História Uma Sonhadora e um babaca - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~heloharuno

Postado
Categorias Fairy Tail, Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Exibições 7
Palavras 578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Esta sera nossa primeira fanfic juntas espero que gostem

Capítulo 1 - Primeiro encontro


Fanfic / Fanfiction Uma Sonhadora e um babaca - Capítulo 1 - Primeiro encontro

Sakura on

 

Sou Sakura Haruno, tenho 18 anos, tenho cabelos rosas e sou meio baixinha pois tenho  1,60  e meus amigos são bem maiores que eu, tenho uma melhor amiga que se chama Hinata Hyuuga e o meu melhor  amigo que se chama Gaara Sabaku.

Quando tinha 14 anos meus pais morrerão num acidente de carro, onde eu fiquei paraplégica, graças a minha madrinha Tsunade eu estou me recuperando do acidente.

Moro com minha madrinha e o meu padrinho Jiraia Uzumaki , agora estou morando em uma cidade chamada Konoha, depois do acidente comecei a freqüentar fisioterapia para poder voltar a andar esse é um dos meus maiores sonhos que eu quero alcançar.

Ainda estou freqüentando a faculdade de administração, depois das aulas, todos os dias eu vou a fisioterapia para um dia eu receber a melhor noticia da minha vida que é voltar a andar.

Quando contei a novidade para minha mãe e pai (sim eu passei a chamar eles assim depois de um ano que fui adotada). Enfim quando contei a eles ficaram muito felizes e hoje para comemorar que eu estou começando a sentir e mover minhas pernas,  vamos jantar num restaurante.

Estou com um vestido preto e uma sapatilha preta, estamos num restaurante chique e estávamos escolhendo o que iríamos comer, até que chegam uns amigos dos meu pais e eles estavam conversando e eu estava tão distraída com o cardápio que nem vi alguém se sentar ao meu lado até que me chama-se.

 

-Sakura, ei  ta ai. Diz a pessoa

-Há sim desculpa é que eu estava distraída.

-Sem problema, você sempre é assim distraída  

-Rsrs verdade, e você não vai me dar um abraço, afinal faz tempo que não nos vemos Itachi.

-Verdade, vem cá pequena. Diz ele me apertando no abraço.

-E então o que estão fazendo aqui, afinal é raro  vocês saírem para jantar.

-Estamos comemorando que eu estou melhorando a cada dia mais.

Itachi é um amigo meu que eu conheci no psiquiatra quando freqüentava.

-que bom ita, você merece ser feliz .

-Obrigado Saky, você ainda não conhece meu irmão, ei Sasuke vem falar oi para Sakura.

-Até parece que eu vou ir falar oi e acabar me tornando amiguinho da sua colega de psiquiatra, de doente já me basta você. Diz um moreno parecido com Itachi, só que mais novo e bonito.

-Nossa ele é ... legal. Digo com aquele mais falso que tenho.

-Não precisa falar isso, Sasuke é um grosso, frio, e tudo por causa de uma vadia que  traiu ele com o nosso tio, da pra acredita.

-Nossa  coitado, deve ter sofrido muito.

-Sim, bom já  estou indo antes que minha mãe me arraste pela orelha para a mesa.

-Sim nunca duvide de dona mikoto

-Tchau pequena.

-Tchau ita. Digo dando um beijo em seu rosto.

-Querida está feliz. Pergunta minha mãe sorrindo.

-Sim muito, só de imaginar que eu vou voltar a andar me deixa muito feliz.

-Que bom, pois sua felicidade é a nossa. Diz meu pai com um sorriso

-Mamãe a senhora poderia ligar para o Kakashi e dizer pra ele me levar em alguns lugares amanhã.

-Claro  querida, não quer que eu vá com você.

-Não precisa afinal você tem  que trabalhar, vidas depende da senhora.

-Como sempre pensando  nos outros né, minha flor.

-Sim. Eu não queria que ela fosse comigo, pois amanhã é o aniversario de morte dos meu pais e eu quero ir velos sozinha dessa vez.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...