História Uma vida ao seu lado - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, JB, Youngjae
Tags Jb Got7
Exibições 16
Palavras 5.425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que estejam gostando.

Capítulo 5 - E a história se repete.


Estava tudo se encaminhando bem Youngjae me levou pra jantar num restaurante que era ao ar livre era lindinho e romântico, sentamos na mesa em que havia reserva e fizemos o pedido.

-- eu to ancioso, falta 6 meses para nosso casamento -- ele disse segurando minhas mãos e beijando em seguida.

-- Nossa ja? Nem escolhi o vestido ainda.. -- disse assustada pois os meses voaram.

Ele riu e eu comecei a fazer carinho em seu rosto, nossos pedidos chegaram e jantamos falando mais sobre o casamento e rimos quando disse que não aparecia porque ia fugir com ator coreano. O restante da noite foi tranquilo, antes de voltar pra casa passeamos um pouco , chegamos em casa zhou tava arrumando a bagunça que jackson e Yang Mi fizeram e eles estavam durmindo no sofá , foi a cena mais linda que vi Jackson durmindo abraçado com minha filha parecia dois anjos. Peguei Yang Mi e fui leva- lá pra cama , a deitei na nossa cama e Youngjae deitou ao seu lado depositando beijos nela e acariciando seus cabelos, fui até a sala e chamei Jackson pra que dormisse no quarto de Yang Mi tinha ainda uma cama de casal la , Youngjae não conseguiu vender ela , Zhou e Jackson foram deitar pois estavam cansados cuidar de criança realmente não é uma tarefa fácil, troquei a roupa e deitei ao lado da minha pequena que dormia como anjinho, e queria que ela dormisse até o outro o dia, Youngjae me beijou abraçou Yang Mi que estava entre a gente e dormimos.

Milena pov off 

JB pov on

Meu relacionamento com Hani não estava nada bem, ela não implicava tanto com Milena e Yang Mi como agora , fazia 4 meses que estávamos juntos mais ela mudou muito depois que minha filha nasceu, ela não gostava que eu ficava muito tempo com ela e me enxia a cabeça quando Milena me pedia ajuda com Yang Mi.

Flash Back on*

-- Você fica indo lá todos os dias vai três vezes no mesmo dia, eu não quero que isso se repita mais-- Ela disse brava quando disse que tava na casa de Milena.

-- demorou uns meses pra aceitar Yang Mi como filha , não vou abandonar ela.

-- so acho que um vez por dia ja é suficiente, ou você usa a criança pra  ficar perto da Milena , porque ja que ela dormiu com você e seu amigo ela estaja ...-- Não deixei ela terminar.

-- Não fala o que você não sabe, qual é seu problema Hani porque ta atacando ela desse jeito? -- pergunto confuso 

Ela não fala nada por um longo tempo , senta ao meu lado e fica olhando o chão por longos no minutos.

-- amor eu não aguento mais , há meses tento ser compreencida com você mais você não faz um mínimo esforço pra esquecer ela. Jae Bum .. Você tem que tomar uma decisão.-- Ela perguntou seria.

-- acho que você ta vendo coisas onde não tem, eu e ela temos uma filha juntos, claro que vamos nos ver com frequência isso não tem nada haver com sentimento.

-- Não vejo outra alternativa, ou eu ou sua filha ?-- Eu não podia acreditar no que estava ouvindo.

-- O que ? Ta louca?.

-- se a forma de você ficar longe da Milena é sr afastar da menina então vai ser ou eu ela. 

-- é claro que é Yang Mi, vai ser sempre minha filha minha prioridade. E se não aceita ela não tem por que ficarmos juntos.

