História Uma Semideusa Falando - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Akhlys, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Atlas, Bóreas, Calipso, Caronte, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Cronos, Dakota, Dionísio, Éolo, Eros (Cupid), Frank Zhang, Frank Zhang, Frederick Chase, Gleeson Hedge, Grover Underwood, Hades, Hazel Levesque, Hazel Levesque, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Hylla Ramírez-Arellano, Íris, Jano, Jápeto, Jason Grace, Jason Grace, Júniper, Katie Gardner, Leo Valdez, Luke Castellan, Malcolm, Miranda Gardiner, Mitchell, Nêmesis, Nico di Angelo, Niké (Nice), Oceano, Octavian, Octavian, Paul Blofis, Percy Jackson, Perséfone, Personagens Originais, Phobos, Piper Mclean, Piper McLean, Pollux, Poseidon, Prometeu, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Sally Jackson, Silena Beauregard, Thalia Grace, Tique, Travis Stoll, Treinador Gleeson Hedge, Will Solace, Zephyros, Zeus, Zoë Nightshade
Exibições 32
Palavras 2.259
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie fofinhos <3
Então tá mais um cap pro cês hehehehe
Leitores fantasmas apareçam please <3
Mas amu todos vocês NÃO SE ESQUEÇAM

Capítulo 8 - Uma profecia?


 

Eu acordei em um pulo, olhei em volta meus irmão pareciam estar dormindo igual anjinhos, "pelo menos estão seguros" pensei, "depois daquele sonho..." Me levantei e fui me arrumar, tomei meu banho, escovei os dentes e penteei o meu cabelo, quando sai do banheiro alguns já estavam acordados se levantando devagar, fiquei em pé esperando eles se arrumarem, Shofia logo terminou de se arrumar e foi falar comigo:

- Oi, tudo bem?

- arrã e você?

- tudo de boas, mas... e aquela coisa? - disse piscando.

- Que? hãn é... - Me lembrei de quando estávamos correndo jogando pasta de amendoim um no outro, corei, e com o beijo arruinado me irritei eu devo ter feito uma cara muito feia por que a Shofia perguntou:

- o que aconteceu? - disse Shofia, mas as pessoas começaram a acordar e eu feliz da vida com isso falei:

- estão acordando... melhor outra hora - fui para minha cama calçar meu tênis, ela olhou para mim de cara feia e saiu do chalé.

(...)

Depois de comer, andando pelo acampamento, passei pela casa grande um garotsentio de olhos azuis de jaleco. Will Solace. Claro ele não poderia suspeitar de que eu sabia de sua existência então eu fingi que não o conhecia. saiu com pressa olhando de um lado pro outrou como se estivesse procurando por alguém, ele olhou para mim e falou:

- Preciso de sua ajuda! - eu realmente não estava entendendo nada, por que ele precisaria de minha ajuda? ele me disse para entrar e eu assim o fiz, ele me levou a uma sala onde tinha um tipo de cama... eu já tinha visto aquilo antes... Ah! eram macas, mas se tinham macas... Aquilo só poderia ser uma enfermaria, claro! por que não? tinha alguns meio-sangues ali e um estava bem mal...

- Olá - disse o rapaz cortando meu pensamento - desculpe te chamar assim do nada eu... eu... precisava de ajuda. - outro garoto entrou na sala cheio de coisas na mão olhei bem para ele... tinha cabelos negros e olhos pretos ele vestia praticamente tudo de preto, ele eu reconheci... ele era Nico DiAngelo.

- Nico...? - perguntei tinha me esquecido que ele não me conhecia só eu conhecia ele. Ele olhou bem para mim me examinando se perguntando se ele me conhecia, mas não demorou muito e já fez cara feia.

- o que que ela está fazendo aqui? - falou ele para o outro garoto

- Eu... - disse ele sem graça - eu precisava de mais ajuda...

- Eu estou aqui! se esqueceu de mim?!? eu sou seu ajudante também sabia? - disse irritado

- Eu sei que você é meu ajudante! não, eu não me esqueci de você! Você sabe que eu nunca me esqueceria... 

- Não é isso que parece! 

- Hey! - eu intervi - Vamos para de bobeira por favor!
o filho de Hades olhou para mim como se tivesse me perguntando: "tá me desafiando garota?" eu gaguejei um pouco o loiro falou:

- Nos desculpe, ele só estava um pouco alterado.

- Alterado, é, muito alterado - disse com ironia o DiAngelo e o Will revirou os olhos

- Meu nome é Will Solace mas pode me chamar só de...

- Solace - falou de lado Nico

- Will - corrigiu Will olhando para Nico - E... acho que você já sabe o nome dele.

- É falando nisso... como você sabe meu...

