História Uma pequena nerd fofa! - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Visualizações 102
Palavras 1.226
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Santinha é uma OVA!


Fanfic / Fanfiction Uma pequena nerd fofa! - Capítulo 17 - Santinha é uma OVA!

Anne on

Depois de tudo aquilo eu e Gisele fomos pra casa e ficamos o resto do dia..comendo doces e assistindo séries e filmes..mais enquanto o filme se passava,comecei a pensar sobre tudo o que sofri desde o começo até hoje,cada humilhação cada ofensa e agressão que acontecia ou aconteceu naquela escola..e tudo isso aconteceu pois eu era fraca e muito idiota com esse jeitinho de garotinha boba..mais agora eu vou mudar! vou fazer o que for preciso para dar o troco nos que me fizeram de capacho...

-Anne..ANNE! Gisele gritou me tirando de meus pensamentos.

-No que estava pensando..que fez você ir pro mundo dá lua? perguntou a mesma..ai percebi que eu tava olhando para o nada.

-Eu quero..mudar!disse determinada

-De casa? perguntou franzindo o senho 

-Não Gi! eu quero mudar minha atitude o modo de como ajo. digo e a mesma me olha e depois sorri.

-Ok Anne eu te ajudo. disse me abraçando.-Mais por que quer mudar você é tão fofa!

-Não aguento mais ser humilhada..feita de capacho pro resto da vida. meus olhos se encheram d' água só de lembrar de hoje cedo.

-Calma Anne..eu irei te ajudar a ser mais..Marrenta. disse confiante.

-Obrigada.. ela me interrompi.

-MAIS!! nunca deixe de ser fofa e gentil. ela me olhou 

-Jamais deixarei..mais só vou ser assim com quem mereci. rimos e ela começou a explicar como dar umas boas patadas e alguns golpes de defesa...Agora eles iriam ver..mal posso esperar para amanhã.

 

Eu acordei com um bom humor e uma vontade maravilhosa de ir para a escola..mesmo com o que aconteceu.Levantei e vi que estava muito cedo..então peguei uma toalha e fui pro banheiro..tomei um banho quente e demorado,depois fui escovar os dentes me olhei no espelho e sorri..fiz uma maquiagem básica(rímel,delineador lápis e um batom roxo meio lilás) coloquei uma roupa despojada(a da capa)e um tênis preto peguei meu cabelo sequei e deixei solto..e desci

Chegando lá em baixo Gisele me olhou e sorriu mais logo ficou preocupada..

-Anne..tem certeza.. a interrompi

-Tenho! Vamos mostrar pra eles com quem mexeram! digo sorridente e ela ri 

-É vamos logo! e vou te contar..arraso no look! disse me olhando e eu apenas fiz um gesto balançando o cabelos com a mão 

-Eu sei que sou linda. digo e ela me olha como ''vixe já tá convencida'' e eu ri..Ela também tava linda..um short preto jeans,um crobet(aquela blusa que vai até uma pouco acima da barriga) e um casaco amarrado na cintura com um tênis branco,sua maquiagem era igual a minha só seu batom que era vermelho..

-Vamos? perguntou e eu assenti.

Já na porta do colégio as pessoas me olhavam e olhavam a Gi..chegamos no pátio e não tinha ninguém sentamos e começamos a conversar pois ainda era cedo,e tudo estava calmo..mais nem sempre tudo o que é bom é eterno pois as vacas e as piranhas vieram em nossa direção e adivinha quem estava com elas..se você disse os dois palermas acertou.

-Vejo que criou coragem! Nina me olhava debochado e eu estava indiferente.

-O que essa louca faz aqui?! disse Ambre apontando para Gi que levantou a cabeça mais continuou sentada no banco e a encarou.

-Eu vim pra estudar num tá vendo? isso é uma escola! disse como se fosse a coisa mais óbvia do mundo.

-O que?! a loira a olhou com ódio.

-Mais será possível que além de burra é surda! disse Gi sem paciência.,e alguns alunas se aproximavam e gritavam OOOHHH! ou TOMA!

