História Undecided - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony
Exibições 90
Palavras 1.626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Capítulo 6


POV Camila 

- O que aconteceu com a Lauren? - Ally perguntou, ao sentar-se na mesa em que Lauren e eu estávamos ocupando.

Lucy chegou logo em seguida, parecendo interessada em querer saber também.

- Lauren está aqui, Lauren sabe responder por si mesma. - Lolo murmurou irritada, fazendo com que Lucy arqueasse as sobrancelhas perante ao seu mau humor matinal que quase nunca se fazia presente.

- Ela exagerou na bebida. - respondi, pegando o copo de café que estava sobre a mesa e oferecendo à Lauren, que negou prontamente. Ela odeia café. - Beba logo isso, antes que eu enfie isso em um lugar que vai ser bem doloroso pra você. - ameacei entre sussurros. Lauren revirou os olhos e bufou impaciente, não tardando em pegar o copo que estava em minhas mãos e tomando longos goles, pois ela sabia que mesmo parecendo exagero da minha parte, eu a faria beber aquele bendito café de gole em gole. - Um litro de tequila. Sozinha. - expliquei, ao perceber que as meninas ainda analisavam o estado crítico em que Lauren estava. 

Bolsas enormes de olheiras se faziam presente abaixo dos seus olhos; ela tinha uma expressão bastante cansativa; os seus cabelos estavam totalmente desgrenhados - isso porque ela não me deixou os pentear corretamente, alegando estar com dor de cabeça -. Ela estava acabada com a ressaca.

- Um litro de tequila. - Ally repetiu embasbacada, como se aquilo fosse coisa de outro mundo. 

Bom, pelo menos, quando se tratava de Lauren, aquilo realmente era coisa de outro mundo. Lauren costumava ser a mais responsável entre todas dali, sempre bebendo com moderação e, algumas vezes, nem bebendo para que ela pudesse cuidar de todas nós. É, as coisas mudam.

- Qual o problema de beber um litro de tequila sozinha? Isso nem sequer é da conta de vocês. - Lauren murmurou, esbanjando antipatia e distribuindo patadas. - Se eu tiver vontade de beber mais um litro de tequila sozinha, eu vou beber mais um litro de tequila sozinha. Porque eu tenho 17 anos, tenho total consciência do que estou fazendo e sei tomar as minhas próprias decisões, assim como sei lidar perfeitamente com as consequências delas. Sejam elas boas ou ruins.

Imagino.

As meninas nem sequer se deram ao trabalho de retrucar. Conheciam Lauren o suficiente para saberem que em momentos como aquele, o melhor a se fazer era não encher o saco dela pra não aumentar mais ainda o seu mau humor. 

Então nós engatamos no assunto "líderes de torcida", enquanto Lauren tinha a cabeça pousada na sua mochila e tirava um cochilo, comigo fazendo cafuné nela. Mais tarde eu iria passar na direção da escola para pegar um remédio pra dor de cabeça, ao contrário, a convivência com ela seria impossível.

- E olha quem chegou ali. - Lucy sussurrou, com um sorrisinho de lado brincando nos seus lábios. Segui a direção do seu olhar e encontrei Ashley, que vinha caminhando em direção à nossa mesa.

- A coisa tá séria, hein. Olha o sorrisinho idiota que surgiu do nada. - Ally observou, me fazendo comprimir os lábios, na tentativa de evitar o tal "sorrisinho idiota".

- Olá Allison, Lucy. - Ashley cumprimentou as minhas amigas educadamente, ganhando um "oi Ashley" em troca. - Posso me sentar? - ela perguntou às meninas, que assentiram sem pensar.

- "Oi pra você também, Camila. Não nos vemos desde ontem, já estava com saudades de você." - fiz uma péssima imitação da sua voz, percebendo um sorriso sapeca surgindo em seus lábios. 

- Passei a noite toda esperando uma mensagem sua. - ela falou sem rodeios, semicerrando os olhos em minha direção. Encolhi os ombros por tamanha culpa, pois havia me esquecido totalmente de Ashley ao focar em cuidar de Lauren. - Fiquei preocupada, achei realmente que Lauren tinha chegado ao ponto de te matar e você nem sequer se deu ao trabalho de me avisar que estava viva. Espero que não se importe em saber que, infelizmente, por pensar na pior das piores possibilidades, eu cheguei a ficar com uma outra garota a noite toda. Sabe, você fez uma falta enorme, mas eu sou de carne e osso. - ela falou seriamente, mas era perceptível o quanto que ela estava mentindo.

- Sério? - perguntei, fingindo estar surpresa. - Não sei se aguento tamanha dor. - dramatizei, colocando a mão na testa e negando com a cabeça. - Como você pôde fazer isso comigo? 

- Dá próxima vez, é só me mandar uma bendita mensagem. - Ashley falou, piscando em minha direção. 

Sorri de lado, me curvando em sua direção o suficiente para colar os nossas lábios em um longo selinho. Ela não retribuiu, mas também não se afastou. 

- Me beija. - pedi, fazendo a minha melhor expressão de cachorrinho abandonado. - Por favor. 

Ashley revirou os olhos perante ao meu golpe baixo, mas o sorriso que ela estava tão empenhada em tentar evitar se fez presente.

