História Uma Princesa Sem Realeza(Eldarya e amor doce) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Eldarya, Originais
Tags Castiel, Eldarya, Intriga, Nathaniel, Nevra, Princesa, Reino, Romance
Visualizações 40
Palavras 2.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hellou pessoal 0/
Desculpem a demora, é que estou com algumas pesquisas da faculdade para fazer e ta me deixando sem tempo...Em fim é a vida kkkkk
Lá vai mais uma Capítulo frasquinho🙌
Ótima leitura a todox!

Capítulo 10 - NÃO ESTOU NAMORANDO CoM ELE!!!


Fanfic / Fanfiction Uma Princesa Sem Realeza(Eldarya e amor doce) - Capítulo 10 - NÃO ESTOU NAMORANDO CoM ELE!!!

No horário combinado me encontrei com Rosa na frente da escola, ela estava com várias sacolas de comida, salgadinhos, sucos, refrigerantes e etc.

Ajudei ela a levar as compras até a casa, quando chegamos lá já tinha algumas meninas, estavam lá : Viollet, Peggy, Melody e Íris.

 

Após guardar todas as compras fui para o banheiro vesti o pijama que Rosalya me deu, era uma vestido preto bem curto, feito de uma tecido parecido com a seda e de alcinha

Após vestir o pijama fomos para o quarto de Rosa.

 

-Meninas todas já conhecem a Tabita certo?! - Rosalya perguntou as demais que assentiram positivo

-Agora que não falta ninguém, vamos começar a festa!! - Disse Iris muito empolgada

- Simmmm!!! - Todas respondemos uníssono.

 

Rosa ligou o som em uma música agitada enquanto as outras meninas pegavam travesseiros e jogavam uma nas outras, algumas corriam para bater com o travesseiro e eu entrei na onda, Peggy tropeçou e caiu sentada e todas começamos a bater com os travesseiros nela, foi muito divertido. Após todas ficarem cansadas sentamos para comer assistindo um filme de comédia romântica e por fim Rosa propôs um jogo de Verdade ou desafio

 

-Nunca jogou? - Melody perguntou surpresa quando eu disse que não conhecia.

- Não…

- É fácil - Rosa disse pegando uma garrafa. - Vou mostrar, preste atenção.

 

Todas sentaram numa roda e Rosa pôs a garrafa bem no meio, ela rodou e a tampa da garrafa parou virada pra mim.

 

-Agora eu te faço uma pergunta…- Disse com um olhar desafiador e um ar de divertimento - Castiel é seu namorado? - Perguntou na lata e eu levei um susto.

- QUE?!NÃO! - Retruquei nervosa

- Uhummmm - as meninas se entreolharam com sorrisinhos irônicos

- Tem certeza?! - Disse Peggy

- SIM!

- Então por que ta tao nervosa? - Iris perguntou rindo

- Eu não to nervosa! - Menti, eu podia sentir meu rosto arder e todas estavam se divertindo com aquilo - Nós somos só amigos

- Amizade colorida com certeza! - Peggy comentou rindo

- Porque acham que somos namorados? - Perguntei ainda vermelha.

- Talvez por que vocês quase sempre chegam juntos, vão embora juntos, Castiel é muito amigável com você, coisa que ele não é com quase ninguém. - Rosa foi citando ironicamente - Então abre o jogo!

- Outro dia ele ficou esperando ela até tarde pra irem embora juntos - Melody complementou as observações de Rosa.

 

Eu ia responder, mas antes que eu abrisse a boca meu celular tocou e pro meu azar era uma mensagem de Castiel

 

“ Cadê você?!”

 

-O que foi? - Rosa perguntou estreitando os olhos para ver o que dizia a mensagem

- Nada!!! - Respondi estridente.

 

Meu celular tocou novamente, mas dessa vez era uma ligação eu sabia que era Castiel, mas não iria atender... tocou novamente.

Eu não sabia o que fazer se eu atendesse elas saberiam quem era, mas nao atende também é suspeito, Ai que sufoco!!!

 

-Não vai atender? - Viollet perguntou intrigada

- Não…é falta de educação…

 

E novamente o celular tocou… Sem me dar tempo de reagir Rosa pegou o celular da minha mão para ver quem era…

 

-Uhunmmm Castiel!!! - Gritou para as outras que ficaram rindo eufóricas  - Atenda, seu namorado chama - Brincou me devolvendo o celular

 

- A..Alô - Tentei parecer normal

- ONDE VOCÊ TÁ? - ele gritou do outro lado e todas puderam ouvir sua voz.

- Na casa da Rosalya, desculpa esqueci de te avisar.

 

Enquanto conversava senti os olhares das meninas em mim, podia ouvir cochichos, e risadinha abafadas.

