História Uma última canção - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Brigas, Comedia, Ficção Adolescente, Romance
Visualizações 8
Palavras 413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 21 - No hospital? De novo.


Fanfic / Fanfiction Uma última canção - Capítulo 21 - No hospital? De novo.

(...)

Chegando lá....

- Vamos ter que fazer uma cesariana de emergência. LEVEM-NA PRA SALA DE CIRURGIA!!!- uma enfermeira gritou.

O Rafael tava arrancando os cabelos, como se o filho fosse dele, e eu estava jogando My Little Pony no meu celular.

- Parece que você que tá tendo o filho , e não a Vê.- falei com raiva.

- Você parece nem se importar.- ele falou.

- E você não assume que ainda ama ela.- bufei .

Ele não respondeu.

(...)

Duas fucking horas esperando, duas malditas horas vendo as pernas dele balançar igual não sei o quê! 

- Para. De. Balançar. Essas. Pernas.- falei suspirando de raiva.- OU VOCÊ NÃO VAI MAIS TÊ-LAS!

- Estressou?- ele disse sorrindo.

Dei um soco em seu ombro.

- Aí, bravinha.- ele reclamou.

- Cala.Sua.Boca.- falei grossa.

Eu na realidade estava com frio, e sono.

- Venha aqui.- ele disse me puxando pra mais perto dele.

E... Bom... Eu dormi.

(...)

A vista era para um quarto de bebê, com paredes rosas e todo o tipo de bujiganga que bebê tem.

Em meus braços tinha uma menina de pelo menos 3 meses de vida. 

Bochechas coradas, pele pálida e cabelos avermelhados.

- Amor vem jantar.- uma voz vinda da cozinha anunciou.

Coloquei a menininha no berço e fechei a porta com cuidado.

- Ela dormiu?- me deparei com o Rafael na cozinha.

- Feito pedra.- falei rindo

- Que bom. Sobra mais tempo pra nós.- ele falou passando seus braços em minha cintura enquanto eu estava de costas.

Soltei uma leve risada, antes que a campainha tocasse.

- Achei que eles não vinham.- falei surpresa.

Fui atender a porta. 

- Poxa, que demora hein! Atrapalhamos algo?- Vê falou entrando em casa.

- Laraaa!- falei vendo a menininha vindo correndo em minha direção.

- Ela falou de você a viagem toda.- Patrick falou entrando e me dando um beijo na bochecha.

- Sério?- falei sorrindo.

- Sim!- ela disse sorrindo de volta.

- Então, cadê a...

- América acorda.- sussurram em meu ouvido.

Aaaaaaaaaaaaa

NÃO PODIA ME ACORDAR CINCO SEGUNDOS DEPOIS DEMÔNIO!

- Quê?- falei com raiva.

- Você tá... Chorando?- ele disse passando as costas da mão em meu rosto.

- Quê? Não!- falei me levantando da cadeira.

- Amé...

- Será que a gente já pode ver a Vê?- falei mudando de assunto.

Chegando no quarto dela, estava todo mundo lá. Patrick, Léo, Tia Ana, Victória, Kety e até a Heloísa.

- Achei que não vinham me ver!- Vê falou escandalosa.

Revirei os olhos. E fui abraçar ela.

- Aí, sai daqui, você tá com a jaqueta dele,eu vou morrer de tanto espirrar por causa do perfume.- ela reclamou.

- Vai cagar.- falei rindo e a abraçando mesmo assim.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...