História Uncover - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Angelina Jolie, Brad Pitt, Josh Hutcherson, Magcon, Selena Gomez, Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Exibições 224
Palavras 1.018
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


NOTAS FINAIS!

Capítulo 15 - Desconfianças.


Fanfic / Fanfiction Uncover - Capítulo 15 - Desconfianças.

Respira fundo. Pela frente, ainda tem muito mundo.

— Eu me chamo Antônio.

 

Eu olhava para Shawn a cada cinco segundos e, todas as vezes eu sorria. Agora ele era meu namorado. Uma felicidade inexplicável me atingia toda vez que eu falava essa frase. A noite anterior foi romântica — tirando a parte que meu pai queria matar Shawn por chegarmos tarde —, e, agora, estávamos indo em direção ao colégio.

Peter estava a alguns bancos atrás de nós e a cada dois minutos, ele encara nossas mãos e me mandava um olhar de: “preciso falar com você”. Depois de o término dele com minha melhor amiga, nós ainda nos falamos, ele não é tão insuportável igual eu pensava. Mandy ainda estava com raiva dele e, não conseguia olha-lo. Hoje seria o dia da entrega do nosso trabalho de ciências, e o nosso havia ficado bem estranho, seria um milagre se nos ganhássemos.

O ônibus escolar amarelo parou na frente do nosso colégio, as pessoas dentro dele começaram a descer, sem se importar de emburrar uns aos outros, Shawn se colocou na minha frente, tentando fazer uma ‘barreira’ humana dele mesmo. Eu sorri. Nós descemos do ônibus e vemos o mesmo sair indo para trás do colégio. Mandy que estava a alguns metros de distância de nós dois, acenou loucamente como se não nós não estivéssemos vendo ela ali.

Tirei minha atenção da minha melhor amiga me focando no carro que estava chegando, eu não entendia muito bem de carros, mas sabia que aquele era um bem caro. Ele estacionou em uma das vagas que o colégio oferece apenas para estudantes e duas pessoas desceram dali.

Maya e Dylan.

— De onde eles se conhecem? — Mandy perguntou, levei um susto ao notar que ela aparecera de repente do meu lado sem eu ao menos perceber.

— São irmãos. — Shawn respondeu, focando seu olhar no Dylan, o mesmo nos notou, acenando para nós.

— Não se parecem em nada. — Mandy falou, eu concordei.

— A mãe dela se casou com o pai dele. — Shawn explicou, dando de ombros. Ele me olhou e selou nossos lábios em um selinho rápido. — Tenho que falar com o Dylan, nos vemos mais tarde.

Antes de eu conseguir responder, Shawn saiu arrumando sua mochila nos ombros. Olhei para Mandy confusa, a mesma deu de ombros me pegando pela mão e me puxando para os corredores movimentados do colégio.

— Me conta como foi. — ela falou animada.

— Foi muito, muito, muito fofo. — falei abrindo o meu armário, soltei um suspiro apaixonado e Mandy me olhou sorrindo.

— Nunca pensei que iria viver para ver você apaixonada. ­— ela falou, eu revirei os olhos. Um cartão caiu do meu armário, abaixei para apanha-lo. ­— O que é isso?

Deu de ombros como se eu não soubesse, abri o cartão e arregalei os olhos. Mandy o pegou da minha mão lendo-o.

 

“Vocês formam um casal tão bonitinho... SÓ QUE NÃO!

Aproveite enquanto pode, querida.

— B.”

 

— Quem mandou isso? — ela perguntou me olhando.

— Não sei. ­— falei assustada, me virei olhando para os corredores tentando achar alguém suspeito.

— Quem é B? — ela disse, jogando o cartão no cesto de lixo. — Te lembra alguém?

— Não! — respondi, o sinal tocara fazendo eu e Mandy pularmos de susto. Apenas trocamos olhares e cada uma foi para sua sala, estranho...

(...)

Shawn olhava para fora da janela, ele parecia distante. A professora de ciências falava algo, o nosso projeto havia sido cancelado, já que segundo o diretor, havia sido um desastre — quase ninguém havia feito. Revirei os olhos ao notar Maya entrando pela porta da sala. Ela me encarou e me mandou um sorrisinho irônica, apenas revirei os olhos novamente e fiz uma cara de nojo.

— Ei, por que você demorou para entrar na sala? — perguntei, puxando assunto com Shawn. Ele me olhou.

— Hm, eu... — ele me olhou gaguejando. — Fui falar com o Dylan.

— Sério? — perguntei, ele assentiu. — O que vocês falaram?

— Nada demais. — ele disse, se virando novamente. Abri a boca para questionar novamente, mas o sinal tocara anunciando o fim das duas primeiras aulas. Shawn se levantou sem me esperar e saiu andando, Maya alternou o olhar entre nós dois e sorriu.

Estranho.

(...)

— Ei Sophia! — Peter gritou, puxando de leve meu braço. Eu o encarei. — Será que podíamos conversar?

— Tenho aula. — respondi, puxando meu braço.

— Seu professor de história faltou. — ele falou, eu o encarei por alguns segundos e por fim assenti.

(...)

— Isso é ridículo! — exclamei, encarando Peter com raiva. O idiota inventou que Shawn só estava comigo por causa de uma aposta, Shawn nunca iria fazer isso.

— Sério Sophia? — falou revirando os olhos. — Ele sempre ficou com todas e você chega e, MÁGICA, Shawn parou. Você não acha engraçada ele nem olhar direito na sua cara e depois daquela festa ele cair de amores por você?

Parei um pouco para observa-lo, Shawn nunca faria uma coisa dessas. Não, não mesmo. Revirei os olhos olhando para Peter, o encarei prosseguindo:

— Eu sei que seu relacionamento com a Mandy está te deixando assim e...

— Não! — ele gritou me assustando, dei um passo para trás. Ele bufou. — Aquele dia na festa, Dylan o desafiou a fazer uma coisa e...

Sem deixar Peter continuar, me abaixei pegando minha bolsa que se encontrava no chão. Peter estava viajando legal, Shawn nunca foi esse tipo de garoto.

— Sei que você não quer acreditar em mim, mas você tem que entender. — falou se aproximando. — Shawn ficava com todas para esquecer uma garota: Maya.

Maya? Eles já tiveram algo?

— Qual é Sophia, você não acha estranho eles serem íntimos assim do dia para a noite? Maya e Shawn já tiveram muita história juntos e, os irmãos Black são capazes de fazer tudo para conseguir o que eles querem. Dylan te quer, Maya quer brincar um pouco mais com o Mendes.

Ele se virou como se não estivesse me dizendo coisas horríveis a segundos atrás, Peter saiu andando não sem antes dar uma olhada para trás. Eu tinha a plena certeza que meu rosto estava pálido, tentei digerir toda a história que Peter me contou. Shawn teria que me explicar muitas coisas essa noite.


Notas Finais


PRIMEIRO, A FANFIC JÁ TEM QUASE 2 MIL VISUALIZAÇÕES, EU TO MUITO FELIZ. OBRIGADA PELOS 44 COMENTÁRIOS TAMBÉM!

Desculpem a demora e o capítulo pequeno, estou escrevendo uma fanfic nova e isso anda ocupando um pouco do meu tempo, mas eu não vou desistir dessa, tá? HUEHUE
Vcs sabem quem é a/o B? Hmmm, muito PLL sim!
Agora, um aviso importante: vai ter segunda temporada de Uncover, e essa, que é a primeira, já está na reta final. Só isso mesmo, beijos, espero que comentem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...