História Uma vida e uma lâmina (temporariamente parada e reescrita) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amigos, Mutilação, Superação
Visualizações 369
Palavras 720
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como já falei em comentários minha última prova vai ser na quinta!
Vou postar mais regularmente... Eu também tenho raiva de histórias acabadas sem clímax ou pausadas! Vou fazer de tudo para isso não acontecer.
Fique agora com a história! ;)

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Uma vida e uma lâmina (temporariamente parada e reescrita) - Capítulo 2 - Capítulo 2

                                                    

 Acho uma porta e quando bati nela, ouço um grito, a voz parecia rouca.

- Entra! Está aberta!

 Já dentro da sala, quando vou repararar melhor vejo um menino loiro de olhos amarelados com um sorriso branco. Esse vai para a lista de crush ♡

- Aqui é a sala do representante?-pergunto entrando.

- sim e eu sou o....  -O interrompi e tomei a voz - Nathaniel, ou para os "íntimos" Nath

 - C-como sabe disso?-me perguntou gaguejando. 

 - Meus irmãos estudam aqui... Tudo bem sobre te chamar assim?- disse de forma monótona.

- Legal! Ah -ele estava corado- pode sim...

 - mas mudando de assunto, qual é a minha sala? -falei atropelando as palavras.

- É a 4B, a mesma que a minha... Sabe onde fica? -me perguntou de forma convidativa.

- Não.

 Fui muito seca com ele, mas não gosto de fazer amizade, elas servem para que? Te machucar e tirar sangue! Mas tadinho! Ele é fofo! 

- Então vamos? Logo começaram as aulas! -disse com o bom humor de antes. 

 -Está bem. 

 Conversamos algumas besteiras variadas e chegamos a sala. Sentei na carteira vazia, ficava na terceira cadeira da primeira fileira. Mas a paz acabou quando o prefessor me chamou e pediu para ir me apresentar.

- Sou Safira, meu sobrenome não interessa, tenho 16 anos e dois irmãos. Só isso mesmo. Curto musicas e gênero pop, rock e clássico. -disse e me sentei novamente.

Sim, fiquei na sala dos dois, mas não ligo, alguns tentaram falar comigo, outros me olharam feio, principalmente uma menina vestida com sacos de batata... a aula foi horrível... tive quase de tirar os óculos de sol,  uso ele porque acho meus olhos sem vida. Cinzas. mas uma desculpa deu para o caso. E tambem eles são bem sensíveis, no caso hoje estava com uma grande alergia.

Nem havia tocado direito o sinal e o Nathaniel se aproximou da minha mesa.

- Agora vou lhe mostrar meus amigos!- Nathaniel falou me puxando 

 - Ok, eu acho... Quem é a professora da próxima aula?- disse para quebrar o gelo. 

- Delaine. Você vai se dar bem -responde sorrindo.

 Ficamos andando pelos corredores e, NADA! Fomos até as salas e também nada, a escola em geral é muito bonita e acolhedora, apesar de ser rosa. Estamos indo para o refeitório, e... não pode ser! Meus irmãos! Que bosta! Mas vou me fazer de despercebida.

- Bom dia, essa é a aluna nova! -Nath exclamou aos presentes.

 - Oi, Rosa, Íris, Armim, Castiel, Alexy, Fernando e Diogo -disse para ver a dar deles.

- C-como você sabe disso? Porque usa essa toca? É fora de moda! -disse a platinada.

-Essa eu respondo, tem o rosto de uma aberração!

 -Cala a tua boca! Já não basta em casa! Só porque é diferente? E esse apelido não muda não? Se toca!- já estava irritada.

 - Vai embora Safira- disse Diogo sendo arrogante, bendita tpm eterna...

 - Como assim em casa?- intrometeu Rosa

- Não fala de mim é? Meu amado irmãozinho !- explique essa otário. 

 - Você tem uma irmã e não fala? Vocês dois!  -Alexy disse indignado.

 - Então tira esses óculos escuros e fala de novo, ou essa toca? Quem sabe isso ajuda para a nossa resposta! Parece até adotada Safira!- caçoou Diogo

 - Não... Eu não quero.

- Se não é por bem.... vai por mal!- Diz Fernando.

 - Me larga imbecil! Caramba, me solta! Larga! Solta Fernando! 

 E nisso tiraram minha toca, isso não pode ser real! Tá. Não sou feia, mas a vida e minha! E meus óculos! Quebraram! A única reação era gritar, mas me calei. Além do mais, estava machucando os cortes. Não gosto que digam que sou adotada, machuca.

- Vai contar pra mamãe Safirazinha...- Fernando disse no pé do ouvido.

- Feliz? Agora me esquece! Quero sair daqui!

 Sai correndo e quando estava prestes a pular o muro ouço uma voz, não sei de quem foi mas me fez parar e respirar novamente.

- Sai daí! Só eu posso fazer isso, né Safi? Hahaha! -disse Castiel descendo do muro.

Escutar mais disso? Nunca a minha lâmina está me chamando! Espero que dê essa vez ela me mate logo... Quando chego em casa não vejo ninguém. Corro até o banheiro, faço alguns cortes, e quando menos percebo, minha visão fica turva. Acho que consegui meu objetivo

 


Notas Finais


Bjxx de nutella ♡

MEREÇO COMENTÁRIOS?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...