História Uma viagem complicada - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Charlie Brown Jr., Originais, Pitty
Tags Bertioga
Exibições 5
Palavras 538
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Survival
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


FALA MEU POVO voltei e começa agora a prova de sobrevivência sobrevivência dos nossos personagens .

Capítulo 11 - Perdidos na mata.


Fanfic / Fanfiction Uma viagem complicada - Capítulo 11 - Perdidos na mata.

 

Tudo estava confuso e escuro, uma dor agonizante em meu corpo me despertou do meu transe , abri os olhos com certa dificuldade e olhei em volta, minha porta detonada, vidros quebrados por todo lado, sangue espalhado mas eu estava sozinha no carro.

Não conseguia me mexer, parte do meu corpo doía e a outra parte estava dormente, meus antebraços estavam com cortes longos mas não fundos, meu rosto estava cheio de cortes e pedaços de vidro, estava sangrando pouco, mas meus braços não colaboraram, porém eu só pensava em uma coisa, porque eu estava sozinha? onde estavam os outros? 

Meus pensamentos foram interrompidos por braços que soltavam meu cinto e me puxavam pra fora do carro, eram os meus amigos, foi difícil mas conseguiram com cuidado, me deitaram na grama e a Gabi, que fez treinamento de primeiros-socorros, começou a tratar meus ferimentos.

~ oque aconteceu?

Patrick: a gente não morreu.

~ kk vc me entendeu.

Patrick: teve uma tempestade...

gabi: e um deslizamento, a gente caiu e você "jogou" o seu lado do carro contra aquela rocha.

~estão todos bem?- perguntei preocupada.

gabi: estão bem, machucados, em choque,doloridos, mas bem. Eu acordei depois do patrick e cuidamos do ferimentos dos outros.

~ mantiveram o controle, parabéns.

gabi: na verdade a gente tava surtando.

~rsrs_arg!!! - interronpi o riso sentindo uma dor horrível no corpo.

gabi: foi mal, Patrick procura minha mala por favor.

Patrick: tá, porque?

gabi: tem uma garrafa d'água, onde eu coloquei oque sobrou de vodca de ontem.

~deixa eu adivinhar, vai limpar os cortes.

gabi: é, pra não infeccionar, vai doer.
- Patrick trouxe a mala - Valeu.

~posso morder alguma coisa?

gabi: aqui - disse ela pegando uma camiseta rasgada da mala detonada - morde isso.

Eu mordi a roupa e olhei em volta, ao meu redor estavam Ana com raiva, dav com medo, Patrick com culpa e gabi parecia ser a única sã ali.

Minha linha de raciocínio foi interrompida pelo pessoal, que por pedido da gabi, seguraram com força meus braços e ombros e a Gabi começou a limpar meus cortes com vodca.

Eu fechei meus olhos e mãos com força, soltando um grito que foi abafado pela blusa que eu mordia,  uma dor infernal, senti a bebida queimar minha pele mesmo sabendo não era oque acontecia realmente.

Meia hora para que a Gabi pudesse limpar os cortes, tirar alguns cacos de vidro do meu rosto, enfaichar meus braços e limpar o sangue em meu rosto e eu sem soltar uma única lágrima, apesar da dor. 

Depois disso eu encostei numa árvore e suspirei aliviada por eles estarem vivos sem tantas feridas como eu.

gabi: porque você fez isso?- perguntou pra mim.- se o carro da bia não fosse um 4x4 você teria morrido.

~ mas vocês irritam sobreviver, era só oque importava.

gabi: só não faz isso de novo, não quero enterrar minha melhor amiga.

~ correção : irmã.

Ela riu e eu esbocei um sorriso, já que sinto dor até quando dou risada.

Agora estamos sozinhos, perdidos e temos que lutar pra sobreviver, só juntos é que vamos conseguir, agora,"o mundo está contra nós, entao colocamos o mundo nos nosso ombros" *sucker for pain - suicide squard *.

 


Notas Finais


MEU POVO a treta tá só começando, já sabem né , se gostaram falem pros amigos se não gostaram falem mesmo assim que talvez eles curtam bjsbjsbjsbjsbjs FUI


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...