História Uma Vida Pouco Ou Nada Normal - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~MaryMLB

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Feiticeiros, Lobisomens, Originais, Sereias, Sobrenatural, Vampiros
Exibições 21
Palavras 5.714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi pessoal!
Ois!
~~
Estamos aqui para mais um capítulo,e antes de tudo,pedimos desculpa pela demora!Tentaremos que não volte a acontecer!
~~
Aproveitem o capítulo!

Capítulo 6 - Acredita que não vou ter!


Fanfic / Fanfiction Uma Vida Pouco Ou Nada Normal - Capítulo 6 - Acredita que não vou ter!


Pov Leanary:

Estava no meu quarto ainda a pensar o porquê de ele ter ajudado a Maya.Isto é muito estranho...Porquê?Era a pergunta que rondava na minha mente.Ele primeiro começa com ceninhas,a tentar deixar-nos assustadas,depois eu e as gémeas somos raptadas por causa dele,e por último ele ajuda a Maya.Estranho?A 100%.Enquanto eu estava perdida nos meus pensamentos a Maya entra no quarto.
-Lea,porquê que não o quiseste ouvir?
-Ouvir?Ah não sei...acho que ter sido raptada por ele é uma boa razão!
-Eu sei disso,mas ele pareceu supreendido com o que aconteceu.E ele ajudou-me!
-Isso é razão para o desculparmos?
-Não,claro que não.Eu própria não confio nele.Mas ele ajudou-me.Pelo menos isso deve contar para algo.
-Tens razão...desculpa é que...eu simplesmente não o suporto!!
-Somos duas!
-Três!
-Quatro!
-GÉMEAS!-dissemos eu e a Maya.
-Ah...falou!-disse a Bibi,saindo.
-Ah...o que ela disse!-disse a Lili saindo em seguida.
Eu e a Maya olhamos uma para a outra e rimos.

Pov Maya:

~Quebra de Tempo~

Era de noite e a nós estávamos sentadas na sala.A Bibi no computador a jogar Minecraft,a Lili a falar por mensagem com o Matteo,e eu e a Lea a lermos fics.Nesse momento a campainha toca:
-Bibi!-disse.
-Lili!-disse ela.
-Lea!
-Maya!
Revirei os olhos e levantei-me,indo abrir a porta.
-Maya!
-Tia!-abracei a minha tia e ela entrou.Fechei a porta e voltei a sentar-me no sofá.
-Como foi o vosso dia na zona neutra meninas?
-Ah nada de interessante.-disse a Lea.
-Parecia uma floresta normal-falei.
-É.Nada de especial.-disse a Lili.
-Não achei que fosse fixe.-disse a Bibi.
-Ok...-a tia encarou-nos com uma certa dúvida mas logo sorriu novamente-Vamos jantar?
-Eu cá já comia!-disse a Bibi a passar a mão na barriga.
-É bora!-falei.
-Também estou com fome-disse a Lili
-Vamos!-falou a Lea.
Nós as quatro fomos até á cozinha e a tia apenas foi atrás,supreendida por estarmos a concordar.Normalmente apenas íamos para a cozinha,mas ter aquele acontecimento e todos os outros,ainda tão recentes na nossa memória estava a afetar-nos,com certeza.Nenhuma de nós queria que a tia desconfiasse.Antes eu e a Lea queríamos contar as coisas,mas agora estamos a achar melhor guardar entre nós as quatro. Afinal,ele é apenas um vampiro que não vai afetar as nossas vidas.E o rapto delas?Já passou não já?Então,é seguir em frente e apenas termos mais cuidado...Eu espero...
A tia serviu o jantar e nós apenas começamos a comer,em silêncio total:
-Bom meninas,nestes dias algo de novo?
-Não.-falei.
-Nada-disse a Lea.
-Nope.-negou a Bibi
-Nicles!-disse a Lili
-Meninas,de certeza?-disse a tia já a desconfiar.
-Sim tia!-exclamamos todas.
-Muito bem...por enquanto passam.-disse a tia,voltando a comer.

Pov Lili:

Já acabamos de jantar e era a minha vez de ajudar a arrumar.A Bibi,a Maya e a Lea já tinham subido para o quarto:
-Lili,querida,de certeza que não aconteceu nada?
-Sim.Certeza...-falei a olhar para outro lado.
-Podes me contar.-disse a tia.
-Não é nada tia.Acredite.
-Darei o benefício da dúvida desta vez.
Acabei de ajudar a tia e subi para o quarto.A Bibi já estava de pijama,deitada a jogar no computador.Quando ela notou a minha presença pousou o computador de lado e olhou para mim:
-Fiquei preocupada...-disse ela.
-O quê?-perguntei confusa.
-Quando aconteceu aquilo...
-Mana...
-Não voltes a ficar em perigo ok?-disse a ela a sorrir ligeiramente.
-Combinado.-disse enquanto ri.-E tu não voltes a dar uma de super heroína!
-Que é?Achei que alguém precisava de:Reforços!-ela disse isso enquanto se colocou em pé na cama com os braços para o lado,a fazer pose de salvadora do dia.Voltei a rir e ela também.Ambas ficamos deitadas nas nossas camas a falar ou a fazer qualquer coisa.

