História Undertale - Frans - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Frans
Visualizações 101
Palavras 1.769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


(a capa é o fell sans) Genteee seis são fodaaa 30 favoritos amo vcs <3 muito obrigaduuuuuh por isso fiz um expecial de mais de 1.700 palavras e o proximo talvez (depende de vcs) vai ser com HENTAIIIIII (deixem nos comentarios se vcs querem mas como eu sei q vcs querem ja vou começar a fazer kkkkkkk)
Boa leituraaaaa

Capítulo 13 - Expecialll


Fanfic / Fanfiction Undertale - Frans - Capítulo 13 - Expecialll

Frisk:

  -Bom alunos hoje temos mais 3 novos colegas, venham se apresentar Sans Swap, Sans Fell e Flowey

  -Meu nome é Flowey, e nesse mundo é Matar ou morrer hahahahahah – Flowey disse isso e voltou para a carteira

  -Meu nome é Sans Swap, mas me chamem de Blue Berry

  -Meu nome é Sans Fell me chamem só de Fell, ah e eu tenho um avizinho para vocês, Se vocês fizerem o MEU Blue, chorar, se vcs derem em cima dele ou até mesmo apenas o deixar tristes vocês vão queimar no fogo do inferno entenderam?!

  -S-sim – A sala toda disse isso heh

  -Calma Fell! Não te preocupes! – Dizia O Berry – Eu tenho certeza de que eles não me deixariam tristes – ele BEIJA (?!) o Fell – E eu não vou te trair

  -O-ok – Dizia o Fell todo vermelho

 

Quebra no tempo recreio

 

Eu estava no recreio, o Sans não estava comigo ele foi beber água, eu estava falando com o Flowey, até que ele é um cara legal até que ele olha para onde o Sans possivelmente estava

  -F-Frisk, eu aconselho a não virar para traz e ver o que tem... – Flowey disse ainda muito assustado

  -Oque? Porque – eu me viro para ver e vejo......

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não pode ser....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Meu mundo caiu não.... Não …. Não pode ser.....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Sans estava a beijar outra garota eu corro até ele e dou um tapa nele

  -A-ah e-eu n-não s-sabia q-que você e-estava n-namorando, m-me desculpe e-eu não v-vou te atrapalhar.... Pode v-voltar a b-beijar a s-sua n-namorada – Digo isso enquanto choro muito, mais muito mesmo – F-Flowey vem c-comigo?

  -Claro Frisk – Flowey fala com um sorriso acolhedor no rosto e acompanha a Frisk para longe de Sans sem deixar ele ao menos explicar o que aconteceu

 

Sans:

 

Eu tava bebendo agua até que chega uma guria que eu nem conheço e me beija, ai vcs já sabem a treta

 

  -PORRA GURIA! PORQUE VOCÊ FEZ ISSO?

  -Porque eu te achei gato devia estar honrado de ter beijado a glamorosa Muffet

  -TEU CU! EU TENHO NAMORADA SUA PUT* DO CARAL** VAI LÁ BEIJAR O CAPET* E NÃO ME ATORMENTA SUA VADI* - ela sai chorando – Merda agora a Frisk me odeia eu tenho que falar com ela droga, droga, droga

 

Quebra no tempo.... Algumas semanas depois

 

Sans:

Sempre que eu tentava falar com a Frisk, ou o Flowey tava junto dela, ou ela corria de mim, e depois de um tempinho ela parou de ir para a escola, eu tenho que arranjar algum jeito de falar com ela...

 

Frisk:

 

Eu não aguentava mais ficar longe do Sans, e com medo de ver ele com a menina, então eu parei de ir para a escola, só fico trancada no meu quarto, quase não como e bebo, e eu estou com cicatrizes nos meus pulsos, por que, vocês me perguntam, porque eu estou me cortando, descarrego a minha dor em mim mesma, me cortando...

  -Frisk...- Chara batia na minha porta

  -O que é? – Eu pergunto com a voz rouca e melancólica

  -Posso entrar?