-Escuta aqui sua.. Nina ia pra cima da Gi mais segurei seu braço.

-Se você se atrever a encostar um dedo nela eu quebro seu nariz falsificado. digo seria e fria a mesma me olhou e virou para Lysandre que me olhava meio confuso pela minha atitude assim como todos.

-Falsificado!  AGORA VOCÊ VAI LEVAR O RESTO DE ONTEM VADIA!! disse am mesma se soltando e vindo com tudo..apenas desviei a puxei pelos cabelos e a joguei no platinado e lhe dei um tapa que a cara dela ficou vermelha.

-A única vadia aqui é você! digo e todos ficam perplexos.

-Sua vaca... disse Ambre vindo pra minha direção e logo foi pega pela Gisele que a jogou no Castiel..

-Fica na tua! loira rodada. disse com ódio encarando os quatro.

-Sabe eu sinto pena do diabo por ter de aturar vocês. digo e Gi ri,pego minha mochila e vou para sala junto da Gisele..sorrindo.

Depois do primeiro tempo não estava com tanta fome então fui até a biblioteca pensar mais estava fechada..então resolvi ir para outro lugar quando vejo uma porta aberta..e como dizem a curiosidade matou o gato..abri a porta e desci uma escada chegando num lugar que parecia um porão..olhei atentamente o lugar e estava limpo com algumas caixas e entulhos..

-Quem será que vem aqui? me pregunto vasculhando algo para fazer naquele lugar e vejo uma caixa com livros em cima de outras(N/A:VAI DÁ MERDA!!) peguei um banco e subi mais na hora que iria pegar a caixa o banco cedeu e eu caí(N/A:NUM FALEI!!)..fechei os olhos  esperando o impacto..mais meu belo rosto não beijou o chão pelo contrário senti fortes e deliciosos braços me envolverem e me puxarem ao encontro de um corpo masculino pelo porte e seu cheiro era inebriante e acho que já senti esse perfume antes..abri os olho para ver quem séria e....

Gisele on:

Eu estava orgulhosa da Anne ela consegui enfrentar aqueles IDIOTAS! e nos fomos pra sala todas sorridentes..depois que o sinal bateu eu fui encontrar Alexy e Rosa e ficamos conversando e os contei sobre hoje de manhã..eles riram e comemoraram,e ficamos jogando conversa fora enquanto eu bebia um suco de morango e eles comiam sanduíches..mais aí um ser de outro mundo apareceu na hora em que eu iria passar e colocou a PORRA DO PÉ NO MEIO! me fando cair,eu olhei e vi a cópia mal feita da loira do tchan que ria junto com todos na cantina e na hora que eu iria levantar..senti braços musculosos me pegarem estilo noiva..na hora eu iria xingar o ser mais quando eu senti o perfume..aquele perfume mexeu comigo..e olhei para cima e e vi Castiel serio encarando meu rosto,e assim ficamos..

Eu queria xingar e bater nele?

Com certeza.

Mais eu não conseguia mexer muito menos falar..então a loira azeda gritou..

-CAST O QUE É ISSO! essa voz é irritante!

-Ela se machucou..e eu não te devo satisfação Ambre. disse curto e grosso.

-Mais... ele começou a andar e eu não entendia nada me machuquei como assim? foi ai que senti algo quente em minha coxa..olhei e vi um corte..fiquei fintando o ferimento e ai a ficha caiu o ruivo tava me carregando..

-Me coloque no chão eu posso andar. digo tentando descer mais foi em vão.

-Calada. curto e grosso novamente..cruzei os braços e virei o rosto pro lado.

-Chato. falei baixo mais o suficiente pra ele ouvi e o mesmo apertou mais meu corpo ao seu.

Ele de fato era bem mais forte que eu,e lutar contra ele séria perda de tempo..então segui o caminho quieta e os alunos nos olhavam confusos e cochichavam..

O ruivo me levou para a enfermaria me colocou na cama e trancou a porta guardando a chave..veio até mim me olhou..

-Precisamos conversar. disse enquanto olhava o corte em minha coxa pegando algodão com álcool..

-Não temos não.....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...