História Uma nova vida em Seul - Capítulo 85


Escrita por: ~ e ~LevyStar

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 30
Palavras 1.276
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eae pandinhas, voltei
Espero que tenham ganhado presentes pq eu não kkkkkkkk (cada k uma lágrima)
Boa leitura

Capítulo 85 - Cancun Pt.2


Fanfic / Fanfiction Uma nova vida em Seul - Capítulo 85 - Cancun Pt.2

Jimin on

Realmente era bem grande, além de ser de frente para a praia, tinha piscina. Para chegar a praia só era necessário sair por um pequeno portão de ferro branco, que por acaso a frente da casa era metade muro metade grade, tem uma larga calçada na frente logo depois areia andando um pouquinho você já teria contato com a água.

RM:Ela não era tão grande assim nas fotos, nem como me falaram. Fala com as mãos no bolso observado as ondas.

Jimin:Isso é bom, não?

RM:Tá brincando? Isso é ótimo Jimin. Dá um grande sorriso.

Jimin:Vamos fazer um churrasco hoje aqui fora?

RM:Nós temos duas opções, churrasco aqui fora ou fazer uma festa lá dentro. Você viu que em todo canto dessa casa tem caixas de som?

Jimin:Sim, vamos testar?

RM:Vamos colocar Shawn Mendes?

Jimin:Jungkook vai sair do quarto se batendo nas paredes. Sorrio.

RM:O objetivo é que todos saíam dos quartos.

Fomos até a sala na estante conectando o celular de Namjoon, "There's Nothing Holdin' Me Back" foi a música escolhinda por ele, começamos a aumentar o volume pouco a pouco para ver até onde ia, além de alta, os graves são bem definidos.

Suga:MAS QUE PORRA É ESSA?

Jungkook:THERE'S NOTHING HOLDIN' ME BACK. Chega pulando.

Jimin:Falei haha.

RM:Ânimo meninos.

V:Até o chão, vai.

-AAAAAH, ESTÃO TODOS FELIZES, QUE MARAVILHA, SE JUNTEM TODOS AQUI POR FAVOR. Desce correndo as escadas e gritando.

RM:O que houve?

-JIIIIIIIN, HOSEOOOK.

Jin:QUE FOI?. Aparece na escada assustado

J-Hope:E MORREU. Escuto o grito talvez do quarto dele.

Jungkook:Conta logo.

-Jimin... Você vai ser papai.

Jimin:Pera....eu suspeitava, mas.... não achei que quando você me falasse eu não ia acreditar. Bagunço os cabelos.

RM:É sério mesmo?. Diz boquiaberto.

Jin:Aí eu vou ser titio, garota você não vai sair dessa casa até a gente voltar pra Seul e eu vou ficar na tua cola. Diz batendo palmas.

Jungkook:Vamo fazer uma festa?

V:Ainda pergunta? Isso é óbvio.

Suga:Uou, vou ser titio, quero ser padrinho. Diz se encostando no corre mão da escada.

J-Hope:Nem vem, padrinho sou eu. Cruza os braços.

RM:A criança nem nasceu ainda seus jumento. Diz sorrindo.

-Vamos decidir isso depois, mas me façam um favor?. Abaixa a cabeça.

Jin:Desejo? Já?

-Não, eu não quero que os fãs fiquem sabendo, não quero que isso vaze agora. Vai até a escada.

RM:Mas porquê s/n? É uma notícia importante principalmente agora que vamos estar rodeados de fã numa casa. Diz desligando o som.

-É justamente por isso, se já tem gente me xingando por ter casado com Jimin, imagina quando souberem que tô gravida, o que vão pensar?. Senta na escada.

Jimin:Não importa o que vão pensar, é uma notícia importante. Digo meio nervoso.

Jin:Você não deveria ligar para o que os outros dizem. 

-Por favor, tentem me entender, se não conseguem, ao menos pensem em vocês com essa notícia, Jin eu não me importo com o que pensam de mim, e sim de vocês, eu vou para o quarto. Se levanta.

Jimin:O que você quer dizer com "eu penso em vocês"?. Todo aquele papo já estava me deixando confuso.

-Pode não parecer ou vocês podem achar besteira, mas eu acredito que posso manchar a imagem de vocês, eu não quero fazer isso. 

Jimin:O que vai fazer? Esconder a barriga até o dia que a criança nascer e depois falar que adotou?

-Não, só não quero dar essa notícia aqui Jimin, estamos tão longe de casa, deixe o tempo passar, voltaremos para Seul e aí eles vão saber. Segura no corre mão da escada.

Jimin:Está com vergonha desta criança?. Coloco as mãos no bolso.

-Porquê eu teria vergonha do meu próprio filho Jimin?. Tomba a cabeça para o lado.

Jimin:Eu não sei, está evitando ele.

-Olha eu não quero brigar, se quer me entender me entenda, eu não vou discutir. Se vira subindo para o quarto.

V:Eu vou beber água.

Jungkook:Vamo dá uma volta na casa?

J-Hope:Seus vacilão, vão me esquecer?. Faz cara de choro.

