História Undertale - Os Primeiros 6 Humanos (Interativa) - Capítulo 56


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Chara, Flowey, Gerson, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags História Interativa, Undertale
Visualizações 33
Palavras 8.821
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Dessa vez não é trollagem :)

Imaginação acabou ganhando, então não imaginem esses personagens morrendo: Amy, Freddy, Crystal, Key, Yui, Sarah, SarahSwap, Sans, KeyR, E Drake.

Espero que gostem e boa leitura :3

Capítulo 56 - A Grande Guerra (Final)


Fanfic / Fanfiction Undertale - Os Primeiros 6 Humanos (Interativa) - Capítulo 56 - A Grande Guerra (Final)

P.O.V Ink

Chegou a hora, o momento que eu tanto esperava, o momento de salvar o pessoal e se vingar do Error Sans, ele vai pagar caro por tudo que fez comigo. Nós estávamos indo até a Mansão Glitch, não tem como fazer ataque surpresa, então vai ser um ataque frontal, espero que resulte em algo:
Undyne - Tem algum Plano B caso algo dê errado ?
- Eu já pensei nisso, quando eles estiverem numa vantagem grande, nós recuaremos. Porém, pelo menos 3 de nós iremos pelos lados e entrarão na Mansão, procure e solte todos que estão presos. Caso consigam, dêem um sinal que nós não teremos que se preocupar com ataques fortes acertarem a Mansão. Entenderam ?
Todo Mundo - Sim.
Apesar de termos a vantagem numérica, não tenho certeza se iremos conseguir. Pra mim, o que importa mais é o Error Sans, e nada mais...
Nós chegamos no pé do morro da Mansão:
- Chegamos... - Eu me viro olhando pra todo mundo - Escutem, essa será a coisa mais perigosa que fizeram em suas vidas, não importa o que acontecer, não tenham medo. Eles podem ser fortes, mas nós juntos, somos mais fortes ainda, então sempre tentem ajudar uns ao outros, pois isso dependerá não só de um, mas de todos aqui. Por isso que chamei vocês, os únicos que eu sabia que iriam fazer de tudo para fazer o bem. Então vamos a luta e salvar nossos amigos !
Todos eles sorriem pra mim, e então começamos a subir o morro. Quando chegamos no topo, nós se encontramos com os Errors, bem distante da gente... Espera, cadê o Key e a Helena ? (Wolfy: Você controla essa fanfic, deveria saber). Na verdade eu criei e dei o poder pra Autora, e depois veio você, então eu não faço a menor idéia do que aconteceu com eles. Eu via a Sarah, a Error Kitsun bem mais magra do que antes, será que o bebê nasceu ? Enfim, também vejo o Error Gaster, Freddy, Error Wolfy, o cachorro da Sarah e o Error Sans...:
Papyrus - VAMOS PRA CIMA ? - O Kin aparece e pula no colo dele - DE ONDE VOCÊ SURGIU ?
Kin - Vim ajudar !
Eu invoco um Hiper Gaster Blaster:
Kitsun - Wow wow wow, e a Mansão, não vai destruí-la ?!
Eu vejo o Error Sans fazendo o mesmo:
Bob - Isso não vai dar nada bom...
Nós dois disparamos ao mesmo tempo:
Todo Mundo - Você ficou maluco ?!
Quando eles se chocam, tudo explode.

P.O.V Autora (Praticamente uma terceira pessoa) - Flashback 1 On

Dois monstrinhos estavam se divertindo juntos, mesmo sendo tão diferentes, os dois eram inseparáveis, e não se distanciavam por nada, até que um deles falou:
- Olha mamãe o que eu fiz ! - Um deles se levantou e correu até sua mãe, e abriu a mão, mostrando um Froggit bem pequeno - O que achou ?
??? - Eu amei filho ! Com certeza você tem talento.
O outro monstrinho vai até ela:
??? - Olha o que eu sei fazer.
Ele pega o Froggit e esmaga ele na mão, o matando, fazendo com que o outro comece a chorar e ele rir.
??? - Isso não foi legal filho, peça desculpa.
??? - "Desculpa".
Bom, eles eram inseparáveis, mas não se davam bem quase nunca. A mãe deles era a Deusa da Vida, por isso amou o que ele havia feito:
??? - Por que você fez isso irmão ?!
??? - A minha especialidade é destruir e matar, pelo menos o Tio Sans concorda comigo.
Deusa Da Vida - Ele é a Morte, o que você esperava ?
??? - Enfim, o que eu to tentando dizer é que você dá mais atenção a ele do que pra mim.
A mãe deles suspira:
Deusa Da Vida - Tá bom, prometo ser mais justa com você.
??? - Obrigado - Eles todos se abraçam - Desculpa cara por fazer aquilo com o seu bichinho.
??? - Tudo bem, eu te perdoo.
Como eu havia dito, eles eram diferentes, mas inseparáveis.

Flashback 1 Off - P.O.V Ink

Todos são empurrados pelo impacto, menos eu e o Error Sans, que começamos a correr de encontro, os outros se levantam e começam a correr também:
- Você vai pagar por tudo que fez...
Quando chegamos perto, o Wolfy apareceu:
Wolfy - PAROU ! - Ele estrala os dedos e todo mundo para, até eu ?! - Eu vim dar um pequeno recado, eu e a Autora não estamos decidindo quem vai bater em quem, o que vai fazer e nem o resultado final, a partir de agora não atrapalharemos em nada dessa luta, eu apenas vou assistir comendo uma pipoca, agora, hora da matança !
Ele estrala os dedos de novo e desaparece, todos nós voltamos a correr de encontro. Eu quero uma luta privada com o Error... Quando eu chego perto dele, o seguro e jogo pra longe, em seguida pulando pra direção que o arremessei. Eu pouso, enquanto vejo ele fazendo o mesmo.

P.O.V Autora

Error - Quer um momento sozinho então ?
Ink - Sempre fazendo piadinhas... Mesmo quando você fez aquilo...
Error - Eu tinha que provar o meu valor ! Não tenho culpa de ser assim !
Ink - Éramos felizes juntos ! Por que teve que aceitar aquilo ?!
Error - Eu estava cansado daquela vida ! Você era visto por todos ! E eu ?! Eu era como se fosse sua sombra...
Ink - Por que não falou isso antes ?! Não precisava fazer aquilo com ela !
Error - Precisava sim... - Ele cria uma espada de osso - E não me arrependo nenhum pouco...
O Ink pega o seu pincel e faz uma espada também. Espero que a pipoca dure até o final. Eles correm de encontro, e quando chegam perto... (Wolfy: Parou aí ! Deixa eu narrar agora a outra parte) Mas... (Wolfy: Relaxa, não vai demorar, eu acho...)

