

- É, você batalhou bem - falou o garoto retornando seu pokémon e vindo até mim - parabéns!

- Er… obrigado… Mas e sua mãe?

- Han? Ela está em casa, eu só fingi estar perdido pra poder batalhar hihihihihi… - fala o garoto me deixando com uma gota…

- Mas isso não faz nenhum sentido… Enfim, já vou indo… Vamos Julie?

- Ah mas eu estou tão cansada…

- Mas você não fez nada… - falo com uma gota maior ainda…

- Ah, tudo bem, vamos logo…

- Então tá, tchau garoto!

- Tchau, até outro dia!

- Tchauzinho, até mais! - respondeu ele acenando para nós…

Continuamos andando por aquela rota, que era bem maior que a primeira. Vimos vários treinadores e vários pokémon, sem dúvida aquela jornada estava melhor do que eu esperava. Após um tempo resolvemos parar para descansar um pouco e comer alguma coisa.

- AAAHHH, que cansaço!! - falei, me sentando embaixo de uma árvore.

- Nem me fale - concordou Julie sentando ao meu lado e colocando sua mochila no colo - quer uma? - perguntou ela tirando uma maçã de lá e me oferecendo.

- Obrigado! - falei pegando a fruta e mordendo - Que delícia! - falei com os olhos brilhando, arrancando risinhos da menina - Os outros tem que experimentar isso. Podem sair! - falei soltando os meus dois pokémon.

- Quil!

- Vee!

- Aqui, experimentem - falei, dando a maçã para eles, que morderam, mas depois cuspiram - É, parece que pra vocês só berries e ração pokémon mesmo - disse rindo e colocando um pouco de ração para eles num pote - não vai soltar a Snivy pra comer?

- Ah, claro que vou. Pode sair Snivy!

- Snivy!

- Aqui, coma um pouco - Julie disse colocando um pouco da ração em outro pote e dando para a pequena serpente.

Ficamos um tempo comendo e conversando, e logo estávamos prontos para seguir viagem.

- E então, falta muito para chegarmos em Cermilion? - perguntei para Julie.

- Não, só mais alguns minutos de caminhada, por que?

- É que eu queria mais uma batalha antes de enfrentar o ginásio sabe, ainda não me sinto preparado para isso.

- E você vai batalhar com quem?

- Bom, eu não sei..

- Já sei, porque não batalha comigo?

- Com você?

- É claro, vai ser uma ótima experiência para nós dois.

- Então tudo bem, vamos lá - disse determinado me afastando um pouco dela.

- Snivy, vamos batalhar! - disse Julie e Snivy veio e se posicionou na frente da treinadora (os pokémon ainda estavam fora da pokébola)

---[NACIONAL DEX ON]---

Snivy, o pokémon serpente de grama. Snivy é um pokémon calmo, inteligente e retraído, e prefere ficar sozinho muitas vezes. Snivy usa a folha de sua cauda para fazer fotossíntese, o que é útil em períodos de escassez de comida.

---[NACIONAL DEX OFF]---

“Um pokémon de grama… Fogo é bom contra grama, e acontece que eu tenho um tipo fogo ansioso por uma batalha”

- Cyndaquil, vamos nessa!

- Quil!!

- Snivy, comece usando Tackle!

- Saia daí Cyndaquil!

Cyndaquil pulou para o lado, evitando que Snivy o atingisse com aquela investida.

- Agora Cyndaquil, use Tackle também!

- Snivy, faça o mesmo que ele!

Os dois correram de encontro um com o outro, e no momento em que iam se chocar, Snivy girou para o lado, desviando de Cyndaquil, e depois acertou o pequeno na barriga, fazendo-o voar até bater em uma árvore.

- Cyndaquil, você está bem?

- Quil!

“Ela é rápida, tenho que dar um jeito de contornar isso...”

- Cyndaquil, use Quick Attack!