- Então... Para que que eu vim aqui mesmo? - disse cortando o assunto para não ter que me explicar 

- Mas... - disse Nico tentando voltar ao assunto

- É ele né? - disse apontando para um garoto devia ter uns 15 anos, ele estava desacordado estava com uma ferida enorme na perna e no peito, dava para ver uma costela ou outra e sangue, muito sangue. - precisamos ajuda-lo logo ele pode morrer! - Will olhou para mim e depois para o garoto e disse:

- Certo! Precisamos tratar logo! Ele está com uma ferida muito preocupante... Ahn... no peito e... vou precisar fazer uma cirurgia, urgentemente.

- uhn, tudo certo por mim, mas... por que não chamou um filho de Apolo ou coisa assim?

- você era a que estava mais perto da casa grande no momento e... como eu disse ele está precisando urgentemente de uma cirurgia.

- Gente ele ta morrendo, vai ou não vai nos ajudar garota? - disse Nico

- Vou, e meu nome é Amanda.

-Grande coisa. - disse Nico - Vai precisar da minha ajuda Will?

- Preciso da ajuda de todos! e que trabalhem juntos.

- Certo, o que quer que eu faça? - perguntei

- coloque sua roupa de cirurgia, tem umas no armário Nico te mostra aonde é e depois venha me ajudar e... Nico faça o mesmo. - Falou Will Solace

(...)

Depois de algumas horas de cirurgia e uns "pega isso" e outros "faz aquilo" tinha acabado.
Finalmente, pensei, que bom que isso acabou.

Olhei para o monitor cardíaco seu coração ainda estava batendo sentir o peso sair das minhas costas, suspirei, tínhamos salvado ele e era isso que importava no momento, abri um sorriso largo  na boca e comemorei percebi que Nico estava menos tenso do que antes... isso me deixou um pouco feliz. Will tirou as luvas e disse:

- Serviço feito! - virou-se para nós e continuou - Nós três fazemos um bom trio... - ele olhou sem graça para Nico talvez estivesse perguntando a ele: "o que você acha?" e Nico respondeu com um sorriso   assentiu.

- é fazemos sim um bom trio... Quer ser da nossa equipe Amanda? - perguntou Nico, eu realmente estava muito honrada, que super legal! imagina trabalhar junto do seu shipper! Eu shippo solangelo e agora estava eu ali podendo trabalhar com eles... Ao lado deles... Isso era mais que incrível.
 

- sim ou não? To contando o tempo hem... Tic Tac... - falou Nico

- Sim! Fico muito honrada por isso! - respondi com um sorriso no rosto.

- Tá tá, chega de melação, você agora é uma de nós... Vai ter que nos aturar - disse Nico 

- Por mim tudo bem...

- Certo então - disse Will - Eu e o Nico vamos ficar cuidando dele... Pode sair qualquer coisa de chamo.

- Mas... e se eu estiver muito longe?

- Relaxa, toma - Will me deu um rádio, era pequeno todo preto e atrás tinha uma cruz vermelha - eu te chamo por aqui entendeu?

- tá como eu uso isso?

- É fácil, só aperta esse botão e falar. ok? - disse Will 

- ahn... certo 

- Muito bem agora pode ir, até mais - falou Will com sorrisinho.

- Até - falei - Tchau Nico.

- Tchau

Prendi o alque toque no meu short e sai. 
Entrei na arena, Mark estava treinando batendo em vários bonecos de palha com armaduras.

- Olá, já está treinando? - perguntei ele se virou e limpou o suor da testa dele com o braço e falou

- É tenho que melhorar, aliás você também mocinha.

- Sei disso - disse me sentando na arquibancada, ele veio em minha direção pegou uma garrafinha d'água bebeu um pouco e se molhou com o restante.

- Então como está seu dia? - Perguntou Mark

- Ah normal, só fiz uma cirurgia super arriscada e acabei salvando um semideus, como eu disse normal - disse dando os ombros e ele sorriu - Só... Estou preocupada com Percy e Annabeth, eles sumiram e os campistas enviados foram quase mortos.
O olhar de Mark ficou mais sombrio... Como se ele estivesse escondendo algo.

- É, mas Percy é casca grossa já até aguentou o tártaro e Annabeth também, então... Relaxe

- Não sei se consigo.

- Então vem cá vamos treinar um pouco. - disse Mark se levantando e indo até o meio da arena e eu o segui. Lutamos algumas horas até que a concha do caramujo soou e eu soube que era o almoço e depois do almoço teríamos algumas "atividades de acampamento" como escalar paredes de escaladas que saem lava, lutar com alguns monstros no bosque, fazer canoagem, arquearia, aulas de musicas, aulas de esgrima e grego antigo. O almoço era o meu favorito, lasanha, sim aquela lasanha cheia de queijo... - se isso é esnobar e esfregar na cara, talvez, mas nossa estava muito boa - Eu estava tendo um dia comum no acampamento, com Travis e Connor fazendo piadas sem graça, Julia e Alice falando de garotos, Rick e Oscar falando de futebol americano... Mas algo estava me intrigando o que será que estava acontecendo com Percy e Annabeth ? Onde eles estavam? E se eu poderia salvá-los? Pelo que eu soube Quíron já chamou Rachel para vir no acampamento, ele precisava de uma missão ou melhor uma profecia para saber  se eles estavam vivos ou se daria para salvá-los eu senti que precisava consultar a Rachel, mesmo que Quíron não me mandasse eu precisava saber, me lembrei que no livro " A maldição do titã" Percy fez o mesmo, pois Annabeth tinha "raptada" bem na verdade ela se agarrou a um monstro e depois de ele receber várias flechas no pescoço fugiu ainda com Annabeth em suas costas, e Percy todo preocupadinho foi falar com o oráculo, sempre shippei e sempre shipparei Percabeth  e eu não ia deixar meu shipper supremo morrer, eles já sofreram muito e eu ia resgatá-los. 