P.O.V Wolfy

Beleza, agora narrando a parte em que tá rolando a guerra. A Undyne... (Autora: O fi de quenga, o que cê tá fazendo ?!) O que você acha, narrando a guerra. (Autora: Eu perguntei pro povo se eles queriam imaginar a cena ou se eu escrevesse, a maioria pediu imaginar, agora deixa eu narrar a luta de volta ?!). Sim...

*Momento pra vocês imaginarem parte 1*

P.O.V Autora

Infelizmente um certo monstro me fez perder uma parte da luta épica, mas vamos continuar. O Ink estava caído no chão se defendendo dos golpes do Error, os dois não cansavam de jeito nenhum, até que finalmente o Ink acha uma brecha e chuta ele para longe, se levantando rapidamente:
Error - Quando foi que ficou bom em lutar.
Ink - Desde que você matou a pessoa mais importante pra mim.
Error - Quando que você vai enxergar o meu lado ?! Quando eu te matar ?!
Ink - Ela nos cuidou em todo momento ! Ela fez tudo por nós ! Mas em vez de agradece-la, você alegrou outra divindade !
Error - EU ESTAVA CANSADO DE SER ESQUECIDO POR TODOS !
O Error avança muito rápido nele, e chegando perto tenta perfura-lo. O Ink desvia e derruba ele, em seguida se vira para ele:
Ink - Hora de morrer...
Quando ele ia atacar, a Sarah aparece socando a cara dela. Calma ae gente, só um instante. O WOLFY, PEGA MAIS PIPOCA ! (Wolfy: Beleza !) VALEU ! Agora continuando:
Sarah - Você está bem ?
Ela o ajuda a se levantar:
Error - Sim, valeu... Escuta, essa briga é entre nós, você não vai ter chance nenhuma contra ele.
Sarah - Eu não vou te abandonar aqui ! Eu quero te ajudar, eu quero ficar com você ! Eu não sei o que faria se acontecesse algo com você...
O Ink olha pra Sarah e vê algo piscando na nuca dela:
Ink - Você se rebaixou a esse nível ?! - Os dois olham pra ele - Você está controlando ela, sério isso ?!
Sarah - Controla-da ?...
Error - Como assim ?
Ink - Você joga sujo mesmo...
Sarah - Do que ele tá falando Error ?
Ela olha pra ele:
Error - Eu juro pela minha vida, não sei do que ele tá falando.
O Ink desenha exatamente o que estava na nuca dela:
Ink - Coloca o dedo na sua nuca, você vai achar isso.
Ela coloca e sente o treco:
Sarah - Error... Você... - Ela sente várias dores de cabeça - Vamos acabar com esse idiota.
Error - Sim...
Ele fica confuso, mas deixa pra lá:
Ink - Certo então, parece que não tem jeito mesmo.
Ele cria outra espada e usa uma em cada mão, a Sarah cria uma fenda e pega a espada dela. E os 3 vão de encontro novamente.

Flashback 2 On

Os dois monstrinhos agora haviam amigos de suas idades, que eram deuses da 2º geração:
Deusa Do Sonho - Vamos brincar do que pessoal ?
Deusa Da Mentira - Qual quer coisa legal.
Deus Da Luta - Pra você é difícil, não gosta de nada.
Todos eles ri:
Deusa Da Mentira - Pelo menos não sou alguém que só pensa em comer.
Deus Da Comida - Comer é importante sabia !
Deusa Da Vida - Sem brigas crianças.
??? - Que tal se nós brincarmos de pega pega ?
Todo Mundo - Tá bom.
Todos eles tiraram para ver com quem estava. Acabou que um dos monstrinhos tinha que pegar os outros, em seguida eles começaram a brincar.

Muito Tempo Depois.

Eles já estavam crescidos, e agora tinha que lidar com responsabilidades, cada um fazendo o seu papel. Um ficou responsável por criar coisas, e o outro para destruir, havendo um equilíbrio. Até que um deles foi chamado pela a Morte, e então foi conversar com ele:
Morte - Olá meu pequeno destruidor.
??? - Oi tio Sans, como vai indo o trabalho ?
Morte - Muito bem, muito bem. Escuta, eu estava pensando, e queria saber se quer se juntar a mim.
??? - Você quer que eu vire a Morte junto com você ?!
Morte - Exatamente. Eu gosto de você e do seu estilo, combina perfeitamente, só tem que fazer uma coisinha.
??? - Qual ?
Morte - Fazer a sua primeira morte.
Ele entrega um pergaminho, o monstro abre e lê o nome escrito:
??? - Mas, mas...
Morte - Não se preocupe, ninguém irá descobrir que foi você. O que me diz ?
O monstro fecha o pergaminho e pensa um pouco:
??? - Eu... Eu aceito.
Morte - Maravilha ! Demore o tempo que precisar, apenas quero que faça do jeito certo.
Os dois fecham contrato, mesmo sabendo quem ele teria que matar.

Flashback 2 Off.

*Momento pra imaginar a guerra parte 2*

A Sarah corre para o lado enquanto o Error iria confronta-lo de frente. Quando os dois se aproximam, eles começam a atacar e defender com as espadas, enquanto a Sarah aproximava do Ink. Quando ela chega perto pra ataca-lo, ele empurra o Error e defende, e assim lutando contra os dois ao mesmo tempo. O Ink recua pra longe e faz duas mãos de tinta gigante, em seguida atacando com elas. A Sarah e o Error desviam dos golpes e tentam se aproximar, mas eles não conseguiam de jeito nenhum, então o Error decidiu se teletransportar para perto do Ink, e assim o fez. Quando chega perto, ele o ataca com a espada, mas não foi um corte profundo. As mãos se desfazem, enquanto o Ink olha pro Error. Ele pega o pincel e se prepara pra desenhar algo, mas a Sarah aparece e pega o pincel da mão dele, em seguida o chutando pra longe:
Sarah - Aha ! Quero ver desenhar agora !
Ele dá uma risada de leve, e então se desfaz das espadas dele, em seguida pegando o pincel gigante das costas dele,  parece que vai ser a arma dele:
Error - Fudeu...
Sarah - É só um pincel gigante, além de que ele vai ficar mais pesado, pelo o que eu sei de RPG.
Que nada, só deu pra ver poeira subindo do chão, ele já havia sumido. O Error começou a olhar pros lados desesperadamente:
Error - Cuidado ! - Ele pula em cima da Sarah pra desvia-la do golpe - Você tá bem ?
Sarah - Sim...
Os dois se levantam e se encostam de costas, enquanto olham para os lados:
Error - Qualquer barulho se quer, se defenda.
Sarah - Ok - O Ink aparece e ataca o Error, o mandando pra longe e fazendo a Sarah recuar - Amor ?!
Ela avança pra cima do Ink e começa a ataca-lo sem parar, até que ela consegue dar uma banda nele, o derrubando, e assim tentando fincar a espada nele, mas ele empurrava para longe:
Ink - Sarah, você está sendo controla-da, ele não vale de nada, se recomponha e lembre-se de quem você realmente gosta.
Uma sombra começa a surgir em sua volta, e a imagem daquela menina volta e começa a entrar nela de pouco em pouco:
??? - ISSO, EU ESTOU VOLTANDO ! HAHAHAHAHAHA ! - Quando ela estava perto de entrar completamente, aparece o Key, empurrando ela pra longe - O QUE ?! NÃO NÃO NÃO ! KEEEEEEEEEEEYYYYYY !
A menina assim como a sombra sai do corpo de Sarah:
Key - Você tá bem ?
Ele ajuda o Ink a se levantar:
Ink - Valeu.
Ele olha e vê que a Helena, a Crystal, o Drake, a Yui e a SarahSwap estavam ali também:
Key - Olha, não é o Error que está controlando ela, é o Gaster, está controlando todos, até mesmo o Error está sendo controlado.
Ink - Mas...
Key - Ele deve ter feito coisas ruins no passado, mas sempre há uma segunda chance pra todos. Assim como eu dei para a Helena.
Sarah - Acabou o papo ?!
Eles olham para ela e o Error:
Ink - O que você sugere que façamos ?
Key - Vamos tentar remover os trecos das nucas deles.
Ink - Certo. Prontos ?
Todos acenam que sim. Todos agora se preparam para fazer o plano.