- Quil, quil, quil, quiiiilll! - disse o pequeno enquanto corria rapidamente para a serpente, que não conseguiu desviar e caiu no chão.

- Snivy!

- Sni..vy! - respondeu o pequeno se levantando.

- Cyndaquil, Quick Attack de novo!

- Não dessa vez, use Vine Whip!

Snivy fez dois cipós surgirem de seus “ombros”, e com eles bloqueou a investida de Cyndaquil e depois o empurrou para trás, fazendo-o cair.

- Prenda ele Snivy, use Wrap!

- Sniiiivy! - brandiu o pequeno. Seus olhos brilharam e saíram raízes do chão, que pegaram Cyndaquil e o deixaram imobilizado.

- Cyndaquil! - gritei preocupado.

- Snivy, agora, fique atacando com Vine Whip!

Snivy começou a atacar rapidamente Cyndaquil, e a cada ataque, as raízes o apertavam mais e mais, e isso me deixou muito preocupado.

“Droga, o que eu faço? Se continuar desse jeito Cyndaquil vai ficar fora de combate logo logo… Eu tenho que achar um jeito de escapar dessas raízes, mas como? Já sei!”

- Cyndaquil, vamos sair daí! Libere o fogo que tem dentro de você para queimar essas raízes! Ataque com Ember!

- Cyn...da...QUIIIIILLL - brandiu o pequeno Pokémon, lançando uma rajada de fogo tão forte que destruiu as raízes e acertou Snivy, que foi arrastada para trás.

- Boa Cyndaquil!

- Snivy você está bem?

- Vy!

- Parece que agora as coisas vão ficar interessantes Snivy, vamos com tudo!

- Nós também Cyndaquil, não podemos perder!

- Vy/Quil!

- Use Quick Attack!

- De novo o mesmo truque? Use Vine Whip!

- Não mesmo, Cyndaquil desvie disso!

Cyndaquil conseguiu evitar o ataque de Snivy pulando para o alto, porém seu golpe foi anulado com isso.

- Agora, vamos acabar com isso! Ember, força total!

- Snivy, tente desviar!

- Cyndaquiiiiiiillllll - berrou o bípede de fogo antes de lançar uma jato de fogo pela boca, que acertou Snivy em cheio e o jogou já inconsciente para perto de Julie.

- Snivy! Você se saiu bem para sua primeira batalha, agora merece descansar - ela disse retornando seu pokémon para a pokébola - é, você lutou bem.

- Você também, nem pareceu sua primeira batalha.

- Mas foi. E agora, se sente preparado para a batalha de ginásio?

- Claro que não! Nunca vou estar preparado, mas é isso que faz com que seja tão emocionante!

- Só você pra dizer isso… mas então vamos logo, não podemos ficar parados aqui.

- Tem razão. Volte Cyndaquil, foi uma ótima batalha, agora descanse - disse retornando-o para sua pokébola, assim como fiz com Eevee, e logo voltamos a caminhar em direção à cidade de Cermilion.

- Ei Archie?

- O que?

- Por que você demorou tanto pra usar o Ember?

- Bom, é que eu pensei que, como o Cyndaquil é um pokémon inicial, eu achei que ele não saberia usar o Ember ainda, mas como você conseguiu usar o Vine Whip mesmo com Snivy sendo inicial, eu resolvi tentar, e felizmente ele conseguiu.

- Quer dizer que foi um golpe de sorte?

- Pode se dizer que sim.

- Só você mesmo - disse ela com uma gota.

Continuamos andando pela rota rumo à próxima cidade, vendo diversos pokémon e treinadores pelo caminho, realmente era algo incrível de se ver. Mais ou menos às duas da tarde nós chegamos em Cermilion.

- Finalmente! - dissemos juntos e depois demos risadas.

Fomos andando pela cidade, que era bem grande. Vimos várias casas, o centro pokémon, e um prédio grande, que eu presumi que era o ginásio. Tinha também uma espécie de “feira”, cheia de vários itens para treinadores, e eu fiquei morrendo de vontade de ir lá mas Julie me segurou.