Flash Back off*

Eu tinha saído da casa de Milena fui ver Yang Mi , e a cada dia que passa minha pequena se parece mais comigo, não sei porque fui idiota de duvidar que o filho não era meu, eu poderia estar com ela e com minha filha agora se eu não fosse tão idiota , Milena estava tão feliz com Youngjae eu sentia inveja e raiva pois ele é pra ela o que eu deveria ser , mais gostava Hani também , ela me fazia esquecer Milena eu tava me apaixonando por ela , porque insiste em estragar tudo, fui até seu apartamento pra conversar com ela e saber se estava mais calma, eu não queria ficar sozinho não agora , depois que Milena deu a luz ela tava mais linda que nunca eu sabia que nós não voltariamos pois ela estava visivelmente apaixonada por outro. Cheguei ao andar de Hani eu estava com a cabeça a milhão bato na porta e ela abre, ela esteve chorando pois seus olhos estavam vermelhos.

-- o que veio fazer aqui? -- Ela me perguntou rude demais.

-- eu me apaixonei por você , você me fez esquecer esse amor que tenho pela Milena, eu não tenho vontade de ficar com ela sabendo que tenho você, e hoje naquela discussão, quem me acalmou foi minha filha.

-- mesmo sabendo que não quero você com elas você foi?-- Ela começa a chorar

-- Você tem que entender Yang Mi é minha filha, é com ela em meus braços que meu dia melhora, é vendo ela sorrir que me faz sorrir,não me peça pra ficar longe dela, eu ja tomei uma decisão na minha vida da qual me arrependo, não quero repetir o mesmo erro com você.

Ela me abraçou e nos beijamos eu sentia a paixão nela , e ela não sabia o quanto era parecida com Milena por isso me atrai muito por ela, conversamos um pouco mais e convenci ela parar com essa coisa de proibir de ver minha filha eu prometi mudar e ela também , precisava matar esse amor pela Milena de uma vez por toda, anoiteceu e eu estava voltando pra casa , passei por um caminho difirente e vi Milena com Youngjae passeando de mãos dadas sorrindo , felizes, poderia ser eu ali. Acelerei o mais rápido que pude não queria ama-la tanto assim e aquele sentimento de rancor e ódio havia voltado, eu não queria que ela ficasse com ele nem que minha filha seja criada por ele. Eu acelerava mais e até que vi um clarão vindo do meu lado e não vi mais nada além de uma Cortina que deixou tudo escuro.

JB pov off

Milena pov on

Ja era quase quatro da manhã, Youngjae tinha acordado com o choro de Yang Mi, eu levantei e fui preparar uma papinha pra ela comer pois Jackson não havia dado nada além de leite, Youngjae ficou trocando a frauda dela, Jackson e Zhou estavam correndo pela casa e Jackson estava chorando.

-- o que aconteceu ? Onde vocês vão a essa hora?-- pergunto ja nervosa.

-- JB sofreu um acidente quando voltava da casa de Hani.-- Jackson disse diante do choro, -- e o estado é grave.

Não contive o choro ao saber que ele tava gravemente ferido no hospital , não entendi o acidente ele sempre foi cuidadoso na estrada , tinha certeza que o culpado não era ele, Jackson e zhou se despediram e saíram correndo para o hospital , eu entrei no quarto ainda chorando e contei o ocorrido para Youngjae.

-- Fica aqui com Yang Mi , eu vou ficar lá e te ligo ok?-- ele me disse trocando a roupa.

-- Não vou conseguir me acalmar aqui, eu preciso ver ele.-- eu tentei convencer ele mais sem sucesso.

-- calma amor, não da pra Yang Mi fica no hospital sabe lá quantas horas esperando notícias.-- ele tinha razão so concordei e ele saiu correndo.

Depois de ter comido Yang Mi havia pegado no sono, e eu tava preocupada esperando notícias, e as horas foram passando o sol nascendo e nada de notícias.

Já eram oito e meia da manhã, eu ja estava aflita não aguentava mais ficar sem notícias, Yang Mi ja havia acordado então a troquei a amamentei e fomos para o hospital pra saber notícias, cheguei la e vi Jackson e Zhou sentados e coxilando Youngjae tava sentado ao lado de Zhou e Hani tava deitada em sua perna durmindo.

-- Amor, não precisava vocês virem.-- Youngjae disse forçando um sorriso, ele sabia de alguma coisa.