Flashback 3 On.

O monstro estava pensando muito sobre aquilo, pois não sabia de que lado ficar:
??? - Eae mano - O seu irmão aparece e se junta com ele - Tá muito pensativo esses últimos anos.
??? - É eu sei, é que tem uma coisa que eu não sei se devo fazer, mas eu quero muito.
??? - Saquei, olha, se quiser me contar, eu posso te ajudar, nós somos irmãos afinal !
Ele pega no pescoço dele e começa a raspar a cabeça dele, fazendo os dois rirem:
??? - Tá bom eu te conto. É que o tio Sans pediu pra eu ser a Segunda Morte, mas ele pediu pra eu matar alguém que eu não consigo...
??? - Não consegue por que é difícil ?
??? - Não... Eu não consigo porque é alguém que eu me importo muito.
??? - Você se importar com alguém ? Duvido.
??? - É sério, eu me importo com você, tio Sans, vovô Gaster, a mamãe...
??? - Entendi. Bom, seja lá quem for, pense muito bem se você quer isso mesmo, pois não quero que se arrependa mesmo fazendo aquilo gosta, certo ?
??? - Certo...
??? - Agora levanta esse auto estima e bora se divertir um pouco ?
??? - Você não é o faz tudo ?
??? - Hoje to afim de relaxar.
??? - Beleza, vamos lá.
Então eles foram se divertir como nos velhos tempos.

Muito Tempo Depois.

Finalmente chegou a hora que ele decidiu fazer sua primeira vítima, mesmo que fosse a segunda coisa mais importante de sua vida. Ele foi conversar com a sua mãe:
??? - Oi mãe, tudo bem ?
Deusa Da Vida - Tudo meu filho, e você ? Como vai indo as coisas ?
??? - Vão bem. Olha, se eu te falar que eu vou conseguir trabalhar com o tio Sans.
Deusa Da Vida - Sério ?! Parabéns meu filho, isso é o que você sempre quis, espero que seja a melhor Morte que já tivemos.
Ela oferece um abraço, ele a abraça e começa a chorar, tanto de alegria quanto de tristeza. Ele faz uma adaga e a apunha-la pelas costas profundamente. Os dois se olham:
??? - Des... Desculpa mãe... - Ele remove a adaga das costas dela e suga a alma dela - Minha primeira vítima... - Ele enxuga o rosto e se vira, vendo o deu irmão chocado - Ah não... Irmão, olha, eu...
??? - Era essa a pessoa ?...
??? - Ink...
Ink - ERA ESSA A PESSOA QUE VOCÊ FALAVA ERROR ?!
Error - Sim... Eu precisava fazer isso, mostrar o meu valor pro Sans. Por favor, me perdoa...
Ink - EU NUNCA VOU TE PERDOAR ! Agora, eu vou fazer o que mais gosta de fazer, mas contra você !
O Error começa a chorar e então foge para fora dos limites que os deuses e divindades podiam ir, agora ele não era mais que um mortal. E assim se inicia a guerra entre os dois...

Flashback 3 Off.

