História Uma nova vida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, Got7
Personagens BamBam, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Namjoon Bts Rap Monster
Visualizações 29
Palavras 1.761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii,
Bem, eu ñ consegui recuperar os caps, pq o meu caderno sumiu! Acho q ele foi pra Nárnia, só pode!
Então eu fiz outro cap, baseado nas partes q eu lembrei. Ah eu vou apagar os outros caps q tem aqui, blz?
Ah! E sobre os novos personagens q vão aparecer no Cap 10, gente faltam só três! Duas vampiras e uma bruxa, eu vou deixar a ficha nos comentários. Caso vc queira colocar a sua personagem, me envie uma mensagem, ok?
Bem espero que gostem, pq eu sofri viu? Eu arrumei meu quarto inteiro, em busca do caderno, achei uma família de mendigos morando de baixo da minha cama, um prato de comida da semana passada, um ninho de passarinho no guarda-roupa e três gatos na minha cômoda, mas ñ achei o caderno. Então por favor, se estiver ruim o cap, me desculpem, mas eu sou muito azarada!!!
Bjs

Capítulo 1 - Cap 01


Fanfic / Fanfiction Uma nova vida - Capítulo 1 - Cap 01

Descrição dos personagens:

Isabelly Hors: tem 16 anos, muito inteligente, carinhosa, carismática, calculista, bondosa e engraçada. Adora ler livros, escutar músicas e também adora lutar. Isabelly é loira, mediana de uns 1,65 metros de altura, magra, de olhos azuis escuros. Determinada, odeia injustiças e faz de tudo para proteger os seus irmãos, do seu pai, que ama a filha e vai protege-lá de tudo e de todos. Mas o que ela não sabe é que o seu pai, esconde um grande segredo, que será revelado em uma situação que definará o futuro de sua vida.

Ana Hors: tem 9 anos, muito fofa, sentimental. É a chorona da turma. Ana gosta muito da natureza, de sentir o ar puro, é muito inocente, por isso vive caindo nas pegadinhas dos seus irmãos. Tem olhos grandes pretos, cabelos encaracolados castanhos, magra, baixa e muito carente. É um amor de pessoa, e aos poucos vai conquistar o coração de seu pai e provavelmente o coração de vocês!

Vitória Hors: tem 15 anos, muito rancorosa, vingativa, observadora, antipática, ignorante, arrogante e muito rude. É ruiva e usa lentes azuis. Na verdade, Vitória era uma menina dócil, frágil, igual a sua irmã Ana, mas as circunstâncias à fizeram mudar e talvez a Isa consiga resgatar a Vitória de antes.... ou não! Porque quando você entra na escuridão, você não consegue mais sair dela.

Pedro Hors: tem 8 anos, o brincalhão da turma! E junto com Felipe colocam fogo na casa! Gosta muito de praticar esportes, de fazer piadinhas. Ele é muito apegado a Isabelly, na verdade ele é um chiclete!

Felipe Hors: tem 16 anos, é o bad boy, o pegador! Muito orgulhoso, carinhoso, teimoso, inteligente, maldoso, engraçado e irresponsável. Não gosta quando alguém manda ele fazer alguma coisa, muito rebelde, Felipe é a pedra na sola do sapato de seu pai.

Johnson Hors: tem 55 anos, é o pai de Isabelly, Ana, Vitória, Pedro e Felipe. É um velho chato, arrogante, mas surpreendentemente, muda de personalidade, quando o assunto é a sua querida filha Isabelly. Johnson guarda muitos segredos, e por causa deles, acontecerá muitas tragédias.

Hilary Hors: tem 45 anos, é a mãe de Isabelly, Ana, Vitória, Pedro e Felipe. É uma mulher egoísta, interesseira e arrogante. Ela odeia a Isa, por um motivo desconhecido por todos. Na verdade Hilary é uma praga!

Kim Dakho: tem 58 anos, é o pai de Namjoon, Seokjin e Taehyung. É um velho rabujento, orgulhoso, sem coração, ganancioso e muito calculista Dakho não gosta de ninguém! Apenas ele mesmo e o dinheiro. A sua ganancia por dinheiro, vai ser a sua condenação!

Kim Nayeon: tem 40 anos, é a mãe de Namjoon, Seokjin e Taehyung. É muito gentil, amorosa, ciumenta, teimosa, um tanto quanto esquisita. Sábia, sempre tem conselhos para dar, curiosa e ágil. A sua curiosidade vai ser a sua salvação!

