História Uma raposa, um delta - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Allison Argent, Chris Argent, Derek Hale, Gerard Argent, Hayden Romero, Isaac Lahey, Jordan Parrish, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Malia Tate, Paige, Personagens Originais, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski, Talia Hale, Victória Argent
Tags Chibi, Derek, Gay, Stiles
Exibições 42
Palavras 1.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


espero que gostem, n tive muito inspiração, desculpe
por favor comentem se estão gostando ou nao

Capítulo 2 - Nova escola ,...Garoto rabujento


Fanfic / Fanfiction Uma raposa, um delta - Capítulo 2 - Nova escola ,...Garoto rabujento

Em um dia  de domingo de verão , meu pai vem até meu quarto e senta- se em minha cama, inspirando e espirando o ar, como se tivesse algo a dizer, então como não tenho paciência logo o perguntei;

-oque você  quer me dizer pai- digo parando de jogar meu psp.

-hannnn eu dizer algo, há  sim claro, então eu te matriculei em uma escola, só que  tem um problema. -John

-E qual é ?- Stiles

-Então a escola é um colégio interno, mas eu juro eu fiz para o seu bem.

-E você acha que um colégio interno onde eu vá só te ver nos finais de semana onde vou dormir com um estranho no meu quarto todos os dias foi uma boa ideia, se você acha que sim esta certo..- digo rindo.

John fez uma cara de confuso, pois pelo período que Stiles morava com ele já era de se acostumar pois já avia se passado poucos meses  , e logo Stiles estava com 15 anos de idade, mas John logo sorrio pelo otimismo do filho.

-Então quando eu vou pra essa tal de escola e qual é o nome dela ?- stiles

- Bom segunda-feira e o nome dela é animália, hight schools.-john

Logo que Stiles ouvi-o o nome logo perguntou:

-Pai ....quer dizer senhor Stilinsk, por acaso essa escola não seria de animálias ?- disse Stiles já envergonhado por chama-lo de Pai.

-sim e sim,  filho, alias pode me chamar de  pai, eu gosto- disse o mais velho  balançando o cabelo de Stiles, e logo beijando sua testa.

-Esta bem papai, aproposito eu amei essa escola, sabe pelo menos acho que lá vou ser normal- disse brincando com John.

-vai sim, tem muitos da sua espécie- disse John já na porta.

-alias você nunca me contou o porque de me adotar, tipo você poderia ter adotado outro humano, ou um animalia que n fosse muito diferente  de min- disse o vulpino levantado as sobrancelhas.

-haaaa,... gostei de você- disse John- agora vai dormir que amanha e seu primeiro dia de aula.

Foi dito e feito, Stiles obedecia seu novo pai, John não tinha oque reclamar, quer dizer tirando o lado curioso hiperativo, sarcástico de Stiles, mas ele entendia que ele era único e perfeito desse jeito com seus defeitos. Porem Stiles mau sabia o real motivo de sua adoção, a quem John remetia a adoção ou melhor, lembrava.....

 No outro dia como era de se esperar segunda feira, John levou cedo arrumou as coisa de Stiles  junto com o mesmo, tomaram café juntos entraram na viatura a caminho para a escola.

Um fato que Stiles amava em seu novo pai que ele era xerife, e Stiles como sendo um vulpino na raça animália, era muito curioso por natureza, então ele adorava xeretar nas coisas do pai, ouvir as conversas entre outros aspectos.

Logo que chegaram Stiles arregalou os olhos, pois era uma escola muito fantástica, enorme, monstruosa , arquitetura elegante, com jardins extensos, e logo vendo outros de suas espécie concentrado em uma única área, nossa fez com que o pequeno querer-se morar ali pelo resto de sua vida. As pessoas de suas espécie correndo , praticando esportes  andando,...como se ali tudo fosse normal, e era normal, mas o mesmo não tinha  nunca sonhado que veria  algum dia algo assim.