Pov Leanary:

Eu e a Maya já estavamos de pijama,apenas porque queríamos estar com uma roupa mais confortável.Estávamos nas nossas camas a falar e a rir de uma coisa ou outra.
-Lea,já decoraste a cor dos olhos?
-Não.E tu?
-Também não.Pena,de certeza que a tia não nos ia deixar ir buscar o livro.
-Pois...a não ser que...-falei com um sorriso no rosto.
-O quê que estás a pensar?-disse ela com um sorriso como o meu.
-Acho menos arriscado tu usares o teletransporte do que eu usar a super velocidade.Podias ir até lá e trazer o livro!
-Boa ideia!Já volto!
Ela teletransportou-se e em 5 segundos estava ali de novo.
-Tens o livro?
-Ahãm.-ela assentiu e sentou-se ao meu lado.
-Onde é que era mesmo?-perguntou.
-Aqui.-folheei algumas páginas e lá estava aquela parte do livro.
-Pera aí,não vamos conseguir decorar no início.-ela levantou-se e rasgou uma folha de um caderno.-Apontamos aqui!
-Ok!

@Folha On@

Preto-Ódio
Castanho Claro-Curiosidade
Vermelho-Raiva
Azul Claro-Felicidade
Azul Escuro-Tristeza
Amarelo-Entusiasmo
Laranja-Medo
Rosa-Apaixonada/Amor
Verde-Confusa
Roxo-Impressionada
Lilás-Envergonhada
Verde Água-Nervosa
Bronze-Cansada

@Folha Off@

-As cores são estranhas.-disse
-Yah.Mas pronto...Agora...-A Maya fez uma coisa qualquer e apareceram 3 cópias daquela folha.Ela deu-me uma e amanhã daríamos uma a cada uma das gémeas.Ela voltou a ir colocar o livro lá e voltou ao quarto.

Pov Maya:

-Lea,o quê que achas que vai acontecer agora que ele sabe que nós somos irmãs?
-Não sei.E tu?
-Também não.Só espero que não volte a vir cá...Não não!Melhor!Que nunca mais o encontremos!
Ela riu e assentiu com a cabeça:
-Também espero!
-Ei!Queres ver um filme?
-Depende...fazes tu as pipocas?-perguntou ela desconfiada.
Estalei os dedos e apareceu uma taça com pipocas.Ela olhou para mim pouco convencida,revirei os olhos e voltei a estalar os dedos fazendo aparecer caramelo por cima.
-Assim sim!-disse ela a sorrir.Eu ri da reação dela e sentamo-nos na minha cama a assistir um filme.

~Quebra de Tempo~
Acordei ao mesmo tempo que a Lea.Isto acontece com frequência,deve ser por sermos gémeas.Aliás,todas as fotos antes de os nossos pais...não preciso de dizer,nós as duas estamos com as mesmas roupas.Ficávamos muito fofas.Continuamos a ficar parecidas quando ambas usamos calções/shorts e t-shirts no mesmo dia.Mas agora temos mais o nosso estilo individual,mas também não difere muito.
-Bom dia!-falei.
-Bom dia.
-Tudo bem?
-Anh?S-Sim!Tudo!Vou me arranjar,até já!-ela foi rápidamente até á casa de banho e fechou a porta.

Pov Leanary:

Fui até á casa de banho e fechei a porta.Sorte a minha é que deixei a roupa de hoje aqui ontem.Tomei banho,arranjei-me e saí para o quarto.
-Eu vou tomar banho!-disse a Maya.
-Ok!-falei pegando numa revista.Comecei a lê-la mas não consegui parar de pensar naquilo.Pensar em quê,perguntam-se.Eu respondo:no sonho que tive.Sim,sonho.E é por ter sido um sonho que estou receosa.Eu acho que aquele vampirinho pode ter controlado o meu sonho.Porque,eu nunca iria sonhar que...ah nada.A Maya saiu já vestida e as gémeas entraram no nosso quarto já vestidas.Começaram a dizer coisas ao mesmo tempo enquanto apontavam uma para a outra ou faziam gestos e tal.
-Resumindo:A Lili estava a escolher um vestido enquanto bebia água e a Bibi estava a jogar Minecraft e gritou porque uma Bruxa a matou e isso assustou a Lili que deixou cair água no vestido.-comecei a dizer eu.
-Depois:a Lili começou a reclamar com a Bibi e a Bibi ignorava-a,até que a Lili lhe tirou os fones e o microfone,a Bibi em seguida começou a segui-la pelo quarto e vieram parar aqui para se queixarem.-completou a Maya.
-Faltou-nos algo?-perguntei com uma carinha inocente.
-Não...-falaram.
-Ótimo e lembrem-se...BATAM Á PORTA!-gritamos eu e a Maya.Foi só elas saírem do quarto e nós desmanchamo-nos a rir.Ao longo dos anos aprendêmos a perceber a maluquice das nossas irmãs.
-Somos muito más?-perguntei irónica.Esperei uns 3 segundos e dissemos ao mesmo tempo-Nãhh...-irónicas,claro.
-Mana,tudo bem?
-Sim!Ótimo!Vamos?
-Claro!

Pov Maya:

Fingi que acreditei,mas não estava nem perto de estar convencida.Descemos e a tia estava a preparar o pequeno-almoço.
-Bom dia meninas!
-Bom dia!-dissemos em coro práticamente.
-Dormiram bem?
-Sim!-estranhei a Lea não responder.Ela parecia pensativa.
-Lea?-disse.
-Ah sim?
-Dormiste bem querida?-perguntou a tia.
-Claro tia!Obrigada.
-Chamem as vossas irmãs para tomarmos o pequeno-almoço.
-Estamos aqui!-ouvimos a voz da Lili e elas apareceram a andar calmamente como se ainda á 15 segundos não estivessem a chatear a outra.
-Bom dia pequeninas!
-Tia,já não temos 5 anos.-reclamou a Bibi a cruzar os braços.
-São mais velhas do que eu ou do que as gémeas?-perguntou a tia.
-Não.
-Então serão sempre pequeninas!-respondeu triunfante.A nossa tia arranja sempre forma de responder.Até é engraçado de se ver.
-Ok ok!-falou a Bibi enquanto levantou os braços para cima como se estivesse a render-se.
Tomamos o pequeno-almoço e a tia avisou-nos que íamos ter uma aula de teste de poderes até á hora de almoço.Nós já sabemos coisas básicas,mas coisas mais elaboradas não percebemos nada e nem conseguimos.