-- o que faz aqui?-- disse Hani se levantando.

-- eu cansei de ficar em casa sem notícias. Sabem de alguma coisa?-- perguntei eles apenas me olhavam. -- então gente, falem logo.

-- ele tá passando por uma cirurgia desde quando chegou não sabemos dele.-- Hani disse segurando o choro.

Suspirei alto e sentei ao lado dela, Youngjae pegou Yang Mi e foi buscar algo pra eles comerem.

-- Você pode a menina e ir pra casa, Jackson ,Zhou vocês também podem ir eu fico aqui com ele. -- Hani disse nos olhando.

-- nem pensar , só vou sair daqui depois que eu ver meu primo.-- Jackson disse passando as mãos no rosto.

Youngjae logo aparece dando lanches pra eles que comeram tudo, e ficamos ali em silêncio por mais algumas horas, Yang Mi parecia entender a situação ela ficou quieta a todo momento nos observando, logo o médico chega.

-- vocês são os amigos de Jae Bum? 

-- Sim -- disse Zhou, eu estava com medo do que ele poderia dizer , pela cara dele não parecia ser uma Boa notícia.

-- a cirurgia foi um sucesso.

Apesar da gravidade do acidente, ele vai sobreviver, ele foi transferido pra UTI e vai ficar sete dias em observação, podem ir pra casa, vão descansar, ele não vai poder receber visitas.

-- Mais ele vai acordar ainda hoje? -- perguntei 

-- Não, bom concluo que está em coma, mais é cedo pra dizer ele pode acordar daqui uns dois dias ou mais.

Ouvindo isso mesmo preocupados conseguimos respirar tranquilos ele ja tava fora de perigo. O que nos restou foi voltar Pra casa, Jackson e Zhou ia passar na casa dos pais dela e Youngjae ofereceu carona pra ela, ela tava bem triste , e brincava com Yang Mi no banco de trás, fomos o caminho todo sem falar nada e ela também não conseguiu dizer nada. Chegamos em sua casa ela agradeceu e desceu.

-- Ela ta muito brava.-- Youngjae disse dando partida com o carro.

-- porque?

-- porque ela disse que JB chegou delirando no hospital e chamando seu nome.-- ele olha pra mim e segura minha mão voltando a atenção ao volante.

-- isso so pode brincadeira.-- eu disse olhando pra janela e vendo a paisagem do lado de fora.

Nós não falamos mais nada, chegamos em casa, alimentei Yang Mi que dormiu logo em seguida.

Youngjae e eu preparamos o almoço juntos, sem querer fui enxaguar uma colher que espirro água na cara de Youngjae, não segurei minha risada, ele me acompanhou rindo e me jogando água também, estávamos pingando pela cozinha e ele me beijou, um beijo necessitado, ele me apertava contra seu corpo com medo que fugisse dali, a falta de ar nos fez parar o beijo.

-- promete que não me abandonar?-- ele perguntou acariciando minha bochecha.

-- de onde você tirou isso meu amor?-- pergunto dando uns selares em sua boca.

-- só não esquece que te amo.-- ele disse retribuindo os beijos.

-- eu te amo seu bobinho,  nunca vou deixar você, não precisa ficar grilado com os delírios de JB pq o nome ja diz ,delírios.-- dei mais um beijo nela e voltei a cuidar das Panelas enquanto ele colocava roupas secas. Fui logo em seguida , almoçamos e ficamos vendo televisão.Meu celular toca e era Hani.

Hani: Desculpa não ter falado com você , creio Youngjae te falou, eu so tô insegura.

Eu: Não precisa levar isso tão a sério, como disse a Youngjae foi so delírios, ele pode nem lembrar disse quando acordar.

Hani : você tem razão, não quero brigar com você,  Eu sou uma tola.

Eu: Ele gosta de você.. agora descansa, come bem que ele vai querer te ver bem quando acordar.

Hani: eu quero você e Yang Mi lá quando ele acordar, agora somos uma família.

Eu: estaremos.. Minha filha tem muita sorte de ter você como madrasta.

