História Unbroken. - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kristen Stewart, Robert Pattinson
Personagens Kristen Stewart, Robert Pattinson
Tags Romance
Visualizações 10
Palavras 877
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura!

Capítulo 20 - Presente. - Parte 13.


Fanfic / Fanfiction Unbroken. - Capítulo 20 - Presente. - Parte 13.

Unbroken.

2014.

Por Kristen Stewart.

“Você vai superar”.

Era o que CJ dizia.

“Você vai superar”.

 Era o que Suzie me dizia.

“Você vai superar”.

Era o que minha mãe dizia.

“Você vai superar”.

Era o que meu pai dizia.

“Você vai superar”.

Era o que os meus irmãos diziam.

“Você vai superar”.

Porra, isso era o que todos diziam e essa merda já estava me cansando.

Não era fácil superar um término com ninguém, eu sempre soube como era difícil superar essas merdas quando Michael e eu terminamos, mas foi rápido e fácil de superar.

Obviamente, eu havia sentido dor, por que afinal nós ficamos juntos por muito tempo, ele foi o meu primeiro namorado, então foi doloroso o nosso rompimento, mas eu superei tão rápido que me surpreendeu esse fato, mas eu sabia que tinha superado rapidamente, pois era a época que Robert estava lá no meu lado, me ajudando e me dando apoio.

Mas agora era totalmente diferente, agora era Robert que havia terminado comigo.

Justamente Robert...

Michael poderia ter sido meu primeiro namorado, meu primeiro amor, meu primeiro sexo, o primeiro cara que apresentei para os meus pais e expus para a mídia, mas foi Robert o meu verdadeiro tudo.

Foi Robert o meu namoro mais intenso, mais acalorado, mais inesquecível e mais incrível.

Foi Robert o amor mais forte que eu senti por alguém em toda minha vida, aquele amor que você sabe que é o amor de sua vida, aquele amor do qual você sabe que daria a sua vida.

Foi Robert o sexo mais selvagem, primordial e excitante que eu tive que apesar de cada toque selvagem e intenso, eu sabia que havia carinho, desejo e muito, muito amor.

Foi Robert que arrancou diversas gargalhadas do meu pai e suspiros de minha mãe que sempre alegavam que ele era o melhor genro que alguém poderia ter.

Foi Robert o primeiro namorado que eu decidi esconder da mídia o máximo que pudesse, para que não tentassem acabar conosco como tentaram em dois mil e doze.

Eu só queria passar por aquele inferno de novo.

De ter o meu nome vinculados aos piores xingamentos possíveis e humilhações.

Ou a humilhação de Robert e de toda a sua cara de desgosto e frustração que ele tentava disfarçar para não me deixar mal, mas eu via, ainda assim eu podia ver e era uma verdadeira merda.

Ver alguém que você ama passar por isso é uma das piores coisas que pode acontecer com você, a única coisa que você deseja é fugir disso tudo e proteger a pessoa para que ela nunca mais passe por isso novamente e foi isso que eu tentei fazer com Robert.

Nos proteger para não passarmos novamente por aquela situação constrangedora de ter todos em nossa volta falando de nós, apontando seus dedos e nos criticando, eu somente não queria isso para nós novamente, ainda mais com Robert querendo tanto um filho.

Como iriamos ter uma criança dessa forma? Com os abutres dos paparazzi e da mídia em nossas vidas, transformando tudo em um verdadeiro inferno?

Eu somente não queria aquilo para nós, mas parece que Robert não entendeu e nem aceitou isso.

Droga.

Eu queria que ele entendesse o meu ponto de vista, eu queria que ele visse que eu escondia tudo por conta da nossa pouca privacidade.

Se com a mídia sem saber que nós estamos juntos já inventa milhões de abordos sobre nós, imagina se soubesse, nós jamais teríamos paz.

-Nós poderíamos ir para uma balada bem louca, tipo uma balada de strip-tease e ver uns boy tirar a roupa bem na nossa frente, uau, só de imaginar já estou todo acesso. –Sugeriu CJ com um sorriso caloroso ao se sentar ao meu lado.

-Seria uma boa ideia. – Eu comentei dando de ombros.

Não que eu quisesse ficar com alguém ou que eu iria ficar com alguém, mas ir para uma balada resfriar a minha cabeça e tentar pensar o menos possível em toda a minha situação era com certeza uma ótima ideia.

Suzie e CJ eram uma dupla e companhia perfeita para a noite e para fazer os meus problemas serem esquecidos por algumas horas e era isso que eu precisava esquecer um pouco dos meus problemas nem que fosse por somente algumas horas.

-Ótimo, então vai lá se trocar e colocar uma roupa absurdamente sexy que iremos sair daqui a trinta minutos. – Avisou Suzie aparecendo na sala com duas garrafas de cerveja, as abrindo e entregando uma para CJ e para mim.

-Vamos beber antes da festa? – Perguntei surpresa.

-Nunca é cedo ou tarde demais para beber. – Murmurou CJ dando uma piscadinha cúmplice.

Eu ri dando um gole em minha cerveja.

-Me esperem, eu não irei demorar para me vestir. – Avisei.

-Quero uma roupa bem sexy. – Avisou CJ.

-Com certeza, calça jeans e blusa de mangas são vestimentas muito sexy. – Zombei.

Eu não iria colocar um vestido curto e maquiagem carregada, no máximo um rímel e um lápis.

-Tudo que você usa ficar perfeito em você Kristen, apenas aceite. – CJ declarou.

Mostrei para ele o meu dedo do meio e subi para o meu quarto pronta para me arrumar.

Esperando que a noite na balada me fizesse esquecer certas coisas por algumas horas.

Continua. 


Notas Finais


Até o próximo :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...