História Uma Trainee e Algo a Mais - Imagine BTS - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imaginehot, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Rapmonster, Suga
Visualizações 11
Palavras 1.382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Terceirinho capítulo do imagine gente, muito obrigado pelo suporte! Aos poucos isso aqui vai crescendo :3

Capítulo 3 - É assim que tem que ser


Fanfic / Fanfiction Uma Trainee e Algo a Mais - Imagine BTS - Capítulo 3 - É assim que tem que ser

???: Ela vem comigo.

Professor: Ah... Ok então. S/N acompanhe ele.

Eu estranhei bastante tudo isso mas só acenti de cabeça baixa e comecei a seguir o homem. 

-Você não é nenhum pervertido, né?

???: Lógico que não, se você quer saber eu sou da Big Hit e estou levando você até nossa central improvisada aqui no seu estado. Você passará o resto do dia conosco, mas não se preocupe, cuidaremos bem de você e mandaremos dois agentes nossos para guardar todo o seu material que ficou aqui.

-O-ok então... - Falei tentando não aparentar feliz e animada como eu realmente estava. EU? ESCOLHIDA? Só não tinha entendido ainda o porquê da demora deles em me contatar...

???: A propósito, meu nome é  Park JungWoon!

-Prazer em conhecê-lo senhor Park! O senhor poderia me dizer o porquê da demora em me contatar se não for muito encômodo? - Falei envergonhada enquanto escondia meu rosto com as mãos por causa da pergunta desnecessária.

JungWoon: Não precisa ficar envergonhada, essa e outras perguntas vão ser esclarecidas quando você chegar à nossa central.

Eu não falei nada e só acompanhei ele. Rapidamente chegamos no carro, E MEU SENHOR QUE CARRÃO. Era um Porsche preto lindo demais.  Fiquei como sempre tentando disfarçar a surpresa então peguei meu celular e os fones que estavam no bolso e comecei a escutar música. Do De Mi - Blackbear. Eu cantarolava bem baixo enquanto JungWoon dirigia o carro e rapidamente chegamos ao nosso destino. A sede da Big Hit, mesmo improvisada era linda! JungWoon me dirigiu até uma sala que quando eu entrei pude ver vários outros jovens. Logo pensei que esses são os outros escolhidos, e eu estava certa.

Depois de um tempo aquele mesmo staff mais jovem e os outros dois apareceram e ele começou a falar.

Staff: Annyeong gente! Vocês estão aqui hoje pois vocês foram os escolhidos para, se quiserem, virarem treinees da Big Hit Entertainment! - todos aplaudiram - Vocês devem estar se perguntando porquê demorou tanto né? Bom, no Brasil inteiro mais de um milhão de jovens se inscreveram, e nós selecionamos apenas mil, e 100 do total estão aqui nesta sala. Os que se interessarem em virarem trainees devem apenas estar atentos a algumas regras:

1)  O trainee deve ser fluente em inglês.

2) O treinee deve ser magro.

3) O treinee deve se mudar para a Coréia, todos os gastos serão pagos por nós.

4) Vocês devem ter toda a documentação e autorização dos pais ou responsáveis.

Se vocês seguirem estas quatro regras vocês podem nos contatar amanhã mesmo e partir para a Coréia! Mas se preferirem esperar mais um pouco, vocês  tem no  máximo seis meses. Bom, é só isso. Agora podem voltar para suas casas.

Eu estava extremamente feliz, mas apreensiva ao mesmo tempo. Primeiro: eu falava inglês. Segundo: LÓGICO que a minha mãe deixaria, seria até um alívio para ela me ter longe de casa de graça. Terceiro: A documentação é fácil de conseguir. Os únicos pontos difíceis seriam ficar sem meus amigos e emagrecer.

DUAS SEMANAS DEPOIS:

- Mãe, eu já cuidei de todos os documentos e papelada, só preciso que a senhora assine aqui. - Indiquei para a minha mãe que rapidamente assinou nos locais que eu havia marcado.

- Ok, agora eu vou indo lá pra sede da Big Hit entregar a documentação, tchau, mãe!

E assim eu fui, peguei um ônibus que foi bem rápido até para a sede da Big Hit. Eu estava muito tranquila com a questão da documentação, só estava apreensiva com o fato de que eu ainda não tinha emagrecido. Durante todos esses dias eu havia pensado em praticar o vômito induzido com mais uma série intensa de exercícios, mas ainda não tinha criado coragem. Eu sabia que não era saudável, mas era o único método que funcionaria. Imersa em meus próprios pensamentos eu chego na sede da Big Hit e vou até a recepção entregando os documentos para a recepcionista. Ela me olhou com uma cara feia, mas foi logo autenticando a papelada.