 

-Então, não são namorados né? - Rosa ironizou

- É sério, nós não…

- Tabita se não quer falar, tudo bem…- Ela me interrompeu com um tom compreensivo  - Tem relacionamentos que são complicados mesmo, principalmente se for com o Sr.Problemático - Disse entre risos com uma piscadinha. - Mas se precisar de conselhos e dicas para dar uma esquentada no relacionamento tô aqui pra ajudar - Disse a última parte só para eu ouvir.

 

Ela continuou o jogo e eu preferi encerrar a conversa ali mesmo, a final se eu falar mais posso acabar dizendo coisas das quais vou me arrepender

O jogo continuou e foi divertido, as meninas que não queriam responder tinham que fazer o desafio, era coisas como imitar animais, se pintar com batom, etc.

Até que esse jogou foi bem útil, fiquei sabendo coisas importantes, como por exemplo que Melody gosta do Nathaniel… Isso é um problema...

Por fim... fomos dormir, bem tarde diga se de passagem, algumas deitaram em colchões infláveis, ou em sacos de dormir eu não tinha levado nada então deitei no chão mesmo...

 

~ Quebra de Tempo ~

 

A festa do pijama tinha sido incrível, mas como todas nós acordamos tarde viemos direto para a escola sem passar em casa.

 

Assisti às aulas, mas a minha mente não saía de Nathaniel, ele nao falou comigo o dia todo, nem mesmo quando passou por mim no corredor, achei que ele viria falar comigo assim que eu chegasse...Será que ele não gostou do beijo?! E depois do comentário de Melody na festa me pergunto...será que eles já tiveram alguma coisa? Afinal eles trabalham juntos…

O sinal do intervalo tocou me tirando dos meus devaneios…

Estava guardando minhas coisas para sair, mas minha mente estava distante…

 

-Tabizinha!!!! - Alexy chamou muito empolgado - Vou te matar! - Brincou

- Por que? O que eu fiz? - Perguntei surpresa guardando o material que ainda faltava.

- O problema é o que você não fez - Disse cruzando os braços - Por que não me contou que ta namorando Castiel? - Reclamou.

 

Eu quase tive um ataque do coração, por que todo mundo ta perguntando isso?!Que droga!

 

-EU NÃO TO NAMORANDO COM ELE!!! - Gritei irritada - QUEM TE DISSE ISSO?!

- Tenho meus contatos… Tabita você quer me dizer alguma coisa? - Perguntou desconfiado - Vamos eu sou seu irmão, não sou?! - Perguntou fazendo bico.

 

De certa forma Alexy é uma das pessoas mais confiáveis que conheço e que dá bons conselhos, principalmente nesse aspecto, sem falar que pelo jeito todo mundo já está sabendo do meu “ namoro” com Castiel.

Só então me toquei que provavelmente Ambre também pode ter espalhado…E pior ela deve ter falando a Nath, Agora eu entendi porque ele não veio falar comigo! Droga!! Agora me dei mal! Como vou explicar o que aconteceu naquele dia.

Minha ficha finalmente caiu, todos acham que estou namorando Castiel PORQUE EU DISSE ISSO E A PESTE DA AMBRE CONTOU PRA TODO MUNDO!!!

Sentir meu rosto arder ao lembrar da cena naquela noite, eu queria irritar aquela peste, mas não pensei nas consequências…

 

-Tabita? Terra chamando Tabita - Alexy disse balançando a mão na frente do meu rosto.

- Droga!!! - Exclamei por impulso - E agora? - Perguntei pra mim mesma ainda em choque com essa situação delicada

- TABITA!! - Gritou para me tirar daquele transe - O que foi?! - Perguntou preocupado - Eu quero te ajudar, mas não posso fazer nada se você não me contar o que ta acontecendo…

- Tá bom, mas vamos para um lugar mais privado…

 

~Quebra de tempo ~

 

Levei Alexy para as escadas no fundo da escola, sentamos nos degraus e eu contei tudo o que aconteceu, ou quase tudo…eu não poderia dizer o porquê verdadeiro de Castiel ter mentido sobre nosso namoro...

 

-Deixa eu ver se entendi tudo...Você e Castiel não estão namorando, mas você conseguiu convencer ele a fingir que estão e fez Ambre achar que estavam só pra se vingar? E agora ela contou pra Nathaniel que é quem você gosta - Resumiu tudo o que eu disse de forma analítica - É isso?

- Sim - Respondi num suspiro triste - Tô ferrada né? - conclui escondendo o rosto nos joelhos e senti ele afagar minha cabeça

- Olha...é fácil resolver isso, basta você contar pra Nathaniel a verdade

- Mas não quero que Ambre fique sabendo que menti!!

- Mulher esquece esse piranha e agarra seu homem!

- Eu sei...mas será que não tem outro jeito - Disse fazendo bico e ele revirou os olhos

- Se faz tanta questão - Se deu por vencido - é só você falar com ele longe dela…- Disse de forma óbvia - E quando vocês começaram a namorar todo mundo vai ver que seu namoro com Castiel não passou de boatos - Concluiu sorrindo.