~Quebra de Tempo~

Estávamos agora no refúgio dos feiticeiros.Seria lá onde iríamos ter as nossas aulas:
-Maya e Lea nas cadeiras da frente,Lili e Bibi atrás.
Parece que estamos na escola.Olhei para a Lea e ela parecia ter pensado na mesma coisa,resultado?Nós as duas a tentarmos não rir.A "aula" decorreu normalmente e quando acabou todas suspiramos de alívio.
-Nunca fiquei tão cansada!-exclamou a Lili quando já estávamos no quarto.
-Nem quando foste aos saldos e a loja estava C-H-E-I-A?
-Mais do que nos saldos!-respondeu ela.
-Mana,estás com febre?-perguntou a Bibi.
-Ha ha...-A Lili fez uma cara de amuadinha mas só na brincadeira.-Mas falando em shopping,vamos lá hoje?
-Pode ser.-disse a Lea.
-Eh...-a Bibi fingiu uma cara de vómito-Nem pensar que eu vou ao shopping.
-Queres apostar?-perguntei.
-Man...-falou a Bibi.Eu sorri e teletransportei-nos para perto do shopping,onde não estava ninguém.
-Se cá estou,vou á loja de desporto!
-Vou contigo ou ainda arranjas problemas.
-E eu vou com a Lili ou quando sairmos daqui vamos sair com 0 de dinheiro e 100 de coisas por pagar!-falou a Lea.

Pov Leanary:

Fui com a Lili e como já a conheço sei que vai demorar para aí 25 minutos.Se estiver num dia de compras rápidas!Fui até ás traseiras do shopping e liguei a um amigo meu que estava em viajem.
-Estou?Oi Luís!Sim,tudo.E contigo?Ahãm.Estou no shopping com as minhas irmãs.A sério?Depois contas-me melhor!Ok,tchau beijos.-desliguei a chamada e guardei o telemóvel na minha bolsa.
-A falares com um amigo?-virei-me e não vi ninguém.Ah mas o quê que eu fiz para merecer isto?!Só podia ser ele.
-E que tal teres coragem e apareceres?
-Com todo o prazer.-nesse momento um vulto saiu das sombras e revelou o rosto que eu já calculava que era.
-Podes parar de nos seguir?!
-Achas que eu vos estava a seguir?
-Eu nunca acharia algo assim.Eu A-F-I-R-M-O!
-Calma Lea.
-Se tu me voltas a chamar Lea...
-O quê?-perguntou ele aproximando-se.-Estou curioso,diz lá.
-Não queiras ter resposta.-respondi secamente.
-Ficaste menos corajosa?-perguntou ele encarando-me com um sorrisinho.Ai e ele ainda acha graça?Este aqui realmente!
-Ao que parece sim.
-Eu vou te dar um tapa se não te calas.
-Uou calma!-falou,fazendo uma falsa cara de medo só para gozar com a minha cara-Uma pessoa vem pedir desculpa e tu ameaças.
-Ameaço sim.E só não cumpro porque tenho mais que fazer.E agora que penso nisso,pedir desculpa?!Isso não ajuda em nada!
-Tu é que sabes...-falou com um sorrisinho,desaparecendo nas sombras.
-Não sei o teu nome,mas sei que te odeio.-sussurrei para mim mesma.
Voltei para o shopping e fui á loja onde a Lili estava,a Maya e a Bibi já lá estavam:
-Onde estavas?-perguntou a Maya.
-Estava a ligar ao Luís.-respondi enquanto pensei no que acabara de acontecer.
-Ok...

Pov Maya:

A Lea não parecia bem.Será que aconteceu mais alguma coisa?De certeza que não,ela contava-me.
-Aqui não tem o que eu quero.Vamos?-a Lili dirigiu-se á saída e nós apenas fomos.

~Quebra de Tempo~

Estamos em casa e a nossa tia está aqui.A Bibi começou a chatear a Lili e a certa altura sem querer molha-a.
-Boa!-exclamou ela chateada.Ela secou-se e foi atrás dela para o quarto.
-Finalmente sossego!-a tia virou-se para nós um pouco séria.-Meninas,eu estou com vocês desde que vocês são bebés praticamente.Conheço-vos melhor do que qualquer pessoa no mundo.O quê que se passa?
-Nada tia.-respondi.
-Não se preocupe.
-Bom...vou confiar em vocês!Agora,tens conseguido controlar os feitiços Maya?
-Na maioria das vezes sim.Tem sido fácil controlar os que sei,mas os novos ainda tenho que treinar.-falei.
-E tu Lea com os poderes e habilidades?
-Tenho conseguido usá-los bem!
-Fico feliz.As vossas irmãs têm conseguido?
-Sim!-respondi.
-Ok!Andem,ajudem-me a preparar a mesa para o jantar.
Fomos com a nossa tia até á cozinha e ajudamo-la a preparar a mesa para o jantar e também ajudamos a cozinhar.Pouco depois as gémeas desceram e jantamos.

Pov Bibi:

Depois de jantarmos eu e a Lili fomos para o quarto e eu fiquei a falar com o meu namorado,o Mateus enquanto a Lili foi tomar banho.Ele a certa altura ligou-me:

@Ligação On@

Mateus:Bibi?

Bibi:Oi Mateus!Eaí tudo?

Mateus:Precisamos de falar...

Bibi:Eu sei,tenho que te dizer os mods que eu usei naquele mapa.

Mateus:Não é isso.Eu acho que devíamos acabar,é que eu já não gosto de ti.