Recepcionista: A sua papelada está toda de acordo, você poderia viajar para a Coréia do Sul agora mesmo, mas nós infelizmente não aceitamos treinees acima do peso. Trate de emagrecer, ou por favor, não volte mais aqui. Nós temos uma planilha que mostra o seu peso ideal nos nossos padrões de acordo com a sua altura, pode conferir.

Sentindo um imenso desconforto eu apenas acenti e fui ver a tabela. Eu possuía 1,72 de altura, então fui procurando até que achei o meu "peso ideal", 49 quilos. Eu pensava 69 quilos. Eu precisava emagrecer 20 quilos! Eu me despedi da mulher e voltei de ônibus mesmo chorando a viajem inteira. Estava na hora de tomar coragem e fazer o que precisava ser feito.

Chegando em casa eu joguei tudo num canto do meu quarto e corri para o banheiro. A última refeição que eu havia feito era o almoço uma hora atrás, então ainda dava tempo. Eu estava muito nervosa pois nunca tinha feito isso ainda, mas era o único jeito. Eu precisava emagrecer e tinha que ser agora! Lavei minhas mãos e me ajoelhei em frente ao vaso. Prendi o cabelo e com muito nervosismo introduzi dois dedos na minha boca. Fui indo mais fundo até sentir uma ânsia horrível, mas... NADA. Não saía nada. Meus olhos lacrivejam e minha boca salivava, mas eu não conseguia vomitar, contudo não desisti. Uns cinco minutos depois de toda essa tortura, finalmente consegui vomitar. Era nojento, e só me fez vomitar mais.

Me levantei, puxei a descarga, lavei a boca e saí do banheiro. Me sentei na cama ainda meio chocada, mas tentei por na minha cabeça de que aquela seria minha nova rotina até atingir 49 quilos. Eu sabia que o meu máximo até praticamente morrer de fome era um mês, então só deveria prestar atenção nisso.  Depois desse meu episódio nojento eu conversei com meus amigos por mensagem uma meia hora e fui dormir.

DOIS MESES DEPOIS:

Era hoje que eu viajaria para a Coréia. Eu já havia conversado com JungWoon que respectivamente conversou com o meu diretor que fez especialmente pra mim exames finais para que eu já me formasse no ensino médio e não precisasse estudar na Coréia. Eu já tinha empacotado tudo o que eu iria levar, já havia separado todos os documentos e estava só esperando JungWoon vir me buscar. Você deve estar se perguntando se eu emagreci ou não... A verdade é que sim, eu emagreci, mas não cheguei a ficar nem com bulimia nem com anorexia. Eu sempre tinha em mente que isso era temporário e quando eu virasse treinee eu teria que controlar minha alimentação. A verdade é que depois que eu emagreci vários garotos quiseram ficar comigo, mas eu sempre com muito desgosto disse não. Primeiro porque só porque eu emagreci eles me querem? Ridículo. Segundo porque eu ainda era BV e estava me guardando para uma pessoa especial, clichê, mas era verdade.

- Tchau, omma! A gente se vê. Eu vou te ligar toda semana ok? Me promete que você vai continuar com a terapia para o alcoolismo que eu te coloquei, promete? E me promete que você vai sempre se cuidar e cuidar dessa casa okay? Eu te amo, omma. - Falei me despedindo de minha omma com um abraço.

Omma: Filha, eu queria te pedir desculpas por tudo o que eu te causei... Eu vou entrar na terapia e me cuidar. Eu tenho muito orgulho de você, sei que vai virar uma idol linda!

Nesse momento JungWoon chegou, se despediu rapidamente de minha mãe e me ajudou a levar toda a bagagem para o carrão dele. Chegamos muito rápido no aeroporto, e lá estavam o Jean, a Isa e a Duda. Eu comecei a chorar e fiquei abraçando eles enquanto JungWoon fazia o check-in.

Jean: O que que eu vou fazer sem você pra me aconselhar com os boy tudo? - Chorava enquanto me abraçava.

Isa: E o que eu vou fazer sem a minha parceira das safadezas tudo?

Duda: Como que eu vou viver sem a minha melhor amiga pra me fazer rir?

Nós quatro chorávamos e nos abraçávamos loucamente enquanto o horário do meu vôo se aproximava. Tive que dar o meu último adeus e entrei na sala de embarque. Eu estava meio triste mas também estava muito feliz pois sabia que a minha vida daqui pra frente seria difícil, mas seria muito melhor que a atual.


Notas Finais


É isso genteeeee! Agora sim o imagine tá começando de verdade!
Por favor favoritem esse imagine pra que quem sabe a gente cresça!
Beijinhos e hwaiting armys!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...