História Uma rosada em Buenos Aires - Capítulo 65


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto, Sakura Diaries, Sakura Taisen
Personagens Deidara, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Temari, Tsunade Senju
Tags Rosada, Sasusaku
Visualizações 115
Palavras 1.305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 65 - Por quê tinha que ser ela?


Fanfic / Fanfiction Uma rosada em Buenos Aires - Capítulo 65 - Por quê tinha que ser ela?

Sasuke Uchiha

65



Minhas idas ao Roller tem diminuído mais. Por enquanto é melhor assim. Não quero ver Sakura e Deidara juntos, pelo menos, ainda não. Preciso me acostumar com isso. Se é que dá pra acostumar.

Estou tentando me concentrar e escrever uma música quando Itachi entra no quarto.

Adeus, meus dias de sossegos.

___ Oi, maninho ___ diz assim que entra. Em seguida, se joga na minha cama. ___ Hoje eu conheci a sua ex. A Karin 

Isso me faz revirar os olhos.

___ Ah, é? ___ falo, sem animação alguma para falar sobre a Karin.

___ Ela é bem bonita, apesar de ser muito patricinha. Parece que você puxou o bom gosto do seu irmão.

Sorrio ao ouvir Itachi dizer que Karin é patricinha. Ele ainda não viu nada.

___ É, ela é bonita. Mas, cara, tudo o que menos quero é falar de Karin agora ___ ele sorri e faz um movimento de cabeça. ___ Me conta sobre a garota que você conheceu.

Seu sorriso aumenta ainda mais.

___ Vi ela hoje. Só que ela está um pouco estranha.

___ Estranha? ___ franzo a testa.

___ Sim. ___ Ele ergue os braços e põe as mãos embaixo da cabeça. ___ Até me evitando ela é linda.

___ E a história de não se apaixonar?

___ Eu não tô apaixonado ___ ele me olha como se eu tivesse falado alguma idiotisse.

Dou uma gargalhada.

___ Sério? Porque não é o que parece.

___ Não vou negar. Ela é diferente das outras. Algo nela me chama a atenção, sem falar dos seus cabelos esquisitos.

Isso me deixa curioso.

___ Como assim?

Itachi solta um sorriso abafado.

___ Seus cabelos são rosas.

Só tem uma garota que eu conheço com o cabelo dessa cor. Eu espero que Itachi não esteja falando dela.

___ Como ela se chama?

___ Sakura Haruno.

Nesse mesmo instante, sinto como se estivesse levado um soco no estômago. Me levanto do criado-mundo que estou sentado e começo a andar pelo quarto.

Itachi me observa com a testa franzida, sem entender nada.

___ O que foi? ___ pergunta e se levanta.

___ Por quê tinha que ser ela? ___ falo em tom alto e furioso.

Ele continua me olhando sem entender, até que a fica caí.

___ Ela é a garota de quem você gosta! Por quem você é aquele cara discutiram? ___ somente assinto. Itachi fica em silêncio por alguns segundos, então se aproxima de mim. ___ Cara, desculpa. Eu... eu...

Minhas mãos tremem de raiva. Coloco-as sobre o peito de Itachi e o empurro. Ela cambaleia dos passos para trás.

___ Não ouse colocar as mãos nela! ___ rosno.

___ Sasuke, eu não sabia que era ela ___ seu tom também se torna alto.

Itachi parece tão perdido quanto eu. Ou mais. Ele não consegue falar mais nada.

Nós ficamos em um silêncio irritante e frustrante. Estou tentando controlar a minha raiva o máximo possível.

___ Itachi, me deixa sozinho ___ é a única coisa que eu consigo falar.

Ele vai até a porta. Então, ele se vira para mim, como se fosse falar algo, mas não diz. Apenas solta um suspiro e se vai.

Então, foi ele quem estava com ela ontem à noite. Não pode ser. Tudo parece tão absurdo.

Eu não o culpo, porque eu também me apaixonei por ela. Na verdade, o culpado fui eu, por deixar me entregar demais a esse sentimento.




Na manhã de sábado, resolvi ficar no meu quarto. Pedi a Milie que trouxesse meu café aqui e assim ela fez.

Ainda não me sinto preparado para dar de cara com Itachi sabendo que ele está afim da Sakura. Espero que ele não apareça por aqui.

Me assisto quando a porta do quarto se abre. Só que quem aparece é Naruto.

___ Já pensou em bater antes de entrar?

___ Não ___ ele responde na maior cara de pão. Então, se senta em uma cadeira próxima a janela.

___ E se eu estivesse me vestindo?

___ Fala sério. Já vi seu pau diversas vezes.

Sorrio.

