História Undertale - Os Primeiros 6 Humanos (Interativa) - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Chara, Flowey, Gerson, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags História Interativa, Undertale
Exibições 21
Palavras 802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Demorou um pouco porque... Na verdade eu num sei puquê demorou -_-

Espero Que Gostem E Boa Leitura.

Capítulo 25 - Chgando Em Hotland De Forma Inesperada


Fanfic / Fanfiction Undertale - Os Primeiros 6 Humanos (Interativa) - Capítulo 25 - Chgando Em Hotland De Forma Inesperada

P.O.V Key

Eu estou correndo da Undyne:
- Por que eu falei aquela merda ?!
- VOLTA AQUI !
- Puta Merda !
Eu vou pulando de pedra em pedra para ela errar as lanças:
- PARA DE PULAR SEU MACACO PRETO !
- EI, OLHA O RACISMO ! - Eu paro na frente dela - Isso não foi legal, você devia ped... - Ela pega em meus pescoço e me levanta - Calma... Undyne... Eu sei que você... Nos odeia... Mas por favor... Nos poupe.
Eu dou um sorriso para ela:
- NUNCA ! - Ela me joga no chão e depois para longe - Eu nunca deixaria vocês livres por aí.
- Merda.
Eu começo a correr para longe, eu olho para trás e vejo ela vindo mais rápida.
Eu viro a esquerda, onde tem uma ponte, eu cruzo ela e viro a direita, enquanto corro, eu lia um letreiro "Bem-Vindo A Hotland":
- Hotland ?
Eu corro até chegar em um lugar bastante quente e cheio de rios de lava:
- Caramba... Que lugar incrível... E quente - Eu olho para trás e vejo que a Undyne parou de me perseguir - Que que foi !? Não pode vim aqui !? - Eu grito para ela enquanto eu vejo ela voltando andando - Ué ? Vou continuar em frente então.
Eu vejo uma barraquinha parecida com a que o Sans trabalha em Snowdin e uma ponte, eu atravesso ela e continuo em frente. Encontro 3 caminhos, um para esquerda, um para a direita e um reto com uma construção consideravelmente grande:
- Vou pra cima em homenagem aos autistas... Ainda bem que ninguém tá aqui para ouvir isso - Tem um campo de força que não me deixa passar - Que droga - Então eu vou para a construção - "Laboratório Real", espero que não seja nenhum cientista maluco - Eu bato na porta - Hey, tem alguém aí !? - *Silêncio* - Preciso de ajuda, por favor ! - *Silêncio* - Parece que não tem ninguém.
Quando eu ia embora:
- JÁ VAI ! - Ela abre a porta, era a dinossaura - O... Ol... Olá... Precisa... De alguma coisa ?
- Sim, é que eu to fugindo de alguém, essa pessoa quer me trucidar.
- Tud... Tudo bem... Entre...
- Obrigado.
Eu entro no laboratório dela:
- Desc... Desculpa a... Bagunça...
- Ei, não precisa ter vergonha, eu sou o Key, prazer.
Eu estendo a mão para ela:
- Tá bom então, eu sou a Alphys - Ela aperta a minha mão - Eu sou a cientista real.
- Legal, mas então, você pode me ajudar ?
- Claro, do que precisa ?
- Você provavelmente conhece ela, a Undyne, ela quer me matar de qualquer jeito, eu e os meus amigos.
- Bom, vocês são humanos e com a morte de vocês, vem a nossa liberdade, e sim, nós somos amigas.
- Que ?! Você vai me dedurar ?
- Claro que não, até porque, se nós saímos, com certeza os humanos terminaria de nos matar.
- Pera, terminaria ?
- Sim, há muito tempo, nós viva na superfície junto com os humanos, nós entramos em guerra, os humanos saíram vitoriosos, nós não conseguimos derrotar sequer um humano, já eles, quase que nos exterminaram por completo. Eles nos aprisionaram aqui com uma barreira mágica, e desde então, vivemos aqui, presos. 
- Wow... Isso, é bem triste...
- Mas não é tão ruim aqui em baixo, é melhor do que viver lá em cima, sendo destruídos. 
- Hum... Entendi... Mas então, você pode me dizer como que volta para Snowdin, de preferencia sem ter que voltar para WaterFall ?
- Claro ! Se você sair do laboratório e pegar a esquerda, você vai encontrar o/a barqueiro(a) e se ele/ela não tiver lá, basta tocar o sino na parede.
- Valeu Alphys ! Mas eu to cansado agora.
- Você pode ficar... Se quiser...
- Bom, se não for um incomodo, eu fico sim.
- Oba ! Nós podemos comer miojo, criar coisas, ler livro, ver anime...
- Vai ser bem legal, mas eu não curto muito anime.
- Poxa, que pena...
- Mas a minha amiga SJ gosta dessas coisas tudinho, ler livro, robôs, e principalmente anime, ela até pede desculpa em japonês, eu acho que é "Sumi" "Sukis"...
- "Sumimasen".
- É esse treco louco aí de vocês.
- To ansiosa para conhece-la, mas então, você disse que estava cansado, não quer dormir um pouco ?
- Mas aqui é o seu local de trabalho, não posso dormir aqui.
- Aqui é minha casa também, pode ficar no meu quarto, eu vou assistir as Duper Gatinhas.
- Beleza então, já que insiste.
Ela me leva até o quarto dela, eu tiro o sapato e vou dormir.


Notas Finais


CHEGAMOS A HOTLAND AEEEEEE (mas Snowdin continua sendo melhor lugar [na minha opinião] ). Agora vamos lá para o estado dos personagens:
Sarah: Em Snowdin com o Sans.
Amy: Provavelmente está morta.
Yui: Com o Freddy bastante preocupada com o Key.
Key: Dormindo na casa da Alphys.

Eita situação boa (ou ruim).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...