Fiquei mais tranquila sabendo que Youngjae e Hani estavam mais tranquilos em relação a JB e a mim, ele nunca escondeu que me amava ainda mais isso ia passar , era só Hani ter paciência. Youngjae me puxou pra deitar com ele, ficamos deitados no sofá o resto da tarde vendo televisão, vez ou outra eu ia da uma olhada em Yang Mi que dormia feito um anjinho, espero JB sr recupere logo, antes que minha pequena sinta falta dele.

Duas semanas depois.

Se passaram duas semanas e JB ainda se encontrava no coma, mais ja podíamos visita - lo eu sempre ia na parte da manhã, enquanto todos estavam no trabalho, ia levar Yang Mi ela ficava no meu colo, brincando sorrindo as vezes chorava um pouquinho, ela apontava pra cama onde JB estava e eu a levei até lá deitei ela do lado dele ela foi sr ajeitando até ficar com a cabeça em cima do peito dele e mãozinha batendo no pescoço, uma enfermeira entra pra ver como ele estava reagindo e ela sorri vendo a cena.

-- a filha de vocês é tão linda.-- Ela disse.

Foi tempo de me distrair dois segundos e JB estava acordado olhando pra Yang Mi e passandoa mão em seus cabelos, a enfermeira sai na mesmo hora pra chamar o médico e eu chego mais perto dele.

-- Achei que não ia acordar nunca.--  peguei em sua mão e a beijei.

-- Você não vai se livrar de mim tão cedo. -- ele riu e uma lágrima escapa do meu rosto.

Ouço a porta abrir mais imagino que seja o médico.-- tive medo de perder você Jae.

Ele beija minha mão e sorri, sinto uma mão no meu ombro, ombro lado e era Youngjae.

-- que bom que ja acordou.-- ele tava com um sorriso e JB retribui.

Ficamos ali por mais uns minutos o chegou a tivemos que sair pra que ele passasse por exames.

-- Você ainda ama ele não é?.-- ele me pergunta com a feição triste.

-- Eu gosto dele sim, ele mudou muito depois que nossa filha nasceu, Eu te amo Youngjae, não dúvida disso nunca. -- passei a mão em seu rosto e ele fecha os olhos.

-- Eu tenho medo de perder vocês princesa. -- ele me abraça e beija o topo da cabeça de Yang Mi.

Fomos pra casa, almoçamos juntos e logo depois ele voltou pro trabalho, e então mandei mensagem pra Hani.

Eu: Oii 

Hani: hey!  Alguma novidade?

Eu : sim! Ele acordou.

Hani: Nossa não brinca.. vou pra aí agora.

Eu: ja estou em casa, tive que sair pra ele fazer alguns exames, avisa o Jackson?

Hani: Claro, e obrigado por me avisar bjos.

Eu estava feliz que JB havia acordado, não vou negar que gosto dele, fiquei preocupa com toda essa situação não queria magoar Youngjae, Eu realmente o amava, mais quando JB acordou eu fiquei com muita vontade de abraçar ele. As horas se passaram rápido consegui fazer Yang Mi dormir um pouco a tarde e dei uma geral na casa, olhei as horas e já eram cinco da tarde, fui direto ao banho, tomei um banho rápido lavando meus cabelos não demorei pois fiquei com medo dela acordar antes de eu sair do banho. Escolhi uma roupa que Youngjae me deu, uma saia rodada preta e um moletom vermelho liso, coloquei uma meia calça preta e um tênis deixando os cabelos soltos e molhados fui olhar Yang Mi e ela dormia tranquilamente , fui até a cozinha preparar algo pra comer, ouço a porta abrindo e vejo Youngjae que corre pra me abraçar bem apertado.

-- isso tudo é saudade? -- pergunto me separando pra olhar em seus olhos.

-- Bom consegui férias no mês do nosso casamento, vamos pro Brasil passar a lua de mel. -- os olhos dele brilhava e nem acreditava que ele ia conseguir pegar férias.