- O que foi?

- Melhor não ir lá, olha só - disse ela apontando para uma roda, onde provavelmente acontecia uma briga, então resolvi seguir o conselho dela e simplesmente não ir.

Decidimos ir para o centro pokémon almoçar e curar nossos pokémon.

- Aqui está Archie, seus pokémon já estão curados - falou a enfermeira Joy me entregando as pokebólas de Cyndaquil e Eevee, fazendo o mesmo com a pokébola de Julie.

- Obrigado!/Obrigada! - dissemos, e depois saímos de lá.

- E agora, vamos para o ginásio? - perguntou Julie.

- Vamos, mal posso esperar.

Fomos ao ginásio calmamente, vimos um garoto saindo de lá, tenho a impressão de que conheço ele de algum lugar, mas não lembro de onde. Quando chegamos, parei em frente a porta do local e respirei fundo.

- Vamos lá.

Abri a porta do local e entrei, estava um pouco nervoso, talvez aquilo não fosse pra mim, talvez eu devesse desistir de tudo. Fiquei parado em silêncio, mas logo fui tirado dos meus pensamentos por uma mão no meu ombro.

- Vai lá, você consegue! - Julie me encorajou, e isso me deixou muito animado.

Segui em frente e subi no campo de batalha. Logo ouvi um homem se aproximando.

- Ora, ora, mais um desafiante. Qual o seu nome garoto?

- Meu nome é Archie, e eu quero desafiar você!

- Muito bem, meu nome é Kouto, sou o líder de ginásio de Cermilion, e minha especialidade são os tipos normais.

Logo apareceu um juiz no lado do campo de batalha.

- A batalha de ginásio da cidade de Cermilion está prestes a começar! A batalha será entre o líder de ginásio Kouto e o desafiante Archie Manning. Cada lado poderá usar até três pokémon, e só o desafiante poderá fazer substituições. A batalha acaba quando todos os pokémon de um lado estiverem fora de combate. Se entenderam, então podem começar!

- Muito bem, Cyndaquil, vamos lá! - disse arremessando a pokébola dele.

- Quil!

- Zigzagoon, vamos lá! - disse Kouto fazendo o mesmo que eu.

- Zagoon!

- Pode começar se quiser - ele me disse.

- Bem, já que insiste… Cyndaquil, comece com o Tackle!

- Evasiva e depois Headbutt!

Cyndaquil correu em direção ao pequeno guaxinim, que pulou para o lado e depois deu uma cabeçada no pequeno pokémon de fogo, que saiu voando por alguns metros.

- Agora use Tail Whip, e depois Tackle!

Zigzagoon balançou sua cauda, diminuindo a defesa de Cyndaquil e depois correu em direção a ele para desferir uma investida nele.

- Cyndaquil, pegue impulso nele e salte!

Cyndaquil esperou Zigzagoon se aproximar e então pulou em cima dele e o usou de impulso para pular mais alto, jogando o pequeno guaxinim no chão.

- Muito bem, agora use Quick Attack!

- Intercepte com Growl!

- Zagoooooon!!

O rugido de Zigzagoon diminuiu o ataque de Cyndaquil, mas isso não impediu que ele o acertasse e o jogasse para trás.

- Zigzagoon, tudo bem?

- Goon!

- Muito bem, use Headbutt mais uma vez!

- Se projeta Cyndaquil, use Smokescreen!

Cyndaquil jogou uma cortina de fumaça ao redor de Zigzagoon, que parou o ataque e começou a procurar seu oponente.

- Muito esperto, mas como você vai acertar Zigzagoon agora? - perguntou Kouto.

- Desse jeito, Cyndaquil salte para ver Zigzagoon, e use Ember!