*Momento pra imaginar a guerra parte final*

Todos eles vão de encontro:
Drake - Temos exatamente uma tática ou é só "agora ou nunca" ?
Todo Mundo - Agora ou nunca.
Drake - Certo.
Quando todos chegam perto eles começam a lutar, a Sarah e o Error conseguiam defender todos os golpes que os outros davam, até que eles dois recuam:
Yui - Acho melhor nós se separar, dividir o trabalho, os dois sozinhos nós conseguiríamos derrotar nunca.
Ink - Certo.
O Ink corre em direção a eles e consegue se isolar só com o Error bem longe:
SarahSwap - Que separação bem dividida.
Key - Acho melhor alguém ir ajuda-lo, ele querendo ou não.
SarahSwap - Eu vou.
Crystal e Drake - Nós também.
Key - Beleza, fica eu, a Helena e a Yui.
Logo o triângulo amoroso contra a Sarah ?! Não tem como isso dar errado... O Drake e os outros vão para onde o Ink e Error foram:
Sarah - O meu amor vai matar um por um. E falando em amor, vocês já se resolveram ?
Helena - Mas você consegue ser irritante né ? Eu pensava que isso era só com o Freddy.
Sarah - Eu também pensava que era só com ele, até que apareceu você !
Eles 4 foram de encontro, e quando chegam perto começam a lutar. A Sarah só se defendia dos 3, tentando achar uma brecha para atacar, até que a Yui acerta ela com um soco e chuta ela pra cima. O Key pega no braço dela e da Helena e as arremessas para cima, que tentaram acertar a Sarah. Mas ela desviou e bateu as cabeças da duas contra elas mesmas e em seguida sumindo. Ela aparece em cima das duas e as chutas para baixo. Key tenta pegar as duas, mas ele só consegue pegar a Helena, enquanto vê a Yui caindo do seu lado:
Yui - Sério Key ?!
Ele coloca a Helena de volta ao chão e oferece ajuda a Yui. Ela recusa e se levanta:
Key - Você acha que eu fiz isso de propósito ?!
Yui - Eu já fiquei puta quando você beijou ela na primeira vez ! Depois que eu descobri que você teve um filho com ela eu fiquei mais puta ainda ! E mesmo assim continua do lado dela !
Helena - Qual é Yui, você viu que ele tentou ajudar nós duas. Ele sempre vai estar com você, ele teve que fazer isso pra te ajudar sua ingrata !
Yui - Tá bom eu sou a ingrata, mas pelo menos não transo com o namorado dos outros !
Helena - NÓS FIZEMOS ISSO PRA TE AJUDAR !
Yui - NÃO TINHA OUTRA FORMA PRA FAZER ISSO ?!
Elas estavam quase brigando:
Key - Cuidado !
Ele empurra as duas pros lados e segura a ponta da espada que a Sarah tentou perfura-lo:
Sarah - Como você tá segurando isso ?
Ela fala colocando mais força:
Key - Certas coisas são um segredo pra nós mesmos !
Ele empurra a ponta pra cima e começa a fazer uma sequências de golpes, até que aparece a Yui e a segura por trás, e então ele começa a bater na Sarah enquanto estava sendo segurada. Não é querendo desmerecer eles, mas isso aí já é covardia (Wolfy: Cê tá do lado de quem o sua animal ?!) Eu to torcendo pro pessoal do bem é claro ! Mas segurar pro outro bater é covardia, até pra quem trapaceia ou é mau. E animal ?! Olha só quem tá falando... Mas enfim, continuando, o Key tenta acertar um soco na cara dela, mas ela desvia e acerta a Yui ! Key, meu amigo, cê já tá fodido em relação a Yui, mas agora você me dá uma dessa ?! O que tu pretendia acertando a cara da Sarah ?! Já to quase me matando aqui (Wolfy: Que bom, aí eu ia dominar essa porra toda !). Continuando, a Sarah acaba se soltando e chuta o Key pra um pouco longe, logo ela se vira e começa a dar sequências de golpes na Yui. Ela pega a espada do chão e tenta perfura Yui, mas a Helena aparece e a empurra pra longe:
Helena - Você tá bem ?
Yui - Sim... Valeu.
Helena - Vamos acabar com essa puta de uma vez.
Yui - Bora.
As duas avançam na Sarah e começam ataca-la, a Sarah defendia, mas mesmo assim tomava, ela não estava conseguindo pensar em nada na hora. As duas dão um golpe forte, mas ela desvia e acabam acertando o Key. Tá, retiro o que eu disse sobre o Key...:
Sarah - Olha, pra quem não se dão bem por causa de um idiota, vocês estão indo bem juntas. Mas eu quero testa-las de verdade, não estão dando o máximo de si mesmas ! Mas eu acho que tem algo que vão acender esse fogo dentro de vocês - Ela dá uma risada e vai até o Key, ela o levanta pelo pescoço e aponta para elas - Aí fica a minha pergunta: Vocês fariam de tudo para salva-lo ? Mas sendo sinceras e verdadeiras.
Helena e Yui - Sim.
Sarah - Certo então - Ela o joga no chão e cria uma bolha com erros - Vocês o salvariam se tivesse que matar a outra ?
Elas ficam chocadas com a pergunta. Isso aqui tá ficando interessante:
Yui - Eu... - Ela olha pra Helena com algumas feridas e suja, e então volta a olhar pra Sarah - Você acha mesmo que eu vou seguir os seus joguinhos ? Eu não preciso provar que eu amo ele ! E alendo mais, não adianta salvar alguém importante pra matar outra ! Eu não sou que nem você !
Ela corre até a bolha e coloca a mão dentro dela, mesmo sentindo muita dor e sua pele queimando:
Sarah - Yui Yui Yui... Tão impaciente, e olha que você... - A Helena corre e faz o mesmo, assim as duas começaram a puxar o Key para fora - Duas idiotas...
A Sarah vai pra trás das duas e chuta as canelas das duas. Olha, não to querendo criticar clichê, mas quando os vilões tem poucas chances de matar eles tentam matar. Agora quando eles tem 100% de chances de matar alguém, eles ficam brincando ou falando o seu plano final, sempre odiei isso, um pecado por isso.Mas enfim, continuando. A Sarah pega na gola das duas e tenta empurra-las para dentro (Agora sim). A Helena some, ficando só a Yui:
Yui - Valeu pela a ajuda !
Ela aparece no mesmo lugar e chuta a cara da Sarah, fazendo ir pra longe:
Helena - Denada.
Ela coloca o braço de novo e as duas voltam a fazer força, o Key estava quase saindo. A Sarah vem correndo para cima delas, enquanto as duas olham para ela:
Helena - Yui, vamos derrota-la primeiro e depois tiramos o Key.
Yui - Calma...
Ela se aproximava mais:
Helena - Yui...
Yui - Quase lá...
A Sarah tava muito perto delas:
Helena - Yui !
Yui - Agora !
As duas saem na hora que a Sarah tenta um ataque e a chutam para dentro da bolha, fazendo ela empurra-lo para fora:
Helena - Boa...
As duas olham para os braços totalmente queimados. Até que a Yui olha pro Key:
Yui - Key ! - Ela corre até ele e tenta acorda-lo - Amor, amor acorda ! - Ele não abriu os olhos. Ela coloca o ouvido no peito dele e vê que o coração não estava batendo - Não não não não - Ela fica na postura normal e começa a pressionar o peito dele várias vezes - Vamos, acorda seu preguiçoso, você é forte, vamos ! - Ele não reage, ela faz respiração boca a boca várias vezes, mas não adiantava. Ela se apoiou nele e começou a chorar - Por favor Key, não faz isso... Fica aqui comigo, temos muito a viver ainda... Temos que cuidar da Elizabeth e do Nathaniel, mesmo não sendo meu filho...
Ela começa a chorar muito. A Helena vai até a bolha:
Helena - Se você matou ele...
Sarah - Você vai fazer o que ?! Essa aqui é minha bolha, se eu quiser, eu posso se desfazer dela. Eu só não faço porque eu quero descansar.
O Key começa a tossir:
Key - Ei chorona... Sentiu saudades...
Ela olha pra ele e o abraça:
Yui - Pensei que eu tivesse te perdido...
Key - Eu só vou morrer quando eu te ver segura e feliz... - Eles se beijam, e então ela ajuda ele a se levantar - Seus braços...
Yui - Sacrifícios são necessários.
Eles olham pra Helena:
Helena - Me deixou preocupada lutador.
Key - Nem me fale.
Ela começou a ir em direção a ele, até que... Filha da puta... Filha de uma puta... Maluco, não sei se tenho coragem de narrar isso daqui não... (Wolfy: Deixa que eu narro, é o seguinte, quando a Helena estava andando, a Sarah se desfez da bolha e perfurou ela com a espada, bem no meio pra fazer churrasco no tio Zé):
Sarah - Como eu disse, estava descansando...
A Helena começa a tossir sangue:
Yui e Key - HELENA !
A Helena sorri para os dois:
Helena - Cuidem... Do Nathaniel... Por mim...
Ela some, fazendo as cinzas voar junto com o vento:
Sarah - Que peninha, gostava tanto dela.
Ela começa a rir sem parar, estava totalmente maluca. Cara, não acredito que a Helena morreu, eu to quase chorando aqui (Falando sério, quase chorei escrevendo essa parte ;(. Mas temos que deixar o treco emocionante):
Key - Sua...
Ele corre e a soca para o chão, então sobe em cima dela e começa a bater nela:
Sarah - Isso ! Libere a sua raiva, o seu desejo de matar !
Ela volta a ter sombra cercando ela e aquela mesma menina tentando dominar o corpo dela:
Yui - Key ! - Ela o tira de cima da Sarah, em seguida corre e corta a sombra, impedindo de novo de que entrasse na Sarah. Ela a segura - Key, tira o negócio dela !
Ele vai até elas e tira o treco chato que não vou ficar falando o nome direto. A Sarah começa a ter fortes dores de cabeça e então desmaia:
Yui - Acha que funcionou ?
Key - Espero que sim...
Ele olha para o céu:
Yui - Eu, sinto muito pela a Helena. Mesmo não sendo totalmente de verdade, você gostava dela.
Key - Me desculpa por ter feito isso com você. Era pra ser apenas um plano, mas acabou ficando mais profundo, aí...
Yui - Não precisa continuar, eu te perdoo. Agora temos dois bebezinhos para cuidar.
Key - Com certeza. Vamos ver se o Ink precisa de ajuda.
Yui - Certo.
Ela tenta andar, mas estava muito ferida, quase que cai, mas ele a segura:
Key - Você tá bem ?
Yui - Eu estou bem, vamos.
Key - Não, eu vou te levar pros outros, você tá muito ruim.
Então o Key pega a Sarah e coloca nos seus ombros, em seguida eles foram para o lugar seguro.

