História Underground ( Interativa) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Drama, Ficção, Interativa, Luta, Magia, Misticismo, Pudim, Qualquercoisa, Suspense, Universoparalelo, Violencia
Exibições 20
Palavras 1.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi meus queridos e minhas queridas :3 aqui esta mais um cap da nossa querida fic \o/
Espero que gostem e BOA LEITURA \O/

Capítulo 13 - Capitulo XII: A Guerra part 1


Fanfic / Fanfiction Underground ( Interativa) - Capítulo 13 - Capitulo XII: A Guerra part 1

       Eu estava muito assustada, tanto que eu jurei ter machucado o braço de Heitor, todos ficamos em pleno silêncio com medo até mesmo de respirar.
       Quando o comboio terminou de passar, resolvemos continuar nosso caminho, Luke ia nos guiando enquanto Ashley ia guiando Luke para ele não cair por acidente, quando chegamos finalmente no nosso destino, era uma grande fazenda, havia diversas pessoas lá, quando entramos na fazenda , uma garota alegre de cabelos vermelhos, pele bronzeada, alta, de olhos violetas, nos cumprimenta e diz que se chama Emily.
        ― Bom vocês são bem-vindos aqui meus amigos! Fiquem a vontade de vir almoçar com a gente ou se quiserem posso ver um quarto para que possam tomar um banho e mudar de roupas. ― Ela sorri gentilmente.
        ― A gente ia adorar mas, estamos somente a procura de uma amiga. ― Ashley diz retribuindo a gentileza.
        ― Entendo. ― Ela diz pensativa. ― Bom, muitas pessoas vem e vão diariamente aqui na Fazenda Burn, quem é essa sua amiga?
       ― Black Rock Shooter ou talvez a Beta.
       ― Ah entendo... A Beta esta dentro do celeiro, ela prefere ficar sozinha lá, enquanto a sua outra amiga, nunca ouvi falar nela. Bom  agora tenho que ir, espero que encontrem sua amiga. ― Ela se despede e sai em direção ao casarão.
       Vamos em direção ao celeiro, quando entramos vemos já de cara Beta senta em um sofá com seus pés em cima do feno, do seu lado tinha um pequeno laptop.
       ― Daí galera! Não esperava vocês por aqui. ― Ela tira seus pés do feno. ― O que fazem aqui ?
        ― Estamos procurando a Rock! ― Diz Ashley.
        ― Entendo, ela acabou de chegar, então foi trocar de roupa, daqui a pouco ela da às caras por aqui.
        ― Devíamos usar mais vezes os poderes do Luke. ― Heitor fala surpreso.
        ― Beta já que teremos que esperar a Rock, você poderia esclarecer uma dúvida para nós? ― Luke pergunta meio tenso.
        ― Claro, pergunta ai meu fofinho.
        ― Está acontecendo alguma guerra ou coisa parecida aqui perto?
        ― Bom isso é complicado. ―Ela engole seco. ― Mas, digamos que sim...
        ― Espera isso é impossível, quero dizer nós nos escrevemos nos testes do Underground a menos de um ano, é quase impossível uma guerra estourar nesse meio tempo. ― Denis fala.
        ― Bom... Como eu disse é muito complicado, principalmente á vocês, vamos esperar a Rock voltar, ela é a única que pode explicar afinal, ela participou da guerra.

Pov.On Kaito

          O senhor James havia nos chamado, ele estava muito irritado, muito mesmo, aquilo era preocupante.
         ― Temo que estejam com um problema meus caros. ― James fala para mim e Rin.
         ― que problema seria senhor James? ― Pergunto.
         ― As crianças fugiram e temo que isso tenha a ver com a senhorita Shooter, então vamos começar o plano B, Rin esta autorizado a voltar e ativar o segundo lote, Kaito você ativara o protocolo Alfa, e eu vou dar uma palavrinha com Mary, bom é isso estão dispensados.
          Saio da sala estupefaço, o pior que poderia acontecer era o ativamento do protocolo Alfa, eu teria que dar um jeito para que aquilo não ocorresse.
           Vou para a sala de experimentos e invado o sistema, implanto um vírus dentro do computador, ele não era muito potente mas, servia principalmente pelo fato que eles demorariam até conseguir recuperar os dados novamente, até lá eu estaria longe e já teríamos salvado Mary das garras de James.
            Assim que o vírus está completamente instalado, pego e saio da sala, indo em direção ao meu quarto, pego algumas coisas coloco tudo dentro de uma mala e vou para a Fazenda Burn junto com os outros.

