História Una Noche Especial - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Feia Mais Bela, Angélica Vale, Jaime Camil
Personagens Angélica Vale, Jaime Camil, Personagens Originais
Exibições 136
Palavras 2.343
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá pessoas do meu coração ❤

Essa é a minha nova one escrita por mim, espero que vocês disfrutem muito com esse capítulo único que eu fiz com muito amor e carinho relacionado ao nosso shipper valecamil.

Boa leitura à todos! Boa noite 🌜⭐

Capítulo 1 - Una Noche Especial


                                              Jaime

   Já era fim de expediente no trabalho, estava cansado com as gravações que foram feitas durante a semana. Mas não posso deixar de agradecer pelo dia de hoje, afinal era o dia de ação de graças em EUA. Essa data é muito importante aqui, porque fazemos agradecimentos pela vida, trabalho, família e amigos etc...

  Fui me despedindo de todos que encontravam no corredor da emissora, já estava ansioso pra chegar no apartamento ver os amores da minha vida que me esperavam chegar logo. Andei até o estacionamento, cheguei próximo ao meu carro e desativei o alarme, entrando e fechando em seguida, colocando o cinto e depois liguei o carro e sai.

                                         Angelica

    Hoje fui liberada mais cedo do meu trabalho, o dia estava uma loucura e já me encontrava em meu apartamento. Eu comecei a preparar o jantar sozinha de ação de graças que sempre era feito todo ano em agradecimento de tudo que aconteceu naquele ano que estávamos. Angeliquita e Danico estavam brincando, olhei a hora já marcava 18:00 horas, estava esperando o Jaime chegar logo aqui. Fico ansiosa quando chega esse horário, pois sabia que ele já havia saído do set de gravação da série. Sinto falta de beijar, acariciar, conversar e ainda mais amo sentir o seu perfume maravilhoso que me deixava fora de si quando ele ficava tão próximo de mim. É incrível que até hoje eu e o Jaime temos uma conexão incrível que vai muito além das fronteiras. Eu amo esse homem com toda força que existe dentro de mim e do meu coração. Após de finalizar o jantar, começo a arrumar as crianças, para minha sorte assim que eu cheguei já havia dado banho neles e também aproveitei fiz o mesmo pra não ficar enrolada. Estava ansiosa para receber o amor da minha vida, depois que terminei rapidamente de arrumar meus filhos, comecei a me arrumar colocando um vestido preto e salto da mesma cor. Fiz uma maquiagem bem leve e nem muito chamativo, pois sabia que Jaime gostava do meu rosto bem natural e sem muita maquiagem. Por último passo meu perfume e sem demora vou saindo do meu quarto com Angeliquita e Danico com as mãos entrelaçadas, até chegar a sala. Coloco eles pra assistirem a televisão e enquanto isso vou organizando a mesa do jantar, até que ouço o barulho de porta se abrir. Escuto a Angeliquita e Danico gritarem e correr juntos.

Angeliquita/ Danico : — Papai, você chegou!

Jaime : — Oi meus amores, que saudades eu estava de vocês - abraço e dou um beijo em cada um.

Angeliquita : Papai, hoje tô bonita?

Jaime : Princesa, você é linda igual a sua mamãe meu amor.

Angeliquita : Eu sei papai, você também é bonito e eu te amo.

Jaime : Eu também meu amor, amo você princesa, e também seu irmão e sua mãe. E falando em sua mãe, onde ela está? - Pergunto.

Angeliquita : Ela tá na cozinha, papai!

Jaime : Então vou até lá, enquanto vocês fiquem assistindo televisão e depois eu volto para brincar.

Angeliquita : Tá bom, papai! 

                                       

                                               ...

                    

                                           Jaime

   Não existe sensação melhor do que ser recebido pelos meus filhos, meus amores. Depois de um dia cansativo, chegar em casa era a melhor coisa que tinha. Assim que eu acabo de falar com meus filhos, vou atrás de uma pessoa que me faz falta sempre, sinto falta dos seus beijos, conversas, brincadeiras e o principal de tudo seu cheiro. Vou até a cozinha, vejo que ela estava distraída com algo. Fico observando por um tempo com um sorriso bobo que sempre me acompanha quando vejo ela tão linda e perfeita. Agradeço a deus por ter me dado uma mulher sensível, carinhosa, especial, dedicada, amorosa e maravilhosa. Vou me aproximando dela, sentindo o seu perfume  maravilhoso que me deixava cada vez louco e apaixonado por ela naquele ambiente onde se encontrava e abraço por trás sua cintura, afastando o seu cabelo para o lado e logo beijo seu pescoço, em seguida sinto ela se arrepiar.

Jaime : — Cheguei, meu amor - dou um beijo rápido em seus lábios.

Angelica : — Já estava com saudades de você, meu príncipe.

Jaime : — Agora, estou aqui meu amor todinho seu - digo no tom de brincadeira e sorrio em seguida.

Angelica : — Como foi seu dia meu amor? - Pergunto.

Jaime : — Cansativo porém produtivo. - respondi rapidamente.