Agora narrando a parte em que o Ink está.  

O Ink estava correndo atrás do Error (Carai, esse tempo todo correndo, esses dois é maratonistas mesmo), até que apareceu o pessoal:
SarahSwap - Nós viemos ajudar Ink.
Ink - Isso é entre eu e ele.
Crystal - Olha, nós entendemos que você tem assuntos pessoais com ele, mas isso não significa que deve resolve-los sozinhos.
O Error olha pra trás e vê que tem mais gente, então para e se vira:
Error - Não consegue resolver as coisas sozinho Ink ?!
O Ink aperta as mãos com força, demonstrando a sua raiva:
Drake - Não liga pro que ele tá falando, nem tudo se resolve sozinho, você precisa dos amigos de vez em quando.
Ink - Valeu gente... Mas eu preciso fazer isso sozinho. Por favor, só voltem e ajude os outros, eu quero fazer isso sozinho.
Crystal - Mas... *Suspiro*, tá bom, toma cuidado aí.
Eles todos vão embora, ficando apenas o Ink e o Error:
Error - É, acho que estamos chegando ao fim. Agora a questão é, o fim de quem ?
Ink - Só lutando pra descobrir.
O Ink pega o pincel em suas costas, enquanto o Error faz uma espada:
Error - É agora...
Ink - Ou nunca...
Eles correm de encontro, agora começando a batalha final. Os dois começam a lutar, batendo e defendendo ao mesmo tempo, mas nenhum dos dois acertavam, até que o Error resolveu sumir e aparecer atrás do Ink, acertando a canela dele e o segurando pelo pescoço:
Error - Eu realmente queria que você visse o meu lado, mas está cego por vingança.
Ink - Ela cuidou de nós a vida inteira, como pode aceitar isso...
O Ink ia se levantando de pouco em pouco, e em seguida o arremessa para frente. Quando o Error se levanta, já é recebido com um chute de baixo pra cima e depois um soco na barriga, fazendo ir para longe. O Ink já corre para alcançar o Error, e quando alcança, pega ele e o raspa no chão enquanto corre. Isso, deve ter doido... Mas enfim, ele o prensa no chão e pisa no peito dele com força, fazendo um raio grande do chão se rachar (E pros faltadores da escola ou pros bagunceiros, raio nesse sentido quer dizer raio de distância/área, não raio de eletricidade, beleza ?):
Ink - Podia ser qualquer um ! Até mesmo eu ! Mas por que ela ?!
Error - Por que eu sou o seu irmão ! - Os dois se encaram seriamente - eu nunca faria nada contra você naquela época, eu te amava, era a coisa mais importante para mim, e a única também ! - Ele tira o pé do Ink do peito dele e se levanta rapidamente, dando sequências de socos e espadadas, e no fim dela, o socando para o chão, fazendo um raio do mesmo tamanho rachando o chão. Ele tenta pisar na cabeça dele, mas o Ink desvia e se levanta, e assim os dois voltam a se atacar. O Error dá um golpe forte, fazendo o Ink quebrar a defesa e em seguida dando um chute na barriga dele, o derrubando. Ele chuta a cara do Ink e depois sobe em cima dele, começando a socar a cara dele várias vezes, enquanto falava - Eu sempre gostei de você, me importei com você, me diverti com você. Mas agora tudo isso acabou por sua culpa !
Ele junta as duas mãos e tenta acerta-lo, mas o Ink segura com uma mão e o soca na barriga com a outra, em seguida rolando e invertendo a posição, e então fazendo o mesmo:
Ink - Minha culpa ?! Você matou a pessoa mais importante de nossas vidas, fugiu como covarde, destruiu tudo que eu criei. Você é um desprezível egoísta ! - Ele o soca mais uma vez, fazendo a cabeça dele virar, mostrando o treco chato. Ele tira e sai de cima dele. O Error começa a ter forte dores de cabeça e desmaia - Agora hora de morrer.
Ele desenha uma adaga e a empunha (Eu sei que vocês esperavam uma luta mais épica, mas luta não é meu forte, e sim a trama). Ele se ajoelha e se prepara para apunhala-lo:
Sarah - Não ! - A Sarah empurra ele pro chão e puxa o Error pra longe. O Ink se levanta e ia ataca-la - Calma, eu to normal.
Ink - Então por que está ajudando ele ?!
Sarah - Porque eu sempre perdoo os meus amigos. Olha, eu entendo que ele deve ter feito algo horrível pra você, mas todos devem ter uma segunda chance. Eu mesma traí todos os meus amigos, mas eles não esqueceram de mim e me perdoaram. Você não deveria fazer isso também ?
Ele olha pro Error, e então lembra de tudo que passaram juntos:
Ink - Certo...
Sarah - Obrigada. Agora vamos voltar pros outros, temos que achar o Gaster e acabar com isso.
Ink - Beleza.
A Sarah coloca o Error nas costas dela e então eles voltam para a mansão.

