História Opia - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Chen, Huang Zi Tao, Jongdae, Jongin, Kai, Kaisoo, Kris Wu, Kyungsoo, Lay, Luhan, Minseok, Sehun, Suho, Tao, Wu Yifan, Xiumin
Visualizações 47
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, eu escrevi esse capítulo tipo essa noite, estou um pouco hesitante com ele.
Então por favor me digam mesmo o que acharam.

Capítulo 2 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Opia - Capítulo 2 - Capítulo 1

BaekHyun poderia facilmente dizer que o destino estava a seu favor, mas ao mesmo tempo estava o fodendo de quatro.

Depois daquele pequeno acidente, o baixinho correu para a sala da diretora sem olhar para trás e acabou recebendo uma grande lição de moral por correr e por entrar sem bater, não sala.

Tudo que a Sra. Jung tinha a dizer, ele não queria ouvir.

ㅡ O ano está acabando Sr. Byun, sabemos que você é o melhor aluno da nossa escola, mas tem uma matéria em que você é tão péssimo que as outras matérias não compensam. Educação física e você precisa resolver isso imediatamente.

ㅡ Mas eu sou bom em todas as matérias, não poderia relevar por causa de uma?

ㅡ Exercícios também são importantes Sr.Byun, não estou lhe dando uma escolha, estou dizendo que você vai fazer algo para recuperar isso. Então agora vou lhe dar duas opções. Primeira, você vai dar aulas de reforço, dois, você vai participar de todas as aulas práticas de hoje em diante e será ajudante do professor Min.

Não precisei nem pensar, aquele homem não era de Deus, eu não queria nem chegar perto dele.

ㅡ Quando começa as aulas de reforço?

ㅡ Hoje mesmo. Senhor Park pode entrar.

BaekHyun nem ao menos se virou para olhar quando a porta se abriu, ele só teria que ensinar o básico e depois daria um jeito de se livrar do tal Park, ele tinha coisas mais importantes para fazer.

ㅡ Obrigado Sr. Jung pela oportunidade. ㅡ BaekHyun virou seu corpo tão rápido que poderia jurar que quebrou sua espinha, ele olhou de baixo para o maior, era Park Chanyeol, ele iria ensinar Park Chanyeol.

Se o dissessem isso a uns dois dias atrás ele diria que era impossível, nunca que ele seria capaz de ensinar algo ao Park, ele nem sequer conseguia olhar nos olhos do maior.

ㅡ Vocês já se conhecem?

ㅡ N-na....ㅡ O menor havia travado em seu lugar, incapaz de articular um simples não.

ㅡ Sim! Conheço o BaekHyun desde o fundamental, sempre estudamos juntos.

Naquele momento BaekHyun achou que já poderia deitar no chão e simplesmente morrer, porque era o que ele queria, já tinha cumprido seu objetivo de vida, ser notado por Park Chanyeol. Sucesso.

ㅡÓtimo. Então não será necessário apresentações, então saiam os dois agora da minha sala.

Levantei sentindo que minhas pernas fossem fraquejar a qualquer momento e me deixar cair de cara no chão sem dó.

Já do lado de fora, eu achei que fosse morrer quando ele me olhou e abriu um sorriso, o sorriso mais fofo que já vi em minha vida toda. Receber um sorriso de Park Chanyeol. Sucesso.

ㅡEntão baixinho, onde você vai me ensinar. ㅡ Até ele abrir a boca. Ninguém nesse mundo me chama de baixinho, nem mesmo meu crush, não mesmo.

Estalei meu pescoço antes de avançar sobre ele que estava sem entender, puxei sua mão e a torci em duas costas, em seguida chutei a parte de trás do seu joelho e o derrubei no chão.

ㅡ Qual a sua cara? O que eu fiz?

ㅡ Ninguém me chama de baixinho. ㅡ Gritei. Eu não estava usando tanta força. Olhei para o lado ao ouvir uma porta se abrir, era a diretora, droga. Olhei ao redor e alguns alunos que passavam por ali nos olhavam. Foi então que tomei consciência do que estava fazendo, eu tinha meu crush de baixo de mim, imobilizado. Levantei de uma vez o soltando. Fiz merda.