Logo seu pai estacionou e pegou as malas do pequeno e o acompanhou ate a sala do direto, lá foram recepcionados pela secretaria do diretor senhorita Argente.

-Bom dia senhores, logo o diretor vai atende-los

-sim senhorita?- disse John

- Kate, Kate Argent.

Logo a porta se abri-o e de lá sai junto ao diretor um garoto novo, cabelos negro e olhos verdes chamativos , com orelhas felpudas e  uma cauda de lobo, logo os olhares dos pequenos se cruzaram, mas foram interrompidos pelo diretor.

-vocês devem ser os senhores Stilinsk’s, certo?-disse o homem alto loiro, robusto, aparentemente de uns 42 anos, com corpo viril para sua idade, com olhos azuis.

Stiles logo pensou , um lupino de seu diretos, pois aparentemente ele tinha características bem visíveis que era dessa espécie de animália, como a cauda felpuda e dura de um lobo, mas o mesmo logo ignorou.

Foram para dentro da sala do senhor reitor, sentaram-se nas poltronas de veludo vermelho com acabamentos em madeira  indicando uma riqueza e bom gosto do dono delas.

O pequeno vulpino logo notou as prateleiras de livros enormes e os troféus da aquela escola que avia ganharam nos torneio, mas isso n via ao caso.

-Prazer meu nome é Peter, e eu sou o diretor dessa escola, e como pode ver essa escola e destinada aos animálias para desenvolver suas habilidades sem as tormentas do mundo exterior- disse Peter inclinando na cadeira.

-prazer senhor Hale meu nome é John pai de Stiles, claro –disse estendendo a mão para cumprimentar- e como já veste meu filho já esta matriculado a essa escola.

- sim.....sim- disse hale- primeiro gostaria de saber seu destinatário?

- destinatário ?-disse interrogou os  dois stilinsk.

-sim alpha, beta , ômega, delta ?- então o senhor inclinou curioso para saber minha categoria.

-filho?- disse John

- então eu acho que sou um delta, n tenho certeza- disse me levantando e abrindo meu moletom vermelho, mostrando minha caudas.

Quando  o diretor ouvi-o e vi-o minhas caudas logo espantou e ficou eufórico.

-nunca  tivemos em todos esse anos um delta em nossa instituição, assim, vocês as bastante raros hoje em dia- disse ele se levantando e me examinando.

- isso e bom ou ruim?- perguntei

- é ótimo, maravilhoso- disse Peter animado.

-viu filho eu disse que você era e é especial- disse meu pai todo sorri endente.

Logo depois de um longo papo com Peter e meu pai , a senhorita Kate ,e dera os papeis da minha aulas livros, e o numero de meu alojamento. Logo que me despedi de meu pai fui logo para meu alojamento, no caminho sem perceber pois procurava o numero de meu quarto, acidentalmente trombo em alguém, quando me levanto aquele mesmo garoto, cara de rabugento, sem muitos amigo, logo pedi desculpas pelo inconveniente.

-desculpa...eu não te vi- disse eu.

- desculpa mesmo- disse ele

-aproposito sou novo aqui , então meu nome e Stiles, e o seu- disse

- não te interessa-disse ele se levantando e  com cara de rabuja.

Parecia bravo mas era bonitinho, não sei  ....., quando me dou conta que ele era aquele mesmo garoto de antes na diretoria.

-você não e aquele garoto de antes lá na diretoria.

- te interessa idiota

Disse já esbravejado

-desculpa cara, só foi uma pergunta-disse ajudando ele

-me solta e vê se olha pra quando anda.

Logo soltei ele deixei ir, mas logo fiquei pensando a noite inteira que era aquele garoto  estranho antes de min, parecia bravo, mas logo caio no sono, e também tinha quer dormir


Notas Finais


espero que gostem, n tive muito inspiração, desculpe
por favor comentem se estão gostando ou nao


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...