Algum Tempo Depois.

Eles voltaram e tava tudo devastado (Porra povo, cês imaginaram o que ?!) (O Error já acordou) ! Estava todo mundo fazendo uma rodinha, quando se aproximam, o Gaster estava deitado todo ferido:
Gaster - Vocês acham que me matar resolverá toda essa bagunça ?! Não tem como arrumar isso !
Amy - Tem razão, não vai arrumar porra nenhuma. Mas eu vou me sentir tão bem se vingando - Ela chuta a cara dele - Quem quer mais se divertir ?
Yui - Meu Deus...
A Yui se afasta deles, o Key vai atrás dela:
Error - Adoraria torturar esse cara.
Crystal - Gente, isso não faz de nós melhor do que ele, vamos só acabar com o sofrimento dele.
Amy - Isso é um não então ? Pode sair também.
Crystal - Prefiro mesmo.
Ela se afasta também:
Drake - Ela tem razão gente.
Ele sai também:
Amy - Beleza, eu, Error, Sans, Sarah...
Sarah - Não vou participar disso.
Ela fica surpresa:
Amy - Tem certeza, você adora matar.
Sarah - Eu não queria ter feito nada disso, se divirtam. Vamos Sans - Ela o puxa, mas ele não se mexe - Sans ?
Sans - Eu vou ficar.
Ela fica chocada:
Sarah - Não não não não não, não vou deixar...
Sans - Sarah, me escuta...
Sarah - Eu não vou deixar você fazer isso !
Sans - Eu vou...
Sarah - Cala a boca e me escuta ! - Ele olha pra ela - Eu causei tudo isso, machuquei os meus amigos e a pessoa mais importante para mim, que é você... Não vou deixar que fique igual a mim. Uma pessoa vingativa, torturadora, violenta... Confesso que as vezes era um tédio a sua proibição, mas isso me fez enxergar o que é certo ou errado. Se não fosse você, eu provavelmente seria igual a Amy. Não machuque esse monstro, pois você também se tornaria um...
Ele suspira:
Sans - Tá bom...
Os dois se afastam:
Freddy - Eu não sei se consigo fazer isso.
Amy - Sai também então, sobra pra nós.
Ele se afasta também, ficando apenas a Amy, o Error e o Ink:
Error - Quem quer começar ?
Amy - Primeiro as damas.
Gaster - Por favor, só me matem de uma vez, eu imploro !
Ela pega a arma e atira na perna dele, o fazendo gritar muito de dor, em seguida ela sobe em cima dele e tampa a boca dele com o dedo:
Amy - Não precisa gritar, vai passar logo... - Ela aponta pro... CARALHO AMY ! CÊ NÃO VAI FAZER ISSO ! CÊ NÃO VAI... Ela fez... Ela apontou pro saco dele e atirou, ele gritou muito de dor - Quem é o próximo ?
Error - Eu.
O Ink se afastou também. A Amy sai de cima dele e dá um passo para trás pro Error ter espaço. Ele chuta a cara dele e levanta a cabeça dele, fazendo olhar pro pessoal:
Error - Tá vendo aquelas pessoas e monstros ?! Aqueles foram os que você machucou, os meus amigos ! Agora você vai pagar caro por isso - Ele taca a cabeça dele no chão e então começa a soca-lo várias e várias vezes. Quando ele para, a cara do Gaster estava toda destruída. Então ele se levanta - Vamos mata-lo ao mesmo tempo, pra ficar meio a meio.
Amy - Bora - Os dois pegam na arma e apontam pra cabeça do Gaster, e então atiram várias vezes, até que acaba a munição - Ela guarda a arma e então os dois se viram, vendo que o pessoal estava aterrorizados - Sério gente ?! Vocês nos conhece, não precisam ficar assim.
Os dois começam a se aproximar, a Crystal, Yui, SarahSwap, o Key, KeyR, o Drake e o Freddy se distanciam. A Sarah, o Sans e o Ink não se moveram, mas o olhar deles demonstravam o mesmo sentimento que os dos outros:
Error - Já acabou tá bom ?! Vamos só consertar as coisas e continuar com as vidas.
Eles param de caminhar:
Sarah - Vocês...
Até que do nada, todos os humanos são levantados por vinhas (Sarah, Amy, Crystal, Yui, Key e Freddy). Surgindo o Flowey do chão, em seguida rindo quem nem um psicopata:
Flowey - VOCÊS SÃO TODOS IDIOTAS ! EU TENHO TODAS AS ALMAS HUMANAS DE TODAS AS LINHAS DO TEMPO ! E AGORA EU SOU DEUS DESSE MUNDO ! Mas eu não consigo absorver suas almas, não aqui.

Tudo fica preto. What ?! Como assim tudo ficou preto ?! Apareceu um arquivo escrito "Flowey LV99999 Meu Mundo", e tinha as opções continuar ou apagar.

