História Uma vida um tanto bagunçada - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 12
Palavras 627
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Mistério, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem *-*
bjss <3

Capítulo 31 - Capítulo 31


 

                         Caleb:

Acordei com Hanna quase quebrando tudo não sabia ao certo o que estava acontecendo, só vi Hanna abrir a porta com tudo pegar sua mala jogar na frente do armário socando todas as roupas que ela conseguia pegar, ela não colocou tudo mais uma boa parte sim fiquei assustado com a sua atitude, não sabia o que fazer e pelo semblante dela deu pra perceber que estava chorando, merda será que fiz algo errado mais estava tudo bem até agora eu fiz as pazes com Tobi e em vez de ela estar feliz ela está chorando, vi Tobi se mexendo e tentando levantar o puxei de volta e mostrei com a mão o que o impedia de ir até ela, o que fez com que ele ficasse corado, vi ali perto uma bermuda e a coloquei fui até ela pra saber o que avia acontecido.

-Hanna o que ouve? Por que está tão triste assim?- perguntei vendo ela ficar assustada por um momento e logo voltando a chorar só que dessa vez estava pior dava pra ouvir seus soluços de longe.

Fiz sinal pra Tobi se vestir e abracei ela até que ela se acalmasse, ficamos um tempo abraçados até seus soluços acabarem esperei até que ela estivesse pronta para me soltar do abraço pra saber o que tinha deixado ela naquele estado, logo Tobi se juntou ao abraço o que fez ela ficar mais confortável pelo que pude sentir sei que não passo muito tempo com ela e sei que Tobi deve ser um ótimo amigo pra ela.

-Hanna!?- chamei calmo tentando ver se ela já estava pronta pra responder minhas perguntas, vi ela levantar a cabeça e limpei seu rosto vendo ela fazer sinal positivo com a cabeça- O que aconteceu?

-Mamãe.. ela.. papai a encontrou toda machucada.. e-ela falou que ca-caiu da escada.. papai falou que aqueles machucados não eram por ela ter caído da escada e sim q-que alguém tinha ba-batido nela- falou Hanna voltando a chorar.

-Calma vai ficar tudo bem! Vamos pra casa tentar resolver tudo está bem?- pergunto vendo ela fazer sim com a cabeça.

Estava acalmando Hanna e percebi que estava faltando algo olhei pros lados e vi que Tobi não estava mais ali, fiquei pensando o que ele poderia estar fazendo uma hora dessas, falei com Hanna sobre ela comer alguma coisa pois até conseguirmos comprar as passagens e até fazer todo o resto, ela concordou e fui fazer algo pra comermos estranhei Tobi não aparecer em nenhum momento nem pelo cheiro da comida, quando a comida estava quase pronta Hanna começou a arrumar as coisas na mesa e do nada aparece um Tobi todo risonho não entendi o porque e acho que Hanna também não quando fui falar algo fui interrompido por Tobi.

-Sei que não é um momento muito bom para se estar sorrindo, mas adivinha quem já comprou as passagens e fez todo o resto?- perguntou com um sorriso no rosto- bem isso eu... Bom vocês vão ter que comer rápido e arrumar as malas o mais rápido possível também... Bom eu vou ficar por aqui já que é assunto de família e tem que ficar alguém pra cuidar da casa né?

-Tobi você nem sabe o quanto que eu te amo- falo corando violentamente me tocando do que tinha acabado de falar.

-Que fofo.. que bom que fizeram as pazes- fala Hanna dando um de seus sorrisos sinceros.

Depois de comermos e arrumarmos as malas fomos quase voando pro aeroporto deu graça a deus por Tobi ter comprado as passagens odeio fazer isso, tivemos que sair correndo pois o avião já estava prestes a sair ainda bem que deu tempo de chegar lá, odeio fazer viagens ainda mais essas que demoram tanto.

*~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~* 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...