História Undertale - Os Primeiros 6 Humanos (Interativa) - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Chara, Flowey, Gerson, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags História Interativa, Undertale
Exibições 20
Palavras 1.562
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um cap aqui para vocês :)
Espero que gostem e boa leitura ^^

Capítulo 27 - O Homem Que Falava Com As Mãos


Fanfic / Fanfiction Undertale - Os Primeiros 6 Humanos (Interativa) - Capítulo 27 - O Homem Que Falava Com As Mãos

P.O.V Freddy

Eu estava em WaterFall, apesar de ser perigoso, eu vim aqui por que estou sozinho e sem ninguém, até que ouço o Lobi brigando com a Undyne, eu apenas ouço:
Undyne - POR QUE AJUDOU AQUELE TAMPINHA ?
Lobi - EU NÃO AJUDEI NINGUÉM ! EU ESTAVA NO TREINAMENTO COM OS OUTROS !
Undyne - Me conte a verdade que a punição será menor.
Lobi - *Suspiro* tá bom... Eu e o Freddy somos amigos, eu o protegi de você disfarçadamente para que não saiba que era eu, mas sem querer acabei usando os poderes, assim fazendo com que você descobrisse que era eu...
Undyne - Certo... Eu quero suas armas e armaduras na realeza amanhã.
Lobi - Mas...
Undyne - Sem discussão !
Lobi - Certo então, amanhã vai está tudo lá.
A Undyne vai embora:
- Eu vou lá falar com ele - Eu chego perto dele - Ei Lobi, tá legal cara ?
- É claro que eu to, eu acabo de perder o meu emprego, o meu respeito pela a Undyne, os meus amigos na Guarda Real e tudo isso por sua culpa ! Claro que to bem - Eu fico chocado - Foi mal cara, eu não consegui segurar o desabafo.
- De boa cara, não se preocupe, nós vamos dar um jeito.
- Nós ?
- Sim ! Eu cavei essa cova junto com você, não pode entrar nela sozinha.
- Valeu cara - Ele me abraça - Você é o melhor amigo que tenho.
- Vamos dar um jeito em tudo cara, mas vamos para Snowdin, você deve tá cansado.
- Beleza.

Chegando la.

Nós estávamos indo para a pousada até que a Yui e o Key nos para:
Yui - Pessoal, precisamos da ajuda de vocês !
Key - É urgente !
- O que aconteceu ?
Key - Você já ouviu falar sobre o homem que fala com as mãos ?
- Eu não.
Lobi - Nem eu.
Key - Droga !
- Por que querem saber disso ?
Yui - Olha, é o seguinte.

Uma Explicação Depois.

Yui - E é por isso que nós queremos saber de algo.
- Caramba.
Lobi - E que tal se nós formos na Bliblioteca e perguntarmos aos monstros.
Yui - Beleza, eu e o Key vamos na Bliblioteca, vocês perguntam aos monstros.
- Certo, nos encontramos no Grillby's as 17:00, e já são 15:00, então temos 2 horas de procura.
Key - Certo, boa sorte gente, e tomem cuidado.
Lobi - Vocês também.
Nós nos separamos e começamos a perguntar para todos:
- Olá senhora, você conhece ou já ouviu algo sobre um homem que falava com as mãos ?
- Não senhor, mas você não acha o meu coelhinho de canela bem fofo ?
- Sim... Sim... É bem fofo... Valeu.
Eu fui para outro monstro:
- Ei senhor, você já ouviu algo sobre o homem que falava com as mãos ?
- Não.
- Valeu.
Eu me afasto:
- Quem agora ? - Depois de pensar - JÁ SEI ! O Grillby vive aqui desde pequeno, talvez ele saiba de algo.

Chegando no Grillby's.

Eu abro a porta e vou direto pro banco:
- Eae Grillby, de boa ?
- ... ?
- Não, de boa.
- ... ?
- Tá bom, pode mandar umas batatas aí.
- ...
- Valeu, toma aqui 50 Gold - Enquanto eu como - Mas então Grillby, você sabe algo sobre o homem que fala com as mãos ?
- ...
- Que droga.
- ...
- Boa Idéia ! Valeu Grillby !
Eu saio do Grillby's e vejo o pessoal vindo para cá:
Key - Eae cara, chegou antes é ?
- Não, é que eu fui falar com o Grillby sobre isso e ele falou que o Gerson é segundo monstro mais velho do subsolo.
Yui - E quem é o primeiro ?
Lobi - O Asgore.
Key - Certo, vamos para WaterFall então.

Chegando na loja do Gerson.

Todo Mundo - GERSON ! PRECISAMOS FALAR DE UMA COISA URGENTE.
Gerson - Calma crianças ! Quase que ocês me matam do coração.
- Foi mal, é que como você é bastante velho e conhece muito bem a história dos monstros, nós queria te perguntar uma coisa.
Gerson - Certo, e sobre o que é ?
Yui - O homem que falava com as mãos.
Gerson - Ah sim, eu o conheço muito bem.
Todo Mundo - Sério !
Gerson - Sim ! Mas num lembro.
Todo Mundo - Ahhhhh.
Gerson - Hehehehe, to brincando, eu sei muito bem quem ele é, sentem-se pois a história é longa - Todos nos sentamos - Certo, vamos lá.