Nos abraçamos mais uma vez trocamos beijos e só ai que me dei conta que o casamento tava aí e eu não havia ido atrás de buffets, vestidos decorações,  convites.

-- Meu Deus Youngjae não foi feito os convites nem nada, aconteceu tanta coisa que eu...-- ele me interrompe.

-- calma agora tudo se resolver Yang Mi já nasceu, e JB ja acordou, e Zhou Jackson e Hani ja estão cuidando da decoração , buffets e convites.

-- Nossa e eles nem pra falar nada.-- fiz um biquinho e ele riu um tanto alto, fazendo Yang Mi acordar.

Ele foi pegar ela e eu voltei a preparar uns sanduíches pra que ele comesse. 

Milena pov off

JB pov on

Depois de quinze dias em coma eu abro os olhos e vejo minha pequena deitada em cima mim e Milena conversando com uma enfermeira , fiquei feliz em saber que elas eram as primeiras pessoas que eu vi, Milena ficou emocionada em me ver acordado, eu não lembrava direito se eu tinha ou não passado o sinal naquele dia do acidente tava bem confuso, e vendo o sorriso de minha filha quando me viu olhando pra ela me fez pensar o quão idiota eu tinha sido quase morri e deixando ela que é a coisa mais importante pra mim Yang Mi era meu único e verdadeiro amor, e eu não queria ficar longe dela nunca mais. Logo elas saem do quarto com Youngjae. E vejo que não adianta mais eu sofrer, achar que ela vai volta pra mim que isso não vai acontecer, eu fiz tudo errado eu fui me afastando, duvidei dela , não acreditei nela, fiz ela sofrer por meses, e o que eu tinha fazer agora era deixar ela ser feliz com Youngjae, era o minimo que eu deveria fazer, deixá-la ir e ser feliz assim como ela está.

-- amor que bom que você acordou?-- Hani chega me tirando dos meus pensamentos.

Ela me beija , e me abraça , machucando meu braço encaixado.

-- vai com calma, Eu to todo remendado ainda.-- nós rimos e a puxo pra um beijo. Eu a beijo com toda paixão e saudade pois só ela me fazia sentir inteiro, eu não sentia falta de Milena quando estava com Hani. A falta de ar nos faz separar o beijo.

Ficamos nos olhando por um longo momento e vejo que deveria levar Hani mais a sério, dar mais atenção a ela e eu sabia que só ao lado dela que eu iria conseguir ser feliz.

Eu sempre ia amar Milena, mais nao é justo com ela e nem Hani que acabe com a felicidade delas. Os dias foram se passando rápidos e não demorou muito estava indo pra casa, Jackson veio me buscar e ia me levar direto pra casa, mais pedi pra que levasse ver minha filha antes, so a vi no dia em que acordei e eu tava com muitas saudades, chegamos la e Youngjae nos recebe com abraços, vejo Milena e Yang Mi no sofá e fui direto pegando minha pequena e enxendo de beijos, ela dava uns gritinhos e ria muito, Jackson e Youngjae foram a cozinha, Jackson estava com fome, me sentei ao lado de Milena que me olhou com um sorriso carinhoso.

Yang Mi não demorou e pegou no sono.

-- eu cheguei e ela dorme.-- disse rindo dela que dormia sentada em meu colo.

-- Ela ta bagunçando desde de cedo, até que demorou pra durmir, me da ela aqui vou por ela na cama.-- Ela pegou Yang Mi e foi em direção ao quarto, e eu a segui, ela deitou nossa filha no berço com cuidado e ficamos admirando seu sono tranquilo, ela tava muito parecida comigo e eu não cansava de falar isso deixando Milena chateada mais ria junto comigo.

-- será que ia ser diferente, se nós dois não tivesse separado?. -- pergunto e percebi que ela ficou nervosa.

-- as coisas são do que jeito que tem que ser, não nascemos pra ficar juntos.-- Ela diz voltando a olhar a pequena que dormia.

-- Você sente minha falta?-- insito.