Hanna Hors: tem 35 anos, é a tia de Isabelly, Vitória, Ana, Pedro e Felipe. Esperta, Hanna é um pouco gananciosa, não gosta de mentiras, muito devertida e extrovertida. É aquela tiazona, adora os sobrinhos e sempre que pode os mima.


___x___x___x___x___x___x___x___x_

                   Cap 01

Quando aquele tal de Seokjin, irmão de Namjoon, falou aquela frase tal clichê nos casamentos: "pode beijar a noiva".

Tive vontade de fugir, mas o que adiantaria? Tenho certeza que meu pai, me acharia em menos de 5hrs. E isso causaria uma grande guerra entre as máfias(Americas e Sul- Coreanas). E muitas pessoas inocentes iriam morrer, entre elas.... eu principalmente!

Me virei para Namjoon, que encarava com desejo a minha boca. Antes de me focalizar nele, dei uma olhada no local.

É..... a cerimônia tá muito bonita, organizada, cheia de detalhes. Mas eu não consigo sentir aquela felicidade, que as noivas sentem, quando vão se casar. Sei lá! Eu sempre sonhei que quando eu iria me casar, eu estaria apaixonada. Mas não!!!

Estão todos aqui, a minha família inteira. Meu irmão Pedro, o mais novo de todos e o mais apegado a mim, estava com os olhos marejados. Talvez por saber que as vezes que me viria , seria raro.

Do seu lado esquerdo estava Felipe, que encarava Namjoon com ódio e em seus braços estava Ana, se derramando em lágrimas. Lágrimas de dor, de saudade, de amargura.

Do lado direito estava Vitória, que me encarava com...... dó?                        Quando ela viu que eu estava à encarando, soltou um sorriso. Eu conheço esse sorriso! Ela só sorrir, quando vai aprontar algo.

Depois do dia que ela me mostrou a verdadeira Vitória, que está guardado dentro dela, à sete chaves.  Eu só quero distancia.


Voltei minha atenção para Namjoon, que já estava muito perto, tão perto, que as nossas respirações, estavam misturadas. Até que sem mais delongas, ele me beijou.

Digamos que eu gostei, um pouquinho do beijo( aut: vamos fingir que acreditamos, nesse pouquinho). Mas tratei logo de separar as nossas bocas, antes que ele aprofundasse mais o beijo. Quando fiz isso, ele rosnou de raiva? QUÊ??!!( aut: miga tu é burra é?)

Nos viramos em direção oposta ao altar, onde ouvimos vários aplausos, assobios e algumas pessoas vieram me elogiar, dizendo que eu tenho uma grande "sorte", por me casar com ele. Se isso significa "sorte", eu não quero nem ver o azar!

Sabe...durante esses três anos, eu já tô entendiada de ouvir dos meus parentes: "ah! Você está tendo muita sorte, de se casar com Kim Namjoon!" "Namjoon é um ótimo partido para você! Além de ter muito dinheiro, é bonito e um grande mafioso.




Eu me pergunto....se eles gostam tanto do Namjoon.... por que não se casam como ele logo? Olha.... eu faria questão de ser a madrinha do casamento.

Eu realmente só queria ter o poder de mudar o passado, só assim me livraria das furadas que me meti.



Flashback on:

        (Três anos atrás)




Estavamos no inverno, lá fora estava impossivel de andar, era neve por todo lugar! Ainda bem que aqui em casa tem aquecedor.

Eu tava na biblioteca, em frente a lareira, tomando chocolate quente, lendo um livro de terror, sentada ou melhor..... jogada na poltrona de couro. Até que escutei uma gritaria, deixei o livro em cima de uma mesinha e foi ver o que estava acontecendo.

Cheguei na sala principal e me assustei! Hoseok estava segurando o Pedro de cabeça para baixo, pelas pernas, enquanto Jungkook estava brigando com ele

Eu: gente o que é isso?

Pedro: ah! Minha irmãzinha do meu pequenino coração.... SERÁ QUE DÁ PRA ME AJUDAR??!!! Esses babacas, me pegaram. Eu sei que você me ama, então..... ME AJUDA, ME HELPA!!!!!!_ disse se remechendo todo e com uma voz de choro

Jungkook: claro que não! Ele pegou os meus toddynhos!

Pedro:  mas que MENTIRAAAA! Foi só um! E pela metade ainda!_ disse indignado

Eu: ah.... então é por isso que vocês estão brigando?_ comecei a rir, até Jungkook direcionar o seu olhar mortífero pra mim_ Então..... eu tô dando um fora daqui, fui!_sai correndo dali, antes que sobrasse pra mim

Pedro: NÃO!! ISABELLY HORS, VOLTE AQUI JÁ! VOCÊ PRECISA AJUDAR O SEU IRMÃO!!! AAAAAAAAAAAA

Hope: agora você tá fudido!

