História Unbreakable love - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Amor, Drama, Ilusão, Romance, Sentimento
Exibições 4
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Saga, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Runaway with me


O choque estampava meu rosto assim como o de Justin, mas que diabos meu pai estava fazendo ali justamente agora?
-Posso saber oq está acontecendo aqui Alice? (Meu pai Steve Baldwin me perguntou com um olhar furioso)
-Eu...Eu....Nós não estavamos fazendo nada de mais, Justin é um amigo e ele fez o favor de me trazer até em casa, foi só isso. (Expliquei a situação mas pareceu não adiantar muito)
-Te trazer até em casa? E porque que vcs pararam uma esquina antes? Não vão dizer que se perderam? (Disse de forma irônica)
-Paramos justamente aqui porque não queria que exatamente isso acontecesse, Tchau Justin até amanhã obrigado por ter me acompanhado (depositei um beijo em sua bochecha e entrei no carro, mesmo que eu estava há uma esquina da minha casa prévia que meu pai iria me forçar a concluir o trajeto de carro com ele)
Justin tomou seu rumo e eu estava morrendo de vergonha por toda essa situação um tanto embaraçosa eu diria.
-Vc é patético pai, a gente não fez nada de mais e por mais que seja a primeira vez que vc me viu beijando alguém, foi super desnecessário essa sua cena. (Cuspi as palavras pra ele)
-Eu não criei filha minha pra ficar agarrando macho na esquina. (Rebateu)
-Oq? Ta me chamando de vagabunda por ter beijado na rua? (Sangue me subiu a cabeça, sai do carro irritada batendo a porta com força e seguindo paa dentro de casa)
-MAS OQ TA ACONTECENDO AQUI? (Minha mãe Kris Baldwin apareceu no corredor tentando entender oq estava acontecendo)
-Pergunta pro idiota do seu marido, ele me chamou de vadia porque me pegou beijando um boy na esquina, vê se pode!!
Dito isso Steve veio pra cima de mim na tentativa de me bater mas minha mãe entrouna frente, fui pro meu quarto e me tranquei do mundo.
Liguei pro Justin afim de lhe dar uma explicação, eu o devia isso.
-Hey pequena, td bem por ai? (Pergunto ele do outro lado da linha)
-Não Justin, meu pai ta furioso ele quase me bateu e ainda disse na minha cara que eu era uma vadia. (Disse já chorando)
-Ei ei se acalma amanhã ele esfria a cabeça e vcs vão conversar melhor, relaxa vai ficar tudo bem. (Disse ele fofo na tentativa de me acalmar)
-Não tenho tanta certeza disso, eu vi ódio nos olhos dele, to com muito medo.
-Eu vou ai, a culpa é toda minha, to indo ai.
-NÃO JUSTIN VC NÃO PODE VIM AQUI SÓ VAI PIORAR AS COISAS.
-Tem razão mas não posso te deixar assim, então eu vou ai te busco e a gente vem pra minha casa, oq acha?
-Tipo sair escondido de casa? Não sei Justin isso seria arriscado!
-Vc precisa esfriar a cabeça, vem!! Vai ser bom amanhã vc volta cedinho, prometo. (Disse me encorajando)
-Okay eu topo. (Disse animada)
-Em 5 minutos chego ai.
Encerrei a ligação e fui pra varanda esperar Justin chegar, isso tudo soava como uma aventura pra mim, pois nunca fiz algo parecido e mesmo que eu estivesse errada em "fugir" por uma noite, fazer isso com Justin me dava coragem suficiente para realizar tal aventura noturna.
Olhei pra baixo e vi Justin chegando, fiz um sinal para que ele me esperasse e me apressei em descer rápido em silêncio.
-só vc pra me encorajar a fazer isso. (Disse rindo e beijando seus lábios)
-Vamos lá pequena.
......
CASA DE JUSTIN

-Seja bem vinda, eu moro sozinho então não tem ninguém para nos atrapalhar.
-Bela casa.
-Obrigado mas vc vai gostar mais do andar de cima (disse ele fazendo referência ao seu quarto)
-Engraçadinho (o reprovei com o olhar e ele sorriu malicioso pra mim)
Entrei no quarto dele e o clima era bem aconchegante, sem falar em sua cama que era ENORME.
Justin tirou sua camisa e me puxou para um abraço.
-Seu cheiro... É tão bom
Nos beijamos e em questões de segundos Justin já estava sobre mim na sua cama.
-Justin, para para!! (Disse entre os beijos)
-Porque? Ta tão bom (disse ele e continuou e me levar a loucura)
-Eu não vim aqui transar com vc, para por favor!
-Tudo bem desculpa, vamos só dormir agarradinho mesmo, eu sei que vc apenas precisa de um pouco de carinho pra botar e cabeça em ordem e mesmo que isso não faça muito bem o meu estilo, vale a pena fazer o sacrifício de apenas dormir ao seu lado sem transar.
-Isso ai garotão hora de colocar o Justin Bieber fofinho em ação (disse brincando e nós rimos em seguida)
-Boa noite Justin.
-Boa noite pequena.
Ficou claro o quanto Justin se importava, mas ainda espero do fundo do meu coração que ele não esteja fazendo isso só pra me levar pra cama, bem de qualquer forma valeu a pena ter corrido alguns riscos com essa fuga pra colocar a cabeça em ordem.
Definitivamente fugir com o Justin estava na minha lista de coisas para fazer sempre.
Tempo depois eu & Justin nos entregamos ao sono.

Notas Finais


LEIAM E ME APOIEM OBG :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...