História Uma Vida Diferente - Diabolik Lovers - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~TartuguitaLPS

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers, Romance, Uma Vida Diferente
Visualizações 17
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ta ai o primeiro capítulo.

Capítulo 1 - Indo Para O Japão


Fanfic / Fanfiction Uma Vida Diferente - Diabolik Lovers - Capítulo 1 - Indo Para O Japão

A UM TEMPO ATRÁS 

Duas amigas, Nayla e Maria iriam finalmente conhecer o Japão. O avião havia chegado então elas entraram.
   - Ai meu Deus!!!! Estou muito animada para chegar no Japão!!!! - Disse Nayla já sentando na poltrona do avião.
   - Nayla, mal entramos no avião e você já quer chegar lá? Ta louco! - Disse Maria tirando seu celular de sua mochila.
   - Mas é claro! Nunca viajei tão longe assim! Estou muito animada!
   - Ta né.

PASSOU UMAS HORAS E....

{MARIA ON}

Eu estava dormindo até que Nayla me acorda dizendo que já aviamos chegado, ela estava bem animada, percebi isso pela sua gritaria. Então pegamos nossas malas e mochilas e saímos do avião em uma correria!

{MARIA OFF}
  - 
E agora? Você prefere sair comprando um tanto de coisa, ou prefere andar um pouco? - Disse Maria.
  - Vamos andar um pouco , gastamos depois. - Disse Nayla.

Elas começaram a andar e conhecer o lugar até que Maria começa a sentir uma sensação estranha.
  - Ei! Nayla! Estou sentindo uma sensação de que estão nos seguindo... - Ela fala em um tom baixo.
  - Sério? - Nayla olha para trás e vê dois homens estranhos que realmente estavam a seguindo, mas, um deles tentavam esconder um facão e Nayla olha para frente rapidamente - Corre!.

As duas correm feito loucas mas os dois homens correm atrás delas.
  - Vamos ter que nos separar! - Disse Maria correndo o mais rápido que ela podia.
  - O que? Você ta louca? - Disse Nayla correndo também
  - É o único jeito!
  - Quero só ver que merda irá acontecer!
            Então elas se separam e os dois homens acabam se perdendo delas.
  - Culpa sua! - Disse um dos homens empurrando o outro.
  - Minha culpa??? Não foi eu quem não escondeu a porcaria dessa faca direito!
    E aí eles ficam brigando ali, mas vamos logo a parte que lhes interessa!

{NAYLA ON}

Eu parei de correr quando vi que eu já havia me perdido da Maria, eu sentia que eu não iria acha-lá novamente se eu tentasse correr atrás dela então decidi esperar. Eu estava no meio do mato , eu só conseguia ver árvores e as folhas caídas na grama, aquilo era bem bonito! Mas ainda estava preocupada com minha amiga, eu tinha medo de que aqueles homens conseguissem alcançar a Maria, eu não sabia oque fazer! Eu espero que ela fique bem '-'

{NAYLA OFF}

Maria então, segue uma estrada de terra que a levou a ter uma vista de uma mansão.
  - Uma mansão? Uhuuu! Tô salva!!!! - Ela corre até a mansão, vê um portão e ela abre. Maria chega na porta principal que abre sozinha - Macumba '-'

Ao entrar na mansão ela se dá de cara com um homem não muito alto e de cabelos marrons-avermelhados.
  - Olha só oque temos aqui... - ele dá uma pequena risada.
  - ME DESCULPE!!! EU NÃO QUERIA INVADIR SUA CASA!!!! POR FAVOR, NÃO ME MATA SÔ MUITO JOVEM PRA MORRE!!!!
  Do nada, ele ri novamente e agarra a Maria pela cintura e lambe seu pescoço, mas um homem de óculos aparece e o interrompe.
  - Laito! Já disse isso para o seu irmão, terei que falar para você também? Suas atividades leve para seu quarto!
  - Reiji, porque sempre estraga meus melhores momentos? - ele solta a Maria mas continua com seu mesmo sorriso.
  - E quem é você? - o de óculos pergunta.
  - Eu? B-bem... Meu nome é Maria Fernanda mas pode me chamar apenas de Maria.... Olha! Eu não sei de nada! Apenas sei que acabei de chegar com minha amiga que agora está perdida no meio do mato pelo oque eu saiba, porque dois homens esquisitos começaram a nos seguir e acabei entrando aqui... Sem querer... Mas eu preciso achar minha amiga urgentemente, deixe-me ir! Foi apenas um engano!

Todos que viviam naquela Mansão apareceram do nada, apenas uma garota loira que veio correndo e perguntando:
  - Aconteceu alguma coisa, Reiji? - ela olha para a Maria - Quem é essa?
  - Ela se chama Maria, ela disse que chegou aqui porque começaram a seguir ela e mais uma amiga... Bom, Maria, irei te apresentar a todos:
Eu me chamo Reiji, estes são Ayato, Kanato, Laito, Shu, Subaru e Yui.
  - Prazer povinho, bem... Melhor eu ir agora, né? Hihi... - Diz Maria com um pouco de medo.
  - É falta de respeito sair desse jeito, não é mesmo? Você ficará aqui até acharmos que você precisa ir ou até encontrarmos sua amiga. - Disse Reiji bem sério.
  - Oque? Eu não posso ficar aqui! Eu preciso voltar amanhã mesmo! Eu não queria que nada disso tivesse acontecido!
  - Não me importo se você precisa voltar amanhã, aqui é mais seguro para você!

FICOU DE NOITE E ATÉ AGORA NADA DA NAYLA, MARIA TINHA LIGADO PARA ELA VÁRIAS VEZES MAS ELA NÃO ATENDIA...

Maria colocou seu pijama, apagou a luz do quarto e deitou na cama dela.
   - Ai Nayla, porque até agora você não apareceu?

Do nada, Maria escuta uma voz feminina gritando seu nome bem alto, e ela só se lembrava de uma pessoa: da Nayla.
   - É a Nayla! - Disse Maria sentando na cama correndo - Eu preciso ir até ela urgente! - Ela colocou uma bola debaixo das cobertas para fingir ser ela dormindo, pegou todos os seus lençóis e fez uma corda com eles para descer pela janela porque eles haviam trancado todas as portas da mansão. Após descer lá em baixo ela olha para o lado e vê Reiji de braços cruzados perguntando-a para aonde ela iria.                                - Eu vou procurar a Nayla! - Disse ela bastante séria.                                                                                                                                                - Não posso permitir que você faça isso!                                                                                                                                                                      - Mas eu vou assim mesmo! - ela corre para a mata a procura de Nayla - Nayla! Cadê você?                                                                                  - Maria? Onde você tá? - Gritou Nayla.                                                                                                                                                                      Enquanto isso, Reiji apenas ficava parado ali com seus braços cruzados esperando algum "milagre" acontecer. E de trás de uma árvore, sai uma garota de cabelos rosas e ela grita:                                                                                                                                                                         - Maria! - ela corre e abraça a Maria.                                                                                                                                                                           - Nayla! - Maria abraça ela também - E aí? Você está bem? Está machucada? Eles conseguiram te pegar? Você está mesmo viva?????           - Calma, eu estou bem!

CONTINUA...

 


Notas Finais


Então é isso ! Espero que tenham gostado e até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...