O bípede de fogo saltou e conseguiu ver Zigzagoon no meio da fumaça olhando para os lados, e então carregou e soltou um jato de labaredas que rapidamente atingiram o pokémon guaxinim, causando uma pequena explosão e levantando fumaça. Quando a poeira abaixou, pode-se ver Zigzagoon com olhos encaracolados, caído no chão.

- Zigzagoon está fora de combate, o vencedor é Cyndaquil!

- Muito bem Cyndaquil!

- Zigzagoon, volte - disse Kouto retornando seu pokémon - foi uma boa batalha. Muito bem Archie, começou ganhando, mas não pense que será assim agora! Bunnelby, vamos nessa!

- By!

- Um Bunnelby não é?

---[NACIONAL DEX ON]---

Bunnelby, o pokémon coelho terrestre. Bunnelby usa suas orelhas como pás e cava túneis na terra. Fazendo isso, suas orelhas ficam fortes a ponto de conseguir cortar raízes grossas facilmente.

---[NACIONAL DEX OFF]---

- Muito bem, Cyndaquil volte! Eevee, é a sua vez!

- Vee!

- Bunnelby, comece com Agility!

Bunnelby começou a correr de um lado para o outro, aumentando sua velocidade.

- Eevee, use Tail Whip e depois Tackle!

O pokémon evolução balançou sua cauda de um lado para o outro, diminuindo a defesa de Bunnelby e depois correu em direção ao mesmo, para desferir um ataque nele.

- Bunnelby, evasiva e depois Double Slap!

O pokémon coelho desviou  da investida de Eevee, e depois usou suas orelhas e desferiu dois tapas no pequeno quadrúpede, o jogando longe.

- Eevee, você está bem?

- Vee!

“Tenho que dar um jeito de derrotar esse Bunnelby, mas vai ser difícil… Tenho que dar um golpe certeiro nele, acho que já sei o que fazer.”

- Eevee, vamos nessa, use Sand Attack!

Eevee bateu suas patas no chão e jogou um pouco de areia nos olhos do pokémon coelho, que ficou atordoado.

- Bunnelby!

- Muito bem, agora comece a correr em volta dele e use Tail Whip!

Eevee começou a correr ao redor de Bunnelby balançando sua cauda várias vezes, diminuindo ainda mais a defesa do coelho.

- Bunnelby, use Quick Attack, vamos acabar com a estratégia deles.

O coelho usou suas orelhas para localizar Eevee e correu até ele numa velocidade surpreendente, devido ao Agility que usou no começo da batalha. O ataque teve sucesso e lançou Eevee para perto de mim.

- Eevee, tudo bem?

- Vee!

“Droga, só mais um pouco e eu consigo, mas acho que Eevee não vai aguentar muito, vou tentar uma última coisa”

- Eevee, vamos só mais uma vez, tente usar Tail Whip!

- Não vai funcionar, Bunnelby, desvie com Agility!

Eevee, tentou, mas Bunnelby corria rápido demais, era muito difícil de acertá-lo agora.

- Eevee, use Sand Attack, vamos diminuir a visibilidade dele!

O pequeno quadrúpede novamente jogou areia na direção do coelho, que não conseguiu desviar e novamente ficou atordoado.

- Isso, agora use Tail Whip!

Eevee pulou, girou e balançou a cauda, e dessa saíram estrelas que foram em direção a Bunnelby, e o atingiram em cheio, causando novamente uma pequena explosão.

- Eevee, você aprendeu Swift!

- Vee!

Quando a poeira abaixou, Bunnelby estava inconsciente no chão.

- Bunnelby está fora de combate, Eevee vence!

- Boa Eevee!

- Retorne Bunnelby, parabéns pelo bom trabalho.

- Só falta mais um!

- É mesmo, mas saiba que esse é o meu pokémon mais forte! Saia Vigoroth!

- Vigo!

---[NACIONAL DEX ON]---

Vigoroth, o pokémon macaco agitado. Vigoroth são sempre agitados e passam a maior parte do tempo se movimentando. Eles não aguentam ficar parados um minuto sequer, e se fazem isso o nível de estresse deles aumenta consideravelmente.

