História Undertale - O Primeiro Humano - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Tags Auternative Universe, Undertale
Exibições 15
Palavras 565
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Luta, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


se vc n sabia, eu ja tinha escrito essa fic antes, eu escrevi 5 capitulos, dai eu tive bloqueio criativo e inteligente que eu sou, eu marquei a outra fic como "terminada", agr q eu to conseguindo escrever de novo, eu num posso mais escrever lá ;-; intão eu vo posta tudo aki de uma vez e ja vo escreve o cap 6 chau, vai lá lê a história, vai ;u;

Capítulo 2 - A família Dreemurr


Fanfic / Fanfiction Undertale - O Primeiro Humano - Capítulo 2 - A família Dreemurr

Asriel me levava para sua casa, ele me guiava pela mão, até que chegamos em uma sala com vários botões no chão, Asriel soltou de minha mão e começou a me explicar.

-O subsolo é cheio destes quebra-cabeças, eu não sei bem para que servem, mas, é preciso resolve-los para ir de uma sala à outra, tente decora-los, para poder andar sozinha pelas RUÍNAS.

- Tudo bem ! -eu disse com um sorriso no rosto-

-Preste bem atenção!

    Asriel resolveu aquele quebra-cabeça, e mais alguns no caminho, quando tudo ficou preto do nada, eu não via nada à minha volta, a não ser um monstro muito parecido com um sapo, que começou a me atacar, eu não sabia o que fazer, então só fiquei lá, paralisada, eu levei alguns ataques mas Asriel me defendeu e lutou com ele por mim, até que ele foi embora.

-O que foi isso!?

-Depois eu explico, vem! -disse Asriel, animado-

    Depois de uma longa caminhada, chegamos a uma sala com uma pedra, e vários espinhos bloqueando a saída, Asriel a empurrou até um botão no chão e os espinhos abaixaram, liberando a saída.

-É aqui ! vem !

-aqui o que ?

-A minha casa!

    Asriel saiu correndo na frente, e foi pelo caminho que levava a sua casa, mas havia outro caminho, eu estava curiosa para saber o que tinha lá, poderia ser perigoso, mas, eu decidi me arriscar e fui ver, lá tinha uma faca, mas era feita de plástico, mesmo assim, eu decidi pegar e a levei comigo.

-Chara?

-ah, oi ?

-o que está fazendo aqui? você não vem?

-ah, claro! só queria ver o que tinha aqui...

-vem, minha casa é por aqui !

    Asriel me puxou pela mão, e antes de entrarmos ele disse:

-shh! tem que ser uma surpresa !

-ok! -eu respondi, ansiosa e também com um pouco de medo de conhece-los-

-meus pais estão na cozinha, não podemos fazer barulho!
    
    Nós fomos andando bem devagar, para não fazer barulho, eu olhei pra cozinha e lá estavam eles

Admito que eles davam um pouco de medo, mas, se Asriel é legal, eles também devem ser, né?
 De repente, asriel grita:

- MÃE, PAI, EU ACHEI UM HUMANO !!

    Eles viraram rápido, a mãe de Asriel soltou a torta que estava segurando e veio correndo

-Chara, Esses são meus pais

-Olá minha criança, sou TORIEL, a rainha dos monstros, e este é Asgore, o rei, seja bem vinda a nossa casa!

-O-Obrigada...

    Depois de nos apresentarmos e nos conhecermos melhor, Toriel fez torta de caramelo, assistimos TV, até jogamos alguns jogos do Asriel, quando notamos, ja estava de noite.

-Oh, passamos tanto tempo conversando que nem percebi, já é hora de dormir, crianças

-aah, não podemos brincar só mais um pouco?

-Não, crianças, amanhã vocês podem brincar o dia todo, mas agora é hora de dormir.

- senhora Dreemurr... -Toriel deu risada sobre o que eu disse-

-oh, minha criança, você pode me chamar de Toriel!

-ah... mas, onde eu vou dormir ?

-...eu não pensei nisso...

-Eu posso dormir no sofá, Chara pode ficar com minha cama

    É, até que eles são bem legais, quando eu penso em monstros, eu penso em criaturas assustadoras que querem te matar, mas eles não são nada disso, eles foram bem legais comigo, eu me sinto em casa, sinto como se fosse parte da família...


Notas Finais


Dessa vez n tem nenhum erro na escrita pra reclama, viu e-e


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...