Vamos continuar pra ver né. Eu selecionei continuar e apareceu os humanos:
Yui - Onde nós estamos ? Cadê o resto do pessoal ?
Amy - Você não sabe nem eu.
Sarah - É sério isso daqui Amy.
Eles começam a olhar em volta:
Flowey - Bem-Vindos ao meu mundo ! - Eles olham pra mesma direção e veem o Flowey numa televisão -  Tudo que vocês conhecem, amam, odeiam, tudo ! Foi apagado, seus amiguinhos, seus filhinhos, tudo não existe mais ! Pois eu sou o Deus Do Mundo ! Ou quase pelo menos. Sabe, eu preciso de mais 6 almas, mas onde será que eu as consigo ?
Amy - Tira elas do seu cu que tu acha fácil fácil.
Flowey - Mesmo diante da morte vocês continuam a me desafiar ?! Vocês vão pagar caro por isso... Eu vou mata-los de novo, e de novo, e de novo... Agora, se preparem para morrerem !
A televisão some e começa a piscar em vermelho e branco, enquanto aparece um bicho enorme que não consigo identificar. Tudo fica preto novamente e aparece dois olhos que piscam pros lados e uma boca feia pra caralho, e assim... QUE PORRA É ESSA ?! (https://goo.gl/images/pJDcyu [Preguiça de detalhar ele :P]). Ele dá uma ridada e então começa a vim coisas de todos os lados, é semente, trecos verdes, um raio azul vindo da boca dele, várias moscas sendo comidas por uma planta, tudo. O Freddy junta todos e cria uma bolha:
Freddy - Primeiro, que porra é essa que ele virou ?! E segundo, como vamos lutar contra aquilo ?!
Os trecos verdes começam acertar a bolha, junto com o raio e as sementes. Ela começou a rachar:
Sarah - Olha, eu acho que devemos lutar separados. Se ficarmos amontoados, será mais fácil de ele nos acertar.
Key - Ela tem razão. Freddy, por quanto tempo essa bolha vai durar.
Freddy - Não muito se ficarmos enrolando.
Sarah - Certo, vamos tentar achar um ponto fraco primeiro, e depois atacamos de vez.
Todos concordam:
Yui - Toma cuidado amor.
Key - Você também.
Eles se beijam e em seguida todos se preparam:
Freddy - No 3 eu me desfaço da bolha. 1... 2... 3 !
Ele se desfaz e então todos correm pra cada direção e se separando de pouco em pouco. Isso vai ser difícil de narrar, mas vamos lá. Vários trecos verdes (vou chamar de braço pra ficar mais fácil) atacam a Crystal, ela ia desviando dançando balé (pra variar) enquanto observa o Flowey tentando achar algo. Até que avista uma brecha pequena para subir nele:
Crystal - Acho que ali pode ser a nossa entrada.
Ela tentava se aproxima dos outros, mas os braços não permitiam, então ela ficou por ali lutando com eles.
O Freddy estava sendo atacado por "balinhas da amizade", ele defendia de todas enquanto o observava. Ele vê que as plantas que atiravam as sementes deixavam uma abertura razoável:
Freddy - Torcer pra Amy ter boa mira.
Ele estava se defendo de muitas ao mesmo tempo, não tinha como sair dali, então ele criou uma bolha e torceu pra alguém chegar ali.
A Yui estava lutando com duas plantas carnívoras que soltavam moscas (no jogo é ao contrário, mas eu prefiro que seja assim), ela estava as cortando enquanto as observa. Ela vê que o caule delas eram grandes, sendo mais fácil de acerta-las. Ela corre mesmo tomando muitas picadas, e corta o caule das duas, as derrotando:
Yui - Uma parte já foi - Ela olha pra trás e vê que estava cheio de moscas - Isso vai ser doloroso.
As moscas vem em direção a ela, que já estava preparada pra tomar muitas picadas.
O Key estava desviando dos raios que estava saindo da boca do Flowey, tinha vezes que eram vários pequenos e outro que era gigante, enquanto observava o ele. (Wolfy: Tá aqui a pipoca). Porra ! Demorou isso tudo pra trazer só isso ?! (Wolfy: Tá achando ruim, pega mais !). "Tá achando ruim, pega mais", aff, deixa eu continuar então:
Key - Já vou morrer mesmo, então foda-se - Ele corre em direção ao Flowey enquanto a flor gigante psicopata maluca e bizarra prepara um raio gigante. Ele dispara e o Key corre por dentro dele. O Key tá virando um bicho divino. O Flowey se desfaz do raio e fecha a boca, o Key havia sumido... Mentira que o Key morreu assim, ele era muito legal, sabia lutar, protegia os seus amigos... Descanse em paz amiguinho... O Flowey começa a tossir e então vomita várias coisas, incluindo o KEY ! - Que nojo cara, puta que pariu ! - A boca fica mucha, parece que funcionou. Ele olha em volta e vê a Yui sendo atacada por várias moscas - Yui !
Ele corre até ela para ajuda-la.
Agora indo pra Sarah, ela estava defendendo e desviando de duas plantas jogando várias shurikens (Se você não sabe o que é shuriken, tu acabaste de ganhar um certificado de jovem fora da cultura atual !). Ela se aproximava com o escudo levantado, enquanto observa o Flowey:
Sarah - Eu vou te matar nem que seja a última coisa que eu faça !
Ela começa a correr e corta o caule das duas plantas, em seguida corre para os outros.
A Amy... Bom, ela tá sendo a Amy de sempre, fazendo porra nenhuma...:
Amy - Tem nada me atacando mesmo - Até que aparece várias mãos atirando "pinto" (Só pra quem viu o vídeo do Alan vai entender essa) - O beleza... Pode vim seja lá o que for ! - Ela pega a arma e começa a atirar nos trecos que estavam vindo, ela tava pouco se fodendo pro que estava acontecendo. Como eu falei, Amy sendo Amy... - Cadê o desafio o planta drogada ?! - Ela é pega por vinhas e colocada na frente da TV, enquanto o Flowey ria - Quer saber de uma coisa ? Não curto aproximação rápida - Ela atira na TV e não acontece nada - Nossa... Que previsível... - Ela começa a rir nada feliz, então começa a ser apertada - Filho da puta... GALera... Me ajud... - Ela começa a desmaiar, mas a Sarah corta as vinhas e pega ela - Valeu... Me lembra da próxima vez de não falar muito ?
Sarah - Pode deixar.
Ela a coloca no chão e todo mundo se reúne na frente do Flowey:
Flowey - Estou surpreso que ainda estejam vivos. Sabe, eu achava que seriam as almas mais fáceis de se capturar, mas estava enganado. Confesso que foram inteligentes a atacarem essas coisas e depois vim pra cima de mim. Mas, toda planta cresce de novo...
Todo Mundo - Ah merda...
Tudo que eles haviam destruído voltaram. Wolfy, eu tenho que intervir, não posso deixar que o Flowey os mate (Wolfy: NA NA NI NA NÃO ! VOCÊ TÁ MALUCA POR ACASO ?! VOCÊ JÁ FEZ MERDA ABRINDO AQUELA FENDA, AGORA QUER FAZER ISSO ?!). Mas eles são meus amigos, devo muita coisa a eles. Por favor, deixa eu consertar o meu erro.... (Wolfy: *Suspiro*, tá bom...). Obrigada. Eles foram levantados por vinhas e não conseguiam se mexer:
Flowey - Vou mata-los dessa forma, assim verei quem é mais forte !
- Hoje não filha da puta ! - Eu corto as vinhas e os levito para longe, chegando perto deles, eu faço uma bolha de proteção - Me escutem, vocês não conseguirão enfrenta-lo de jeito nenhum. Ele está com a mesma quantidade de poder que a minha. Se tiverem suas almas absorvidas, será o fim.
Sarah - E o que você sugere ?
- Vocês... Terão que se sacrificar... - Eles ficam chocados - Com a almas de vocês, tudo poderá ser consertado. As almas de vocês são mais forte que as das outras versões de vocês. E por isso que o Flowey não consegue mata-los facilmente.
Crystal - E como fazemos isso ?
- Eu não posso intervir mais que isso, então vocês terão que entrar dentro do Flowey, achar onde as almas estão e liberta-las. Depois disso, eu abro a Linha Do Tempo quebrada e vocês darão toda a sua Bondade, Integridade, Justiça, Perseverança, Paciência e Bravura que vocês tem. E com toda essa vontade, tudo voltará ao normal.
Todos se olham:
Key - Bom, e os outros que foram apagados ?
- Eles retornarão normalmente, e não saberão de nada do que aconteceu. Os filhos de vocês estarão sendo cuidados por eles normalmente. Vocês apenas serão lembrados como se tivessem vividos uma vida normal, depois faleceram.
Eles se olham novamente, então dão as mão uns aos outros:
Amy - Certo... Tudo pelo os nossos amigos.
Sarah - Tudo pelo os nossos amigos.
Crystal - Tudo pelo os nossos amigos.
Freddy - Tudo pelo os nossos amigos.
Yui - Tudo pelo os nossos amigos.
Key - Tudo pelo os nossos amigos.
- Beleza, se preparem, vou me desfazer da bolha. O resto é com vocês - Eles se preparam - Boa sorte.
Eu me desfaço da bolha e sumo, voltando a narrar (Wolfy: Não faz merda dessa vez). Pode deixar. Eles correm em direção ao Flowey, enquanto desviavam de tudo. Eles chegam perto e pulam, tentando acertar TV, mas eles são pegos de novo. Ele começa a rir:
Flowey - VOCÊS ACHAM MESMO QUE PODEM ME IMPEDIR ?! EU SOU INVENCÍVEL ! Tudo vacilão.
Amy - Uhh vacilão, teu cu na minha mão.
Mentira que eles vão fazer isso...:
Flowey - Teu cu é o aeroporto e o meu pau o avião.
Eles vão...:
Amy - Teu cu a garagem o meu o caminhão.
Flowey - Teu cu é a Carminha e o meu pau o Tufão.
Amy - Teu cu é o ma e o meu pau o tubarão.
Flowey - Teu cu é o morro e o meu o complexo do Alemão.
Amy - Caralho sem nexo.
Flowey - Teu cu é o cabelo e o mu pau o reflexo.
Amy - Teu cu é o MoonWalk e o meu pau o Michael Jackson.
Flowey - Uhh o Michael Jackson já morreu.
Amy - Teu cu é Julieta e o meu pau o Romeu.
Flowey - Caralho nada ver.
Amy - Teu cu piscar e o meu pau acender.
Flowey - Teu cu é a Globo e o mu pau o SBT.
Amy - Ahh vai tomar no cu.
Flowey - Teu cu é o Pokemon o meu o Pikachu.
Amy - Teu cu é o Dragon Ball Z e o meu pau o Majon Boo.
Flowey - Tu cu é o Seiya e o meu o Shiriu.
Amy - Ahh presta atenção.
Flowey - Teu cu é a fazenda e o meu pau a plantação - Gente eles não fizeram isso... Puta merda... E o pior, os dois estão rindo a beça - Mandou bem Amy, vou deixar você ver o seus amiguinhos morrerem, depois eu te mato.
Amy - Beleza !
Todo Mundo - O que ?!
O Flowey coloca ela em cima da TV, enquanto observa os outros:
Amy - Nada pessoal gente.
Sarah - AMYYYYYY !
O Flowey começa apertar eles, enquanto ele ri. A Amy pula e cai dentro da boca dele:
Crystal - VAI RÁPIDO !
O Flowey solta eles enquanto começa a olhar pro seu "corpo":
Flowey - Onde está os meus poderes ?!
Ele começa a tossir e cospe a Amy:
Amy - CARALHO QUE NOJO FILHO DA PUTA ! NÃO SABE ESCOVAR OS DENTES NÃO O VIADO DA PORRA ?! VAI TOMAR NO CU !
Ele abre a boca e começa sair todas as almas lá de dentro, agora é a minha chance. Eu volto até lá e abro fenda, logo as almas começaram a entrar nela:
- Gente, eu só queria dizer que sinto muito por tudo isso. Eu causei tudo isso... Mas não queria que nada disso tivesse acontecido.
Eles olham pra mim:
Sarah - Eu te perdoo.
Ela me abraça, em seguida todo mundo me abraça:
Todo Mundo - Nós te perdoamos.
- Obrigada...
Eles me soltam e então mostram as almas deles em suas mãos. Quando eles estendem:
Flowey - NÃO ! - Ele puxa os 6, mesmo estando normal - AS ALMAS DE VOCÊS SÃO MINHAS !
- Como eu já disse... HOJE NÃO ! - Eu corto as vinhas, então eu chuto a cara dele - VÃO !
Eles começam a correr até a fenda, o Flowey cria vinhas e os arremessam pra longe. Eu chuto a cara dele de novo, e então piso nele:
Flowey - Você sabe o que vai acontecer no futuro, pra que adiantar isso ?!
- Pois alguém com muita Determinação acabará com você.
Eles correm de novo até a fenda, e dessa vez eles conseguem:
Sarah - Prontos ?
Todos acenam que sim. Eles colocam as almas deles em suas mãos e estendem para a fenda. As almas deles entram e começam a brilhar muito forte:
Flowey - NÃÃÃÃO !
Tudo estava sendo reconstruído, as toda a Linha Do Tempo estava voltando ao normal:
- Tchau tchau Flowey, divirta-se com as memórias apagadas - Ele começa a sumir, até que some completamente. Eu olho pro pessoal também sumindo, e vou até eles - Obrigado gente por terem feio isso. Pena que vocês não viveram pra verem o que fizeram, mas prometo que vou tentar compensar tudo que fizeram por mim.
Yui - Nós que deveríamos agradecer, por cuidar de tudo, e ter dado uma chance de nós consertar tudo.
Key - Autora, cuide de todos por nós.
- Eu cuidarei - Eu abraço eles - Crystal, eu pude alterar algumas coisas, e uma deles foi que eu fiz o seu bebe sobreviver.
Ela começa a chorar:
Crystal - Obrigada Autora ! Obrigada...
Eles somem completamente:
- Bom... Tá na hora de colocar as coisas em ordem novamente.
Eu entro na fenda chorando, enquanto eu vou até a Linha do Tempo normal. Eu olho e vejo tudo normal, o Sans cuidando da Faith, o Drake cuidando da filha dele, a Helena cuidando da Elizabeth e Nathaniel, a Kit acabou ficando com o filho do Freddy, mesmo não sendo a mãe, e o resto tudo voltou ao normal. Esse não pode ser um final feliz, ou uns dos melhores finais. Mas a aventuras que esses pequeninos vão ter quando crescerem, será histórico... Ou não né :P


Notas Finais


Então galera, esse é o final dos vários que eu pensei. Não sei qual vai ser a opinião de vocês, mas sejam honesto caso queiram opinar. E não vão embora não ! Vão pro próximo cap depois desse.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...