-- Jae eu amei você, mais isso tudo foi escolha sua, não da pra viver de passado.-- Ela me olhava nos olhos e Vi que seu amor por mim era so amizade mesmo.

-- eu tento mais esquecer você é difícil, se você me desse mais uma chance.-- fui me aproximando, eu sei que ia deixar ela em paz pra seguir a vida dela mais meu coração não aceitava o que a cabeça pensava, quando eu quase a beijo ela recua.

-- eu to apaixonada pelo Youngjae, estamos noivos, respeita isso por favor.-- Ela disse saindo  dali.

-- eu aceito você ser pai da Yang Mi, vir aqui quantas vezes quiser, mais não vou aceitar você dando em cima da minha garota.-- olhei pra trás era Youngjae ele tava com os olhos vermelhos e o olhar sério.

-- eu precisva tentar, você sabe que eu amo ela, se você não tivesse aparecido eu estava com ela e minha filha agora.-- eu não sei de onde tirei coragem pra falar isso pra meu melhor amigo.

-- Você escolheu viver sem ela, então deixa ela ser feliz, ela me ama.-- essas palavras doeram em mim, mais ele tava certo eu que escolhi deixá-la agora era tarde, dei um beijo em minha filha e sai dali , chamei jackson e saiamos dali , antes de passar pela porta olhei pra ela e ela me olhava com tristeza, sai dali segurando o choro mais foi impossível.

-- o que foi aquilo?-- jackson pergunta entrando no carro.

-- pedi pra voltar com ela, eu quase a beijei,  mesmo depois de prometer a mim mesmo que ia esquecer dela.

-- Você tem que viver, e com Hani, você que escolheu viver sem Milena e ela tá feliz depois dos meses de sofrimento que você causou.-- parece que eles combinaram pra dizer a mesma coisa. Eles estavam certo mais quando eu ficava ao lado dela eu só queria beija- lá.

Hoje quando quase a beijei ela parecia estar nervosa estando tão perto , eu acho que ela ainda me ama e antes dela dizer no altar eu ia tentar até ter ela pra mim.

Dois dias depois 

Não aguentava mais de saudade de Yang Mi, e eu ainda estava confuso , horas eu decidia deixar Milena em paz outra eu a queria mais que tudo, aquele papinho de que ia deixar eles em paz, quem eu queria enganar, eu ja deixei eles paz por muitos meses e eu tenho que recuperar minha garota com minha filha, e eu sei quem pode ajudar.

Eu: oi pode falar.?

Cristal : Claro , sentiu saudades.?

Eu: preciso de um favor.

Cristal: qual seria?.

Eu: quero que esteja nesse endereço *** as três da tarde , quero que você beije o diretor dessa empresa, é aniversário dele e quero animar esse garoto um pouco.

Cristal: Claro gracinha, eu sei animar um homem deixa comigo.

Youngjae confiava em Milena se fosse o contrário isso nunca daria certo , Milena por um lado é muito ciumenta e descontrolada, se ela visse essa cena o casamento não rola .

Ela ia terminar com ele e nunca mais ia querer saber dele, se eu estava fazendo certo? Claro que sim eu queria ela pra mim so pra mim.

Eu: oi pequena.

Amor: oi.

Eu: eu tava pensando em falar Youngjae, marquei com ele as três hoje na empresa. Vem comigo?

Amor: ta pode ser, nos encontramos lá tenho que levar nossa menina ao médico tchau.

Eu sinto que devo desistir, não me sinto feliz mais nao sei porque em menos de duas horas eu ia ter ela so pra mim, ela não ama ele tanto assim ela não ia sofrer porque o que ela sente é gratidão e só.

Fui tomar um banho rápido, eu sentia meu peito pesar , mais nao podia amarelar agora, me troquei e fui comer algo recebo uma mensagem .

Hani: amor, vamos sair hoje a noite?.

Eu: vamos ver se vou poder ok. Te mando uma resposta mais tarde.

Hani: ok Eu amo você.