Angelica : — Como assim? - Pergunto confusa, me virando rápido em seguida pra ficar de frente pra ele.

Jaime : — Ah amor, hoje fizemos gravações novas né. - Suspirei. 

Angelica : — O importante que você está aqui, juntinho à mim e o nossos filhos. - abro um sorriso e ele retribui novamente com olhar terno. 

Jaime : — É verdade meu amor, agora vou tomar um banho e assim vamos jantar todos juntos. 

Angelica : — Está bem, vou te esperar e enquanto isso vou terminar de arrumar a nossa mesa de jantar, e fazer companhia aos nossos filhos.

Jaime : — Ótimo, não demoro meu amor. - me aproximo dando um beijo apaixonado porém rápido.

                                        ...

                                     Angelica

        Depois de ouvir a voz do Jaime entrando no apartamento e os nossos filhos recebendo ele, meu coração automaticamente começou a bater num ritmo acelerado.  Era incrível como ele causava essas sensações em mim, é algo muito especial que não tinha explicação, apenas sentindo para saber do que realmente se tratava. 

      Continuei o que estava fazendo anteriormente, fico distraída alguns minutos, até que eu sou pega de surpresa com o homem da minha vida me abraçando por trás, colocando seus longos braços em volta da minha cintura, e beijando o meu pescoço. Eu amo quando ele chega assim e faz isso. Desde que eu e ele começamos a namorar, sempre tivemos uma mania e uma delas era essa chegar por trás e beijar. Começamos a conversar sobre o dia dele, percebi que ele estava cansado porém empolgado por ter chegado logo.

     Terminei de organizar tudo que faltava, a mesa estava linda, peguei o meu celular que estava ali por cima perto do porta retrato que tinha na nossa sala. Tirei umas fotos da mesa, em seguida os meus bebês se aproximaram de mim, começamos a tirar fotos fazendo caras e bocas. Não demora muito Jaime se aproxima de nós, e assim começamos outra rodada de fotos juntos.

     Esses momentos me deixam completamente feliz, só em saber que minha família está completa, ou quase para dizer a verdade. Só estava faltando minha mãe aqui, porém ela precisou viajar para México mas não deixei de ligar e conversamos por celular. Depois desses momentos divertidos de fazer caras e bocas em fotografias que tiramos, todos se sentamos, começamos agradecer por tudo que foi feito durante o ano todo e também agradecemos pela linda família que formamos juntos. Sem demora, comecei a servir as crianças primeiro e depois o meu marido e por último eu. 

Jaime : — Amor, que jantar maravilhoso! - Exclamou sorrindo.

Angelica : — Obrigada minha vida - agradeço e sorrio.

Angeliquita : — Mamãe, eu quero mais. 

Angelica : — Sério, meu amor? - Pergunto surpresa. 

Angeliquita : — Sim, mamãe! 

Jaime : — Está tudo delicioso como sempre, você é maravilhosa. Depois quero aquela sobremesa de sempre - disse com sorriso malicioso.

Angelica : — Jaaaaaaime - repreendo ele.

Jaime : — O que foi Angie ? - Pergunto me divertindo.

Angelica : — As crianças né.

Angeliquita : — Mamãe, quero sobremesa.

Angelica : — Filha, mamãe já vai te servir, só termina de comer tudo. 

Jaime : — Amor, parece que alguém está com sono. - digo me referindo ao meu filho Danico.

Angelica : — Sim, vou fazer a mamadeira deles assim que eu terminar de jantar. 

                                               ...

                                 Jaime

    A noite estava maravilhosa na companhia da linda família, o jantar que a Angie havia preparado estava uma delícia. Depois que terminamos de comer, aproveitamos para saborear a sobremesa que também estava tudo de bom. Brincamos, rimos, enfim...a noite estava perfeita, não tenho palavras pra descrever. Ajudei a Angie retirar tudo que estava na mesa, colocando na cozinha, aproveitei lavei a louça toda do jantar deixando tudo organizado. Voltamos para sala, se sentamos no sofá e começamos a assistir televisão em família, Angeliquita está em meu colo, enquanto o Danico estava no colo da Angie, começamos a assistir um filme mas não demorou muito para meus filhos se entregarem ao sono. Levamos eles para o quarto, ajudei a Angie trocarem as roupas da Angeliquita e Danico.

 Assim que terminamos juntos de colocarem eles na cama, desligamos às luzes do quarto e saímos. Ficamos ali no corredor abraçados, em silêncio. Em pouquíssimo segundos, eu já começo à falar.

Jaime : — Enfim, eles dormiram e só estamos sozinho. - olhei pra ela, e envolvi meus braços em sua cintura.

Angelica : — Sim, mas a noite foi maravilhosa né? - pergunto.

Jaime : — Perfeito, Obrigado por proporcionar mais um momento especial para nós. Eu te amo! - disse com um olhar terno.

Angelica : — Também te amo e agradeço por você ser esse pai e marido maravilhoso, tão cuidador.

Jaime : — Sabe o que eu quero? 

Angelica : — O que? - pergunto olhando confusa.

Jaime : — Quero sobremesa.