Kook: e como!

Pedro: papai do céu me ajuda!_ choramigou baixinho, se encolhendo



Cheguei no jardim, com dificuldades, mas cheguei! Sentir a brisa fria batendo contra o seu rosto é tão bom! Me acalma, me conforta.

Fiquei um tempo olhando para o céu, até ouvir um choro. Dei uma olhada no jardim, até encontrar a causa do barulho. Vitória estava chorando, de baixo de uma cerejeira. Fui chegando perto dela, de vagarzinho. Me sentei do seu lado, até ela resolver falar.

Vitória: que foi? Veio aqui pra rir da minha cara?_ Perguntou rude, acho que já me acostumei com o seu jeito

Eu: não. Só vim saber por que está chorando

Vitória: não te interessa!

Eu: é claro que me interessa! Se não me interessase eu não estaria aqui, não acha?

Vitória: sim._ disse se virando pra mim, sequei as lágrimas dela.

Eu: por que tá chorando?

Vitória: quer mesmo saber?_ assenti_ então vem comigo

Andamos até uma parte mais escura do jardim. Vitória parou de andar do nada, se virou pra mim e sorriu. Ah não! Eu conheço esse sorriso! Depois disso eu não vi mais nada.

           Autora on:

Isabelly estava certa, Vitória estava aprontando e não era aquelas brincadeiras de criança. Desde que ela descobriu que Isa iria se casar com Namjoon, ela prometeu pra si mesma que não ia deixar isso acontecer.

Em uma viagem com o pai, para a Coréia do Sul, Vitória conheceu Kim Namjoon, o filho de um grande mafioso. Ela se apaixonou por ele! Mas o único sentimento que Namjoon possui pela garota é pena. Pena de uma menina ser tão iludida.

Vitória descobriu que Isa ia se casar com ele, quando ficou ouvindo a conversa da reunião que teve em Seul, atrás da porta. Então junto com Kwon Jiyong, o seu "amigo", planejaram sequestrar a Isabelly e fazer algumas coisinhas com ela.







Enquanto Isa estava sendo levada para longe, dentro da mansão, Jungkook, Pedro e Hoseok, continuavam a discutir pelo toddynho.

Pedro: OLHA AQUI!!! Vocês são meus empregados, então é melhor me soltarem!

Jungkook: ah coitado! Menino iludido!

Hope: verdade!_ quando ele disse isso, o alarme da casa disparou, indicando que alguém sem autorização entrou na casa

Jungkook: que porra é essa?_ perguntou assustado, tirando a sua arma da cintura.

Pedro: tá vendo? Vocês não me obedeceram, agora o alarme tocou, parabéns!_disse ele batendo palmas

Hope: cala a boca baixinho! Vamos Jungkook!_ Hoseok colocou Pedro no chão e os dois foram para fora da mansão.

Do lado de fora, os seguranças estavam todos posicionados nos seus lugares, prontos para atirar, quem ousasse entrar!

Até que surge na escuridão, Vitória chorando, toda ensanguentada

Jungkook: VITÓRIA??!!!!_ jungkook saiu de sua posição e foi correndo em direção a Vitória

Vitória: levaram a Isa._ essa foi a sua última palavra, antes de desmaiar nos braços de Jungkook

Jungkook: anda! Vasculhem a casa inteira! Precisamos achar a Isabelly!!

Vitôria foi levada para o terceiro andar, onde tinha médicos e equipamentos para cirurgias, eles não podiam ir para um hospital ou seriam reconhecidos.

Jungkook deixou a garota com Daniel e voltou para fora.                                             Depois de um tempo, Daniel, um médico de confiança, conseguiu acordar Vick e a examinou, mas para a sua surpresa, a menina não estava ferida

Daniel: Vick, você não está com nenhum ferimento! E esse sangue todo, é falso!_ Daniel perguntou para ela, perplexo

Vitória: sério?_ sorriu

Daniel: sim. Espera......... você.......

Nessa hora uma flexa atravessou o vidro da janela, a flexa acertou o pescoço de Daniel, o atravessando.

Com um belo sorriso, Vitória desceu da cama, em que estava sentada, chegou perto do corpo, agora sem vida de Daniel, agachou-se e tocou a poça de sangue que se formou.

Vitória: e isso aqui? É sangue de verdade? Hahahaha_ gargalhou e então olhou pra janela quebrada, encima de uma árvore estava Choi Seung-hyun, um dos seus parceiros. Ela piscou para ele, indicando que ele tinha feito um bom trabalho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...