História Uma rosada em Buenos Aires - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto, Sakura Diaries, Sakura Taisen
Personagens Deidara, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Temari, Tsunade Senju
Tags Rosada, Sasusaku
Visualizações 258
Palavras 1.208
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura 💙

Capítulo 45 - Não é ordem, é um aviso.


Fanfic / Fanfiction Uma rosada em Buenos Aires - Capítulo 45 - Não é ordem, é um aviso.

Sasuke Uchiha

45



Se eu me concentrei na aula hoje? Nem um pouco. Me peguei diversas vezes fitando a Sakura. Ela está me deixando louco. A todo momento sinto vontade de pegá-la e levá-la para bem longe daqui, ficando apenas só nós dois.

Agora estamos no corredor da escola, apenas eu e ela, tenho que controlar para não agarrá-la aqui mesmo.

___ Está linda hoje, sabia? ___ digo e um sorriso se forma em meus lábios.

___ Obrigada ___ suas bochechas recebem um tom rosado imediatamente. Ela não tem ideia do quanto isso só a deixa mais irresistível.

___ Vai trabalhar no Roller hoje a tarde?

___ Vou.

___ E a noite?

___ Não.

___ Que tal sairmos hoje? ___ proponho.

Ela fica pensativa.

___ Que tal ficarmos em casa? Não estou muito afim de sair hoje.

A ideia não me parece nada mal.

___ Acho ótimo. Podemos pedir uma pizza, que tal?

Sakura abre um sorriso enorme.

___ Ótima ideia.

___ Certo ___ sorrio.

Por uns segundos ficamos em silêncio, apenas fitando um ao outro. Seu olhar transmite algo que eu sei muito bem decifrar, algo que estou sentindo, uma vontade enorme de beijá-la.

Olho para a frente e para trás. O corredor está praticamente deserto, só tem duas meninas que estão bem distante de nós é parecem distraidas.

Pego no braço de Sakura e a puxo para mais próximo de mim. Antes que ela possa hesitar, roubo um beijo. Passar a manhã inteira só observando ela foi torturante, mas agora, esse beijo roubado foi bem compensador.

Com muito esforço, desgrudo dela. Quando a olho, ela está ofegante e seus olhos verdes estão esbugalhados.

___ A gente não pode!

Sorrio com o canto da boca.

___ Relaxa. Ninguém viu.

Ela finalmente sorri, em seguida morde o lábio de uma forma sexy, me deixando mais louco ainda.

___ Dá pra parar com isso?

___ O que eu fiz de errado? ___ ela pergunta em tom de desdém. Ela sabe que está me provocando. 

___ Se fizer mais uma vez vou ser obrigado a roubar outro beijo.

Como se quisesse outro beijo, ela morde o lábio novamente. Não resisto. A puxo novamente e quando estou quase lá, o beijo se torna um abraço. Desvio da sua boca rapidamente ao ver a professora Tsunade vindo na nossa direção.

Me afasto da Sakura e ela me olha sem entender o que houve, até que a professora chama por ela. Vejo o exato momento em que ela toma um pequeno susto.

___ Sakura, quero falar com você. ___ A professora, diz. ___ Oi, Sasuke ___ ela sorri gentilmente. ___ Eu vi vocês dois. Tomem mais cuidado na próxima, não esquece que minha sobrinha é bolsista.

Fico surpreso ao saber que ela viu, mas ao mesmo tempo aliviado por ter sido só ela. 

___ Pode deixar.

Olho para Sakura e seu rosto está ruborizado.

___ Vamos, Sakura?

___ Vamos.

As duas saem e me deixam sozinho. Observo as duas se afastarem, até que tomo um susto ao sentir a mão de alguém tocando minhas costas.

Rapidamente me viro e me deparo com Karin.

___ Oi, Sasuke ___ diz e força um sorriso.

O que será que ela quer agora?

___ Oi ___ digo friamente.

___ Como está o namoro?

Sério que ela está perguntando isso.

___ Está ótimo ___ forço um sorriso, retribuindo a irônia dela. Se ela quer me irritar, não vai conseguir.

Posso ver uma pequena fúria em seus olhos, mas ela disfarça.

Posso ver uma pequena fúria em seus olhos, mas ela disfarça.

___ Bom, isso é ótimo. Você deve estar se esforçando bastante sabendo que tem outro gostando dela. Sem falar que eles andam juntos.

