História Uma pequena violeta - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Grand Chase
Personagens Amy, Arme, Azin, Dio, Edel Frost, Elesis, Holy Serenity, Jin, Lass, Lin, Lire, Lupus Wild, Mari, Rey Von Crimson, Ronan, Ryan, Sieghart, Veigas Terr, Zero Zephyrum
Exibições 18
Palavras 1.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente, desculpa ficar esse dias sem postar ;-;, to muito triste aqui, por não ter postado NADA, DESCULPEEEEEEEEEEEEEEEEE ;-;
Vamos pra fic, que eu sei que vocês estão doidos pra ler, né? :3

Capítulo 10 - Passando trote?


"Arme Povs On"

Fui tomar banho, dessa vez eu demorei mais um pouco que o normal, eu estava pensando é notando, que eu ultimamente eu só fico envergonhada na frente do Lass, sei lá, na frente dos amigos dos meus irmãos ou até mesmo dos meu amigos ( homens ) eu sou normal.Terminei o meu banho é fui pro meu quarto vestir minha roupa, vesti a roupa ( que eu deixei em cima da cama ), coloquei meu sneaker preto, penteie meu cabelo, quando terminei eu peguei meu celular e minha carteira, eu não gosto que as pessoas ficam pagando coisas pra mim, então... vou levar minha carteira, nunca se sabe quando irei precisar né? Desci as escadas, é pelo visto, Sieghart é Dio tinham acordado, eles estavam conversando sobre alguma coisa

Arme: Dio, Sieghart, eu vou sair, mais tarde eu volto ok?

Dio: Tá, vai logo

Sieghart: PERAI! mais tarde ? UHUUUU, Dio, vamos ficar sozinhos

Dio: Tanto faz, não tem nada pra fazer

Sieghart: Aff, ok, tchau arme - falou com uma cara emburrada 

Eu sai, e fechei a porta, fui me encontrar onde Lire tinha falado, era em frente a escola né? acho que sim, olhei no meu celular e eram 15:10, eu sei que to indo cedo, mas idai? cheguei lá é não tinha ninguém, então fiquei mexendo no meu celular, vendo vídeos, conversando com Dio é Sieghart, olhando minhas mensagens, que era zero... Enfim, as horas se passaram é as garotas chegaram

Lire: Oi Arme, entra no carro

Arme: Oi Lire - eu disse é entrei na limousine que Lire é as garotas estavam, sentei perto delas

Arme: MEU DEUS LIRE, você é rica?

Lire: Hehehe, sim

Enquanto conversamos chegamos na lanchonete é descemos do carro

Arme: É aqui?

Lin: É, AI TO TÃO ANSIOSA

Holy: Oxe, Por que?

Lin: Hehe, eu sei lá

Lire: Lin você é doida

Mari: Acho que vou voltar pra casa...

Lin: POR QUE MARII?

Mari: Não gosto de ficar saindo pra passear, mas como sou sua amiga, eu vou ficar... - ela é muito seria, da até vontade de não falar nada

Arme: Então, depois a gente vai aonde mesmo? - eu só queria ter certeza que era no shopping 

Elesis: No shopping, né Lire?

Lire: É

Entramos na lanchonete, sentamos em uma mesa vazia é escolhemos o que queríamos comer, Elesis pediu um pequeno pote de batata frita é um copo pequeno de ketchup, Lin já havia pedido um mousse de morango na taça, Lire pediu um mousse também, só que de chocolate, Mari é holy pediram milk shake de uva e de laranja, eu não tava com fome ( é as garotas também pareciam não estar ), então eu pedi um suco de limão

Lin: Que isso Arme?, você ta muito magra, precisa engordar um pouquinho né?

Arme: Olha quem fala 

Lin: Euzinha, LINda - falou é piscou pra mim

Lire: Hmm, nem sei por que a gente veio aqui, ninguém ta com fome,

Holy: Vamos logo só terminar de comer é ir pro shopping, que tal? A gente passou aqui pra lanchar, vamos ficar metade do dia no shopping, é não vamos comer nada, isso é só pra segurar

Elesis: Batata frita não passa fome, hehe

Holy: Eu acabei de dizer que não é pra passar fome, é só pra segurar a fome enquanto estamos no shopping

Elesis: Ok, sabe tudo

Mari: Gente, eu vou esperar lá fora, ok? já terminei meu milk shake

Arme: Eu vou ir com a Mari ta gente? Eu já terminei meu suco também

Deixamos o dinheiro dos lanches na mesa que estávamos e nós duas fomos esperar as garotas do lado de fora da lanchonete, ficamos sentadas em um banquinho que tinha na frente da lanchonete, a área é um silêncio 

Arme: ... Quer fazer alguma coisa enquanto espera elas?