- Alexy você é demais - Disse dando um abraço bem apertado nele

- Eu sei disso - Falou convencido - Também sou bonito e sei cozinhar, mas é você que ta cheia de boys, que vida injusta! - Concluiu sarcástico.

- Eu divido com você, só preciso saber quem são esses Boys que nem sabia que tinha tantos - Disse irônica e nós rimos

 

~Quebra de tempo~

 

Esperei ansiosamente o término da última a aula, mas parecia que o relógio queria me torturar, cada segundo levava uma eternidade para passar,eu precisava falar com Nath e explicar esse mal entendido, E finalmente o sinal tocou, sem esperar o professor terminar o que estava falando corri para o Grêmio, mas para minha infelicidade Ambre estava lá…

 

-Posso ajudar Tabita? - Nathaniel perguntou seco

- Eu queria falar com você em particular - Respondi constrangida.

- Pode falar - Disse cruzando os braços e Ambre fitou os olhos em mim.

 

Eu não sabia o que fazer, não podia falar diretamente, se não eu iria me expor, mas sentia que se não falasse naquele momento o perderia...

 

-Ela deve ta  querendo explicar a foto - Ambre se pronunciou com um sorriso sarcástico - Não é isso Tabita?

- Que foto? - Perguntei curiosa

- Essa foto… - Nathaniel disse me entregando um foto

 

Não acreditei no que estava vendo...na foto estava eu e Castiel dormindo juntos...abraçados na cama dele, eu estava com a camisa dele e ele só se bermuda...Como ele conseguiu isso?!

Foi então que lembrei daquele flexi que vi antes de dormir…

Fiquei sem reação, aquilo realmente aconteceu, mas estava fora de contexto, e o pior é que eu não podia explicar a Nathaniel ali se não ia  falar mais do que podia na frente da Ambre

Fiquei encarado a foto ainda pasma e não queria olhar para Nathaniel, depois do nosso beijo ele ver algo assim deve estar pensando horrores de mim.

..

-E então? - Ambre perguntou sorrindo irônica enquanto Nathaniel esperava uma resposta - Vai dizer que é mentira

 

Os olhos de Nathaniel procurava uma resposta positiva nos meus…

 

-Isso aconteceu Tabita? - Perguntou

- A...aconteceu, mas eu posso explicar…

 

Sem me deixar terminar Nathaniel me deu as costa e se dirigiu a porta…

 

-Eu só queria que você tivesse me contado antes…- sua voz soou realmente decepcionada - E tinha que ser logo ele?! - Perguntou retórico

 

Ele saiu e Ambre foi atrás dele

 

~Quebra de tempo~

 

Castiel me levou pra comer na pizzaria antes de irmos para casa, Lysandre foi com a gente acabei descobrindo que o bloco de notas era dele, Nota mental pra mim: Lembras se devolver o bloco de notas de Lysandre.

Eles ficaram conversando e rindo enquanto eu estava sem um pingo de vontade de comer a pizza, com essa situação com Nath meu apetite sumiu.

Após terminamos de comer cada um seguiu seu caminho…Já estava de noite e é o céu bem estrelado.

 

-Por que ta com essa cara? - Castiel perguntou enquanto caminhávamos para casa

- Você ficou sabendo que as pessoas acham que estamos namorando? - Perguntei num suspiro triste e ele apenas assentiu. - Nathaniel também ficou sabendo e agora ta chateado comigo

- Sério?! - Perguntou incrédulo - Esse garoto é uma mulherzinha mesmo viu - Comentou - Bom...porque você não fala a verdade para ele?

- Eu tentei, mas Ambre estava lá…enfim, não pude explicar…

- Entendi… e porque não vai falar com ele agora?

- Agora? como? - Perguntei parando de andar

- A casa de Nathaniel é no final dessa rua - Disse apontando com um sorriso sarcástico e continuou andando - Te vejo mais tarde - Acenou com a mão ainda de costas e continuou andando - Ou não…

 

Segui o conselho de Castiel e rumei na direção da casa de Nathaniel, cada passo que eu dava meu coração batia mais forte

Não sabia oque ia fazer

Oque eu vou dizer? E se ele não abrir a porta pra mim? E se ele nem quiser me ouvir?

 

-E agora?

 

Eu parei de frente pra casa dele, da outra vez que vim aqui eu estava com ele e passando mal, então nem reparei nesse portão enorme…

Olhei redor e como não vi ninguém, voei por cima do portão e fiquei observando a casa, todas as luzes estavam apagadas, menos uma, a claridade vinha de uma janela no segundo andar da casa.

Diminui de tamanho antes de voar até ela... pra minha sorte era o quarto de Nathaniel e ele estava lá dentro.


Notas Finais


Iai o que acharam?
Espero que tenham gostado☺
Até próximo capítulo🙋
Bjooos doces😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...