Ela capturou o meu lábio inferior, o sugando para dentro da sua boca e o acariciando com a sua língua. A minha mão que estava fazendo cafuné em Lauren foi imediatamente em direção à bochecha de Ashley e eu não perdi tempo em a acariciar com o meu polegar. O beijo envolvia língua e mais contato do que o beijo da noite anterior, me deixando completamente envolvida em seus toques precisos, porém o beijo não durou muito. 

Ashley parou o beijo e olhou por cima dos meus ombros, com as bochechas altamente coradas e sorrindo sem graça. Não precisei de muito para saber que aquilo não era por causa da indiscrição de Ally e Lucy, que olhavam para nós duas como se estivessem assistindo o melhor filme do mundo, mas sim por causa do olhar fulminante que Lauren dirigia para nós duas.

- Qual é, cara, logo à essa hora? - ela perguntou irritada. - Que saco. - reclamou.

- Não tem hora pra isso. - Ash falou. - Vai me dizer que você não gostaria de estar beijando o bonitão do Johnson? - ela perguntou, arqueando as sobrancelhas.

- É Johnny. - Lauren a corrigiu, não parecendo perceber que Ashley tinha errado o nome de Johnny de propósito, somente para implicar com ela. - E sim, eu gostaria muito de estar beijando "o bonitão do Johnson". - ela afinou a voz, revirando os olhos. - Mas não nesse horário, não nesse momento, não em frente à tanta gente, não querendo fazer esse showzinho todo que vocês fizeram.

- Lauren! - Ally a repreendeu.

Só então percebi que todos que estavam presentes na área de refeição da escola tinham as suas atenções totalmente voltadas à nossa mesa, e as minhas bochechas esquentaram automaticamente. Eu nunca soube lidar muito em ser o centro das atenções, mesmo sabendo que eu tinha que saber lidar com aquilo dali à diante por conta de fazer parte do time das líderes de torcida. 

- Estamos nos beijando como qualquer outro casal que tem o direito de se beijar em qualquer lugar, em qualquer horário, em qualquer ocasião e quando lhes dão vontade. - Ash falou, não parecendo se abalar com as palavras duras de Lauren. 

- Casal? - Lauren perguntou debochada.

- Estamos nos encaminhando para isso, Lauren, e espero que não haja problema entre nós duas, senão a convivência vai ser altamente difícil de se lidar. - Ashley falou sem rodeios, não se importando com a carranca que se fez presente no rosto de Lauren. - E se você quer o bem de Camila tanto quanto eu quero o bem dela, acho melhor você aceitar isso desde já, porque não vai ser nada saudável pra ela ficar entre nós duas, tendo que escolher entre uma ou outra. Você é a melhor amiga dela, por isso eu entendo perfeitamente os motivos que lhe levam à não gostar de nós duas juntas e até lhe respeito, mas, daqui a algum tempo, eu serei a namorada e espero que até lá você saiba fazer o mesmo que eu. Lidar com os fatos. - ela concluiu.

Lucy e Ally tinham a boca aberta em um perfeito 'O'. Lauren tinhas as bochechas coradas, e ela me olhava fixamente, como se estivesse me questionando se eu não faria nada. Suspirei pesadamente, segurando a mão de Ashley sobre a mesa. Aquele ato não passou despercebido por nenhuma das garotas que estavam na mesa.

- Não torne as coisas difíceis. - sussurrei para Lauren, olhando fixamente para ela. 

- Vejo que você mal chegou e já foi logo mostrando as garrinhas. - Lauren falou para Ashley, enquanto sorria debochadamente. - Que se dane vocês duas. - ela falou, se retirando da mesa e se distanciando de nós duas.

- Cara. - Lucy falou embasbacante, olhando pra direção em que Lauren havia ido. - Que babado do caralho. 

- Concordo. - Ally falou, parecendo perdida. - Quero saber de tudo que aconteceu ontem, mais tarde. Lauren não deve tá uma pilha assim à toa. 

Dei de ombros, mostrando indiferença.

- Vamos, Allison, temos que acalmar a fera antes que ela destrua o colégio. - Lucy puxou Ally pela mão, me deixando sozinha com Ashley naquela mesa. 

O meu olhar se encontrou com o de Ashley e ficamos nos encarando por um longo tempo, e então caímos na gargalhada em seguida.

- Você é louca. - eu falei.

- Apenas a situei. - Ashley deu de ombros.

- E então... namorada, hum? - provoquei, percebendo o quão envergonhada Ash havia ficado em tão pouco tempo.

- Estamos nos encaminhando para isso. - ela repetiu o que tinha falando para Lauren. 

Não me contive e lhe roubei um selinho, pois aquela garota sim, era tudo o que um dia eu imaginei merecer.
 


Notas Finais


Gente, desculpa por não ter postado esse capítulo mais cedo, eu tive que me transferir para uma outra escola e isso ocupou grande parte do meu dia. Então, foi mal.
E, bom, dependendo de vocês, mais tarde - ainda hoje - eu posto um outro capítulo para compensar o meu "pequeno" atraso.

Sobre esse capítulo: aqui começamos uma nova era. Muahuahua. Qq


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...