---[NACIONAL DEX OFF---

- Eevee, você consegue continuar? - perguntei para o pequeno, que assentiu - Yosh, comece usando Sand Attack!

- Vigoroth, saia daí e use Encore!

O pequeno macaco rapidamente desviou do golpe de Eevee enquanto seu braço brilhou um pouco. Ele tocou Eevee rapidamente e o brilho foi transferido para o pequeno quadrúpede, sumindo logo em seguida.

- E agora, o que vai fazer garoto?

“Droga, agora não posso trocar de ataque, o que vou fazer?”

- Continue com o Sand Attack!

- Vá desviando e usando Focus Energy Vigoroth!

Eevee ficava tentando acertar o pokémon macaco, mas ele era muito rápido e desviava facilmente dos ataques, ao mesmo tempo que uma luz vermelha envolvia seu corpo.

- Agora vamos acabar com isso Vigoroth!

- Saia daí Eevee!

- Use Scratch!

- Eevee, espere ele se aproximar e use Sand Attack!

Vigoroth veio correndo na direção de Eevee, que ficou parado esperando o mesmo se aproximar mais, e quando isso aconteceu, bateu suas patas no chão jogando areia nos olhos do macaco, que não conseguiu desviar, mas mesmo assim acertou seu ataque em Eevee, que voou para longe, ficando fora de combate.

- Eevee está fora de combate, a vitória é de Vigoroth! - anunciou o juiz.

- Eevee, você batalhou bem, merece descansar. Agora é a sua vez novamente Cyndaquil, vamos nessa!

- Quil!

- Cyndaquil, use Quick Attack!

- Vigoroth, tente desviar!

Cyndaquil correu rapidamente na direção do macaco, mas ele era mais rápido e conseguiu desviar no último segundo.

- Agora use Encore!

- Não deixe, use Smokescreen para se esconder!

Cyndaquil soltou uma cortina de fumaça bem perto de Vigoroth, que ficou sem enxergar nada, ainda mais que tinha acabado de receber um Sand Attack poucos segundos antes.

- Muito bem, agora continue atacando com Quick Attack!

Cyndaquil ficou correndo para dentro daquela cortina de fumaça, sempre acertando Vigoroth, que não conseguia desviar.

- Vigoroth, use Focus Energy!

Quando a fumaça sumiu, Vigoroth estava com uma luz vermelha em volta do seu corpo, mas mesmo assim aparentava estar bem cansado, igual Cyndaquil. Mas mesmo assim, nenhum dos dois queria desistir.

- Cyndaquil, você está bem? - perguntei para o mesmo que assentiu determinado - ótimo, então vamos lá! Não vamos nos render!

- Eu digo o mesmo garoto! Eu e o Vigoroth estamos muito animados!

- Vigo!

- Vamos lá, Cyndaquil, use Quick Attack!

- Desvie e use Scratch!

Ambos os pokémon correram de frente um para o outro, mas no último segundo Vigoroth desviou e acertou um arranhão na cabeça de Cyndaquil.

- Cyndaquil!

- Qui...ill - falou o pokémon muito cansado.

- Já é hora de acabar com isso. Vigoroth, use Focus Energy e depois Scratch.

- Cyndaquil, vamos lá, eu acredito que você vai conseguir!

Enquanto o pokémon macaco cobria seu corpo com a luz avermelhada, Cyndaquil ficou de pé com uma expressão determinada no rosto, me dizendo que ainda não ia desistir.

- Vamos lá Vigoroth, acabe com isso!

- Cyndaquil, use Quick Attack para desviar!

Quando Vigoroth estava perto de atingir Cyndaquil, ele correu rapidamente para o lado, fazendo com que o macaco arranhasse o ar.

- Agora pegue impulso nele e salte!

Cyndaquil veio rapidamente e pulou no pokémon macaco, pegando impulso para trás.

