História Uma Vida um Segredo - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~OtakuHarukaChan

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Thomas, Violette, Wenka
Tags Amor Doce
Visualizações 15
Palavras 784
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Uma Vida um Segredo - Capítulo 5 - Capítulo 5

 Nathaniel on

    Eu estava desviando de um tiro quando Bella veio pra cima de mim. Seu rosto estava levemente branco, seus olhos molhados e seus lábios se moviam ao gritar meu nome.

    Ela ia se chocar contra mim, foi quando um fantasma à empurrou, fazendo Bella se desviar da minha direção. 

    Ela caiu com todo o peso no ombro direito, gritando de dor. Não sabia onde o tiro tinha atingido-a, mas pensava o pior.

    Eu-NÃO! BELLA NÃO! 

    ???-Meu trabalho esta feito aqui.

    Um carro totalmente preto-até as rodas- saiu da escuridão. Derrapou em direção ao estuprador e quando parou abriu a porta.

    ???-Que pena não é mesmo? Ela poderia ser útil. Luta muito bem, ou melhor... Lutava.

    Eu-SEU DESGRAÇADO!!! VAI PAGAR PELO QUE FEZ. GRAVE MINHAS PALAVRAS!

    ???-Mas é claro. Como quiser.

    Ele entrou no carro e saiu em disparada pelas ruas. Olhei pra Bella e coloquei minha mão em seu rosto.

    Eu-Bella... Acorde... -lágrimas começavam a descer pelo meu rosto-Por favor... Acorde Bella...

    Não tive coragem de ver se seu coração estava batendo, ou onde o tiro acertou ela. Liguei para Naomy.

    Eu-Naomy?

    Naomy-Nathaniel? Que raro você ligar pra mim desse jeito.

    Eu-Preciso de sua ajuda.

    Naomy-Olha... estou bem ocupada no momento então se você pud-

    Eu-É sobre a Bella. 

    Naomy-...Oque aconteceu? 

    Comecei a chorar denovo.

    Eu-Ela levou um tiro. Levou um tiro do estuprador. ELA LEVOU UM TIRO E EU NÃO PUDE FAZER NADA!      

Namoy-Leve-a até a escola imediatamente. 

    Então desligou. Liguei para Hanna.

    Eu-Hanna...

    Hanna-Que foi? 

    Eu-Vai pra frente da escola.

    Hanna-Oque aconteceu?  

    Eu-Naomy vai te explicar.

    Desliguei e peguei Bella no colo. Estava fria como gelo. 

    Eu-Bella, eu sinto muito...

    Comecei a andar de cabeça baixa olhando seu rosto, agora molhado pela chuva. Fiquei andando lentamente, pensando nos poucos momentos que passamos juntos, até que cheguei em frente a escola.

    Naomy, Hanna e Castiel estavam lá. 

    Naomy-Por que você não fez nada? Estava com medo por acaso?

    Hanna-Bella...-ela colocou as mãos na boca e arregalou os olhos, que estavam marejados.

    Castiel a puxou para si e abraçou-a.

    Naomy-Me responda. ME RESPONDA.

    Eu-Não pude fazer nada... O tiro estava direcionado pra mim e ela me empurrou pra longe eu não queria qu-

    Naomy-Nathaniel... Sei que esta falando a verdade. Bella protege aqueles que ela realmente ama, ela faria o mesmo com todos nos.-Naomy sorriu entre lágrimas.    Entramos na escola e fomos ao quarto da Bella e colocamos ela na cama.

    Eu-Acho que ainda da pra fazer os primeiros socorros, Naomy pode pegar aquela maleta em cima da cômoda? 

    Depois que Naomy me entregou a maleta, comecei a procurar onde o tiro tinha atingido-a.

    Naomy-Acho que é melhor tirar a blusa dela. Se quiser podemos deixar pr-

    Eu-Não. Ainda dá tempo. 

    Tirei a blusa dela e vi onde o tiro acertou. Um centímetro. Se fosse um centímetro a mais para a direita, acertaria o coração. Coloquei minha mão sobre seu pescoço em um ponto específico e senti seu coração. 

    Lágrimas rolaram de meus olhos.

    Hanna-Oque foi? Ela esta...

    Eu-Viva.-disse me virando para eles e sorrindo.

    Todos puderam respirar aliviados quando disse aquilo. Foi ai que percebi que seu rosto estava branco por causa da perda de sangue. Peguei os materias necessários para começar a limpeza do ferimento.

    Naomy-Nathaniel, mal lhe pergunte mais... Como você vai enfaixar a Bella se ela esta de sutiã? 

    Terminei de retirar a bala e limpar quando pensei sobre o assunto. 

    Eu-Acho que é melhor você e a Hanna fazerem isso.

    Dei a faixa para as duas e sai do quarto com Castiel ao meu lado. Me encostei na parede e olhei pra cima.

    Castiel-Nunca fui muito de falar com você, mais como as meninas são amigas e eu estou afim da Hanna e você da Bella...

    Eu-Vá direto ao ponto.

    Castiel-Você é bem corajoso. Eu realmente pensei que você era um cara metido e mimado.

    Eu-Obrigado? 

    Castiel-De nada. E aí? Podemos dar uma trégua e sermos finalmente amigos?

    Castiel estendeu a mão em minha direção. Eu hesitei um pouco.

    Castiel-Qual é. Vai mesmo me deixar no vácuo? 

    Ri um pouco e peguei sua mão com firmeza.

    Eu-Acho que as meninas já acabaram. 

    Batemos na porta e entramos. Elas já tinham trocado a roupa da Bella.

    Hanna-Essas roupas aqui vão virar cinzas. Tem sangue demais.-disse enquanto segurava as roupas.

    Castiel-Nunca ouviu falar em Vinish?

    Hanna-Engraçadinho. 

    Naomy-Bem, se o casal aí me der licença... Nath você vai ter que ficar com a Bella pelo resto da noite. Eu tenho que voltar de onde vim e a Hanna tem que entreter o Castiel.

    A única coisa que vi foram três almofadas voando na direção da Naomy.

    Naomy-Opaaa! Calma mulher. Só falei a verdade.

    Depois saiu correndo pra não sei onde.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...