*Lembranças Ativas*

- Então Asgore, você acha que ele conseguiu algo ?
- Esperamos que sim Gerson, nós dois queremos que os monstros estejam esperançosos.
- Certo, espero que ele tenha conseguido.
Nós chegamos até a porta do laboratório e então ela abre:
??? - Entre por favor.
Nós entramos:
Asgore - Olá Gaster, como vai o progresso ?
Gaster - Bom, estou no meio do caminho, eu consegui criar uma alma humana artificial, agora apenas falta fazê-la ter o poder de uma.
Gerson - Ainda bem, mas caso conseguimos, temos que arrumar um lugar seguro e escondido lá fora.
Gaster - Ah ! Quase que esqueço, estou trabalhando em um novo projeto, o Núcleo.
Gerson e Asgore - O Núcleo ?
Gaster - Ele faz com que gere energia por todo o subsolo, e arrumei um lugar perfeito para instala-lo, em Hotland, pois poderei usar a lava como fonte de energia.
Asgore - É um trabalho ambicioso, mas se obter sucesso, será fantástico.
Gerson - Isso custará muito, mas eu acho que será útil tanto para nós como para os monstros.
Gaster - Então, o que me dizem ?
Asgore - Certo Gaster, nós o ajudaremos nesse projeto.
Gaster - Obrigado ! Eu não falei que eles iriam permitir.
Gerson - Com quem ocê tá falando ?
Gaster - Pessoal, enquanto eu trabalhava nas almas, eu consegui dar forma a 6 almas, uma de cada cor diferente.
Asgore - E onde elas estão ?
Gaster - Venham pessoal ! - Surge várias mãos, uma com cada furo no  meio e nele, uma cor diferente - Elas tem cada significado diferente, como a laranja que é a Bravura, ou a azul, que é o oposto do laranja, a Paciência.
Gerson - Uau ! Ocê tá evoluindo conforme o tempo Gaster.
Asgore - Isso é interessante.
Gaster - Bom, vamos ao projeto então ?
Asgore - Quanto antes melhor.

2 Anos Depois.

Gerson - Os monstros estão trabalhando duro nesse projeto, mas estamos quase lá !
Gaster - Estou muito ansioso para que funcione, tem que funcionar !
Asgore - Você não mesmo diz que a paciência é inimiga da perfeição ?
Gaster - Apenas estou ansioso, não apressado.
Gerson - Hehehehe, ocês dois são os melhores do mundo.
Nós chegamos em uma alavanca:
Gaster - Quando eu puxar isso, o Núcleo começara a rodar as engrenagens internas, fazendo com que o tubo sugue a lava de forma adequada e mandando para o ponto central, onde ela é alterada as moléculas dela e fazendo virar sólido, assim desintegrando a lava sólida e transformando em energias positivas e negativas, assim fazendo com que cabos elétricos passe por todo o subsolo e fazendo tudo que for eletrônico, como robôs e televisões funcionarem. Mas é claro que deve ser gerada e distribuída de forma certa, pois senão as coisas atingidas pela eletricidade serão queimadas ou até mesmo explodirão. Entenderam ?
Asgore e Gerson - Não mas pode ativar.
Gaster - Certo, mandem eles se afastarem.
Gerson - Ei povo ! Instalem as últimas coisas e se afastem !
Gaster - Gaster minha garganta a toa explicando.
Asgore - Tava demorando hahaha.
Gerson - Certo, tudo pronto !
Gaster - Preparem-se para a evolução do subsolo !
Ele ativa a alavanca, a lava começa a ser sugada, nós vemos o Núcleo começar a funcionar e olhamos para os lados, o laboratório dele estava com o gerador desligado, e então funcionou, nós havia cortado a energia da Capital, apesar de todos terem ficado bravos com nós, o Núcleo funcionava:
Asgore - Funcionou !
Gerson - A sua invenção é incrível Gaster !
Gaster - Minha não... Nossa invenção.
Mas do nada, tudo treme:
Asgore - O que tá acontecendo ?!
Gerson - Se segurem !
O Gaster acaba caindo da ponte, ele se segura:
Asgore - Aguenta aí Gaster !
Quando Asgore ia pegar a mão de Gaster, mas ele não aguenta e acaba caindo:
Gerson e Asgore - GASTEEEEEERRRRR !
As almas foram e tentaram levanta-lo, mas ele cai na lava junto com as almas e é sugado pela sua própria invenção.

*Lembrança Desligada*

Gerson - Eu nunca vou me esquecer disso... Nunca vou me esquecer do meu amigo Gaster...
Key - Pera ! Se ele está morto a mais de 4 anos, por que o barqueiro falou para ter cuidado com o Gaster ?
Gerson - Não pode ser o Gaster, é impossível sobreviver da lava e da máquina.
Yui - Desculpa Gerson pelo Gaster, se nós soubéssemos...
Gerson -  Tudo bem, só quero ficar sozinho agora.
Lobi - Certo, vamos pessoal.
Nós saímos da loja e formos de volta a Snowdin.


Notas Finais


Esse ficou muito grande. Eu iria criar um capítulo único só para essa parte que o Gerson conta a história, mas tinha que ser mais detalhada que isso.
Ah ! E pros que faltaram as aulas, eu inventei esse negócio de criar energia, blz ?
Espero Que Tenham Gostados E Flw ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...