- Agora vamos! Ember, força total! - falei socando o ar para frente.

Cyndaquil girou e as suas chamas aumentaram devido à habilidade dele (Blaze), e ele disparou uma enorme quantidade de chamas no pokémon macaco, que não conseguiu desviar, e uma pequena explosão foi criada.

Quando foi possível ver, o pokémon ainda estava em pé, mas muito machucado e cansado. Os dois pokémon ficaram se encarando, mas logo Vigoroth caiu no chão inconsciente.

- Vigoroth está fora de combate, a vitória é de Cyndaquil, o que significa que o vencedor é o desafiante Archie! - disse o juiz.

- Yatta! Nós conseguimos Cyndaquil! - disse para o pequeno que correu até mim, pulando no meu colo - Você foi muito bem, sempre soube que você conseguiria!

- Quil! - disse o pequeno concordando, e nessa hora ele começou a brilhar num tom azul.

- O que? - perguntei surpreso.

Seu corpo começou a mudar, ele ficou maior, mais esguio, suas patas dianteiras cresceram um pouco. Quando a luz sumiu, havia um outro pokémon em seu lugar.

- Va! - disse meu mais novo companheiro.

- Um Quilava! Que legal, você evoluiu!

- Jura? - perguntou uma voz vinda de trás, o que me assustou, me fazendo cair no chão.

- Ai, Julie, para de fazer isso!

- Hahaha, claro que não, é muito divertido! - disse ela rindo me deixando com uma gota.

- Você lutou bem garoto - disse Kouto se aproximando - você não aparenta, mas tem potencial pra ser um grande treinador.

- Eu devo encarar isso como um elogio ou um insulto?

- Hahaha, é brincadeira!

- Ham…

- Bem, aqui está a prova da sua vitória, a Insígnia do Nascimento - disse ele me entregando o broche.

- Aqui está! Eu ganhei a Insígnia do Nascimento! - disse animado

- Muito bem, sempre soube que você conseguiria - disse Julie aplaudindo - menos nas duas ou três vezes que eu achei que você fosse perder.

- Sério isso?

- Mas é claro!

- Poxa…

- Mas e você menina, vai batalhar? - perguntou Kouto para Julie.

- Não, eu acho que as batalhas de ginásio não são para mim… pelo menos por enquanto…

- Bom, se resolver mudar de ideia, pode aparecer a qualquer hora… E agora, vão para onde?

- Er… não sei - respondi com a mão atrás da cabeça.

- Que tal vocês irem para Kakutown? Não fica muito longe daqui, e lá tem um ginásio pokémon bem forte.

- Kakutown é? - disse Julie enquanto procurava no PokéNav - é, não fica longe mesmo…

- Então está decidido! Vamos para Kakutown!

- Não precisa gritar…

- Ah, desculpe, fiquei empolgado…

- Se for ficar assim a jornada inteira vou acabar ficando surda…

- Relaxa, vão ser só algumas várias vezes que eu vou fazer isso. Agora vamos lá! - gritei puxando ela e saindo do ginásio.

“O que me aguarda agora? Quantas aventuras, mistérios e desafios… AAAHHHH, EU TO TÃO ANSIOSO QUE ACHO QUE VOU EXPLODIR!”

---[ARCHIE POV OFF]---


Notas Finais


Bom, e aí pessoal, gostaram?
Enquanto eu fiz o capítulo, eu percebi que ficou muito confuso pra saber quais os golpes dos pokémon do Archie, então pra facilitar, eu vou estar deixando no final de cada cap o Move Chart dos Pokémon do Archie

Move Chart

Eevee: [Tackle; Growl; Sand Attack; Swift (entrou no lugar de Tail Whip)]

Quilava: [Tackle; Quick Attack; Smokescreen; Ember]

Bem, é isso, não tenho muitas perguntas pra fazer...
Vou tentar cumprir o prazo na próxima vez, me desculpem dnv :v
Enfim, foi isso...
Até mais! ✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...