História Uma staff e sete garotos - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Tags 2jae, Jinyu, Markson
Visualizações 67
Palavras 1.648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Mistério, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Postei e sai correndo, mas dessa vez que nem o flash.
Por favor não me matem.
Espero que gostem!
Aaaaaaaa, desculpa pelos erros, não tive tempo de corrigir!
❤️❤️🌸🌸🌈🌈

Capítulo 9 - I thought that everything is going to be fine


Fanfic / Fanfiction Uma staff e sete garotos - Capítulo 9 - I thought that everything is going to be fine

-Ana ON
Andando até a empresa com meus fones de ouvido ao toque de "Oceans- Seafret" comecei a pensar nessas 3 semanas que haviam se passado e de quantas coisas aconteceram de repente. Minha vida completamente mudou de uma maneira que não sei explicar, também não sei o que fazer quanto a isso, espero manter contatos com eles, amo eles demais, mesmo eles não sabendo... sinto uma lágrima cair e a limpo rápido, e ali estava eu, em frente aquela empresa enorme. Entro e pego o elevador, meu coração já estava saindo pela boca. Guardo meus fones na bolsa e vou direto a sala do Sr. Park. Bato e escuto um "entra". 

Sr. Park: Olá Ana, como está?- Fala puxando a cadeira pra eu sentar. 

Ana: Vou bem e o Sr.?- Me sento e logo ele se senta atrás de sua mesa.

Sr. Park: Sei que já sabe o que aconteceu, precisamos conversar.- Ele suspira. 

Ana: Nem precisa, já sei onde isso vai dar. Amanhã mesmo arrumo minhas coisas, não vejo problemas.- Me seguro pra não chorar.

Sr. Park: Calma Ana, ainda não disse nada.- Uma secretária entra e me serve um copo d'Água.- Você viu o comentário que bombou daquela garota!?- Só assinto.- Então, a parcela de fans que concordou com ela é uma 100 vezes maior das que não concordam. Você não está sendo demitida... Está sendo mais contratada ainda.- Quase cuspo a água que estava na minha boca, levanto e começo dar pulinhos... Me arrisco e vou abraçar ele. 

Ana: Desculpa, jeito brasileiro.- Falo e vejo que o mesmo está rindo. 

Sr. Park: Bom, se os meninos toparem no final do mês, você começa a receber. Pode ir agora.- Fala apertando minha mão, e eu o abraço mais uma vez e saio correndo. Só escuto sua gargalhada. 

Era 17:20h... Nossa, me demitir seria rápido, falar que eu não fui demitida fui mais rápido ainda. Decido comprar uma lembrancinha pra fan que vai se encontrar comigo. Pego um pingente e compro dois, se virarmos amigas dou como se fosse nosso amuleto, se não dou só um e vou embora. Percebi que enrolei demais, já são 17:50h, corro pro café em que marcamos. Pego uma mesa e peço só um Capuccino já que ela ainda não havia chegado, fico mexendo um pouco no celular e vejo que as mensagens de ódio diminuíram ainda mais. Sinto alguém tocar meu ombro e viro. 

Ana: Olá, que bom que chegou.... Você?- Fico impressionada com quem era. 

S/N: Olá, sabia que conhecia você de algum lugar.- Ela rir. Era a menina que me ajudou com a cesta, a filha do brasileiro. 

Ana: Caraca, esse mundo é muito pequeno. Vem, sente-se, peça o que quiser.- Ela se senta e logo o garçom vem e ela pede um Capuccino, já gostei. Peço outro e duas tortas de chocolate.- Obrigada de novo. 

S/N: Ah não foi nada. Lembrei que era você, quando vi sua foto. Aí pensei em como se preocupou em comprar coisas, para agradar 7 coreanos, e tudo se encaixou.- Falou ela rindo e recebendo a bebida e a torta que o garçom estava servindo. 

