História Uma pessoa muda uma vida✌ - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Escolar, Shoujo(romantico)
Exibições 23
Palavras 1.981
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tava sem ft pra capa,então foi essa dai msm,inventei uma história tipo dorama kkkk mas foi oq veio a minha cabeça,espro q curtam 😘

Capítulo 8 - Confiança ✌


(Continuação)

Então ele finaliza a frase com um beijo que me fez desmanchar em seu braços.
[···]
Eu saí do banheiro primeiro ,e ao entrar no quarto vejo que ele havia trocado todo o forro de cama,coloquei outra roupa,e me deitei,logo em seguida ele sai do banheiro enxugando o cabelo com o toalha.
 Jk: Como está se sentindo?
 s/n: Um pouco envergonhada,mas depois do banho eu consegui relaxa --ele joga a toalha molhada no chão e se ajoelha em cima da cama vindo em minha direção,se coloca por cima de mim apoiando seu cotovelo no colchão:
 Jk: Espero que a sua primeira vez tenha sido especial.
 s/n:Foi sim...--digo meio envergonhada-- Posso te fazer uma pergunta?
 Jk: Oque você quiser.
 s/n: Você já trouxe muitas garotas pra cá?
 Jk: Confesso que toda vez que eu ficava sabendo que o meu irmão ia dormir fora eu chamava uma...mas isso não importa agora.
 s/n: Claro que importa.Não importa pra você que não acabou de perder a virgindade com o seu melhor amigo,e acaba de ficar sabendo que você foi só mais uma.
 Jk: Você não é só mais uma...você é e sempre vai ser especial---ele diz isso colocando uma mexa de cabelo atrás da minha orelha---nunca se esqueca disso...eu fiquei muito feliz por ter sido o homem a te tornar mulher...agora eu acho melhor você descansar--ele dá um beijo que me faz calar a respiração por alguns segundos,logo em seguida ele se deita ao meu lado,me acolhendo em seu peito,eu apenas me deito o abraçando e focando no som do seu coração,e nele eu adormeci ali mesmo.
[···]
Acordei cedo pela manhã,até porque tinha aula,tomei café com Jungkook e depois peguei roupa que eu havia lavado e vesti pra ir pra escola,durante todo o tempo antes da gente sair trocamos carícias e beijos,reparei que após acordarmos o olhar dele pra mim já não era o mesmo,agora o olhar dele era de alguém que procurava prazer e amor...eu senti que o seu olhar havia mudado,existia mais interesse nele...bom, enfim chegamos na escola.
 s/n: Será que vão me barrar por eu estar sem uniforme?
 Jk: Acho que não,eles não dão muita importância a isso aqui...mas se eu fosse você tomava cuidado.
 s/n: Porque??
 Jk: Com esse short qualquer um pode se interessar...e eu não vou gostar nada de ver outro dando em cima de você!
 s/n: Noooossa! Como você é bobo!! É melhor agente entrar logo.Vem!
 Jk: Você não desce desse carro antes de me dar uma coisa.
 s/n: Ai meu Deus!! E oque você quer ?!
 Jk: Você sabe.--diz ele junto ao um biquinho irresistível.
 s/n: Tá bom,mas só um--digo me aproximando pra dar um pequeno selinho,mas ao voltar ele me agarra forte me dando um belo beijo-- Jungkook!! Aqui não!!
 Jk: Porque não?!! Nós estamos dentro do carro,ninguém vai ver agente se beijando.
 s/n: Mais estamos na frente da escola,alguém pode passar .
 Jk: Deixem que eles vêem...agente não tá fazendo nada de errado mesmo...por enquanto--😏
 s/n: Esse por enquanto hein!
kkk,bom esquece isso é melhor agente entrar porque senão agente vai perder a primeira aula.
 Jk: Ashiii...não tô afim de entrar...e que tal agente cabula a aula?--diz ele com um sorriso travesso estampado no rosto.
 s/n: Você e suas ideias...da última vez que a gente fez isso meu irmão ficou sabendo e me deu a maior bronca!!!
 Jk: Porfavor...eu quero passar um tempo a sós com você,prometo te levar ne um lugar muito especial que só eu conheco--pra me covencer ele junta a frase com um lindo bico😙 que fez com que eu não pudesse recusar o pedido.
 s/n: Ok,ok você venceu!!😊
 Jk: Yes!!!
 s/n: Então, onde você vai me levar a essa hora da manhã?
 Jk: É surpresa!!
 s/n: Espero que seja boa,porque já até sei oque me espera quando eu chegar em casa.
 Jk: Você não vai se arrepender.
 s/n: Espero que não.
Ele dá partida no carro.
Após dirigir cerca de 45 minutos agente chega ne um lugar...meio afastado da cidade,mas era lindo,ao descer do carro meus olhos se encheram de beleza ao ver aquele lugar,ele era quieto e silencioso,o único barulho que se ouvia era o dos pássaros e do vento soprando...ele refletia
uma paz interior imensa...era de se apreciar o azul do céu.
 Jk: E aí oque achou?
 s/n: Isso aqui é simplismente maravilhoso...
 Jk: Sabia que ia gostar.
 s/n: Como você descobriu esse lugar?
 Jk: Quando eu morava em Busan,as vezes eu vinha visitar meu irmão aqui em Seoul,e o caminho é logo ali por trás,um dia reparei mas não tinha como eu vir pois ainda era criança,mas depois que tirei minha carteira de motorista fiz questão de conhecer.
 s/n: Humm...---digo admirando a paisagem.
 Jk: Vem cá!!---diz ele estendendo a mão .
Ele me conduz ate a sombra se uma árvore...o ar puro era de se respirarar fundo,algo onde dentro da cidade não havia.
Nos deitamos ali mesmo sobre uma pouca grama que havia nascido por baixo da sombra daquela árvore.
 s/n: Esse lugar traz paz...
 Jk: Eu sempre venho aqui pra refletir e pensar quando tô confuso ou estressado.
 s/n: Esse lugar deve significar muito pra você.
 Jk: Com certeza. Já tomei várias decisões importantes aqui,decisões que mudaram minha vida.