Bibi:Ok.

Mateus:Continuamos amigos?

Bibi:Claro que sim né?Bom,até logo!

Mateus:És demais,até logo!

@Ligação Off@

Desci e fui para o sofá ver televisão.Pouco depois desce a Lili e estávamos todas no sofá com a nossa tia:
-Ei meninas,eu e o Mateus acabamos.-falei naturalmente.
-A sério?Vocês estavam tão bem.-falou a Maya.
-Verdade.
-O QUÊ?!Ai mana,estás bem?-a Lili veio até mim e começou a abraçar-me apertadamente.
-Sim...-eu estava a achar exagerada a reação dela.Nós apenas acabamos.
-Queres falar?
-Não.
-Mas precisas de falar!-ela encarou-me preocupada e supreendida.
-Não preciso não.-esqueci-me que a minha irmã é demasiado feminina...Eu estou bem ela não percebe?
-Ai precisas sim!
-Não...Agora posso subir?
Ela suspirou derrotada:
-Claro,vai lá.És muito forte mana.

Pov Lili:

A minha irmã subiu e mal ela subiu eu comentei para as gémeas e para a tia:
-Ela está destroçada.-falei colocando a mão no peito.
As gémeas riram-se não sei porquê e eu apenas subi e fiquei a falar com o Matteo.

Pov Leanary:

~Quebra de Tempo~

Já são 11:30 e as gémeas e a tia foram-se deitar.Eu e a Maya estamos sem sono e viemos para o alpendre,estamos de pijama e cada uma com um cobertor,não que esteja muito frio.
-A reação da Lili foi engraçada á pouco.-comentou a Maya.
-Quando é que uma conversa das nossas irmãs não é divertida?-perguntei.Nós rimos e eu senti um pouco de frio,olhei para a Maya que parecia que também tinha ficado com frio.
-Está a começar a ficar frio.-olhei para a Maya e ela olhou para mim.
-Lea ouviste...?
-Humh.-assenti e olhamos em volta desconfiadas.Ficamos em posição de defesa,mesmo não estando ninguém na rua.
-Hoje sim é bom vir-se aqui.-ficamos costas com costas uma com a outra,já sabendo do que se tratava.
-Aparece!-dissemos ao mesmo tempo.
-Boa noite iniciantes.-olhamos para o lado e ele estava contra um pilar do alpendre.Eu mostrei os caninos e ele apenas riu-Calma pode ser?
-Sai daqui!-falou a Maya.
-Primeiro quero descubrir o quê que as vossas irmãs são. E se necessário lutar com vocês.
-Não me importo nada.-falei e comecei a atacá-lo.Ele não atacava,apenas se desviava.Mas que raio...?
-Lea,não te canses com ele!-a Maya falou e eu voltei para o lado dela.
-As vossas irmãs estão a fazer oh-oh?
-Lea?
-Maya?
Olhamos para a porta e a Lili e a Bibi estavam lá.
-Meninas,para dentro!-falamos.
-Oh não.-ele olhou para a torneira do quintal e usou o vento para a mover,molhando a Lili.
-Lili seca-te!-ordenou a Maya.A Lili fechou a mão e não se chegou a transformar.
-Sereia hãn?-eu e a Maya olhamos com os olhos vermelhos para ele.-E a outra?-olhei discretamente para o céu e vi que estava lua cheia.Bibi por favor não olhes!
-Bom,até agora nenhuma é igual,portanto...-ele pegou num espelho de modo a refletir a lua e a Bibi olhou.
-Auuuuu!-ela uivou e depois parou.

Pov Maya

Bolas!Agora ele sabe o quê que nós somos.
-Uma família interessante.Nunca vi irmãs todas diferentes.
Nós olhamos umas para as outras e ele depois olhou para nós uma a uma:
-A não ser que...Quais são as adotadas?As mais velhas?-nós ficamos a olhar para ele e ele deu um sorrisinho-As mais novas hãn?-nós olhamos para as gémeas e elas olharam uma para a outra.-Entendi.Mas são muito ligadas,não é recente.
-Já não chega de importunares as nossas vidas?!-a Lea deu-me o cobertor dela e foi até á frente dele,encarando-o.
Eu abracei as gémeas,uma de cada lado e olhei para ele a fulminá-lo com o olhar.
-Apenas juntei as peças.Vais fazer o quê para me impedir?perguntou ele encarando a Lea de volta.
-Não me testes.-falou a Lea aproximando-se mais,e séria.
-Acabei de o fazer.-ele também se aproximou e podia-se ver a irritação nos olhos da minha irmã e a provocação nos olhos dele.
-Lea,anda vamos entrar.-falei.
Ela veio ter comigo e antes ainda lhe lançou um olhar chateada e ele apenas deu um sorrisinho.É defenitivo:Nunca confiei neste rapaz,não confio e nunca vou confiar!E acho que a Lea igual.Entramos em casa e mandamos as gémeas subirem. Esperamos um pouco e olhamos lá para fora:Nada.Subimos para o nosso quarto e apenas ficamos deitadas a encarar a janela,com receio.Não sei quando,mas adormeci.Só espero que nos safemos desta.

Pov Bibi:

Ainda demorei um pouco a adormecer pois não parava de pensar se aquele vampiro ia tentar algo.Decidi confiar em mim e em que caso ele aparecêsse eu sabia defender-me.Acabei por adormecer com este pensamento.