___ Idiota.

___ Minha avó vai viajar hoje e vai passar esse fim de semana fora. Pensei em fazer uma festa lá em casa amanhã.

___ Festa?

___ É, cara. Na piscina ___ ele balança as sobrancelhas e dá um sorriso travesso.

___ É. Parece ser uma boa idéia.

Naruto revira os olhos.

___ Qual foi, cara? Mais animação. Pensa em todas as garotas de biquíni ___ ele tenta me animar, mas não consegue. ___ Sasuke, você precisa seguir em frente.

___ Juro que estou tentando. Mas quando sinto que vou conseguir, acontece algo pra me deixar pior ___ solto um suspiro.

___ O que aconteceu dessa vez?

Conto à ele todo o lance sobre Itachi e Sakura. Ele escuta, atento. Depois percebe a gravidade da situação.

___ E como o Itachi reagiu?

___ Ficou surpreso. Ele não sabia de nada ___ mordo o lábio, indignado. ___ Por quê tinha que ser ela?

___ Ele não tem culpa, Sasuke. A Sakura é o tipo de garota que encara a todos. Não me surpreende ele ter se interessado por ela.

___ E eu? Como vou reagir a tudo isso?

___ Não acho que Itachi vá continuar com isso sabendo que ela era sua namorada. Você confiar no seu irmão e se controlar, porque, infelizmente, vocês não têm mais nada.

Naruto tem razão, nós não temos mais nada. Eu não tinha o direito de agir daquele jeito com Itachi, mesmo ainda gostando dela. 

___ Sinto como se eu fosse enlouquecer a qualquer momento. ___ Solto o ar entre as bochechas.

___ Calma, cara. As coisas vão se resolver.

Balanço a cabeça de forma negativa.

___ É como se ela tivesse revirado minha vida do avesso.

Naruto solta um suspiro.

___ Ela revirou, cara.



Sakura Haruno




Estou no Roller com Hinata, e dessa vez não é a trabalho. Quero aproveitar meu tempinho de folga com ela.

___ Me diz o por quê dessa carinha.

___ Eu falei com o Sasuke hoje. Pedi a ele que tentásemos pelo menos ser amigos.

___ E então? ___ seu tom é preocupado.

___ Ele me falou coisas horríveis ___ falo, irritada pela minha voz estar tão cheia de amargura.

___ Tenta ver pelo lado dele. Ele viu as coisas de um jeito errado. Não estou dizendo que ele está certo. Não. Ele não deve te tratar assim, devia pelo menos te ouvir pra depois julgar. Mas ele gosta de você, amiga.

___ Eu não sei... ___ solto um suspiro. ___ Talvez eu precisasse ouvir todas aquelas coisas horríveis para perceber que nossa história acabou.

Hinata segura minha mão sobre a mesa, e franze os lábios. Sei que ela sabe tudo que estou sentindo e se pudesse fazer algo, faria. Mas ela não pode. Ninguém pode.

___ Oi, gatinha ___ diz Naruto, puxando uma cadeira da nossa mesa para se sentar. ___ Vem convidar vocês para ir pra uma festa na piscina amanhã, lá em casa.

Vejo Hinata revirar os olhos e eu contenho uma risada.

___ E então? Vocês vão? ___ diz Naruto, esperando uma resposta.

___ Vou! Vou sim ___ falo.

Então, ele se volta para Hinata.

___ Eu não sei. Não gostaria de ir sem o Sai.

Naruto solta um suspiro, frustrado. Essa não era a resposta que ele queria.

___ Mas eu vou convidar o Sai.

Hinata sorri.

___ Que bom. Então, eu vou.

Fico tentando não rir desses dois. Mas é quase impossível.

___ Certo. 

Então ele sai. É nesse momento que eu começo a sorrir. Hinata me olha sem entender.

___ O que foi?

___ Vocês dois ___ falo tentando me controlar. ___ Naruto está caidinho por você.

___ Eu não acredito nisso ___ ela fala seriamente. ___ Mas isso não importa. ___ Ela toma um gole de suco. ___ Amiga, tenho que ir.

___ Certo. Depois nos vemos.

Então, eu fico sozinha.

Fico distraída com meus pensamentos, brincando com um canudo no copo de suco.

___ Já descobriu como acabar com a fome no mundo?

Tomo um susto quando Itachi chega e senta no lugar em que Hinata estava.

Solto um sorriso.

___ Ainda não.

Sua expressão se torna seria quando ele fala.

___ Então é você a garota por quem meu irmão é tão é tão louco?

Minha boca se abre ao ouvir. Não sei como ele descobriu isso. Talvez Karin tenha falado. Mas, de alguma forma, ele iria descobrir.


Notas Finais


Eitaaaaaa 😯


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...