___ Do que você está falando? ___ Isso desperta minha curiosidade.

Prometi a mim mesmo que não cairia no joguinho de Karin, mas não deu muito certo.

___ Como assim? Você não sabe? ___ ela cobre a boca, como se estivesse surpresa.

___ Para de teatro, Karin. Fala logo ___ falo já irritado.

___ Fiquei sabendo que o Deidara assumiu gostar da Sakura.

Eu já suspeitava isso, mas saber que ele assumiu isso é demais. Uma fúria enorme toma conta de mim.

___ Como você ficou sabendo?

Ela dá de ombros.

___ Por aí. Eu pensei que ela tinha te falado, aliás, vocês são namorados... ___ isso é mentira, com certeza ela sabia que Sakura ainda não tinha me falado.

Karin observa minha frustração e sorri, satisfeita, como se estivesse conseguido o que queria. E conseguiu.

Furioso, saio e vou em direção a sala. Meus dentes estão cerrados com tanta força que meu maxilar chega a doer. Eu preciso saber disso direito. Deidara precisa saber onde é o lugar dele.



Não vi mais Sakura, com certeza ela foi embora com a Tsunade. Acho que foi melhor assim. Estou muito irritado ainda e isso com certeza só faria a gente discutir e eu não quero isso. A única coisa que espero é que ela me fale. Saber de tudo da boca de Karin só tornou as coisas piores.

Agora estou no Roller com Naruto. Já contei a ele toda a história.

___ A Karin te falou isso?

___ Sim.

___ E o que te garante que ela não está mentindo?

Não acho que Karin esteja mentindo.

___ Naruto, está na cara que ele gosta dela.

___ Isso é verdade. Acho que a Sakura é a única que não percebia isso. 

Naruto acena para Sai, que está próximo ao balcão, mas quem vem é Deidara.

___ Pode me trazer um Hambúrguer e uma coca?

___ Sim ___ ela anota. __ Só isso?

___ Você não quer algo, Sasuke?

___ Sim ___ me volto para Deidara e encaro ele. ___ Que você procure o seu lugar.

___ O que você quer dizer com isso?

Sorrio sarcasticamente.

___ Você sabe muito bem do que estou falando. ___ Digo em tom irônico.

___ Você não é ninguém para me dar ordens, seu merda.

Me levanto rapidamente e Naruto cospe a água que estava tomando.

___ Não é ordem, é um aviso.

___ Você acha mesmo que me mete medo, cara?

Antes que Deidara e eu possamos ficar peito a peito, Naruto se interpõe entre nós.

___ Qual é, hein? Aqui não é lugar para isso.

Ele dá um pequeno empurrão em nós, o que vindo de Naruto, é quase o suficiente para nos fazer da um passo para trás. Quase, mas não o exatamente.

___ O que está acontecendo?

Quando menos esperamos, Sakura aparece.

___ Ótimo! Mais lenha para a fogueira ___ Naruto ironiza.

Sakura olha para mim e Deidara com uma expressão confusa. Ninguém responde nada, então ela pergunta de novo.

___ O que houve?

___ Seu namoradinho que resolveu me dar um aviso.

Cerro os dentes com força, contendo o impulso de acertar um soco na cara dele.

Sakura me olha com a testa franzida.

___ Como assim?

___ Deidara, cara, não arruma problema aqui. ___ Sai chega e segura no braço de Deidara e levando.

Naruto pigarreia.

___ Que climão, hein! Sasuke, te espero lá fora ___ diz e vai.

Fico sozinho com Sakura. Ela ainda está confusa e esperando por uma resposta.

___ Desculpa ___ é a única coisa que sai da minha boca.

___ Por quê vocês dois estavam peitandisso ao outro?

___ Porque eu não gostei nada de saber que ele assumiu gostar de você.

A expressão dela se torna surpresa. Deve estar se perguntando como eu soube disso.

___ Como... ___ Sakura começa a falar, mas eu a interrompo.

___ Acho melhor conversamos depois.

Dou um aceno de cabeça e saio. 

Não costumo fugir de conversa, mas aqui não é o lugar e nem uma boa hora. Estou de cabeça quente e minha vontade é de voltar e quebrar a cara daquele idiota. Mas não vou fazer isso. Por ela.


Notas Finais


Que foi isso, hein? 😰😰😰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...