Angelica : — Tem mais na geladeira.

Jaime : — Amor não estou me referindo aquela sobremesa, e sim a que está em minha frente. - disse rindo.

Angelica : — Jaaaaime. - bati em seu ombro.

Jaime : — Desculpa amor.

Angelica : — Tá desculpado.

Jaime : — Vamos para o quarto?

Angelica  : — Sim, vamos! 

    Caminhamos com as mãos entrelaçadas até o nosso quarto, passamos pelo pequeno corredor que tem pelo apartamento até chegar o local queríamos. Ao chegar entramos, fechamos a porta em seguida e me aproximo perto dela. 

   

                                              ...

      Jaime colocou uma das mãos entre os cabelos da Angie, e se inclinou para beijá-la. A cada vez que se beijavam, uma nova sensação despertava mesmo que tivessem juntos há tanto tempos. Enquanto se beijavam, Jaime guiou até cama, e quando sentiu que estava próximo, ele se apressou em abrir o vestido da sua amada. 

     Lentamente ele o abriu, e quando sentiu que já estava no fim, transferiu seus beijos para o pescoço e em seguida os ombros dela, à medida que abaixava o seu vestido Angelica afagou suas mãos entre os cabelos dele, à medida que intensificava, sentia os toques dele em seu corpo, se arrepiava cada vez mais.

   Quando Jaime finalmente esperou que o vestido dela caísse completamente ao chão, tomou um tempo para observar e admirá-la apenas de lingerie. Ele ficava hipnotizado ao ver a beleza e delicadeza da mulher da sua vida. Angelica sorriu maliciosamente e novamente ele a puxou para mais perto do seu corpo, entrelaçando seus braços em sua cintura. Iniciamos uma outra rodada de beijos quentes e ao mesmo tempo delicioso. Enquanto nos beijavamos novamente, sentir suas mãos tocarem em minha cintura apertando-o. Após interromper o momento maravilhoso que encontrávamos, Angelica começou a retirar o meu cinto, logo depois abriu o botão e o zíper da minha calça, deixando que caísse por inteiro ao chão e por último ela abriu o botão da camisa deixando que meu peitoral fosse descoberto aos poucos. Assim que a Angelica finalizou de tirar toda peça que estava em meu corpo exceto que cueca que ainda estava. Trocamos olhares e sorrisos ternos, por aquele momento íntimo que estávamos ali. Vejo que ela fechava os olhos com um sorriso, permitindo que continuasse conduzindo aquela noite especial. Começo a tirar a seu sutiã delicadamente deixando rastros dos meus beijos em sua pele macia e delicada. Assim que termino retiro a sua calcinha, beijo suas pernas e toda parte das nádegas maravilhosa. Não demora muito já fico nu na frente dela, abraçando, beijando e mordendo o pescoço. Fomos caminhando lentamente até a cama, eu segurei seu pescoço enquanto o meu corpo deitava sobre ela nossas respirações já estavam ofegantes. 

    Sinto sua a mão da Angie apertando e enfiando as unhas em meu ombro por conta do calor do momento.

                                             ...

    Sua boca está no meu pescoço, ele morde essa região a fim de abafar os seus gemidos intensos. Ele levanta seu tronco e abaixa devagar até meus seios. Jaime me olha com desejo enquanto eles se moviam conforme a respiração, sem demora ele já abocanha um deles, eu gemo em contentamento. Suas carícias em deixava fora do controle. Minha mãos juntamente com as suas unhas passeavam em suas costas, seu cabelo e outras vezes meus dedos apertavam sua pele arrancando seus gemidos intensos.

    Ele fica de joelho a cama entre minhas pernas, pincela a pontinha do seu membro no meu sexo, logo me preenche. Seu corpo se deita sobre o meu, abraço sua cintura com as pernas dando a ele mais espaço para adentrar com calma. Ele cola sua testa na minha. Eu e Jaime enlaçamos às mãos igual as outras noites que tivemos. Seus movimentos aceleram de acordo com os nossos gemidos que era cada da vez mais intensos. Meu corpo começa a tremer em baixo do seu, ele vai acelerando cada vez mais suas estocadas dentro de mim. Os nossos gemidos era a melodia mais perfeita que existia naquele quarto. Apertei a minha mão na sua quando estava no auge para me entregar de vez, por fim nossos líquidos se misturaram.

   Nossa testas continuaram colada e em seguida beijei seus lábios. Paramos os beijos aos poucos, Jaime joga seu corpo ao meu lado e abre os olhos devagar controlando um pouco sua respiração. Vejo que seu sorriso começa aparecer e ele começa a dizer :

Jaime : — Você é maravilhosa

Angelica : — Eu te amo meu príncipe, obrigada por esse momento maravilhoso.

Jaime : — Só tenho agradecer a você, te amo minha princesa. 

E assim a nossa noite se resumiu em muito amor e carinho envolvido entre a gente. Só temos que agradecer o quanto é bom amar e ser amado por pessoas tão especiais em nossa vida.           

                                     


Notas Finais


Beijos e espero que vocês disfrutem bastante! 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...