 s/n: ...você nunca fala muito sobre você,eu...queria poder saber mais .
 Jk: Minha vida nunca foi muito,digamos...fácil. Minha omma faleceu quando eu tinha 4 anos, e meu pai nunca se importou muito comigo...depois que minha omma morreu  ele se afundou no trabalho pra tentar esquecer tudo que tinha acontecido ,então ele começou a trabalhar dia e noite até fazer crescer tudo oque ele já tinha antes.
 s/n: E como ele é...digo assim como ele te trata?
 Jk: Ele é frio e nunca tem tempo pra nada e nem pra ninguém...nem mesmo pros próprios filhos,ele sempre quiz nos controlar,e só por isso eu moro em Seoul.
 s/n: Como assim??--digo me virando e apoiando minha cabeça sobre minha mão.
 Jk: Antes da minha omma falecer meu pai tinha uma pequena sociedade com algumas pessoas de uma escola particular em Busan,onde estudei ate os meus 17 anos...sabe...eu gostava de lá,mas,depois do que aconteceu com a omma ele passou a nos controlar...quando eu tinha 12 anos ele se mudou aqui pra Seoul pra ficar mais perto do trabalho pois ele já havia crescido e virado sócio majoritário de 4 escolas e feito parceria com o governo e se tornado sócio de várias universidades ---enquanto ele contava sua história eu apenas escutava atentamente--então ele obrigou a mim e ao meu irmão a mudarmos pra cá,meu irmão veio primeiro pra assumir a posse da fábrica de produção de material escolar e tomar frente da sociedade com as várias universidades em todo o país,e eu vim depois pra formar em uma das diversas escolas dele,pra ele continuar me controlando.
 s/n: Pelo oque eu vejo sua família e muito poderosa😮e rica...e porque você não estuda ne uma das escolas do seu pai?
 Jk: Porque eu simplismente não queria me deixar ser controlado,meu irmão pode ser convencido fácil,mas eu não,quando aceitei me mudar pra cá impus minhas condições,meu pai disse que eu não estava no direito,mas mesmo assim...não deixei que ele me controlasse como havia feito sempre.
 s/n: E a condição que voce impôs foi que você estudasse em uma escola comum?
 Jk: Exatamente. Eu já estava cheio dele não se preocupar,então resolvi abandonar...mas eu sei que ele sempre está me vigiando,eu sei que ele sabe com quem eu ando e oque eu faço.
 s/n: Você já parou pra pensar que talvez ele realmente se preocupe com você?
 Jk: Eu conheco meu pai...todo o tempo ele só quer estar no comando.
 s/n: Faz quanto tempo que você mora aqui?
 Jk: A pouco mais de um ano.
 s/n: E eu pensando que sabia tudo sobre você.
 Jk:Tem coisas que não é necessário pessoas importantes pra gente saber...
 s/n: Então quer dizer que eu sou importante?😏
 Jk: Importantíssima...kkk...e você?
 s/n: Eu oque?
 Jk: Me fala mais sobre você. Você nunca me contou oque aconteceu com você lá no Brasil.
 s/n: Atá...não foi nada demais...só uma desilusão amorosa.
 Jk: Então quer dizer que você já amou alguém?
 s/n: Tanto que me ceguei e sofri por esse amor.
 Jk: E quem te fez sofrer?
 s/n: Isso aconteceu eu era nova,sem experiência e sem noção da vida...quando eu tava no primeiro ano eu me apaixonei por um garoto novato que tinha entrado na minha sala que também morava na minha rua,então ele percebeu e demonstrou interesse,agente namorou cerca de seis meses,eu pensava que ele era fiel e amava só a mim,mas...mal sabia eu que ele me traía com qualquer garota que ele visse na frente,todos me alertavam mas eu preferi não acreditar nas pessoas,várias meninas chegavam perto de mim contando tudo oque havia acontecido entre os dois,mas eu não dava ouvidos,até que um dia fiquei sabendo que uma menina também do primeiro ano só que de outra sala,era apixonada por ele,ela inclusive havia mudado de escola por ele,ela não aceitou ele estar namorando comigo e como ela sabia da fama dele ela deu em cima até consegui levar ele pra cama...depois de três meses a escola toda tava sabendo que ela tava...grávida,oque definitivamente era mentira...ela aprontou uma comigo se jogando da escada da escola enquanto passava do meu lado,ela foi pro hospital e depois que voltou me acusou de a ter empurrado,e que ela havia perdido o bebe dela por minha causa,ele se separou de mim e a única coisa que ele sabia dizer é que me odiava por ter tirado a vida do filho dele,toda a escola me via como um monstro eu não suportei e tive que sair,me transferir pra outra escola,mas já era tarde...eu já tava cheia de ódio e rancor,foi aí que eu mudei completamente meu jeito de ser desde minhas roupas até meu jeito de tratar as pessoas...eu aprontava muito na nova escola...fui transferida 4 vezes no segundo ano...meus pais não me aguentavam mais então me mandaram pra cá pra morar com o meu irmão.
 Jk: Como você conseguiu ser expulsa quatro vezes?!!!!
 s/n: A cada bimestre eu aprontava uma coisa absurda kkk
 Jk: Kk,e como você sabia que a tal menina não tava grávida?
 Jk: Sei lá...intuição feminina...e também foi tudo muito bem planejado por ela,pra tudo dar certo...e deu,tudo foi muita coincidência na minha opinião.
 Jk: Mas e agora,quando você veio embora...ele tava com ela?
 s/n: Não,ele disse pra mim que nunca ia me perdoar mas que não ia cair na dela, porque ela o perseguia desdo nono ano,e que depois de tudo não ia se amarrar a mais ninguém...---por um momento tudo se cala,meus pensamentos voam e eu volto a mim mesma depois de algum tempo---eu tava aqui pensando...