Pov.On Black

         Eu havia acabado de chegar, então resolvo ir para o casarão tomar um banho, eu e a dona da fazenda éramos velhas amigas, então ela permitiu a minha estadia, eu ia ficar junto a beta e Omega no celeiro. Tomo o banho e troco de roupa, indo para o celeiro escuto no rádio a seguinte noticia.
          ― Depois de inúmeros acordos, finalmente o Underground Woods concordou em assinar o acordo de paz com Regnum Superiore, agora o único que falta assinar o acordo agora é o Underground Burn, cremos que com a desistência de Woods será uma questão de tempo ate Burn finalmente assinar também.
         Eu não podia acreditar no que estava acontecendo, desci correndo a escadaria e foi para o celeiro, as crianças estavam lá olhando sem tender nada.
         ― Eu o que estão fazendo aqui? ― Pergunto confusa.
         ― Eles vieram atrás de você minha flor, eles têm muitas perguntas. ―Fala Beta.
         ― Isso mesmo temos perguntas e queremos que elas sejam respondidas! ― Fala Heitor. ― Primeiro que historia é essa de guerra, segundo como a guerra ocorreu em menos de seis meses, terceiro por que James tá la no Q.J, quarta queremos saber por que você foi acusada de traição!
          ― Realmente são muitas perguntas. ― Rio. ― Bom isso é uma história muito longa, não sei por onde começar. ― Penso um pouco e já chego à conclusão por onde deveria começar. ― A guerra não ocorreu em menos de seis meses, já fazem cerca de cinco anos que ocorreu, quando vocês foram “convocados”, na verdade foi um meio que o Underground achou para salvar as crianças...
          ― E O QUE!? ― Todos falam pasmos com a notícia.
          ― É claro que não poderíamos simplesmente chegar e falar que uma guerra estava prestes a acontecer, então foi contada a história dos testes para que as pessoas não entrassem em pânico, algumas semanas depois que vocês foram para o hiper-sono a guerra começou, nós do Underground não queríamos que nenhum lado sofresse perda então começamos a abrigar as vitimas da guerra, a grande maioria vive ainda conosco e nos ajudam, ninguém sabe ao certo como começou só se sabe que tudo começou por conta de armas, uma guerra bélica, começou de acordo com os registros por conta dos nossos testes, metade do mundo queria que as crianças fossem usadas como armas, enquanto o outro lado queria o contrario, o lado que queria que vocês fossem usados como armas se chamava Militum que era coordenado pelo antigo Estados Unidos da America, enquanto o outro lado chamado Pacem era coordenado pela Rússia, foram dois anos e meio de lutas entre si, mas, não sabíamos que havia um perigo pior que essas duas superes potencias lutando contra si, até aquela época éramos neutros e não tínhamos lado depois que tudo piorou não tivemos escolha a não ser “entrar” na guerra, uma das androides de James deu pane então se tornou má e cruel, ela doutrinava que somente aqueles que tinham poderes poderiam governar o mundo pois eram superiores, então o mundo parou e teve que encarar a nova ameaça, porem, os recursos estavam escassos em ambos os lados, claro que a primeira coisa que veio na mente foi jogar as bombas nucleares, mas, não podiam arriscar matar meio mundo, sem contar que grande parte do nosso planeta se tornaria inabitável, então o Underground resolveu ajudar, mas mesmo com a sua ajuda seus esforços foram em vão, a maior parte do mundo já se rendeu a essa guerra que consideram perdida, e a outra que somos nós não ainda lutamos pela causa.
       ― Pena que você não estava conosco naquela época senão teríamos ganhado com o super trio que era você, Kaito e Rin. ― Diz Beta fazendo uma leve careta.
       ― Ue como assim você disse que ela participou da guerra, então como assim ela não estava com vocês? ―Pergunta Ashley confusa.
       ― Naquela época eu havia abandonado o Underground... eu lutei junto ao lado inimigo.

      Pov.On Ruby

      Kaito havia acabado de chegar, isso era tão emocionante finalmente poderíamos acordar os pirralhos para que eles finalmente virassem os adultos que deveriam ser.


Notas Finais


Espero que tenham gostado deixem seus comentarios
Um beijo e Um queijooo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...