Depois, como eu disse antes, teríamos várias atividades de treinamento e bem posso dizer que sou péssima em arquearia, claro né nem para cantar eu sirvo imagina usar um arco. Aprendi vários golpes novos e e bem diferentes do que eu aprendi quando eu era mais nova. Vocês devem estar se perguntando: "Pera, você fazia esgrima?" Sim eu fazia esgrima, quando tinha uns 8-9 anos de idade, minha mãe me colocou na esgrima por que disse que aquilo um  dia seria muito importante, de cara não vi nenhum jeito de conseguir um emprego , mas ai pensei em ser esgrimista talvez ganhar uma medalha de ouro...Mal imaginava eu que seria uma semideusa. Enfim eu amei as aulas que eram muito boas, tipo muito boas mesmo e aprendi alguns golpes bem diferentes do que eu aprendi no acampamento, mas nunca contei isso a ninguém prefiro até não contar.

Depois de longas horas fazendo várias atividades, já deveria ser umas 18:00, por que o sol estava se pondo, me sentei em um banco que tinha para descansar, ao longe vi um helicóptero e supus que era da Rachel que descia lentamente até alcançar o chão, me levantei e fui ao seu encontro, mesmo um pouco cansada eu precisava saber se Percy e Annabeth poderiam ser salvos... ou não. De repente ouvi passos... não, passou não, galopadas, me escondi em um dos arbustos e em seguida passou Quíron galopando, ele provavelmente iria ver a Rachel então eu segui suas pegadas bem, acho que a palavra certa não deveria ser "pegada" pois ele não tem pé tem cascos e... né.
Cheguei até um pico de morro, Rachel estava em pé ao lado de Quíron, eles estavam conversando sobre algo, até que eles se comprimentaram e Quíron saiu ela olhou em volta, suspirou e andou, eu a segui, por que eu a segui? eu precisava saber onde ficava a gruta ou caverna do oráculo, depois de algum tempo a seguindo ela entrou em um local, no lugar na porta tinha uma cortina vermelha bem bonitinha, esperei um pouco até que entrei, Rachel estava de costas ajeitando sua cadeira, olhei em volta, nas paredes havia imagens do futuro que vira em profecias, citações favoritas de livros e música e desenhos abstratos muito bonitos tinha uns sofás, ela se virou e falou.

- Você? Mas você... - antes de ele terminar de falar seus olhos ficaram verdes e deles saiam uma fumaça verde e na boca também e começou a falar com uma voz que parecia existir três Rachel's.
         

 Você irá para o oeste salvar,                        A cria de Apolo vai o gigante matar,
           Um punhal cravado será,
           Para então quatro voltar. 

Eu fiquei paralisada, sem reação, o oráculo havia falado para mim... me escolheu para falar aquela profecia, Rachel agora estava caida em sua cadeira parecia cansada demais para falar ou se mexer, eu escutei algumas galopadas, era Quíron que entrou e botou a sua mão em meu ombro e falou calmamente

- O que ela disse criança? - eu gaguejei um pouco mas enfim eu respondi

- Você irá para o oeste salvar, A cria de Apolo vai o gigante matar, Um punhal cravado será, Para então somente três voltar. - Quíron assentiu um pouco preocupado

- Certo, Rachel está melhor? - Quíron perguntou

- Sim, sim estou melhor. - Respondeu Rachel - acho que temos uma missão.

(...)

Eu e Quíron estávamos indo em direção a casa grande, já estava de noite alguns campistas estavam conversando.

- Criança, sobre a profecia... - ele pareceu desconfortável - Conversaremos amanhã, agora você tem que jantar... e falando em jantar. - Quíron tocou a concha do caramujo - Boa janta e boa noite - disse e foi galopando mais rápido para a casa grande enquanto eu ia para o pavilhão do refeitório.

Fiquei calada enquanto comia, pensando em cada frase, em cada palavra da profecia... Será que a cria de Apolo era a garota loira que eu vi na fogueira? e... O que queria dizer com "Um punhal cravado será"? Com esses pensamentos, fui dormir.
                       


Notas Finais


Bom Gente foi isso espero que tenham gostado.
Amo vocês

Bjs da CriaDeMarte <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...