~Quebra de Tempo~

Acordo e vou vestir-me:uma t-shirt com o desenho de um crepper e umas calças de ganga.Coloquei o meu boné virado para trás e calcei uns ténis.Voltei ao quarto onde encontrei a minha irmã já acordada:
-Bom dia Lili!
-Bom dia Bibi!
-Dormiste bem?-perguntei
-Yape!E tu?
-Também.Bom,até já!
-Onde vais?
-Vou dar uma voltinha antes do pequeno-almoço.
-Ok,mas tem cuidado!
-Pareces as gémeas,vou ter!
Ela riu baixo e foi-se vestir.Deixei o quarto de seguida, comprimentei a minha tia que já estava a preparar o pequeno-almoço e saí para dar uma volta.Fui dar uma voltinha ao lado neutro.
Quando já lá estou vejo que não está ninguém,então sento-me com as mãos sobre os joelhos e fico assim.Pouco depois ouço um barulho qualquer.
-Quem está aí?!-apressei-me a levantar-me e a ficar em posição de defesa.
-Ah pois,esqueci-me que tens audição apurada.-olho para trás e aquele vampiro dos outros dias estava lá.
Tentei lembrar-me do que pensei ontem,sobre me defender e essas coisas,mas de momento as minhas pernas não obedeceram.Fiquei parada enquanto ele me rondava.
-É perigoso andares sozinha.
-BIBI!-viro-me e estão ali a Maya e a Lea.
-Gémeas!
-Ora ora,as irmãs vêm salvar a mais nova?
-Grr...-a Maya e a Lea aguentaram-se para não responderem. Vieram até ao meu lado e a Maya segurou-me o pulso.

Pov Maya:

O plano era:quando a Lea desse sinal eu teletransportava-me a mim e á Bibi.
-Deixa.As.Nossas.Irmãs.-falei.
-A outra onde está?-perguntou com um sorrisinho.
-Isso pouco interessa-a Lea respondeu e olhou para mim assentindo ligeiramente.
Percebi e fiz o planeado.

Pov Leanary:

Agora sobrava eu e aquele intrometido.
-Finalmente.Vocês são muito lentas.
-Como assim?
-Mal vocês apareceram e a tua irmã segurou o pulso á mais pequena percebi o plano.
Arregalei os olhos,supreendida com o que ele me acabara de dizer.
-Tu percebeste?Se sim porquê que deixaste?
-Não é importante.Mas digo-te uma coisa és demasiado ingênua se não percebeste o porquê.
-Não me chames ingênua!
-Acabei de o fazer.E tu?
-Eu o quê?
-Ficaste aqui quando a tua irmã podia perfeitamente teletransportar-vos ás duas e a ela.Porquê?
Supreendi-me pela pergunta dele.Eu tinha ficado,porquê?
-O mais importante era tirar a Bibi daqui.-não era?Sim,claro que era!
-Mas isso não responde ao que perguntei.Ambas podiam sair.
-Olha e porquê que queres saber mesmo??
-Tenho os meus motivos.-ele aproximou-se de mim e ficamos a encarar-nos.
-E-E que motivos seriam?-vou admitir,fiquei nervosa.Estávamos nós os dois sozinhos,ele era mais experiente do que eu (mesmo que me custasse admitir) e podia fazer o que quisesse comigo,sem eu ao menos ter tempo de perceber.
-Motivos que eu sei,e por enquanto só eu vou saber Lea.-porquê que ele insiste em chamar-me Lea?!Nem nos conhecemos bem, nem simpatizamos sequer!Olhei para ele e só nesse momento percebi que ele tinha um fio com uma chapa tipo as dos militares.Olhei bem para a chapa e vi um nome,decidi arriscar.
-És demasiado misterioso,não és...Jack?
Ele riu baixo e voltou a encarar-me.
-Talvez não sejas tão iniciante.Até foste perspicaz.
-Isso é suposto ser um elogio?-é que se sim que raio de elogio!
Ele apenas deu de ombros.
-Intrepeta como quiseres.
-Agora quem está com medo hãn?-aproximei-me dele e fiquei a encará-lo
-Ninguém Lea.
Bufei e revirei os olhos.Espera,ele quer chatear-me!Este jogo pode ser jogado a dois.
-Eu acho que alguém.E eu não sou,Jack.Agora vou indo,já estou farta de te aturar!

Pov Maya:

Estou em casa com as gémeas e a Lea nunca mais chega.A tia teve que ir sair mas deixou-nos o pequeno-almoço que ela estava a preparar.Estamos na mesa a comer e ninguém fala,mas quem quebrou o silêncio foi a Bibi:
-A Lea nunca mais chega e...posso ficar com as panquecas dela??
-Bibi,maninha,pela milionésima vez-disse calmamente-...NÃO!-talvez não tão calmamente.
-Ok!-ela continuou a comer as panquecas dela e nesse momento chega a Lea.
-Porquê que demoraste?Ainda estavas lá?Ele fez-te algo?Estás bem?-disparei perguntas séria.
-Sim,não e sim.
-Não respondeste á primeira...
-Então meninas,o quê que é o pequeno-almoço?-ela perguntou e sentou-se.-Yahm,panquecas!
Porquê que ela não respondeu?