Ana: Sabia que você salvou meu emprego?- Ela arregalou um pouco os olhos enquanto mastigava um pedaço da torta.- Sério, acabei de sair de uma reunião com o Sr. Park. Graças ao seu post, ele pode descobrir que tem mais pessoas como você, do que como as que odeiam. 

S/N: Não fazia ideia de como esse post ia estourar.- Bebeu um pouco de sua bebida.- Na minha escola, fiquei até popular.

Ana: Você está no último ano!- Ela assenti.- Aí que saudades do meu. 

S/N: Você é minha Unnie!?- Ela pergunta meio animada e eu assinto.- Que bom, sempre quis ter uma. Só tenho um irmão mais novo. 

Ana: Eu também, mas sempre quis ter uma irmãzinha.- Bagunço o cabelo dela.- Vamos ser amigas?- Ela me olha surpresa.

S/N: Você quer ser minha amiga?- Assinto com um sorriso tímido.- É claro que eu quero.- Ela se levanta e me abraça e depois se senta.

Ana: Toma!- Falo dando o pingente pra ela.- Sempre que precisar, olhe pra isso é se lembrará de mim.- Eu mostro que tenho um igual é penduro no meu celular e ela faz o mesmo.- Me dê seu celular..- Ela me dá e eu salvo meu número.- Pronto, tome.- Dou o meu e ela salva como "Little sister", dou um sorriso. Conversamos por horas, até que vi que são 20h. Iiiiih os meninos vão me matar.- S/N preciso ir, os meninos devem estar com fome e preocupados.- Ela sorri e se levanta e vamos até o caixa. 

S/N: Deixe que eu pago, é um agradecimento pela conversa maravilhosa.- Ela sorri tirando o cartão da carteira, mas eu a impeço. 

Ana: Claro que não, você me salvou hoje nada mais justo.- Eu passo meu cartão e a levo pra casa.- ME MANDE MENSAGEM.- Grito e ela confirma e entra em casa, peço pro táxi acelerar. Isso mesmo, estou fazendo amizade com uma menina de 18 anos idai?(Pra quem não sabe, eles terminam a escola com quase 19), não sou tão velha assim. 

Chego em casa e tudo está silencioso, será que os meninos saíram? Bom, eles estão de folga, então não foi nenhum evento. Festa talvez? Só queria descansar, então fui direto pro meu quarto, mas não esperava ver aquilo. 

Ana: BamBam! BamBam acorde!- Ele abre os olhos divagar e me puxa para cama. 

BamBam: Nana, você voltou. Pensei que tinha ido embora.- Fala me abraçando. 

Ana: B-BamBam o-onde está os m-meninos?- Eu estava gostando e ao mesmo tempo meu coração batia a 1000 por hora.

BamBam: Foram comprar coisas pra comer, eu acho. Quis ficar te esperando então acabei adormecendo aqui.- Ele se apoia no cotovelo e me encara.- O que aconteceu lá!? Ele te demitiu?- Me levanto e sento na cama, tiro meus tênis e fico só de meia.

Ana: Espere os meninos chegarem. É bom que todos saibam.- Ele assenti e se senta também. Vejo sua mão se aproximar e por algum motivo, não recuo. Ele coloca uma mecha do meu cabelo atrás da orelha. 

BamBam: Fico feliz que voltou.- Acho que fiquei tá cor de um pimentão. Suas mãos descem para minha nuca e sinto que ele estava nos aproximando. Quando estava,os perto o suficiente para um beijo, escuto a porta ser aberta e pulo da cama, como eu sou eu, é claro que cai.

Ana: Os meninos chegaram, vamos?- Falo levantando rapidamente e tentando me arrumar, BamBam só ria e se levantou. 

Desço as escadas, com meu coração ainda acelerado, meus pensamentos ainda naquela cena. Eu estava completamente confusa, ele não me odiava? Porque essa mudança do nada? Aish, esse garoto mexe comigo. 