 Jk: No que você pensou?
 s/n: Porque eu não me entreguei ao Rafael e me entreguei a você?
 Jk: Talvez...fosse pra ser assim...talvez no fundo você sabia que devia se guardar pra uma pessoa mais especial independente de onde ela estivesse.
 s/n: Talvez se eu tivesse me entregado a ele eu não estaria aqui,eu não estaria tão longe da minha família...esse seria o meu erro?
 Jk: Por acaso você se arrepende de ter se entregado a mim?
 s/n: Não é isso é só que...
 Jk: É só que no fundo você talvez nunca tenha deixado de gostar desse tal seu ex namorado,e se entregou a mim apenas com medo de que a mesma coisa aconteca com agente apesar de não termos nada sério---ele diz se levantando e andando em direção ao carro,eu me levanto rapidamente andando atrás dele tentando alcança lo.
 s/n: Jungkook!!! Espera!!--Ao ouvir eu o chamando ele para e volta até mim.
 Jk: Acho melhor agente ir embora.
 s/n: Por favor...tenha paciência comigo...eu tô confusa preciso pensar um pouco.
 Jk: Ok,vou dar o seu devido tempo...mas é melhor agente realmente ir agora,no caminho agente passa ne algum lugar e como algo.
Ele se vira e caminha pro carro,eu caminho atrás...percebo o climão que ficou no ar,e também vi que ele ficou chateado.
[···]

(Continua)


Notas Finais


Bom gente isso é oq tem pra hj,espero q gostem,vou fazer o máximo pra mim consegui postar o próximo capítulo amanhã
Bjuss no kokoro😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...