~Quebra de Tempo~

É de noite,estamos as quatro sentadas na sala e a tia vai ficar em casa de uma colega porque vai ajudá-la com umas coisas e assim é mais fácil.
-Bora jogar verdade ou comsequência manas?-perguntou a Bibi.
-Porque não?Eu alinho.-disse a Lea
-Também eu.-falei.
-Pode ser.-disse a Lili.
-Ok,começo eu:Lea,verdade ou consequência?-disse a Bibi.
-Verdade.
-Aconteceu algo durante o tempo que estiveste com aquele vampiro?
Olhei para a minha irmã que arregalou um pouco os olhos.
-Claro que não!!Que parvoíce!
-Ok,ok!És tu Lea.-falou a Bibi
-Hum...-nesse momento ouvimos um barulho nos quartos.
Fui para o lado da Bibi e a Lea para o lado da Lili.Fizemos sinal para elas ficarem em silêncio e subimos as quatro as escadas até ao quarto.Fomos primeiro ao quarto da Lili e da Bibi e não tinha nada de mais.Fomos até á nossa porta,contei baixinho até 3 e abrimos a porta.
-Nada...-falei-Então que barulho foi...?
-Hum...-a Lea olhou em volta,desconfiada-Deves ter razão e não foi nada...
-Meninas,eu quero ficar aqui,descam vocês ok?-falei.
-Eu também,descam vocês gémeas.
-Até já!-elas desceram e cada uma de nós se sentou na sua cama.A Lea continua a olhar em volta e eu decidi pergunta-lhe:
-Lea,porquê que não páras de olhar em volta?-perguntei.
-Por isto.-ela falou e nesse momento...
-Mas o quê que fazes aqui?!-perguntei.Aquele vampiro apareceu ali.
-Como é que percebeste?-perguntou ele com uma cara de curiosidade.
-Ouvir um barulho nos quartos e não ter acontecido nada?Nãh...-disse a Lea.
-O quê que queres?-perguntei fria.
Ele olhou para mim e depois fixou o olhar na Lea.
-Sim?-perguntou ela incomodada.
-Nada.-ele virou-se novamente para mim.-Era só para esclarecer que uma de  vocês é muito pouco atenta.
-Como assim?-perguntamos ao mesmo tempo.
-Não vos falta nada?
Olhamos uma para a outra de cima a baixo e paramos a olhar para o pescoço.Ambas tocamos nesse sítio e eu senti o meu colar com a medalha,já a Lea apenas sentiu o fio do colar.Olhamos para ele que segurava a medalha da Lea.
-Como é que...?
-Deixaste-a cair quando usaste a super velocidade de manhã.-falou olhando para a medalha.
-Dá-lhe a medalha.-falei séria,os meus olhos devem ter ficado vermelhos.Estas medalhas são muito importantes para nós.Olhei para a Lea e segui o olhar dela até á medalha.Olhei para os olhos dela que estavam um pouco azuis escuros.Ele deu um sorrisinho ao olhar para os meus olhos e depois olhou para a Lea e ficou a olhar para ela.Aquele sorrisinho desfez-se e ele ficou confuso a olhar para ela.A Lea continuava com o olhar fixo na medalha e eu a olhar chateada para ele.Ele aproximou-se da Lea e eu estava quase a intervir quando ele lhe estende a mão com a medalha.Ela ficou a olhar para ele com a boca ligeiramente aberta,mas não teve reação.Ele deu um sorrisinho e colocou-lhe a medalha.
-Obrigada...-a Lea ficou a apertar a medalha com força e eu acalmei-me e fui para o lado dela.
-É.Obrigada.
-De nada,e uma pergunta.Porquê que ficaste triste e tu com raiva por eu estar com a medalha?
-Não te interessa.-respondi séria.
-Por acaso sim,por isso perguntei.
-Não é da tua conta.-continuei séria.
-Tudo bem.-ele saiu da beira da Lea e ficou á nossa frente.Olhei para a Lea que abriu a medalha dela e ficou a vê-la.

Pov Leanary:

Acabei de prometer a mim mesma que não vou chorar.
-Porquê...?-acabei por soltar esta palavra baixinho.
-O quê?-perguntou ele.Talvez não tão baixo quanto eu queria.
-Nada...Nadinha....-fechei a medalha e apertei-a novamente com força.
-Eu não aguento estar a olhar para a cara dele.Vou para a sala!
-Mana não me...-nesse momento ela saiu- deixes sozinha com ele...
-Problemas em estar sozinha comigo?
-Já tivemos sozinhos de manhã.
-Tens razão mas não...num espaço fechado.Que ainda por cima é o teu quarto Lea.
Arregalei um pouco os olhos mas mantive a postura-Jack,páras de me chamar Lea?
-Nem penses Lea.
Fui até á frente dele e cruzei os braços.
-A sério?-perguntei arqueando uma sobrancelha.
-Sério L...
-Nem te atrevas Jack.-ele deu um sorrisinho e ficou a encarar-me.Eu encarei-o de volta e lembrei-me de algo.
-Jack,já tenho esta pergunta desde que aconteceu:Porquê que ajudaste a Maya a salvar-nos?
-Bom...-nesse momento a porta abre-se e a Bibi e a Lili entram.
-O quê que ele faz aqui?Estás bem?A tua medalha?-disparou a Bibi enquanto a Lili disparou outras perguntas.
-Ele veio por quem?Estavam a falar de quê?Porquê que estão muito próximos?
-Respondendo á Bibi:Veio me entregar a medalha.Sim.E aqui.Respondendo á Lili:Ué?Por ninguém concreto,entregar a medalha.Não é da tua conta Lili.Agora a última...-olhei para ele e afastei-me-Não estamos!-sorri e fui até elas-Agora...fora!-apontei para a porta e elas saíram do quarto.
-Bravinha.
-Cala-te pode ser?-perguntei fingindo estar com pouca paciência.E até estava!Ele riu.
-Ok ok Lea!
-Tu vais ficar sem caninos...!
-Não eras capaz.
-Era pois.-falei aproximando-me dele.
-Não eras não.-ele disse aproximando-se.
-Era sim!-aproximei-me mais e ficamos a centímetros.
-Ei mana tens os meus fon...UOU!QUE SE PASSA AQUI?!EU DESCO UM MINUTO E ACONTECE ISTO?!-olho para a porta e está lá a Maya com o queixo caído.Literalmente!
-Ei!Não aconteceu nada!
-Sei...Bom,tens os meus fones?Nunca sei onde os deixo!
-Em cima da cama!
-Obrigada!-ela pegou e saiu e antes ainda olhou para ele de cima a baixo,desconfiada e ainda chateada.
-Ela saiu pela segunda vez já.-comentou ele.
-E tu vais sair pela primeira e última!Mas pela janela!
-Ouch,magoou.-ele disse e eu ri um pouquinho.Espera!Eu não me ri,né?Bolas...-Última?Tu é que achas...
-Afirmo.Agora tchau!
Ele foi até á janela e eu fui também.Para me certificar que ele ia embora tá?!?!Ele estava a ir mas ainda se virou e disse:
-Boa noite Lea.-depoi usou a super velocidade e foi embora.Revirei os olhos,fechei a janela e desci.

