História Uma Simples História - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Shoujo-ai, Yuri
Exibições 25
Palavras 906
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Desculpem demorar um pouco de novo.
Acho que agora vou começar a atrasar mas não é por mal.
Não sei se ficou bom, mas realmente espero que gostem pelo menos um tiquin.
E sério mesmo gente, não criem muita expectativa, não quero decepcionar ;--;

Capítulo 6 - O Inesperado


Fanfic / Fanfiction Uma Simples História - Capítulo 6 - O Inesperado

A chuva finalmente havia parado quando Katy terminou de comer dando a última colherada à Emy, e então elas resolvem deixar a lanchonete andando pelas quadras lentamente até voltarem à casa da baixinha. Enquanto andavam, ficaram conversando “Katy, você vai para o terceiro ano no ano que vem né?”, a baixinha riu negando com a cabeça “Já terminei o ensino médio”, Emy fica surpresa “Que? Já? Você entrou na escola cedo ou ainda vai fazer 17 esse ano?” e Katy responde achando graça da cara dela “Eu comecei a escola cedo”. Emy ficou muito curiosa e perguntou “Por quê?”, Katy olhou pro céu lembrando o motivo, logo respondeu “Meus pais me disseram que sempre fui muito precoce, mas muito mesmo... Então eles aproveitaram e me botaram pra estudar logo”, e a alta comenta levantando as sobrancelhas “Ah que legal! Você deve ser um gênio!” e elas dão risadas.

No meio do caminho quando elas estavam virando a esquina acabam esbarrando num cara ao celular e Emy diz bem baixinho "Oh shit...". Era Bryan "Ah, desculpem", ele olha para Emy e sorri "Oi Emily! Como vai? Você nem foi lá ontem, né? Hoje vai estar fechado, mas não sei bem o porquê" e depois percebe Katy parecendo ficar surpreso "Não acredito... Katy?!". Neste momento a pequena sorriu se lembrando dele e o abraçou "Bryan! Há quanto tempo!".

Enquanto o loirinho e a baixinha ficaram conversando, Emy ficava meio emburrada, até que Bryan se lembrou da existência dela “Emily, Katy. Vocês tem algum compromisso agora ou daqui a pouco?” e as duas falam em uníssono “Não”. O garoto alto riu um pouco daquilo “Legal. Que tal um cineminha?”, Katy concordou com a cabeça e olhou para Emy esperando uma resposta. A garota da tattoo de coração apenas suspirou olhando o relógio e com um sorriso disse “Vamos lá”, Katy e Bryan comemoraram e então foram ao cinema.

Pouco antes de chegarem lá no shopping dois caras se aproximaram deles numa moto e sacaram uma arma “Cês três ae! Passa a grana”. Os três entregaram o dinheiro e os bandidos foram embora rapidamente. Emy se direcionou até Katy que tremia um pouco “Você está bem, Katy?”, a pequena a abraça e suspira, Emy retribui e Katy diz “Estou”.

Enquanto isso Bryan respirou fundo aliviado dizendo “Pelo menos não levaram os celulares. Devem ter esquecido”, depois olhou para as garotas falando “Parece que vamos ter de marcar outro dia pro cinema” e a alta disse olhando a baixinha “... Pois é... Hey Katy. Vamos voltar?” e ela balançou a cabeça fazendo que sim. Elas começaram a andar e Bryan falou “Bem, então também vou pra casa. Katy foi bom ter te encontrado, e Emy, te vejo amanhã” e entrou em outra rua.

Elas estavam quase chegando quando começou a esfriar muito, Emy tremia de frio e percebendo isso Katy anda abraçada nela “Falta pouco” e ela cora, esquentando um pouco. Assim que chegam Emy diz “Vou pra casa”, a pequena apertou ela um pouco “Não... Fica comigo” e de repente voltou a chover bem forte. Katy a puxou pra dentro de sua casa, fechou a porta e pressionou Emy contra essa porta, esta ficou confusa e corada “Katy?” e a baixinha colocou um dedo nos lábios da garota alta “Shh!”. Emy engoliu seco, Katy pôs as mãos no pescoço da garota e a fez abaixar um pouco, olhando nos olhos uma da outra, estavam muito perto, ambas bem vermelhas e ficando com dificuldade pra respirar, a pequena sorriu fechando os olhos e se aproximou do rosto de Emy até se beijarem.

A garota alta não acreditava naquilo. Será que é um sonho? Um sonho muito bom? Não sabia bem ao certo, mas se deixou levar largando o guarda-chuva e empurrando a pequena para o sofá. Katy jogou Emy no sofá e se sentou no colo dela rebolando, fazendo a alta corar mais e ficar mais confusa, e mordeu o pescoço passando a mão no peito dela enquanto a alta direcionava as mãos aos quadris da baixinha e apertava. Elas voltam a se beijar, Emy se levanta com Katy no colo e a faz deitar no sofá, e colocou uma mão debaixo da blusa dela subindo até os seios, os apertando enquanto a outra ia do quadril até a barriga e ia descendo devagar por debaixo da calça de Katy, que arrepiou ao toque.

Elas tomam um pouco de folego e continuam, Emy começou a brincar com o clitóris da baixinha, que gemeu um pouco, a alta encostou dois dedos na entrada úmida dela e a pequena mordeu os lábios inferiores de Emy. A garota da mecha verde estava afundando os dedos bem devagar, pois pensava que Katy era virgem, e a pequena gemia, mas não sentiu a camada de pele que devia ter. Emy franziu a sobrancelha e afastou do beijo “Katy, você já fez isso antes?” e ela riu sem graça respondendo “Não é isso... É que eu... me... Ah, você sabe...” e corou bastante.

Emy tinha entendido, sorriu e então continuou com os beijos e quando estava começando a fazer movimentos com a mão de vai e vem, um som de motor de um carro parou em frente da casa. Reconhecendo o som Katy se separa do beijo e diz aflita “Oh meu Deus. São meu pais!”, se ouve passos aproximando e Emy entra em pânico, desgrudou de Katy rapidamente e a porta se abriu “Filha! Já voltamos!”.


Notas Finais


Bem é isso ^^'
Não sei se tá bom, sinto que deveria ter escrito mais, mas okay.
Vejo vcs semana que vem :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...