  -Pera um pouco – Fui correndo no banheiro do meu quarto, enfaixar as cicatrizes dos cortes, eu cortava tão fundo algumas vezes que ficava cicatrizes, eu não queria que ela visse isso, e eu botei um casaco por cima para não dar de ver as faixas – Pode entrar...

  -Oi maninha.... Bem eu preciso falar com você...

  -Ok pode dizer...

  -Mana, você tem que voltar a escola, todos estão preocupados.... Por favor....

  -Eu não sei se eu to pronta para ver o Sans....

  -Se você não quer fazer isso por eles.... Faz por mim... eu prometo acompanhar você quando precisar.... Por favor.... Faz isso?

   -*Suspiro* ok mana amanhã eu vou....

  -Obrigada.... Aquela escola é uma merda sem vc kkkkkkkk

  -kkk Bom eu vou me prepara para durmir até mana...

  -Ok...

 

A Chara saiu do quarto e eu fui trancar a porta, eu mal a tranquei e já desabei em lagrimas... Merda vou ter que ver o Sans com aquela guria porquê? Porque eu? Eu não aguento mais...

 

Narradora:

 

Frisk foi ao seu banheiro e pegou a lamina que ela mantinha escondida, e de novo se cortou, e ali no chão ensanguentado ela acabou se sentando e de novo voltou a chorar

 

Quebra no tempo:

 

Frisk:

 

Hoje de manhã eu vi que ainda haviam marcas no meu braço, então eu os enfaixei, de roupa eu estava com uma calça vinho, blusa preta, uma bota com um saltinho marrom até o tornozelo e um casaco grande (para não mostrar as ataduras) também preto. Eu sei que eu estou sofrendo para caçete, mas eu quero parecer superior ao Sans e fingir que está tudo ok, e eu vou tentar esquecer ele! Pela Chara eu acho que ela não está feliz em me ver assim, então eu vou tentar!

 

Estar tentando se “curar” lhe enche de determinação

 

Eu estava descendo as escadas e Chara veio correndo me abraçar, e logo depois veio o Azzy

  -Que bom que você vai voltar para a escola mana! – Disse Chara com um sorriso alegre na face

  -É mesmo maninha – Disse o Azzy

  -Ah e nós chamamos uma pessoa que estava muito preocupada com você todo esse tempo, vamo para a escola com ele tudo bem né? – Chara disse animada

  -S-sim não é o Sans né?

  -Não! – Disse o Azzy

  -Ok então – Disse com um sorriso no rosto, eu estou me sentindo melhor... eu acho que devia antes ter voltado a falar com eles heh

  -Vamos ele ta esperando lá fora – disse a Chara andando até a porta.

Quando eu fui lá fora eu fiquei muito feliz, era ele a pessoa que estava me apoiando, mesmo sem estar comigo ele sempre me mandava mensagens para falar comigo era o....

  -FLOWEY!!! – Fui correndo dar um abraço nele – Hehehehe to feliz que você está aqui

  -É claro que eu não ia deixar vc ir para a escola sozinha – Ele me dá um sorriso acolhedor, não sei como, mas ele me acalma muito - *sussurro* Hei vc ainda está se cortando? – Sim, ele era a única pessoa que sabia, não sei pq, mas eu acho que ele é uma pessoa em quem eu possa confiar

  -Sim... Mas eu estou determinada a parar!

  -Hehehe eu sei que vc vai conseguir – ele meche no meu cabelo

Nós fomos para a escola várias pessoas estavam olhando para mim e Flowey, até a Metaton chegar com os nossos amigos

  -Oh Darling, nós estávamos tão preocupados que bom que você voltou! – Disse Metaton me abraçando hehe

  -S-Sim, todos nós estávamos muito preocupados – Dizia a Alphys

  -Sabe, eu voltei por causa de uma ser humaninha chamada Chara – Eu abraço ela

Nós ficamos conversando até o sinal bater para começar a aula

 

 

Sans:

 

Bom.... Eu tenho que falar com a Frisk, eu já falei com a Chara e no fim da aula eu vu poder falar com ela assos, heh, eu acabei pedindo permissão para ela não me incomodar depois kkkkkk

 

Quebra no tempooo

 

Eu estava esperando a Frisk, até que eu vi ela e.... Uau ela ta muito gata ‘-‘ merda ela ta com o Flowey -.- ..... Ok, ok calma vamo lá

 

  -F-F-Frisk, eu tenho que f-falar com você

  -Mas eu não quero falar com você, eu estou ocupada falando com o Flowey – Ela friamente, acho que ela está brava mesmo...

