História Não deixe acabar (Hiatus) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Armin, Castiel, Kentin, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais
Visualizações 343
Palavras 867
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aceito comentários intrutivos , plágio é crime ! Denuncie!

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Não deixe acabar (Hiatus) - Capítulo 3 - Capítulo 3

                                        

 Tudo fica mais escuro, caio no chão e começo a perder os sentidos... Acho que depois de hoje, ninguém vai me ver novamente. Espero. Meu  motivo não é acabar com a vida. E sim com a dor.

                                     PVO's Fernando 

- Então e agora? Estamos fudidos...-disse desesperado 

- Cara, foda-se a aberração! Tomara que suma da nossa vida!- Me responda Diogo 

- vocês que são irmãos da Safira?- o platinado aparece de repente. Curioso.

- sim por que? Você e ela se dariam bem juntos!- Diogo diz piscando o olho para mim.

- Verdade!- completo rindo

- Porque? Não compreendi...- Pergunta Lysandre de um jeito tosco

-Duas aberrações! Cabelo branco a essa idade!- dissemos juntos

- Agora sai daqui tem os mais coisa que fazer.- fala Fernando

Ele não disse uma palavra, só saiu. E também quer saber, esquece! Vamos continuar a brincadeira.

 - Aproveita e também chama a Rosa!

 Sinceramente odeio todos que são assim, meio que únicos! Roubam toda a atenção, minha irmã desde pequena tem algumas doenças, corre risco de ter leucemia, pelo fato de ser muito branca, tipo albina. Mas tambem cansa. Sempre que algo acontece. Ela primeiro. Não. Isso não é ciúmes. É a realidade.

- Oque tanto pensa?- Diogo me chama

 - Nada que te enteresse!- fui direto ao ponto

- Eai? Oque fizeram de bom?- Castiel chega pondo a mão no meu ombro

 - Zuamos a Rosa e o Lysandre, bando de escrotos e...- Diogo mal pode terminar de falar pois Castiel o interrompeu

- Você pode até falar da sua irmã, mas da Rosa e do Lysandre nunca! Agora da licença vou ver como eles estão. 

Ui! Ui! Bad boy defendendo os amiginhos, que descoberta interessante.

 - Bora pra casa?- bati de leve no ombro do Diogo Diogo concordei.

- Sim, menos três aulas não faz mal.. Acho. 

Chegando em casa, vejo a porta do quarto da Safira aberta, e quando entro... Fudeu! A mina tá apagada! 

- Diogo! Corre vem no quarto da Safira! olha oque essa doida fez!- Gritei para o mundo e mais um pouco. 

- QU....QUE PORRA E ESSA?- Diofo fala a recuperando de subir tão rapidamente as escadas.

Ela estava no chão toda cheia de sangue... Oque aconteceu? Que ótimo! Agora aprendi uma nova equação, presta atenção! É fácil.

 Minha irmã suicídio = Diogo e Fernando na mesma cova. 

Rápido e ágil para usar, logo as universidades irão adicionar no currículo e base dos alunos.

- Não sei, temos que dar um banho nela, e ver de onde o sangue está saindo. Nos a odiamos, mas não devemos deixar ela morrer! Não vamos ser tão ruins!- Respirei fundo antes de ouvir a resposta do Diogo.

 Diogo- Esquece, eu me recuso a dar banho nisso! 

*Ah! ELE VAI SIM!*

 Eu- Então eu falo à mãe quando ela chegar tudo oque você fez com ela! 

Diogo- Fechado, eu te ajudo e você fecha a boca. 

*Estávamos levantando ela e levando até a banheira. Quando estávamos tirando sua blusa, MANO! Ela era perfeita, pra mim, não curto meninas com um peito grande. Mas a alegria durou pouco, quando vi seus braços, meu coração parou, ela se auto-multilava...Por minha culpa.... minha e do Diogo...*

 Eu- Não acredito nisso, ela fazia isso a quanto tempo? 

Diego- Sei lá, deve ser a bastante, olha as cicatrizes. 

Eu- É tudo nossa culpa! 

Diogo- Foda-se agora ela morreu. 

Eu- Não idiota ela ainda pulsa! 

*Com muita dificuldade eu dou banho nela, depois ainda tive de troca-la, acabei sentindo ereções  em vários momentos... Já era tarde, quase hora de meus pais chegarem... Quanda a vejo acordar sua pele estava branca como a neve, lábios num tom de rosa, e com um camisetão velho, ela estava com os braços de fora, e ao ver isso se assustou* 

                                       PVO's Safira 

Eu- *estava com medo, descobriram meu segredo, e com isso... motivos ainda maiores para me machucar, para minha sorte, antes de tudo apagar, guardei minha bolsinha e as minhas amiguinhas. Tudo isso por conta de uma palavra, ou melhor uma frase.. Eles me odeiam... mas eu nao tenho culpa de nascer assim.*

                              LEMBRANÇAS 

Eu- Maninho vamos brincar?

 *nessa época devia ter uns 5 anos* 

Diogo- Caí fora, não quero pegar nenhuma doença! 

Fer- Vê se vira água e vaza! 

Eu- Mas eu gosto de vocês! 

Diogo- Não devia porque para nós dois você é adotada! 

Eu- *se aquilo foi o pior dia da minha vida? Ainda tinha que acontecer mais coisa...* 

                             REALIDADE 

*Depois de um tempo, a nossa convivência piorou muito. Mas sempre me controlava. Até que um dia cai. Pois sou humana. Programada para cair.*

 Eu- Sai de perto de mim! Pelo visto na viu o mal que me fez! E tudo isso? Simplesmente por me chamar de adotada! Chega né? Não adinta bancar o bom irmão agora!

Fer- Desde quando você faz isso?

 Eu- Não te interessa! 

Diogo- Fala logo resto de lixo! Não me obrigue a te fazer falar!

Eu- Se você quer saber! Desde que eu tinha 8 anos! Gostaria de ter morrido a tempos atrás! Mas como nunca da certo e eu acordo depois de um desmaio, vou tomar veneno ou me jogar de algum lugar alto o suficiente para entrar em coma!   

*Acho que exagerei um pouco. Mas logo, não seria capaz de aguentar.*


Notas Finais


Bjxx de nutella ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...