Suga:Vem Hoseok. Pega na mão do mesmo o puxando para algum lugar.

Jin:Falou coisa desnecessária Jimin, ter vergonha do filho? Que besteira é essa?. Vem até mim.

RM:Eu acho que entendi o que ela quer dizer. 

Jimin:Eu não, não entendi o que ela quer, pela segunda não tão esforçada tentativa conseguimos um filho, porquê ela não quer mostrar?. Me sento no sofá.

Jin:Se trata de proteção Jimin, ela se preocupa com a criança e você, até conosco, ela não quer que sejamos alvos de críticas. Se senta ao meu lado.

Jimin:Faz sentido, mas eu estou tão orgulhoso, eu vou ser pai, eu me deixei levar pelo nervosismo, acho que a magoei. Me curvo apoiando a cabeça nas mãos.

RM:Então vá, peça desculpas, só não demore muito, falta menos de 20 minutos para eles chegarem.

Jimin:Isso vai virar uma muvuca da porra. Me levanto indo até a escada.

Jin:Jimin, se ela não quiser aparecer para eles agora, não a force, deixe ela descansar, é melhor para vocês. 

Jimin:Valeu.

Entro no quarto de vagar e s/n estava deitada de braços abertos fitando o teto.

Jimin:Dá para ver as estrelas?. Fecho a porta.

-Não, mesmo se desse, está de dia, não tem como ver as estrelas. Rebate.

Jimin:Me desculpe, eu estava nervoso. Me aproximo da cama.

-A palavra vergonha não saí da minha cabeça... "vergonha desta criança", tsc, estou começando achar que sim. Ri baixinho.

Jimin:Por favor, me desculpe... eu não queria que me entendesse mal, eu não sei de onde tirei aquelas palavras, me perdoe. Sinto minhas bochechas serem molhadas pelas lágrimas.

-Você...você está chorando?

Jimin:Eu não sei...

-Você está chorando Park Jimin. Se levanta me encarando.

Jimin:Você me perdoa?

-Venha cá, o que você está falando garoto, não á porquê pedir desculpas. Estende os braços.

Jimin:Só diga que me perdoa. Vou até ela á abraçando. 

-Se irá te fazer melhor, sim eu perdoou. Se joga para trás me puxando.

Jimin:Acho que estou amassando alguém. Me viro para o lado.

-É só um feto ainda. Entrelaça suas pernas em minha cintura sem me largar.

Jimin:Eu te amo.

-Você sabe que eu amo mais.

Jimin:Eu amo mais.

-Querido eu amo mais sabe porquê?, porquê eu te amo antes mesmo de você saber que eu existia.

Jimin:Mais eu comecei a te amar eternamente desde que te conheci.

-Então nós se amamos muito.

Suga:Ou caralho, já se acertaram? A galera já tá chegando, vamo?. Fala atrás da porta.

-Yoongi, porque você não entra?

Suga:Se vocês estiverem pelados eu furo meus olhos.

Jimin:Relaxa, você vai descer?

-Agora não, só mais tarde, quando tiver chegado todo mundo talvez.

Jimin:Tem certeza?

-Sim.

Jimin:Então eu vou indo.

Jimin off

.....

S/n on

Já separam cinco horas, já estava escuro, na verdade já era 22:00 dá noite, me levanto e tomo um banho para espertar a preguiça já que estava dormindo, me visto no moletom que estava usando no vôo e um short. Desço até a sala não encontrando ninguém mas ouviu risadas seguidas de conversas, vou até a janela da sala e tinha várias pessoas tentadas em volta de uma fogueira junto aos meninos, saio para me juntar a eles.

Xxx:Você deve ser s/n, a esposa do Jimin oppa.

-Sim, e você é?...

Xxx:Jaqueline, prazer.

-Prazer é todo meu, porque você não está la fora com eles?

Jaqueline:Eu vim pegar meu celular que estava carregando.

-Ah... então vamos? Estou indo para lá.

Jaqueline:Você é simpática, não como as fãs dizem. Pega o celular e me segue.

-Obrigado, e obrigado também por não me xingar ou agredir de primeira.

Jaqueline:Elas fazem isso?

-Xingar sim, bater nunca conseguiram.

Jaqueline:Que bom.

Chegamos no lado de fora e os meninos nos gritam.

RM:Que bom que acordou s/n.

-Boa noite pessoal.

Todos:Boa noite.

Jimin:Acho que vocês já conhecem minha esposa. Diz se afastando de Yoongi para que eu sentasse no meio.

.....

Até que foi legal... tá, muito legal, eu sempre soube que Army's são legais e super coração aberto para novos membros, mais elas são muito mais que isso, me senti confortável com elas, como se elas fossem minhas irmãs. 

Nós brincamos na areia, conversamos, comemos muito, brincamos mais, cantamos, assistimos os vídeos das meninas novamente que aliás eu não tinha visto, só os meninos essas meninas tem um talento da porra em. O primeiro dia foi de mais, estou tão feliz por elas/eles estarem felizes.






Continua...


Notas Finais


Até a próxima, bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...