Pov Maya:

A minha irmã desceu as escadas e contei baixinho 5 segundos:
-Cinco...Quatro...Três...Dois...E...!
-Porquê que me deixaste sozinha com ele?!?
-Calma ok?Apenas porque não queria ver a cara dele,se quisesses vinhas!
-Aff...
-Lea podemos confiar nele?Ele não é mau?Não nos quer magoar?-perguntou a Lili
-Vocês estão juntos?De quê que falaram?Ele vai vir novamente?
-Bom...Acho que sim.Não,eu acho.Também acho que não. Não!!Já disse que não é da vossa conta Bibi!Sei lá!Pronto,respondi tudo!
Eu aguentei para não soltar um pequeno riso com as reações da minha irmã.
-Bom pequeninas-disse só para as chatear-vão dormir,já está tarde.
-Não quero!-disseram a Bibi e a Lili ao mesmo tempo.A Lea aproximou-se delas e sussurrou-lhes algo e elas apressaram-se a subir.
-O quê que lhes disseste?-perguntei indo ter com ela.
-Disse que se não fossem agora dizia á tia que na maioria das noites elas fazem direta e que ainda por cima hoje não as deixava fazer!
-Bem jogado!-demos um high five e sentamo-nos no sofá a ler fics (tinha que ser).
-Ei Lea!
-Huh?-ela virou-se para mim á espera que eu falasse.
-Confias nele?
-Nem o conhecemos bem.Não há como ter uma opinião ácerca disso.
-Dá sim.Eu tenho uma opinião.
-E...qual seria?
-Não confio.Eu não vou conseguir confiar nele,esquece.
-Mas...podes tentar.Se ele quisesse ter feito algo ele tinha feito.
-Eu acho que pode é querer aproximar-se e depois estamos tramadas.Tudo bem que ele me ajudou quando vocês foram raptadas,mas era o mínimo!
-Eu sei disso.E no início achava isso,mas acho mesmo que se ele quisesse ter feito algo fazia.
-Então confias nele?
-Já disse,não consigo ter uma opinião disso.Não o conheço bem,
só sei que é vampiro.E o nome.Acho que posso dizer que ainda não confio nele,mas também ele não é tão mau quanto eu achava.
-Eu não confio.Só quando ele me der uma grande prova de confiança é que confio.
-Entendi.Ei,já viste esta fic de Miraculous?
-Qual?
-Chama-se "Gato Bobo", estou a gostar.
-Ah,já sei qual é!E conheces esta de The Walking Dead com Originais?
-Mesmo o teu estilo.Qual o nome?
-" The End Of Everything".
-Ah sim!Também gosto.Estou ansiosa para saber se ele ouviu ou não!
-Também eu!Se ele não ouvir vamos ter que lhe dar um aparelho de som de...
-Oiça tudo,com Mini Som!-dissemos ao mesmo tempo.
-Também estou ansiosa para ver se o Adrien vai ser descuidado em relação ao colar ou não.
-Ei pois é!Lembrei-me agora,queres ver algo na Netflix?
-Que pergunta!Óbvio né?-falei.
Acabamos por ver um filme de comédia e rimos muuuuuuito!!Quando o filme acabou já eram 00:30 e subimos para o quarto.Ainda ficamos a falar,claro!
-Boa noite mana!-falei.
-Boa noite!-deitamo-nos e adormeci.

Pov Leanary:

A Maya já adormeceu mas eu não.Não consigo,simplesmente não consigo!Apertei com muita força a minha medalha e deixei uma lágrima escorrer enquanto disse baixinho:
-Vocês fazem-me falta...Fazem-nos falta...Iriam adorar conhecer a Bibi e a Lili....íamos ser uma família incrível...Se bem que apenas as conhecemos porque aquilo aconteceu...Tenho saudades...-mais uma lágrima escorreu e eu abaixei a cabeça e coloco-a sobre os joelhos com os braços á volta.Sinto alguém a limpar-me uma lágrima e falo enquanto enxugo as lágrimas:
-Obrigada Maya,e desculpa acordar...-fiquei a olhar.
-Não acordaste.
-J-Jack...?O quê que fazes aqui?Que eu me lembre disse que não voltavas a vir aqui.
-E que eu me lembre eu disse que isso era o que tu achavas.
Passei a mão pelo rosto e virei a cara.Nem nos conhecemos, porquê que haveria de estar aqui a falar "animadamente" com ele?E ainda por cima não gosto que me dêm por fraca, raramente alguém me vê chorar,porque raramente choro.
-Não te acho fraca.
-Agora nem na minha mente posso ter privacidade?
-Não te li a mente.Isso são os feiticeiros.
-Então?
-Calculei que pensasses isso.
-Então se calculaste é porque achas.
-Teimosa,já disse que não acho.-ele disse e eu ri baixo,ainda desanimada.
-Já sabia quei ias rir,ninguém me resiste. 
-Sabes que és muito convencido?
-Obrigado pelo elogio Lea.
Segurei-lhe a gola da camisola e fiquei a encará-lo e sussurrei-lhe ainda mais baixo do que como estávamos a falar:
-Não me chames Lea,já disse Jack.
-Não me incomoda que me chames Jack se a tua intenção é chatear-me.-eu separei-me dele e fiquei de cara fechada.-Aliás,nunca demonstres que algo te chateia.Pode ser usado contra ti.É por isso que te estou sempre a chamar Lea.
-Para me chatear e usares contra mim?- perguntei chateada e confusa.
-Para parares de demonstrar que te chateia.
-Não acredito.
-E eu que pensava que era a tua irmã que não confiava em mim.
-Ok,nem quero perguntar como é que sabes-ele riu-Mas o quê que vieste cá fazer?
-Não sabes?-perguntou ele com um sorrisinho.
-Não.
-Como eu disse,tão ingênua.
-Não sou não.
-Se não  fosses percebias.
-Não sou.
-Então o quê que vim cá fazer?
-Não.Sei.
-Ingênua.
-Chato.
-Teimosa.
-Digo o mesmo.
-Bravinha.
-Convencido.
-Obrigado pelos elogios.
-Seu...Espera...estavas a ver se eu me chateava certo?
-Claro.Consegui?
-Não.
-E...chateia-te que eu esteja assim?-disse ele aproximando-se.
-Não.-Nem pensar que vou ceder.
-Não?-falou aproximando-se mais.
-Não.-falei também aproximando-me.
-Aprendeste a jogar o jogo Lea?
-Não me chames Lea.
-Ok Leanary!
-Como é que sabes o meu nome inteiro?
-Sabendo.
-E vais embora ou não?
-Não.
-Calculei...

