História Uma república de imprestáveis (JIKOOK) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts, Comedia, Jikook, Lemon, Namjin, Romance, Vhope, Yaoi
Visualizações 248
Palavras 436
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Erros no capitulo podem ocorrer! Ainda não corrigi a ortografia!

Capítulo 20 - Não atrapalhe minha investigação!


- O que tá fazendo aqui? Não atrapalhe minha investigação! - Jungkook perguntou assim que eu entrei em seu quarto. Sua cara era séria e demonstrava bem que eu estava atrapalhando seu serviço.

- Ué? Agora que sei que você é um polícial, acho que devo analisar bem como anda o processo de investigação. - falei olhando cada detalhe do quarto e vendo que ele estava lendo alguns papéis estranhos novamente - O que há nesses papéis? 

- Hum, alguns dados sobre os crimes cometidos nesses últimos anos. Há também informações dos outros policiais nessa missão. Tabelas, gráficos... tudo detalhado pra prosseguirmos com o caso.

- Eu ainda não entendi quais crimes foram cometidos. - falei enquanto tentava ler um dos papéis - Acho que mereço uma explicação.

Jungkook apenas sorriu e foi tomado pelo sarcasmo. 

- Sério? Interessante, eu não sabia que depois de dizer a verdade pra você, iria me seguir até o meu quarto e fazer sua própria investigação do MEU caso.

- SEU caso? - soltei um riso irônico e ele apenas balançou a cabeça confirmando - Como assim?

- O caso está em minhas mãos. Se algo der errado, a responsabilidade cairá sobre mim. 

O olhei assustado.

- Ah, disso eu não sabia. - olhei pro lado com vergonha - Hum, de qualquer forma, preciso acompanhar tudo de perto pra saber se não está mentindo pra todos.

Ele que estava mexendo em algumas folhas, me encarou e cruzou os braços irritado.

- Tá brincando, não é? - sorriu mas era a raiva transbordando - Se acha que eu vou deixar você me seguindo pra todos os lados, você tá se iludindo completamente! 

- É claro que vou ficar perto, eu devo fazer isso pelo bem de todos! - bravei irritado e cruzando os braços também.

- Bem de todos? Escuta aqui, eu sou um policial, acho que isso já é o suficiente pra segurança de todos vocês. Não acha?

- Não, não acho. Você me apagou pra me trazer de volta, o que eu mais posso esperar de você? 

- Park Jimin, eu não vou deixar você me seguir pra todos os lados dessa república!

- Ah, vai sim! 

- Não vou mesmo!

- Ah Vai! Tanto vai que se não aceitar minha presença de uma vez, eu saio pelas ruas da cidade gritando que há um cara se passando por policial infiltrado na Universidade e... - tentei falar mas ele se aproximou calando minha boca com sua mão direita.

- Cretino... - disse e soltou sua mão da minha boca - Tudo bem, mas eu não quero nenhum palpite desnecessário!

 


Notas Finais


Ainda vou corrigir o capitulo! Acho q vou demorar a postar mais capitulos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...