-BamBam ON

Eu não fazia ideia do que estava fazendo, meu corpo desejou tanto ter a Ana em meus braços que o meu desejo era só beija-lá ali mesmo, ela ia ceder, nós estávamos quase lá. Aishhh eu mato esses meninos qualquer dia. 

Youngjae: Nanaaaaa!- Ele sai correndo e dá um abraço nela.- Você voltou! Porque demorou tanto!?- Fala fazendo bico nos lábios.

Ana: Ah, uma longa história Jae hyung.- Vejo os outros meninos entrarem e JB vai em direção a Ana.

JB: Oi pequena.- Ele a abraça a levantando do chão. E eu desejei ser ele naquele momento. 

Ana: Oi JB hyung.- Ela é colocada no chão e rir, meu Deus que riso. 

Yugyeom: Nana, quero te abraçar, mas antes responda. O que aconteceu? O que o Sr. Park disse?- Ela faz uma cara triste e meu coração para. Ela não podia ir embora, não agora. 

Ana: Gente, é que...- Ela levanta a cabeça e começa a sorrir.- Eu não fui demitida!- Pula no colo de Yugyeom e mais uma vez um pontada atinge meu estômago.- Vou ficar com vocês! 

Jackson: Aaaaaaaaa, não acredito!- Ele a puxa do colo de Gyeom e a abraça como JB, logo vem Mark e ela fica entre os dois. 

Mark: Aiiiiiii, que felicidade. Posso dar até mortal de alegria. 

Jinyoung: Que bom que tudo deu certo!- Ele vai até ela é empurra os meninos e a abraça. Quando o abraço termina todos olham pra mim. Fiz uma cara de "Que Foi?"- Dê os parabéns a Ana, BamBam! 

Ana: Não precisa gente, se acalmem... Sem brigas.- Vou até ela e a abraço. Nossos corpos se encaixavam perfeitamente, seu rosto parecia ser feito para o meu pescoço.- B-BamBam.

BamBam: Parabéns Nana, por favor cuide mais ainda de nós.- Percebo que os meninos pararam de olhar um pouco e cochicho em seu ouvindo.- Cuide mais ainda de mim.- Vejo que ela deu um pequeno pulo e a solto. 

-Ana On-

Eu realmente paralisei quando ele disse aquilo, porque ele mexe tanto assim comigo? Os efeitos que ele tem sobre mim são totalmente estranhos, eu não sei o que estou sentindo. 
 Ando até a cozinha e os meninos estão lá, provavelmente fazendo comida. Mas vejo que estão colocando um monte de besteiras em potes, e Mark estava fazendo pipoca. 

Jinyoung: Noites de filmes pra comemorar.- Ele sorri enquanto coloca uma bala de ursinho na boca. 

Ana: Vocês são demais em. Só vou tomar banho e já desço.- Beijo a bochecha do mesmo e saio. 

Tomo banho e coloco meu pijama, na verdade o blusão do meu irmão é uma calça moletom, enquanto prendia meu cabelo escuto alguém gritando. 

JB: Nanaaaaa, desça rápido tem alguém aqui na porta.

Jackson: Nanaaaaaa! Ele diz te conhecer. 

Desço as escadas, com muita curiosidade, não havia conhecido ninguém a não ser S/N... Será que é aquele staff maluco. 

Ana: AAAA parem de gritar...- Eu vou até a porta e Jackson está do meu lado, olhando com a cara estranha. Abro a mesma e minhas pernas enfraquecem, seguro na camisa de Jackson para não cair e ele me olha.- O que você tá fazendo aqui? 

Rayan: Hi, my baby.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Iiii carai, nem vai da merda né ?
Amoras, se quiserem que eu coloque alguém. De algum grupo sei lá, ou acrescente algo, ou tenha alguma reclamação, é só me falar.
Sarangheeeeeee ❤️❤️❤️🌸🌸🌸🌈🌈🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...