ㅡ Meu Deus! Me desculpe Chanyeol é que não suporto que me chamem de baixinho. ㅡ Disse tentando o ajudar, mas ele correu para de trás da diretora se escondendo atrás da mesma, meio impossível devido a seu tamanho.

ㅡ Tudo bem! Nunca mais ouso chamar você de baixinho! Me desculpe, fique bem aí.

ㅡ O que foi isso? ㅡ Se pronunciou a diretora pela primeira vez ali, eu estava ferrado, mais que ferrado. Hoje não era meu dia de sorte.

°°°

A diretora literalmente me ameaçou, ela disse que se Chanyeol não fosse bem em suas próximas aulas, eu estaria ferrado. E Chanyeol disse que estava com medo de mim. Não era isso que eu queria.

Estava no refeitório esperando meus amigos, estava perdido em pensamentos quando senti alguém bater em minha cabeça, olhei para o lado e vi meu amigo Do KyungSoo sentar a meu lado com seu namorado Kim Jongin.

ㅡVocê fez besteira não foi?

ㅡSim. Eu quase quebrei a mão do Chanyeol na primeira vez que consegui falar com ele.

ㅡ Por que você fez isso seu idiota?!

ㅡ Ele me chamou de baixinho. Eu não sou baixo, ele que é alto demais. ㅡ Vi que Jongin se segurou para não rir, eu iria bater nele se KyungSoo não tivesse feito aquilo.

ㅡAí você decidiu manchar para o seu lado?

ㅡ Eu fui muito idiota, não fui?

ㅡ Ao extremo, agora va pedir desculpas a ele. ㅡ Eu iria negar se meu amigo não tivesse me dado uma cotovelada na barriga. Levantei da mesa e decidi procurar por Chanyeol, se antes eu não tinha nenhuma chance com ele, agora que eu não tinha mesmo. Aposto que ele não iria nem querer olhar em meu rosto.

O procurei pela cantina quase toda, ele não estava com seus amigos. Ele deveria estar no banheiro.

Me dirigi ao banheiro mais próximo, receoso. Ele deve estar querendo me matar, ele não tinha uma fama muito boa na escola, muitos tinham medo dele por “lendas” que corriam pelos compridos corredores dessa escola.

Abri a porta do banheiro masculino, estava quase vazio, menos por Chanyeol, ele estava de costas para mim, mijando no mictório. Eu conseguia claramente ouvir ele urinar, era vergonhoso presenciar isso. Eu queria rir.

ㅡ Chanyeol. ㅡ O chamei receoso quando o ouvi fechar seu zíper, o mesmo virou de uma vez para mim, quase escorregando na água que havia no chão.

ㅡCara não me assusta assim!

ㅡ Eu vim pedir desculpa, por ter imobilizado você, não foi minha intenção, eu só perco a cabeça quando falam algo sobre meu tamanho. Me desculpe. ㅡ Me curvei provando que estava realmente arrependido do que havia feito contra ele, não recebi resposta, levantei meu corpo e o encontrei rindo, mas não saia som. Ele estava bem?

ㅡVocê está bem?

ㅡ Sim! Como você fez aquilo?

ㅡ Ah, eu sou faixa preta de hapkido. Desculpe usar isso contra você, estou realmente arrependido.

ㅡ Eu te desculpo se você me ensinar a fazer aquilo. ㅡ Ele me olhou cheio de esperanças. Era errado ensinar aquilo sem licença apropriada, ia contra um dos códigos, mas era Park Chanyeol, eu o ensinaria a matar se ele pedisse.

ㅡ Fechado. ㅡ Fechamos nosso acordo com um aperto de mão e sorrindo. Tocar Park Chanyeol sem ser usando a força. Sucesso.


Notas Finais


Seria ótimo ler o que vocês acharam desse capítulo, no próximo vai ter momento de outros shipps, amém.
E também umas surpresas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...