Fiquei ainda pior depois de falar com Hani, ela sim ia sofrer me vendo voltar pra Milena , mais quem sabe ela e Youngjae não fiquem juntos ja que um amor cura o outro e os dois se dão muito bem. Deu duas e meia e fui correndo , não me demorei pra chegar e vi cristal entrando esperei mais alguns minutos vejo Milena entrando, tava tudo dando certo até o momento so precisava esperar cristal sair e entrar em cena. Alguns minutos depois vejo Milena saindo com Yang Mi nos braços ela tava chorando, e correu pra entrar num táxi que logo deu a partida, vejo Youngjae saindo correndo mais não conseguiu alcança -la ele tava chorando muito e foi direto a garagem, meu plano havia dado super certo mais não me senti feliz vendo ela chorar daquele jeito.

JB pov off

Milena pov on.

Hoje a manhã tava tão linda o sol decidiu nascer , Youngjae tava animado ele conseguiu reserva num restaurante badalado da cidade ele tava querendo me levar a dias, e fora que o trabalho dele tava cada vez mais satisfazendo seu chefe, Yang Mi ainda não havia acordado achei um milagre ela sempre é a primeira a acordar, Youngjae foi tomar banho, e ele me olhou com sorriso convidativo que acabei entrando embaixo do chuveiro com ele, não passou de uns beijos e umas mãos bobas, dele é claro.

-- eu amo você princesa, nunca vou cansar de dizer.-- ele disse quando estávamos saindo.

-- cada dia eu amo mais você. Promete não deixa nada estragar isso?.-- ele me olhou sorrindo e me beijou apaixonado.

-- prometo.

Nos trocamos e ele saiu correndo sem café pois o banho havia demorado um pouquinho, ele me mandou um beijo antes de bater a porta tão forte que Yang Mi acordou aos gritos, fui acalma - la e quando consegui deu um banho dela e amamentai hoje tinha levar ela ao médico exame de rotina então troquei a fomos a mesa, enquanto ela brincava com a colher eu comia rapidamente pois quase atrasamos para consulta. Meu celular toca e vejo que era JB , ela deveria estar envergonhado da cena que havia feito a dois dias atrás ele queria que eu fosse ao escritório de Youngjae,  como eu já ia passar la pra falar como havia sido os exames de Yang Mi so confirmei com JB e sai rapidamente.

Demoramos um pouquinho pra chegar tava difícil pegar um táxi hoje, cheguei na sala espera e depois de vinte minutos fomos chamadas, o médico fez exames de sempre , sangue, fezes  a  pesou a mediu e finalizou brincando com ela que ria facilmente pra ele.

-- ele tá cada mês maior, engordou três quilos , ela tá saudável , não há nada pra se preocupar. -- ele disse sorrindo e brincando com ela.

-- que ótimo.-- disse sorrindo .

Nos despedimos do médico e passei pra visitar Hani que trabalhava ali perto, ela era vendedora de roupas infantis,  tava na hora do almoço ja e a convidei pra ir comigo.

-- ai como você ta linda Yang Mi.-- Ela disse ja pegando ela de meus braços e enxendo de beijos.

-- e pesada também , meus braços estão doloridos.-- rimos e fomos a uma lanchonete na esquina de seu trabalho.

Logo fomos atendida e minha filha chamava atenção de todos que passava por ali, e ela bem sapequinha mexia com tava perto.

Ficamos ali umas duas horas, ela teria que voltar e eu havia combinado de ir ver Youngjae as três da tarde, fiquei ali mais uns minutos os táxis realmente tava demorados hoje .

Assim que consigo pegar um, dou  o endereço e vamos direto, depois de alguns minutos eu chego e peço pra ele me esperar , subo no oitavo andar mais por alguma razão eu tava com uma dor no peito, chego la e a secretaria me olha espantada.

-- o que a senhora faz aqui?-- Ela perguntou e parecia com medo.

-- Youngjae sabe que viria esse hoje, o que aconteceu?.-- pergunto desconfiada.

