História Uma Rosa Vermelha (rockstory) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Malhação
Personagens Personagens Originais, Rodrigo Cerqueira
Tags Marina Moschen, Nicolas Prattes, Rockstory
Exibições 19
Palavras 929
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Coração


- O Garoto, olha aqui.Eu mereço no mínimo uma ajuda.

Era só o que me faltava.

- Você não acha que devia sai dessa chuva? (pergunta irônico)

- Olha só quem fala, o sem educação que está todo encharcado.

A chuva começou a aumenta,por isso achei melhor ficarmos de baixo do toldo de uma da loja.

- É melhor ficarmos aqui e espera a chuva passar.

- Até Parece que eu vou senta nesse rodapé imundo.Prefiro fica ensopada.(responde Yasmim

- Como quiser.(diz com um sorriso de lado)

Eu Sábia que uma hora ou outra ela teria que senta, já que a chuva aumentava cada vez mais.

Acabou que ela sentou do meu lado no "rodapé imundo"

- Sabia que você ia senta. (Zac ri da cara da menina)

- Não enche.

Pov Gabriela

Estava com a roupa totalmente molhada,morrendo de frio e posso dizer com sinceridade que a calçada não é um dos lugares mais macios do mundo.

Oque eu podia fazer? Não sabia como volta pra casa do Guilherme e nem conseguiria segui Zac que já devia está bem longe.

- Ei, psiu, O menina.(alguém a chama)

- Quem é você? (Tenta levanta mas cai)

- Calma.Eu não vou te machuca.Quer ajuda? (a senhora começa a anda até Gabriela)

Resolvi confia.Ela não parecia ser uma pessoa ruim e eu estava com muito frio ou seja,pior não podia fica,considerando que estavamos no meio da rua.

- S - Sim. Mas aonde é a sua casa?

- É essa aqui. (aponta para casa em frente a calçada)

Entramos na casa da moça - Que devia ser maior que a do Guilherme - Ela me deu uma toalha e pediu para eu senta na bancada da cozinha.

- Oque estava fazendo sozinha,na rua,numa hora dessas?Você não me parece ser menina de rua.

- Tava procurando o meu irmão.Ele acabou discutindo com o meu pai e saiu correndo no meio da chuva.

- O meu nome é Neia e o seu?

- Gabriela, mas todo mundo me chama de Gabi . Você mora sozinha nessa casa tão grande?

- Não.Eu tenho dois filhos que... (é cortada por um grito)

- Cheguei!

- Tava onde Leonardo Régis?

- Aonde eu tava?Tava andando com o meu carro novo ou você acho que eu comprei um carro pra fica dentro de casa? (pergunta jogando as chaves longe)

Tive que segura o riso durante toda a "conversa" deles.

- Ué?Você deixou uma fã minha entra? (pergunta vendo a menina sentada no banco)

- Sua fã? (Pergunta a mais nova confusa)

Quem era aquele cara? Pra ter uma casa dessas provavelmente é famoso.

- Não é sua fã não. Ela se perdeu do irmão e eu resolvi ajuda.

- Então ela não sabe quem eu sou? (pergunta incrédulo)

- Não. (responde Gabriela na maior inocência)

- Eu vou subir pra ajeitar as coisas lá no quarto da Yasmim pra Gabriela dormir.

- E aonde a minha irmã foi? (pergunta o cantor deitando no sofá)

- Numa festa e disse que não volta tão cedo.(responde Néia subindo as escadas)

Eles parecem ser legais.Afinal quem deixaria uma menina desconhecida dormi na própria casa?

Fiquei preucupada com meu irmão.Se algo acontece com ele eu nunca iria me perdoa.

- Então, Gabriela.De que planeta você é que não conhece Léo Régis?

- Lá em casa não tinha televisão.
- Interessante . Então você nunca viu um cara tão bonito quanto eu. (diz rindo)

- Na verdade já vi sim.Meu irmão é tão bonito ou quem sabe até mais que você.

- Baixinha,eu já saí em mais de vinte capas de revistas e fui eleito o mais bonito do país em uma delas. (responde não acreditando no que ouvia)

- Isso é por que eles não conheciam o meu irmão.Ele não é só bonito por fora como por dentro.

- Então os órgãos dele tem glitter?(questiona rindo)

Esse é burrinho.

- Não.Ele tem um bom coração.

- E por acaso o senhor perfeição não tem nenhum defeito?

- É claro que tem.Mas prefiro vê as qualidades de uma pessoa do que só os defeitos.

Pov Zacarias

Pensei que a Gabi tivesse me seguido . Então ficava olhando para os lados tentando enxerga aquele pingo de gente no meio da chuva.

- Tá olhando pros lados por que? (pergunta a menina vendo Zac se levanta pra enxerga melhor)

- Acho que minha irmã me seguiu. (Fica um pouco preocupado)

- E qual o problema?

- Ela só tem doze anos,está sozinha,debaixo de um torô e não sabe volta pra casa.O pior que eu não posso nem ir atrás dela.

- Fica calmo.Se apavora não vai ajuda em nada.

Infelizmente ela estava certa.Se eu ficasse com isso na cabeça não ajudaria.O bom seria me distrai.

- Qual o seu nome? (pergunta querendo puxa assunto)

- Yasmim.E o seu? (Responde desinteressada)

- Zacarias.

- Zacarias? (Começa ri do nome "incomum" do  menino)

Vai ser uma longa noite.

Pov Gabriela

A cama era muito grande e confortável.

Diferente das outras noites,não tive pesadelos e sim sonhos com ótimas lembranças.

Flashback ( on )

Eu tinha quatro anos...

- Mamãe, olha esse desenho que eu fiz.

- Nossa.Que lindo.Quem são essas pessoas? (pergunta apontando para os três desenhos de palito)

- Sou eu, você e o Zac.Sabe de uma coisa?

- Oque, minha linda?

- Acho que por que eu sou pequena meu coração ainda não colou.Metade pra você e metade pro Zac.

- Então você puxo a mamãe,O meu também não colou.Metade pra você e metade pro seu irmão.

Flashback ( off)

Aquela noite, Dormi sorrindo.










Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...