  -Vai logo Frisk, a gente conversa dps, vai lá vocês têm assuntos pendentes, eu vou para a minha casa, até mais – Ele dá um BEIJO na testa dela e ela cora um pouquinho

  -Tá Sans fala logo

  -O-ok, primeiramente desculpa Frisk, mas me desculpa mesmo, não fui eu quem beijei ela, foi ela que chegou e me beijou e....- Interrompido

  -TA, MAS MESMO ASSIM VOCÊ DEIXOU ELA TE BEIJAR! VOCÊ NEM TENTOU SEPARAR O BEIJO DELA E ESTAVA ME TRAINDO! – Eita preula ela já está ficando com as orbitas prateadas eu tenho que a acalmar

Eu a puxo para mim e a beijo, eu peço passagem para a língua e ela cede nós ficamos ali até a maldita falta de ar

  -Deixa eu me explicar, eu estava mesmo indo beber agua, e ela simplesmente veio e me puxou e me beijou, eu não queria, mas aquela demônia até que é fortinha, e quando eu consegui me separar você estava ali e fugiu não me deixando explicar, me desculpe Frisk, eu te amo muito – ela estava me olhando até que ela começa a..... Rir (?)

  -Hahahahahahahahahahahahahahaha

  -P-porque você e-está r-rindo?

  -Porque eu fui uma completa idiota! Em vez de te escutar eu simplesmente fugia e não deixava vc falar... Hahaha e e-eu até me cortei.... Hahaha e-eu quase destruí minha vida por ser uma idiota Hahaha – Ela começa a chorar e eu também, nós ficamos chorando um pouco, até eu a pegar no colo e começar a andar

  -Para onde estamos indo? – Ela pergunta me olhando Mds que fofaaah

  -Não sei onde a My lady prefere? Minha casa assos 7w7 para “ver um filme” ou a sua casa com a Chara e o Cabritinhuh (Eu chamo o Asriel assim ‘-‘)? Você decide

  -Hmm acho que vamos ficar assos para “comemorar” a nossa “volta” – Ela me olha se ajeitando no meu colo de um jeito e sua cabeça ficou no meu ombro, ela parecia uma criança heh.

 

Frisk:

 

To querenduh provocar o Sans vamos ver até onde ele aguenta 7w7, comecei a dar beijos e pequenas mordidinhas e seu pescoço, ele soltava uns gemidos bem baixinhos

  -Aí vc me ferra Frisk heh vem sobe na cacunda e para de fazer isso na rua (A/N: aaah então em casa pode éh? Bom sabeeeer 7w7)

Chegamos em casa e ele me soltou

  -Sans, o Papy ta e casa?

  -Não, ele saiu com a Metaton

  -Ok então vai vendo um filme aí que eu vou no teu quarto um instante ok?

  -Ok que tipo vc prefere?

  -Hmm qualquer um mesmo

Eu fui para o quarto dele e tirei minha roupa e peguei uma blusa dele daquelas que ficam grandes e botei em mim, já que é mais confortável e eu to querendo provocar Hehehehe

 

  -Escolheu o filme? – Falei enquanto eu descia as escadas

  -Sim eu peg- ele parou de falar enquanto me olhava hehehe

  -o que foi? – Como se eu não soubesse

  -N-nada eu peguei Invocação do mal ok?

Nós vimos o filme, mas chegou uma parte que....

  -AAAAAAAAAAAH- Eu levei um susto e pulei no colo do Sans, pensa, eu só com uma blusa,no colo dele hmmmmmm vaaarios pesamentos impuros, e como eu tava feliz com a nossa volta e eu queria “presentiar” ele já que ele nao tinha feito nada eu começei a beijalo intensamente

 


Notas Finais


Amuuuuuuh vcs <3
Beijos tchauuuu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...