Pov Maya:

Acordei com vozes.Olho para o lado e era a Lea e aquele vampiro?!?!
-Lea?!
-Sim?
-O quê que ele faz aqui?-vou admitir,odeio estar no mesmo sítio que ele.Ainda não controlo bem os meus poderes portanto tenho um pouquinho de receio.Mas só um pouquinho!
-Pergunta-lhe,ele não me quer dizer.
-Já disse.-respondeu ele.
-Não não.
-És ingênua se não percebes.
-Se me chamas ingênua mais uma vez...
-Oh people,eu estou aqui ainda!Mas por pouco tempo,vou para a sala,pelo menos posso dormir!Lea,vens?
-Eu quero ficar no quarto...-interrompi-a.
-Ok,eu vou!
-Mas fica!
-Hasta la vista!-saí do quarto e fui para a sala

Pov Leanary:

-Ainda me pagas Maya...-disse baixinho.Quando levanto a cabeça dou conta que ainda estamos muito próximos e afasto-me.-Jack,não deu para me responderes antes porque as gémeas entraram.Porquê que ajudaste a Maya a salvar-nos?
-Bom...já está tarde não?Eu vou indo.-ele levantou-se mas eu segurei-lhe o pulso.
-Vais me dizer ou não?
-Queres que eu fique é?
-Isso não tem nada a ver com o que eu perguntei!
-Mas tem a ver com os teus olhos.-disse ele aproximando-se.
-P-Porquê?-Lea pára de gaguejar!Não posso gaguejar perto dele!
-Pela cor deles.Os teus olhos denunciam-te.
-Que cor estão?
-Lilás.
-Impossível!-falei virando a cara.
-Possível.
-Impossível.-virei-me para ele e encarei-o.
-Possível.-ele aproximou-se com um sorrisinho a desafiar-me.
-Read my lips:Impossível.
Ele riu e aproximou-se mais:
-Tens razão.Impossível.
-Eu disse.
-Estão rosa.
-Duplamente Impossível!!
-Podes dizer que é impossível... Mas ambos sabemos que é possível.....
-Não é.Nem nunca vai ser.
-Hum hum. Não precisas de mentir... Eu sei que é difícil resistir aos meus encantos...
-Pode ser difícel para outras raparigas,mas eu resisto e bem!-empurrei-o pela ponta do nariz para trás.
-Afinal estarmos assim tão próximos sempre te chateia...
Revirei os olhos-Ainda estamos a competir é?
-Quem disse que tínhamos parado?
-Tu tens a mania de sair sempre vitorioso,certo?
-Eu não tenho mania de sair vitorioso, eu saio sempre vitorioso!
-Comigo não vais sair,podes ter a certeza!
-Isso é um desafio? Olha só quem quer competir agora!
-Eu nunca disse que não queria competir-dei um sorrisinho.
-Olha estás a aprender! Parece que sou um ótimo professor!
-Vou te avisando que não me ensinaste nada,a não ser como aturar uma pessoa chata.
-Tu dizes isso, mas os olhos dizem Rosa!!!
-A tua mente é que gosta de te enganar!
-A minha mente? São os meus olhos que conseguem ver a cor dos teus!
-Tu deves é estar com sono e estás a começar a imaginar coisas.Acho melhor ires para casa fazeres oh-oh!
-Claro, claro. Vou fazer te esse favor desta vez. Tenta não sentir muitas saudades!
-Acredita que não vou ter!-empurrei-o até á varanda
-Até amanhã princess
Bufei pelo apelido-Até amanhã.-ele foi embora e eu fui deitar-me,mesmo não adormecendo.


Notas Finais


Preto-ódio
Castanho claro-curiosidade
Vermelho-raiva
Azul claro-felicidade
Azul escuro-tristeza
Amarelo-entusiasmo
Laranja-medo
Rosa-amor
Verde-confusa
Roxo-impressionada
Lilás-envergonhada
Verde-água nervosa
Bronze-cansada


Vamos deixar sempre as cores dos olhos ou no início ou no fim!

Esperamos que tenham gostado!
~~
Mary foi-se,paz!
Uma joaninha milagrosa,um gato preto e...fui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...