Mari: ... O que você gosta de fazer... ?

Arme: Qualquer coisa que uma amiga minha goste, não sendo inapropriada está tudo bem

Mari: ... - ela deu um sorriso de canto - Passar trotes é inapropriado pra você?

Arme: Err... 

Mari: Hmm.. Ok, você não quer fazer nada comigo, não é? Eu sei que você não gosta de mim... mas ta tudo bem...

Arme: Eu nunca disse que não gosto de você, é que... a ultima vez que eu passei trote em alguém, eu levei uma seria bronca do meu pai

Mari: Mas seu pai está aqui? Do seu lado?

Arme: Hehe, não

Mari: Então me passa seu celular - eu dei meu celular pra Mari, acho que no final isso não vai prestar... - Pra quais números eu posso ligar?

Arme: Só pros meus dois irmãos - eu mostrei pra Mari qual era o número do Sieghart e o do Dio

Mari: Ok, eu vou fingir que eu capturei você é estou te fazendo de refém, dai eu te passo o celular e você fala pra eles irem te salvar em... em frente essa lanchonete que estamos, ok?

Arme: ... - eu tava pensando na reação deles ao verem que era um trote, vai ser engraçado de mais - Sim, hehe, é o nome deles é Sieghart é Dio, ok?

Mari: LIGUEI, se prepara! ...

Dio: Alô?

Mari: Você é o Dio, né?

Dio: Sim, sou sim, por que?

Mari: Nada de mais, eu acho... Eu só to te ligando pra avisar que.. Err.. eu capturei sua irmã, Arme, e estou fazendo ela de refém, quer falar com ela? Hehehe

Dio: QUEEEE? to entendendo nada parceiro, quem é você, cadê a Arme? Posso falar com ela?

Mari: A desculpa, já é tarde de mais, estão levando a Arme, se eu fosse você eu sairia correndo pra vim busca-la antes que levem TOTALMENTE ela, rsrsrsrsrs

Dio: Seja lá quem estiver falando, você é um doido...

Mari: Eu sei, só avisando, vem logo, aqui na porta da lanchonete... - ela estava lendo o nome da lanchonete - Salgados e doces... - ela olhou pra mim com uma cara de " que nome mais idiota"

Dio: Ai ai, to afim não, odeio a Arme, pode ficar com ela, BYE BYE - Dio desligou

Mari: Affs, deu errado... Hehehe, pelo menos foi legal tentar né?

Arme: Hehe, sim, quando eu escutei Dio falando que me odeia, senti meu coração partido, mesmo eu sabendo que é mentira, hehehe

Lin: Gente vocês tão legal?

Mari é Arme: AAAAHH!!!

Holy: Hehehe, desculpa se assustamos vocês

Elesis: Vocês estavam rindo de que pelo amor de deus?

Mari: Nada não - ela olhou pra mim é piscou

Arme: É, nada de mais

Elesis: Ok.. to de olho em vocês duas ein, to de olho...

Entramos novamente na limousine e começamos a conversar enquanto estávamos indo pro shopping

Lire: Então, o que vocês querem fazer no shopping

Lin: Ué, compras né querida, você queria o que? Que a gente ficasse sentadas la no chão do shopping pedindo esmola ?

Elesis: Hehehe, tomo Lire

Lire: TOMEI NADA NÃO - disse Lire com cara emburrada

Arme: Mas Lin, ela quis dizer, COMPRAR o que?

Lin: Err...

Elesis: HAHAHAHA, agora a Lin que tomo

Continuamos conversando até chegar no shopping 

Descemos da limousine e entramos dentro do shopping, quanto tempo eu não venho aqui ein...


Notas Finais


Eai, ficou legal?
Se poderem comentar eu agradeço de coração <3 CORAÇÃO EIN <3
Finalmente um capitulo maior né?
Xaus, bjos com violetas <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...