História Uma vida e uma lâmina (temporariamente parada e reescrita) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Viktor Chavalier, Violette
Tags Amigos, Mutilação, Superação
Visualizações 281
Palavras 782
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estava sem criatividade... espero que gostem ♡

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Uma vida e uma lâmina (temporariamente parada e reescrita) - Capítulo 6 - Capítulo 6

*Será que ele tinha me segurado? Será que ele resolveu me ajudar? Será que ele mudou de ideia tã rapido?*

*Fique refletindo sobre isso até que Diogo acordou*

Eu- O que você está fazendo aqui?

Diogo- É que meu quarto estava cheio de tralha!

*Seiii... Você ainda é meu irmão sabia? '-' *

*Com isso, me encolhi num canto da cama e dormi*

*Meu despertador tocou e fui ao banheiro fazer minhas higienes, tomei um banho e coloquei uma calça jeans, uma blusa de manga longa, um tênis branco e uma camisa xadrez amarrada na cintura*

*Fui para a cozinha, tomei um suco natural de laranja e fui para a escola. Chegando lá, vi a Rosa conversando com um menino alto, de cabelos pretos, não sei quem era, mas decidi deixá-los em paz*

POV's Lysandre

*Eu tenho dó da Safira, eu não sabia que Fernando e Diogo faziam isso com ela, ficam atormentando ela. Ah, fazem isso comigo também, mas pelo visto nem tanto. E tambem, sei me defender. Eu queria ajudá-la, mas não sei como*

*Fiquei perambulando pela escola e vejo Safira sentada em um canto do pátio ouvindo música.  Fui até ela e tirei um dos seus fones*

Safira- Ei!

Eu- Me desculpa, não queriate encomodar. Tudo bem com você?

Safira- sim por que? Tem algo de errado?

Eu- Nada, eu só queria te pedir desculpas por ontem, por ter dado risada de você. 

Safira- Já acostumei.

Eu- Posso te indicar um psicólo... *Ela nem me deixou terminar :(*

Safira- EU NÃO PRECISO DE UM PSIQUIATRA!!!

*Eu disse psicólogo, isso não é vitoriano*

Safira-  EU NÃO SOU LOUCA!!!

*Okay, não era para acontecer isso! Um plano B... plano B... Esqueci!*

PVO's Safira

*O que ele acha que eu sou? Louca? NÃO SOU LOUCA!... sou?*

*Não aguentava mais ficar ali, por isso sai correndo e quase chorando. Bala! O que ele pensa que está fazendo? Ele quer piorar a situação?*

*Fui para casa, não estava com cabeça para aula, na verdade, sem cabeça para nada*

POV's Fernando

*Vi Castiel e fui conversar com ele, não tinha visto Safira hoje ainda.*

Eu-Você viu Safira? Ela sumiu.

Castiel- Ela estava falando com o Lysandre, por que? *Ele me olhou sorrindo*

Eu- Não é nada... pare de me olhar assim eu ainda odeio minha irmã ok?!

Castiel- Hm sei... hahahah.

Eu- Vou falar com Lysandre.

*Fui até ele, que estava no pátio*

Eu-Você viu a Safira?

Lysandre- Eu estava falando com ela só que ela saiu correndo e não voltou mais. Deve ter ido esfriar e acalmar os pensamentos.

Eu- Ah não... acho que ela foi para casa... o que você fez...? Fudeu...

Lysandre- O que foi?

*Sai correndo para casa procurando por Safira*

POV's Safira

*Passei no parque que fica em frente a minha casa, lá era muito bom. Relaxante. E também, tem o Kaleb, um amiguinho meu de 4 aninhos ^^ *

*Chegando em casa fui direto para meu quarto, chorando, pouco, mas algumas insistiam em cair. Acho que estou com TPM...*

 *Deitei em minha cama e fiquei pensando em como seria se eu não fosse assim. Seria melhor? Talvez não. Talvez eu ainda vou ser importante. Vou ajudar quem puder..* 

 *De repente ouvi o portão de casa abrir, mas nem liguei, minha cama está macia de mais para me importar* 

 *Fui para meu banheiro, peguei a minha querida lâmina e fiz três cortes em um dos meus pulsos. Me fazia bem (não sou masoquista, mas alivia um pouco). Sangue escorria pelo meu corpo e pelo chão. Vi pelo espelho a porta de meu quarto se abrir* Fernando- Safira! Cadê você? 

 PVO's Fernando 

 *Não vi a Safira durante o caminho. Abri o portão de casa e fui direto para o quarto dela, sabe lá oque essa doida vai fazer* 

Eu- Safira! Cadê você? 

 *Quando vi sangue no chão de seu banheiro fui correndo para lá. Que coisa. Garota teimosa.*

 Eu- Safira! Pedi para não fazer isso novamente! 

*Havia sangue por toda parte da pia branca de marmore, e Safira estava se olhando no espelho. Não liguei para o sangue, mas dei um abraço nela. Peguei sua mão e vi de onde saía tanto sangue: de três cortes em seu pulso! De novo? Oque eu acabei de dizer?* 

 *O Lysandre tem algum problema? Por que ele fez isso com ela? Ah... ele não poderia prever que isso ia acontecer e acho melhor que ninguém saiba mesmo: nem mamãe e papai devem saber* 

 Safira- Sai. 

 Eu- Você não pode parar de fazer isso? Já não chamou muita atenção? Ah! ESQUECI! EU SOU A SAFIRA! PERFEITINHA E INTOCÁVEL! 

 *Eu não tinha percebido que Diogo estava em casa... E tambem acho que falei  muito, ela chorou baixinho, como um sussurro. Parabéns Fernando! Cala a merda da sua boca!* 

 Diogo- Safira... o que aconteceu? 

 PVO's Diogo

 Safira- De-desculpa, vou limpar tudo 

*ela estava quase chorando... Essa ideia de xantagem não pode continuar...* 

 Eu- NUNCA! Esquece isso!         




Notas Finais


Obrigada por lerem
Bjxx de Nutella ♡ ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...