Sem esperar resposta entro na porta sem bater e vejo uma moça de cabelos curtos e negros sentada no colo dele, eles tavam se beijando e ela segurava a mão com força acima da cabeça do mesmo, não acreditei no que estava vendo , Yang Mi deu um gritinho e ele a jogou com força no chão, eu sai rapidamente dali, peguei o elevador e sai o mais rápido que pude mais antes de passar pela porta e saída eu já chorava muito, aquilo so podia ser mentira, eu não queria ouvir nada naquele momento mais ele teria que me explicar direito isso em casa, o táxi deu partida e ouço Youngjae gritando atrás , fui direto pra casa , queria da um tempo pra esfriar a cabeça então pedi ajuda a Zhou.

Eu: posso ficar aí uns dias.

Zhou: Claro, mais o que houve?

Eu: te explico depois.

Quando chego em casa peço pro moço me esperar e vou pegar umas coisas minha e de Yang Mi , não queria falar com Youngjae hoje não tava afim da desculpa que ele ia inventar.

Pego as nossas coisas e volto ao táxi dou o endereço a ele e vamos para casa de Zhou, chego la as cinco da tarde e ela me ajuda com as malas e Jackson pega Yang Mi, me fica me olhando curioso.

-- o que aconteceu Milena ? -- ele pergunta fazendo Yang Mi dormir.

-- peguei Youngjae com outra.

Jackson e Zhou ficaram espantados como se eu tivesse falado algo impossível.

-- Você tem certeza?, Youngjae te ama, você deve ter entendido errado.-- Zhou me disse e Jackson concordou.

-- Ela tava sentada no colo dele e beijando ele ... Na boca. -- disse essa frase e comecei a chorar novamente.

Zhou me abraçou e eles não falaram mais nada, Jackson deitou Yang Mi na cama e disse que ia sair. Eu fiquei lá sentada no chão da sala com a cabeça entre as pernas.

-- Vocês tem que conversar -- Zhou disse mexendo nos meus cabelos.

-- Não quero ver ele tão cedo.

Eu sabia que ia ter que falar com ele mais eu não tirava a cena da minha cabeça, ele sempre dizia que me amava, e a promessa de hoje ceso eu acabo de quebrar, mais nao queria olhar pra cara dele. Comecei a chorar e a dor que eu havia sentido quando perdi JB não chega nem perto dessa, Youngjae havia me conquistado estavamos juntos a quase um ano mais parecia que estávamos a mais tempo, eu queria esquecer tudo e ficar ele mais a cena dele beijando outra que sentava e rebolava no colo dele tava me consumindo. Deitei no sofá e acabei pegando no sono.

Milena pov off.

Youngjae pov on

Eu estava cheio de trabalho hoje, daria pra acompanhar Yang Mi no médico mais Milena sempre vinha me falar como a pequena estava.

A secretaria anuncia a entrada de uma moça e antes que perfuntasse quem era ela entra.

-- Parabéns meu amor..-- era cristal, uma ex namorada de JB.

-- o que faz aqui?-- perguntei confuso.

-- nada de pergunta, sou toda sua hoje.-- Ela ja disse sentando no meu colo e atacando meu pescoço.

-- para com isso, cristal sai..-- Ela me interrompe num beijo. E eu fui infeliz o bastante pra corresponder , tentei me livrar mais ela segurou minhas mãos no alto de minha cabeça e so arrumo forças quando escuto o gritinho de Yang Mi , olho pra porta e vejo Milena que ja estava saindo dali rapidamente, deixei cristal cair no chão e fui correndo atrás de minha noiva eu tava desesperado, sai correndo pelas escadas , não foi o suficiente pra alcançar ela, quando sai vejo ela no táxi que ja estava em movimento, saio correndo pra garagem e pego meu carro, fico uns minutos me acalmando antes de pegar estrada, depois de mais calmo dirijo direto pra casa, chego la e não há vejo, chamo ela umas duas vezes e nada, so depois me dou conta que ela tinha ido embora, eu apoiei minhas mãos no rosto e desabei ali mesmo, não acredito que eu estava a perdendo novamente, Mais uma vez ela tava me escapando.

 


Notas Finais


Ate a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...